Heron Queiroz

Por Heron Queiroz

O presidente da Federação Catarinense de Taekwondo (FCTKD), Allan Siqueira, e o diretor técnico, Erickson Busatto, estiveram na tarde desta segunda-feira, 18, na Fesporte, para os ajustes nos regulamentos técnicos da modalidade para 2019. O ciclo de reuniões com federações esportivas que integram os eventos da Fesporte é feito a cada ano, mas, para o taekwondo, há uma novidade: a modalidade passou a integrar oficialmente o quadro dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, já que, em dezembro de 2018, obteve a homologação pelo Conselho Estadual de Esporte (CED).

Depois de quatro anos sendo disputado como modalidade de apresentação e provisória, o taekwondo entrou definitivamente para os Joguinhos Abertos, a exemplo do que aconteceu em 2009, quando passou a integrar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Segundo o presidente da Allan Siqueira, o projeto agora é buscar a inclusão também na Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc).

As modalidades de lutas esportivas vão ganhando espaço nos eventos da Fesporte. O CED está analisando o processo de inclusão do muay thai como modalidade de apresentação nos Jasc 2019, evento que também terá o boxe em caráter de exibição.

Confira no vídeo o depoimento do presidente da FCTKD Allan Siqueira.

 

 

Por Heron Queiroz

O presidente da Fesporte, Rui Godinho, recebeu na tarde desta terça-feira, 12, o presidente da Federação Catarinense de Muay Thai Tradicional, Paulo Ribeiro. A modalidade pode entrar na grade dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) ainda neste ano. 

O processo já está no Conselho Estadual de Esporte (CED) e poderá ser homologado nas próximas duas semanas. Isto ocorrendo, o muay thai entra nos Jasc 2019 em caráter apresentação. Depois cumpre as duas edições seguintes como modalidade provisória, e somente na quarta edição de participação é que pode ingressar definitivamente como modalidade oficial do evento.

O Muay thai é uma arte marcial tailandesa, tendo principal característica o combate de pé com em golpes combinados de punho, cotovelos, joelhos, canelas e pés. Eles estão associados a uma boa preparação física, o que torna uma luta de contato total com a utilização de luvas.

Outra modalidade que chega aos Jasc é o boxe, mas apenas como exibição, já que não tem qualquer compromisso oficial com o evento, pelo menos para esta edição. Com isso, Indaial, Pomerode e Timbó, sedes dos 59os. Jogos Abertos, podem contar com mais atrações para o público. Durante três dias, na programação dos Jasc, muay  thai e boxe dividem o mesmo espaço. 

Além de Rui Godinho e Paulo Ribeiro, o presidente da Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (Afesc), Frederico Leite, e o diretor de esporte da Fesporte, Valdeci da Silva, participaram do encontro.

 

Por Heron Queiroz

A partir desta segunda-feira, 11, até o dia 22 de fevereiro a Fesporte realiza uma série de encontros com as federações esportivas de Santa Catarina. Os encontros, que já são comuns no início de cada ano esportivo, permitem discutir propostas e promover ajustes nos regulamentos técnicos, cadernos de encargos e resoluções dos eventos da Fesporte.

A primeira reunião aconteceu com representantes da Federação Catarinense de Jiu-Jitsu (FCJJ), modalidade que entrou para os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em 2018, como modalidade de apresentação, e cumpre em 2019 o primeiro dos dois anos de modalidade provisória. Só então poderá ter homologação do Conselho Estadual de Esporte (CED) como modalidade permanente.

O presidente da FCJJ, Paulo Henrique Duarte, destacou a importância de inclusão da modalidade nos Jasc. "Com a modalidade na grade dos Jasc, nos aproximamos do poder público. Isso valoriza o atleta e aquece o mercado de trabalho para o nosso profissional, já que o evento leva a modalidade a todas as regiões, criando a expectativa de aumento do número de praticantes e de filiados à federação", disse Duarte.

O primeiro dia de reuniões também contou com a participação do presidente da Federação Catarinense de Punhobol, Carlos Hexsel. Estão previstas 23 reuniões nos nove dias de discussões e possíveis ajustes técnicos. Depois disso, os regulamentos para o anos de 2019 estarão disponíveis no site oficial da Fesporte.

 

Confira a programação

 

Dia 12

13h30 - ciclismo

15h - badminton

16h30 - triatlo

 

Dia 13

13h30 - handebol

15h - handebol em cadeira de rodas

16h30 - basquete em cadeira de rodas

 

Dia 14

13h30 - bocha paralímpica

15h - ginástica artística e ginástica rítmica

16h30 - golbol

 

Dia 18

13h30 - taekwondo

15h - futsal

16h30 - bocha e bolão

 

Dia 19

13h30 - remo

15h - judô

16h30 - caratê

 

Dia 20

13h30 - atletismo

15h - tênis 

16h30 - natação

 

Dia 21

13h30 - basquete

15h - luta olímpica 

16h30 - tiro

 

Dia 22

13h30 - tênis e mesa

15h - xadrez 

16h30 - voleibol

Por Heron Queiroz 

Uma equipe técnica da Fesporte reuniu-se na manhã desta sexta-feira, 8, em Gaspar com os dirigentes da Fundação de Esportes do município para tratar da estrutura que sediará os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), de 19 a 24 de maio. Locais de competição, de alimentação, de alojamentos e da Comissão Central Organizadora (CCO) foram discutidos, além de outros assuntos como atendimento médico, hotéis e estrutura para transmissão ao vivo.

O presidente da Fundação Municipal de Esportes e Lazer de Gaspar, José Carlos de Carvalho Junior, apresentou a estrutura que deverá receber os jogos envolvendo cerca de 2 mil participantes com idade a partir dos 60 anos. Uma lista com proposta de 17 locais de competição que está sendo avaliada pela comissão técnica da Fesporte e deverá ser definida até final de março. 

Serão oito modalidades em disputa: bocha, bolão, handebol, voleibol, dominó, canastra, truco e dança (livre, popular e de salão). Por questões técnicas, o bolão será disputado na vizinha Blumenau, em local cujas propostas estão entre as demais a serem homologadas.

O diretor de esporte da Fesporte, Valdeci da Silva, considerou bastante produtiva a reunião. "Estamos bem alinhados com o Município de Gaspar e seguros de fazer um belo evento, que marcará positivamente o início de um ano esportivo bastante proficiente", disse ele.

Este será o primeiro dos 10 grandes eventos esportivos do calendário deste ano, ou seja, em âmbito estadual. Isso porque a etapa microrregional da programação dos Jasti 2019 ocorre de 5 a 30 de abril, definindo os classificados para a fase estadual.

Os Jasti são promovidos pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura de Gaspar.

Por Júlio Castro

 

O Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD/SC), órgão judicante responsável pelos julgamentos de atos de atletas, dirigentes e entidades de prática esportiva foi renovado em praticamente 65%. O processo eleitoral foi conduzido pela comissão organizadora eleitoral na tarde de sexta-feira (28), composta pelo presidente temporário da Fesporte Marcos Daniel da Cunha, a servidora da Secretaria de Turismo Cultura e Esporte Carla Krug e o membro = do Conselho Estadual de Esporte Ênio Demolay.

Foram eleitos nove titulares e seis suplentes que vão compor o Tribunal Pleno do TJD. A eleição deu-se através dos votos das entidades e seus filiados. Árbitros, entidades de prática esportiva, entidades de administração do desporto, federações esportivas, atletas e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foram os segmentos que apresentaram seus candidatos. 

“O TJD é reconhecidamente um órgão extremamente importante no sistema esportivo catarinense e o trabalho será para mantê-lo com excelência. Essa renovação é sempre bem-vinda. O momento político do país, aliás, revelou essa tendência”, comentou Renan Moresco Pirath, indicado no segmento Entidade de Administração do Desporto (Fesporte). 

A posse aos novos integrantes, possivelmente acontecerá em janeiro e será sucedida pela eleição do novo presidente com mandato de quatro anos para todos os membros. Os únicos remanescentes a continuar ocupando cadeiras do TJD serão Vinícius Bion, Alziro Golfetto e Fernando Hackrdt.

Confira, por representação de entidades, os eleitos para o mandato 2019/2022

Árbitros: Vinícius Bion e Rafael Franzoni (suplente).

Entidade de Administração do Desporte (Fesporte): Renan Moresco Pirath e Patrick Souza (suplente).

Entidades de Prática Esportiva: Zany Stael Leite Júnior, Tiago Russi e Tiago Meurer (suplente).

Federações Esportivas: Michel Scaff Júnior e Luiz Felipe Fontanella Luz (suplente).

Atletas: Alziro Golfetto, Fernando Hackrdt e Ulisses Fetter (suplente).

OAB: Nikolas Bottos, Diogo Vargas e Rafael Bozzano (suplente)

 

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

A Fesporte compartilha com satisfação o dia reservado ao nosso maior patrimônio. Da inclusão ao rendimento, nossas homenagens às estrelas do espetáculo com que convivemos no nosso dia a dia.

Pagina 1 de 45