Heron Queiroz

Depois de homologados pelo Conselho Estadual de Esporte (CED), os regulamentos gerais dos eventos esportivos para a temporada 2020 foram publicados no site oficial da Fesporte. E, como acontece anualmente, são feitas alterações, sejam elas por ajustes legais, sejam por inclusão ou exclusão de modalidade, ou ainda para aperfeiçoar os eventos.

Na área de rendimento, composta pelos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Joguinhos Abertos e Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), uma das mudanças mais significativas está relacionada às últimas alterações da Lei 13622/2005. Ajustando-se a ela aparece a figura dos atletas nascidos esportivamente em Santa Catarina; ou seja, quem não é natural de Santa Catarina, mas, comprovadamente, teve suas primeiras competições esportivas neste estado, passa a situar-se no mesmo quadro dos catarinenses natos.

Ainda no rendimento, os Joguinhos, assim como já acontece com a Olesc, passam a ter viés escolar. Todo atleta deverá ter matrícula e frequência escolar, salvo se já tiver concluído o ensino médio. Além disso, outra alteração foi a inclusão de modalidades: os Joguinhos passam a ter jiu-jitsu, e a Olesc contará com as competições de badminton e taekwondo. 

Os eventos de paradesporto também ganharam mais modalidades: os Parajesc passam a ter também parabadminton, e os Parajasc terão a inclusão do judô para deficientes visuais, adequando-se assim às competições nacionais. Outra novidade nos Parajesc é que o pedido de inscrição deixa de ser feito por escola e passa a ser pelo Município, seguindo o modelo das Paralimpíadas Escolares. 

Nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), também houve ajuste de acordo com o modelo nacional. Mesmo havendo duas versões por faixa etária (uma de 12 a 14 anos e outra de 15 a 17 anos), que eram realizadas separadamente, em períodos e cidades diferentes, passam, a partir de 2020, a acontecer na mesma sede e data. Também sofreram inclusão de novas modalidades: a versão de 12 a 14 anos passa a ter a ginástica artística em seu quadro de modalidades, e a de 15 a 17 anos ganha o taekwondo. 

E, como já havia sido anunciado pela diretoria da Fesporte, o Campeonato Catarinense Escolar de Futebol, também conhecido como Moleque Bom de Bola, ganha a versão de 15 a 17 anos, dando sequência ao desenvolvimento esportivo do jovem praticante da modalidade.

Os regulamentos gerais estão disponíveis no site da Fesporte (clique aqui para acessar). Segundo a Diretoria de Esporte da Fesporte, até o fim de fevereiro, os regulamentos técnicos também serão publicados.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

A Fesporte lamenta o falecimento do Professor Décio Roberto Calegari, no último dia 10 de fevereiro, em Vitória (ES), de parada cardiorrespiratória. Professor da Universidade Estadual de Maringá, Calegari foi criador do handebol em cadeira de rodas e um dos maiores colaboradores do paradesporto nacional e integrante do Comitê Paralímpico Brasileiro, além de parceiro nos eventos paradesportivos promovidos pela Fesporte, instituição que se solidariza com familiares e com toda a comunidade esportiva.

A modalidade de boxe marca a abertura o último fim de semana da primeira edição dos Jogos de Verão. Os combates acontecem no sábado (15) a partir das 15 horas na Praia do Sonho, em Palhoça. São 18 confrontos que valem pela primeira etapa da Copa Santa Catarina de Open Boxe. O período de pesagem vai das 10h às 12h.

Confira os combates  

1° Combate

Masculino Infantil

44 KG

3RDs 1minx1

Cristiano seben (Anjos s/ Asas12°BPM/Bal. Camb)

_  x  _

David Melo (DS Team /São José)

2°combate

Feminino Infantil

48kg

3RDS  1min x1

Agatha Sampaio (Anjos s/ Asas12°BPM/Bal. Camb.)

 

Julia Cardoso (boxe Team Floripa/Florianópolis)

3° Combate

Masculino Juvenil

52 kg

3RDs   3:00min x1

Matheus Valle (Nova Era/Florianópolis)

_  x  _

Matheus Ghen (Anjos s/ Asas12°BPM/Bal. Camboriu)

4° Combate

Masculino Juvenil

57 kg

3RDs   3:00min x1

Felipe Bohn (Anjos s/ Asas12°BPM/Bal. Camboriu)

_  x  _

Guilherme Vieira (company Boxe Clube/Criciuma)

5° Combate

Masculino Juvenil

63 kg

3RDs   3:00min x1

Douglas Melo (DS Team /São José)

_  x  _

Lucas Silva (Anjos s/ Asas12°BPM/Bal. Camboriu)

6° Combate

Masculino Elite

57 kg

3RDs   3:00min x1

Charles Quintana (DS Team /São José)

_  x  _

 Luis Araujo  (company Boxe Clube/Criciuma)

7° Combate

Masculino Elite

81KG

3RDs   3min x1

Guilherme Rodolfo (company Boxe Clube/Criciuma)

_  x  _

Jardel de Lima (DS Team /São José)

8° Combate

Masculino Elite

81KG

3RDs   3min x1

Rodrigo Braga (DS Team /São José)

_  x  _

Roberto Gonçalves (Maciel Boxe Team/Florianópolis

9° Combate

Feminino Elite

69KG

3RDs   3min x1

Lunara Albarado (Leivis Team/Lages)

_  x  _

Clarisse Medeiros (Maciel Boxe Team/Florianópolis)

10° Combate

Masculino Elite

57 kg

3RDs   3min x1

Gabriel Assunção (boxe Team Floripa/Florianópolis)

_  x  _

Natan Luan (Golden Boxe team/Itajai)

11° Combate

Masculino Elite

57 kg

3RDs   3min x1

Bernardo Fontena (Clube do Boxe /Florianopolis)

_  x  _

José Martinez (Maciel Boxe Team/Florianópolis)

12° Combate

Masculino Elite

63g

3RDs   3:00min x1

Kelson Ramos (Anjos s/ Asas12°BPM/Bal. Camboriu)

_  x  _

Gabriel Silva (Maciel Boxe Team/Florianópolis)

13° Combate

Masculino Elite

63KG

3RDs   3min x1

Pedro Junior (Nova Era/Florianópolis

_  x  _

Lucas Damasceno (Golden Boxe team/Itajai)

14° Combate

Masculino Elite

63KG

3RDs   3min x1

Adriel Costa (Joinville Open Boxe/Joiville)

_  x  _

Lucian Nascimento (Maciel Boxe Team/Florianópolis

15° Combate

Masculino Elite

63KG

3RDs   3min x1

Diego Piccoli (Meninos do Boxe/Brusque)

_  x  _

Pedro Lino (boxe Team Floripa/Florianópolis)

16° Combate

Masculino Elite

69KG

3RDs   3min x1

Paulo Jordin (Maciel Boxe Team/Florianópolis)

_  x  _

Ezequiel Trajano (Meninos do Boxe/Brusque)

17° Combate

Masculino Elite

69KG

3RDs   3min x1

Jurandi Neves (Maciel Boxe Team/Florianópolis)

_  x  _

Igor Silva (Dief Boxe Team/Florianopolis)

18° Combate

Masculino Elite

+91KG

3RDs   3min x1

Guilherme Venske (Joinville Open Boxe/Joiville)

_  x  _

Leonardo de Bem (company Boxe Clube/Criciuma)

           

No domingo (16), também na Praia do Sonho, é a vez da luta de areia, competição que envolve os estilos grappling, jiu-jitsu, judô e wrestling. Os combates acontecem a partir das 14 horas. As competições têm a parceria entre Fesporte, a Federação Catarinense de Boxe e Federação Catarinense de Wrestling.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

O quinto fim de semana dos Jogos de Verão, realizados no município de Palhoça, na Grande Florianópolis, foi marcado pelas finais do vôlei de praia, na Ponta do Papagaio, e pela realização da Travessia da Ponta das Andorinhas, na Praia de Cima.

Cerca de 400 pessoas participaram da Travessia da Ponta das Andorinhas, prova de natação em mar aberto, com 1.500 metros de percurso, na Praia de Cima, no sábado, 8. Além de fazer parte da programação dos Jogos de Verão, a competição abre o Circuito de Maratonas Aquáticas de Santa Catarina 2020.

No geral feminino, a jaraguaense Ana Carolina Bartz (Ajinc/Urbano/Secel) chegou em primeiro, com o tempo de 18min27s, seguida da companheira de clube e cidade, Aline Pauli, com 18min30s, e de Renata Figueiredo (Lira Tênis Clube), com 18min47s. 

Entre os homens, no geral, Cristian Machado (Clube Curitibano) chegou em primeiro, com o tempo de 14min56s, seguido de Lucas Davesac Machado (Nadar Itajaí), com 14min58s, e Guilherme Kanzler (Ajinc/Urbano/Secel), com 15min25s. Acompanhe todos os resultados por categoria na página da Federação Aquática de Santa Catarina (clique aqui).

O vôlei de praia encerrou no domingo (9). No feminino, Leize a Katiane, de Balneário Camboriú, ficaram com o título; Mica e Guga, de Itapema, ficaram em segundo lugar, e Elô e Valéria, também de Balneário Camboriú, em terceiro. E deu Balneário Camboriú no masculino também, com a dupla formada por Martinho e Tony. Roger e Eder, de Itapema, ficaram em segundo e Joshua e Felipe, de Jaraguá do Sul, em terceiro.

O futevôlei, previsto para este fim de semana, foi suspenso em decorrência do mau tempo. Segundo a equipe técnica da Fesporte, a competição deverá acontecer depois do carnaval, com data ainda a ser definida.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Catarinenses foram destaques na natação da etapa regional Rio-Sul do Circuito Loterias Caixa realizada em Vitória (ES), nos dias 7 e 8 de fevereiro. Anselmo Alves, Catarina Martins Machado, Isaac Lorenzo de Jesus, João Paulo Gregorini e Lucas Possato de Liz formaram o time catarinense representado pela Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos (Aflodef). Juntos, eles conquistaram 21 medalhas (10 de ouro, 9 de prata e duas de bronze) e 17 índices para a etapa nacional.

Catarina Machado somou sete medalhas na regional Rio-Sul do Circuito Loterias Caixa 2020 e teve índice em todas as provas                         Foto: Heron Queiroz

O palhocense Anselmo Alves conquistou cinco ouros (200m, 50m e 100m livre e 50 metros peito) e um ouro (150m medley). Catarina Martins Machado, de Florianópolis, integrante da seleção brasileira sub-18 e com apenas 15 anos de idade, trouxe sete medalhas: quatro de ouro (400m livre, 200m medley, 100m borboleta e 100m peito) e três de prata (100m costas e 100m e 50m livre). Outro manezinho, Isaac Lorenzo de Jesus, voltou com cinco medalhas: quatro de prata (400m, 100m e 50m livre e 50m costas) e uma de ouro (200m medley). Aos 17 anos, ele também é atleta da Seleção Brasileira Sub-18. E o criciumense João Paulo Gregorini conquistou uma medalha de prata (400m livre) e duas de bronze (10m costas e 100m peito).

O Circuito Loterias Caixa é maior evento paradesportivo do país. A etapa regional Rio-Sul compõe-se de representantes dos três estados do Sul (PR, SC e RS) e do Rio de Janeiro.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Convênios para repasse de recursos financeiros são um dos assuntos que geram algumas dificuldades e demanda de serviços para a Fesporte e municípios que sediam eventos esportivos. Na tentativa de dar maior conhecimento das ações de convênios, a Fesporte realizou, na tarde desta quinta-feira, 6, uma capacitação voltada aos dirigentes esportivos dos municípios que serão sede de eventos estaduais em 2020.

O curso aborda questões de legislação, fluxograma, prestação de contas e o uso do Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal (Sigef). O presidente da Fesporte, Rui Godinho, abriu o curso falando da movimentação financeira obtida pelos municípios ao sediar um evento esportivo, em especial na etapa estadual. Também abordou o calendário 2020, com as novidades, como a Corrida da Ponte, Jogos de Verão, Gymnasiade, Circuito Paralímpico Catarinense e 1ª Semana Paralímpica. “O curso permite uma melhor compreensão do processo de repasse de recursos e suas ações e prazos, que são fundamentais para a agilidade dos procedimentos, diminuindo acentuadamente a margem de erros, principais agentes de entraves e morosidade”, completou Godinho.

O encontro também oportunizou que a Fesporte apresentasse o projeto de catalogação de praças esportivas. Dirigentes esportivos municipais de todo o estado receberão formulários de cadastramento de locais de prática de esporte. A idéia é fazer o cadastramento dos espaços, com suas condições e necessidades, em texto e imagem, de forma que sejam disponibilizados no Google Maps. “Esse sistema permitirá termos um panorama de todos os espaços, das necessidades de melhorias e da compatibilidade de uso em nossos eventos, facilitando as ações e vistoria”, comentou Godinho. 

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Pagina 1 de 82