Segunda, 11 Dezembro 2017 20:42

Catarinenses se despedem da Bolívia com 9 medalhas Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(6 votos)
Meninas da Escola Rodrigues Alves, de Saudades, conquistaram o ouro no vôlei feminino Meninas da Escola Rodrigues Alves, de Saudades, conquistaram o ouro no vôlei feminino

A delegação brasileira terminou a 23ª edição dos Jogos Sul-Americanos Escolares, em Cochabamba, na Bolívia, com a primeira colocação geral. Após os seis dias de competição, os brasileiros de 12 a 14 anos conquistaram um total de 60 medalhas: 27 de ouro, 15 de prata e 18 de bronze. Dessas 60, Santa Catarina conquistou 9: três de ouro, três de prata e três de bronze.

O destaque individual de Santa Catarina é Daniel Augusto Raduenz, do Colégio Almirante Barroso, de Pomerode. O jovem de 14 anos levou dois ouros e uma prata. No lançamento de dardo, a marca foi de 54.66m, e mo arremesso de peso Daniel alcançou 16.93m. A prata veio no lançamento de martelo, com a distância de 50.32m. Destaque também para Rodrigo Trenhago, da Escola Jacob Gisi, de Chapecó, que levou a prata no arremesso de peso (15.86m)

Outra medalha conquistada nas modalidades individuais saiu nas piscinas, com Gustavo Carvalhais Ribeiro (Dom Jaime Câmara - São José). O jovem nadador de 14 anos levou o bronze nos 400m livre, com um tempo de 4 minutos, 17 segundos e 10 centésimos.

Os catarinenses Nathan Felipe Filgueiras e Maria Eduarda Gomes conquistaram o bronze no xadrez por equipes

Mais dois bronzes saíram no xadrez. Nathan Felipe Filgueiras (Colégio Sagrada Família - Blumenau) e Maria Eduarda Gomes (Escola Joaquim D’agostini - Lacerdópolis) participaram da equipe que somou 14 pontos e ficou com o bronze na categoria mista por equipes. No individual feminino, Maria Eduarda Gomes conquistou mais um bronze.

Nas coletivas, duas medalhas femininas. As estrelas do futsal do Colégio Rogacionista fizeram ótima campanha, mas foram derrotadas na final para a Colômbia por 6 a 2 e ficaram com a prata. Tatiane Silva e Liriel Borges foram as artilheiras do time catarinense, com 13 gols cada. 

O ouro demorou a sair, mas veio com a escola Rodrigues Alves, do município de Saudades. Na final, reencontro com a Bolívia e placar de 3x1 a favor das catarinenses. Parciais de 27x25, 23x25, 25x14 e 25x12

Santa Catarina também representou o Brasil no futsal e no vôlei masculino. No vôlei, a Escola Erwin Prade, de Timbó, ficou na 3ª colocação do grupo B e não passou da fase de grupos. E no futsal, os meninos do Colégio Recriarte, de Camboriú, começaram muito bem a competição e se classificaram em 1º lugar na fase de grupos, mas no mata-mata vieram duas derrotas em jogos muito equilibrados: 5x4 para o Paraguai na semifinal e 2x1 para a Argentina na decisão pela medalha de bronze.

Colégio Rogacionista (Criciúma) representou o Brasil no futsal, e terminou a competição com a medalha de prata

Confira todas as medalhas catarinenses nos Jogos Sul-Americanos Escolares:

 

OURO

Daniel Augusto Raduenz - Arremesso de peso (16.93)

Daniel Augusto Raduenz - Lançamento de dardo (54.66)

Voleibol feminino - EEB Rodrigues Alves (Saudades)

 

PRATA

Rodrigo da Silva Trenhago - Arremesso de peso (15.86)

Daniel Augusto Raduenz - Lançamento de martelo (50.32)

Futsal feminino - Colégio Rogacionista (Criciúma)

 

BRONZE

Gustavo Carvalhais Ribeiro - 400m livre (4:17.10)

Maria Eduarda Gomes e Nathan Felipe Filgueiras - Xadrez por equipe

Maria Eduarda Gomes - Xadrez individual feminino

 

 

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Lido 1793 vezes Última modificação em Terça, 12 Dezembro 2017 16:41

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.