Prado

Com a participação do presidente da Fesporte, Rui Godinho, foi lançada nesta quarta-feira, 17, em Timbó, a logomarca oficial da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2019. A cerimônia reuniu dirigentes esportivos, atletas e imprensa. A etapa estadual dos Jasc será realizada de 1º a 10 de novembro em Timbó, Indaial e Pomerode, com a promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras dos municípios-sede.  

Segundo os integrantes da Comissão Central Organizadora (CCO) do evento, as inspirações para a criação da marca da 59ª edição dos Jasc são provenientes das chamas olímpicas e da multiplicidade e união das cidades-sede retratadas na diversidade de cores assim como é o seu povo, tendo como base as seguintes simbologias:

Simbologia: A tipografia da palavra “Jasc”, representa as formas e movimentos das chamas, símbolo dos esportes olímpicos. As cores da palavra “Jasc” se fundem umas com as outras em um efeito de gradiente harmônico, do laranja para o azul, simbolizando a união entre as cidades-sede e do espírito dos Jogos.

Os nomes das cidades-sede são apresentados em cor verde simbolizando a exuberante natureza da região e organizadas em ordem alfabética. O significado da marca dos 59º Jasc é o movimento de reacender a chama dos Jogos, unindo pessoas e cidades, transmitindo o movimento presente nos esportes praticados e nos esforços políticos de todos os envolvidos na realização do evento. 

O slogan dos Jasc 2019 traz a frase “Tudo começa com um sonho”. A frase parte do principio de que dentro de cada ser existe um desejo de realizar de criar, de possuir, de conquistar e de vencer o qual tradicionalmente condicionamos a chamar de sonho. O poeta timboense Lindolf Bell já dizia “ Menor que meu Sonho não Posso Ser”.

Para o presidente da Fesporte, Rui Godinho, a apresentação da marca é o início efetivo, da maior competição esportiva de Santa Catarina. “Os Jasc estão entre as maiores competições esportivas do Brasil e este lançamento, aqui em Timbó, vem imbuído de sentimento em que iremos realizar uma das melhores edições dos Jasc da história”, concluiu.

Atenção dirigentes! Encerra-se nesta quarta-feira, dia 17, o prazo de envio do Termo de Compromisso para a Fesporte referente às inscrições para a Olesc. Mais informações pelo fone 3665 -6124. 

 

A etapa estadual dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) será realizada entre os dias 20 a 24 de maio Gaspar, mas neste mês de abril e início de maio as etapas microrregionais do evento ocorrem em mais de 36 cidades. As competições, que reúnem atletas com idade a partir de 60 anos, envolvem bocha, bolão, canastra, dominó e truco, além de dança coreográfica, que se divide em dança popular e livre.

Para a etapa estadual em Gaspar classificam-se o campeão e vice do dominó, truco e canastra e das demais modalidades o campeão. Os Jasti estão na 12ª edição e são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras.

Até o momento já foram realizadas as etapas microrregionais em São Miguel do Oeste, Maravilha, Joaçaba, Arroio Trinta, Camboriú, Navegantes, Itajaí, Laguna, Mafra, Canoinhas, Lages, Bom Retiro, Palma Sola, Itapiranga, Arvoredo, Ascurra e São Ludgero.

Neste dia 17 de abril ocorrem as etapas microrregionais em Canelinha, Águas de Chapecó, e União do Oeste.

Confira as demais datas de abril

Dia 20 – Caçador

Dia 23 -  Palhoça, Presidente Nereu e Pomerode 

Dia 24 – Palhoça, Nova Veneza,   Rio do Campo, Xaxim e Barra Velha

Dia 25 – Palhoça,  Nova Veneza, Xaxim, Imbuia, Massaranduba

Dia 26 – Nova Veneza, Capivari de Baixo

Dia 27 – Nova Veneza, Sombrio

Dia 30 – Galvão

Dia 2 Maio -  Caxambu

Dia 3 Maio – Santa Cecília,  ADR Campos Novos (sede a definir)

 

A cada dia que passa os participantes, com idade a partir de 60 anos, contam os dias para o início da etapa estadual dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina. No período de 20 a 24 de maio Gaspar recebe cerca de 2.500 idosos, que participarão de disputas que envolvem bocha, bolão, canastra, domínio, truco, voleibol, handebol e dança.

Os Jasti, em sua etapa estadual, são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Gaspar.

Enquanto as disputas não começam, é hora de conhecer os locais de competições. Confiram abaixo. 

 

BOCHA

CLUBE BLUMENAUENSE DE CAÇA E TIRO (2 canchas) R. Itajaí, 2560 - Vorstadt – Blumenau

BELA VISTA COUNTRY CLUB (2 canchas) Rua Anfilóquio Nunes Píres, 5300 - Bela Vista – Gaspar

SOCIEDADE ESPORTIVA RECREATIVA ALMIRANTE TAMANDARÉ (1 cancha) Estrada Geral do bairro Lagoa, Km 9, Gaspar

ARD CANARINHOS (1 cancha) R. Pedro Isense - Coloninha – Gaspar

SOCIEDADE RECREATIVA ESPORTIVA GASPARINHO (1 cancha) Rua Itália, s/n - Alto Gasparinho – Gaspar

SOCIEDADE RECREATIVA 9 DE AGOSTO (1 cancha) Rodovia BR 470, Km 31 – Gaspar

 

BOLÃO

SOCIEDADE ESPORTIVA RECREATIVA E CULTURAL SALTO DO NORTE R. Eng. Udo Deeke, 1546 - Salto Norte, Blumenau

 

CANASTRA

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CLASSISTA BUNGE Rod. Jorge Lacerda, 4261 - Sete de Setembro – Gaspar

 

DOMINÓ

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CLASSISTA BUNGE Rod. Jorge Lacerda, 4261 - Sete de Setembro – Gaspar

 

TRUCO

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CLASSISTA BUNGE Rod. Jorge Lacerda, 4261 - Sete de Setembro – Gaspar

 

VOLEIBOL

GINÁSIO DA EEB FREI GODOFREDO Rua Manoel Bittencourt, 330 – Sete de Setembro – Gaspar

GINÁSIO DA EEB IVO D´ÁQUINO Rua José Honorato Muller, 259 - Coloninha – Gaspar

 

HANDEBOL

GINÁSIO MUNICIPAL WILMAR SULY PEREIRA (BELA VISTA) Rua Adriano Kormann, s/n - Bela Vista – Gaspar

 

DANÇAS

GINÁSIO PREFEITO JOÃO DOS SANTOS Rua Itajaí, 2.300 - Sete de Setembro – Gaspar

 

BAILE

SOCIEDADE ALVORADA Rua Cel. Aristiliano Ramos, 72 – Centro – Gaspar

 

 

CONFIRA O MAPA: 

Legenda de ícones do mapa

 

Desde que foi criada, em 1993, já passaram pelos eventos da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), mais de 10 milhões de atletas nos eventos esportivos da instituição como Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Joguinhos Abertos, Jogos Escolares de Santa Catarina, Jogos Paradesportivos, Jogos Abertos da Terceira Idade, entre outros.

"Desde que assumimos a Fesporte não paramos um só minuto de trabalhar pensando numa instituição mais dinâmica, que atenda principalmente os interesses dos atletas e dos municípios, que são os nossos parceiros", enfatiza o presidente da entidade Rui Godinho. Para isso, segundo ele, estão sendo realizados encontros diários na sede da Fesporte com prefeitos,dirigentes municipais e representantes de federações esportivas. "Nosso objetivo é ouvir todos e assimilar as boas ideias e isso tem sido feito, pois em 100 dias do novo governo já fizemos ações de destaque que beneficiarão o esporte catarinense", esclarece Godinho. 

Nos 100 primeiros dias do governador Carlos Moisés, muito se fez no âmbito gerencial da Fesporte, com o intuito de dar um novo dinamismo no esporte de Santa Catarina. Uma das primeiras ações da nova gestão da Fesporte foi introduzir uma filosofia de economia na instituição.

Conclusão do calendário

No período, foram economizados cerca de R$ 39 mil em locações de carros e diárias. Posteriormente houve a conclusão de todo o calendário esportivo da Fesporte, contribuindo para que os municípios parceiros pudessem se organizar de forma antecipada para os eventos da entidade.

No aspecto da inovação, foi implantada a assessoria de comunicação e marketing da Fesporte, já que antes havia apenas o setor de imprensa. E para permitir a inclusão do deficiente visual, criou-se no site a notícia falada, que, por meio do aplicativo SoundCloud, passa a ouvir as principais notícias. O instrumento possibilita também que rádios façam download do áudio para usar em suas programações.

Medalha com sistema braile será uma das inovações da Fesporte (Foto: Antonio Prado)

Já no campo da acessibilidade houve a aquisição de pódio adaptado para os eventos do paradesporto, que envolvem atletas com deficiência e, pensando neste público foi instituído o braile nas medalhas de todos os eventos esportivos.

Esporte como inclusão social

E com a ideia de incrementar ainda mais as ações da Fesporte foi criado um plano de mídia com objetivo de arregimentar empresas privadas como parceiras, que auxiliem na divulgação e no orçamento dos eventos da Fesporte.

Uma das ações de destaque nestes primeiros 100 dias foi a implantação da filosofia do esporte como fator de inclusão social. Para isso integrantes da diretoria de esporte e da gerência de esporte de participação passaram a viajar pelo estado, visitando instituições esportivas filantrópicas que usam a prática esportiva como processo inclusivo com crianças e adolescentes. Fez-se cadastro e relatório técnico das entidades que, no futuro, por meio de edital, serão parceiras da Fesporte na promoção social por meio do esporte.

Parceria com o Comitê Olímpico

No segmento de grandes eventos o Governo Estadual, por meio da Fesporte, firmou parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) para a realização da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, a maior competição do gênero do país, que reunirá em Blumenau, em novembro, mais de 5 mil pessoas entre atletas e dirigentes. A ação contará com a parceria da prefeitura de Blumenau.

Já em Florianópolis, com auxílio da Fesporte, será realizado em julho o 1º Campeonato Brasileiro de Parajiujtsu. No segmento escolar, foi instituída a noite de gala do Festival Escolar Dança Catarina, em alusão aos 20 anos do evento, único no mundo a ser organizado e gerenciado por governo estadual.

PAUTA DOS NOVOS PROJETOS

- Atualizar e reposicionar marca Fesporte perante a opinião pública;

- Dar mais visibilidade aos eventos da Fesporte, por meio do setor de marketing;

A Fesporte pretende criar em 2019 um sistema de controle on-line dos jogos (Foto: Antonio Prado)

- Criar um novo site com novas ferramentas on-line, que atenda as necessidades da Fesporte e dos municípios parceiros;

- Promover acessibilidade e democratização de acesso nos locais que congregam os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) e Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc);

- Aprimorar a parceria com instituições filantrópicas que trabalham com projetos sociais esportivos, criando um banco de projetos destinado a doações de material esportivo;

- Institucionalizar o selo Amigos do Esporte a empresas, como forma de imprimir responsabilidade social, condição importante para o abatimento do imposto de renda direcionado a investimentos a projetos sociais;

- Atualizar plano de mídia nos eventos da Fesporte;

Presidente da Fesporte, Rui Godinho (de branco), tem ouvido os dirigentes esportivos (Foto: Antonio Prado)

- Criar sistema de controle on-line dos jogos;

- Reduzir o impacto ambiental dos eventos, criando ações com esse objetivo, como a plantação de árvores, limpeza de locais públicos etc.;

- Implantar parcerias com secretarias estaduais para criação de ações lúdicas e pedagógicas nos eventos da Fesporte;

- Criar TV Escolar Fesporte, em parceria com escolas públicas, com o objetivo de melhorar a comunicação oral e escrita do aluno por meio de um programa de TV esportivo;

- Criar Fundo Fesporte com o objetivo de assegurar recursos para os eventos da Fesporte;

- Construir uma pista sintética de atletismo em Timbó a ser utilizada na etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) e na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude.

  • Texto: Antonio Prado/Ascom/Fesporte

O governador do Estado, Carlos Moisés, o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, e o presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Rui Godinho da Mota, assinaram nesta segunda-feira, 8,  parceria para fomentar o esporte nas escolas estaduais.

"Agora estamos trabalhando juntos e unindo esforços  para o desenvolvimento de ações conjuntas. Vamos explorar o esporte para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, com foco no trabalho em equipe e na disciplina dos estudantes", destaca o secretário Uggioni.

Para o governador este é o caminho. "O nosso papel é abrir espaço para a conversa dos gestores e o alinhamento de boas práticas conjuntas. O esporte é um grande aliado da educação", afirma.

De acordo com Godinho, recursos disponíveis para Fesporte poderão ser utilizados na educação, seja para compra de material esportivo ou para formação de professores na área. “Estaremos mais perto dos estudantes, apresentando novas modalidades que são menos exploradas. Somos o país do futebol, mas temos outros potenciais esportivos, não apenas dentro de campo”, evidencia.

Ainda este ano, um projeto será construído pelas equipes técnicas da SED e Fesporte para ser implantado na rede estadual. As unidades escolares que receberão o projeto piloto serão definidas e, posteriormente, as demais escolas podem receber o novo programa.

Texto: Edinéia Rauta - Ascom/SED

OUÇA A MATÉTRIA:

Pagina 1 de 194