Letícia Andres, de Joaçaba, foi destaque da I Etapa do Circuito Brasileiro de Badminton em Toledo, no Paraná, em sua categoria Sub 17 (atletas até 16 anos).

Ela que é contemplada do projeto bolsa atleta do Governo do Estado de Santa Catarina, conseguiu um feito inédito ao ser campeã em todas as categorias: campeã individual; campeã em duplas feminina, com a atleta Eduarda  Dias Prates  (RS); campeã em duplas mistas, com o atleta Joaquim Mendonça (SP).

A joaçabense nunca tinha vencido em todas as categorias em um único nacional. “É um feito extremamente difícil, já que existe um desgaste físico e psicológico grande ao longo da competição e chegar em três finais e vencer todas é um feito para poucos atletas”, destacou o técnico Anderson Andres.

Letícia que tem no currículo o título Sul Americano Dupla Mista e também já foi campeã brasileira. Treina desde os cinco anos de idade e busca em 2023, ser convocada para a Seleção Brasileira Junior e assim ter a chance de disputar o Pan americano e o Sul-Americano pelo Brasil.

Letícia Andres, representando Santa Catarina nos Jogos Escolares de 2019.          Créditos:Arquivo Pessoal/Letícia Andres

 

Ao falar da conquista, a atleta de Joaçaba, agradeceu a todos que torcem por ela e em especial, enfatizou a parceria com a AMOB (Associação Meio Oeste Badminton). "Foi "uma grande conquista pessoal, eu treino muito para isso.  E também pois foi a primeira vez que alguém da Amob ganha três medalhas de ouro. É algo incrível para mim".

Letícia, também destacou seu orgulho e sua alegria por esse momento. "Estou muito orgulhosa e tenho que agradecer muito, a muitas pessoas que estão por trás dessas três medalhas. Muitas pessoas me ajudam e me incentivam. Obrigado a meus pais: Anderson e Andrea, essas medalhas também são de vocês".  

A I Etapa do Circuito Brasileiro de Badminton Sub 17 (atletas até 16 anos), aconteceu a 8 a 12 de março em Toledo, no Paraná.

Texto - Delamare de Oliveira Filho e Marina de Melo (Ascom/Fesporte)

A equipe técnica da Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte) se reuniu na tarde de ontem, quarta, 15, com o Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Aaron Mazaro,  e o Diretor Técnico e Esportivo, Eliton Ronsani, do município de Curitibanos. 

Na ocasião, os dirigentes oficializaram junto à Fesporte, o pedido para sediar a etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina 2023.

Para Aaron é um momento muito oportuno, uma vez que o município de Curitibanos sediou a primeira edição do evento em 1988 e agora o mesmo completará 35 anos de existência.  

Dirigentes de Curitibanos com Diretoria Esportiva e equipe técnica da Fesporte       Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) 

 "Procuramos na tarde de hoje, alinhar junto a diretoria esportiva equipe técnica da Fesporte, as tratativas para sediarmos a etapa estadual dos Joguinhos Abertos 35 anos. Nosso município está sempre de braços abertos para receber a comunidade esportiva catarinense", afirmou com orgulho Aaron Mazaro. 

Texto: Delamare de Oliveira Filho / Marina de Melo (Ascom/Fesporte)

A Diretora de Esporte da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Mirian Dolzan, juntamente com membros da equipe técnica: Sérgio Galdino, Marcelo Scharf e Josélia Teixeira, participaram da plenária ordinária na manhã desta quinta, 02/03, do Conselho Estadual de Esporte (CED).

O Presidente do CED, Renan Pirath deu as boas vindas a nova diretora esportiva da Fesporte, agradeceu a presença da equipe técnica e ressaltou que "a reunião de hoje foi muito importante e marcou uma maior aproximação entre a diretora que foi recém nomeada e o Conselho. Com isso haverá o retorno da tramitação dos processos que estavam no CED. A partir das diretrizes da Fesporte, o Conselho dará celeridade aos pedidos da Fesporte".

Do mesmo modo, agora com essas nomeações, será dado prosseguimento às escolhas da sedes e como já houve resposta por parte da Fesporte de que o calendário será revisto e reformulado muito em breve, tudo ficará mais ágil, finalizou.

   Plenária ordinária do Conselho Estadual do Esporte                           Créditos: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Nesta sessão, Mirian Dolzan, fez uma breve explanação sobre as propostas iniciais do plano de trabalho e também sobre os anseios do Governador, em relação ao esporte catarinense e afirmou que "existe uma política pública voltada para o esporte, para o lazer e para o fortalecimento tanto para a educação física, como para a educação, a cultura, o esporte e o lazer".

Ressaltou ainda a importância da valorizar os profissionais da casa: "somos e seremos uma equipe na Fesporte. Há um projeto muito grande e vamos alinhar com o CED, a FECAM, o CREF, as Federações Esportivas e com todos que vierem conosco nesse projeto, que com certeza contribuirá para o fortalecimento do esporte em Santa Catarina". 

Com a apresentação da nova Diretora de Esportes, há um pedido para que o CED dê prosseguimento aos trabalhos de homologação dos regulamentos e definição de sedes para que seja dada continuidade ao processo de preparação dos municípios envolvidos.

Segundo Marcelo Scharf, nos próximos dias o calendário geral será publicado e enviado a todos os dirigentes esportivos do estado. 

Texto: Delamare de Oliveira Filho e Marina de Melo (Ascom/Fesporte)

Na última terça-feira, 28/02, Mirian Dolzan, Diretora de Esportes da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), juntamente com a equipe técnica, receberam a comitiva do município de Ponte Alta do Norte: Ari Alves Wolinger, Prefeito Municipal; Antônio Carlos Brocardo, Secretário de Administração; e, Isabelle Roberta Ramos, assessora de comunicação.

Na ocasião, foi oficializado o pedido do município de Ponta Alta do Norte para sediar uma das etapas mesorregionais do Festival Escolar Dança Catarina 2023.

Mirian Dolzan, Diretora de Esportes, destacou a relevância do pedido e enfatizou que "é muito importante estarmos próximos dos gestores municipais e dirigentes esportivos. Isto faz com que possamos conhecer mais e melhor a realidade de cada local, e dessa maneira, aprimorar nossas ações, fortalecendo ainda mais o esporte catarinense".

Dolzan, ressaltou também: "ficamos muito felizes, enquanto equipe Fesporte. Quanto mais municípios conseguirem  organizar suas estruturas para sediar eventos, quanto maior o envolvimento dos agentes municipais, mais oportunidades serão oferecidas para nossas crianças e atletas".

Mirian Dolzan, Ari Wolinger, Mapi Cravo e Antônio Brocardo               Créditos: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) 

 

O Prefeito, Ari Wolinger, se mostrou muito feliz com a acolhida da equipe da Fesporte e o momento vivenciado nessa tarde. "O futuro de nossas crianças passa pela cultura. O Dança Catarina é um evento grandioso e será de muita valia, sediarmos esse evento. Nossas crianças e nossa região só tem a ganhar futuramente, com a concretização desse ato".

O ano inicia muito bem, com muitos pedidos para sediar as etapas do Festival Escolar Dança Catarina 2023, definiu Mapi Cravo, coordenadora geral do Festival. "A presença da comitiva de Ponte Alta do Norte é de extrema consideração e demonstra o espaço que o Festival conquistou em todo o estado".

E finalizou afirmando que tais pedidos trazem consigo a certeza de que a Fesporte tem excelência humana e técnica na organização e execução de todos os eventos, e os mesmos se apresentam no mesmo patamar de excelência, enalteceu.

Mapi Cravo e Mirian Dolzan, presenteia Prefeito Ari Wolinger                      Créditos: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

O Festival Escolar Dança Catarina é uma promoção do Governo do Estado de Santa Catarina, executado pela Fesporte, em parceria das prefeituras municipais. A estimativa é que mais de 20 mil pessoas assistiram a todas as etapas mesorregionais e regionais no ano de 2022. 

Em 2023, o Festival completa 24 anos, consolidando-se no cenário nacional como o maior evento de dança escolar do país. Percorre o estado, fomentando a dança na escola e proporciona um espetáculo de arte e cultura por onde passa. 

Texto - Delamare de Oliveira Filho e Marina de Melo (Ascom/Fesporte) 

Na tarde dessa segunda, Gerson Fior, Gerente de Apoio Operacional da Fesporte, recebeu o Prefeito de Campos Novos, Gilmar Marco Pereira, juntamente com o Secretário de Esportes e Lazer, João Nilso de Oliveira e o Diretor de Esportes Municipal, Rafael Carvalho.

Na ocasião, a comitiva de Campos Novos protocolou pedidos para sediar: a Etapa Regional dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina;  a Etapa Regional da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e a Etapa Regional dos Jogos Abertos de Santa Catarina 2023.

Segundo os representantes municipais, Campos Novos está em pleno desenvolvimento, necessitando de eventos em diversas áreas, e sobretudo no esporte. Através desses eventos, o município incentiva a inclusão social de um número superior a 5000 alunos da rede municipal e estadual de ensino.

O prefeito Gilmar Pereira, aproveitou o momento para agradecer a acolhida na Fesporte, a companhia de seu secretário e diretor de esportes e enaltecer o pedido, afirmando que "é importante firmamos parcerias. A Fesporte faz um excelente trabalho em todo estado e nós queremos fortalecer isso ainda mais".

E prosseguiu, reforçando o pleito de sediar os eventos solicitados: "Colocamos o município de Campos Novos à disposição da Fesporte para sediar alguns eventos nesse ano de 2023".

Já o Secretário de Esportes e Lazer, Rafael Carvalho, reitera o pedido ao afirmar que "a nossa vinda à Fesporte é para protocolar um pedido para ser sede das etapas regionais da Olesc, Joguinhos e Jasc. Queremos abrir as portas para sediarmos os eventos da Fesporte", concluiu.

Texto: Delamare de Oliveira Filho e Marina de Melo (Ascom/Fesporte)

 

Nessa segunda, 27/02, Gerson Fior, Gerente de Apoio Operacional (GEAPO) da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) recebeu a Sra. Ilse Amélia Leobet, prefeita municipal de São Cristóvão do Sul, e, do Secretário de Obras, Michel Paim, que protocolaram um pedido de materiais esportivos para o município supracitado.

Para Fior, a Fesporte recebe a todos os representantes catarinenses com muita alegria e disposição. "Acolhemos todos os pedidos, e no momento que tivermos nosso presidente, daremos encaminhamento ao pedido", destacou.

A prefeita, Ilse Leobet, ressalta que São Cristóvão do Sul é um município pequeno mas que o esporte sempre será prioridade. "Acreditamos que esporte é vida, é saúde. Nesse ano, estamos iniciando com mais modalidades".

E concluiu afirmando: "Procuramos a Fesporte para nos auxiliar com alguns materiais, pois queremos envolver o maior número de crianças, integrando a comunidade em geral".

São Cristóvão do Sul conta com  aproximadamente 900 alunos na rede pública municipal de ensino e um número superior a 600 alunos na rede estadual de ensino público. O município conta com  escolinha de futsal, volei, dança, karatê e ballet. E o projeto da prefeitura é ampliar esse cenário a partir desse ano.

Texto - Delamare de Oliveira Filho e Marina de Melo (Ascom/Fesporte)

Pagina 21 de 24