Na noite desta quarta, 6, na cerimônia de abertura da etapa regional 3 das Paralimpíadas Escolares, na capital paulista, Paulo André Jukoski da Silva, o Paulão, presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte),  destacou a valorização do paradesporto em sua gestão e a proposição de maiores investimentos no paradesporto em Santa Catarina. 

Em sua fala na cerimônia de abertura deste evento, Paulão destacou a felicidade de experenciar momentos assim e agradeceu ao governador Jorginho Mello, pela oportunidade de estar à frente da Fesporte. “Estou muito orgulhoso, muito feliz e muito emocionado, vendo essas crianças com um sorrisão no rosto, todas com muita alegria e com muito sonho. Aprender com elas é maravilhoso”.

E continuou, “Aproveito o momento para agradecer de coração, ao governador Jorginho Mello, por confiar. Estar à frente da Fesporte, me proporciona estar nesse ambiente tão rico e aprender muito”. 

A cerimônia foi marcada pela entrada das bandeiras das unidades federativas participantes dessa etapa: Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina; pelas falas de representantes do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e o juramento do atleta. 

A abertura e as disputas acontecem no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, com competições nas modalidades de Atletismo, Bocha Paralímpica e Natação, com mais de 700 paratletas envolvidos.

A delegação de Santa Catarina conta com 203 participantes, incluindo paratletas, técnicos, staffs, guias, fisioterapeuta, dirigentes esportivos e assessoria de imprensa. 

 

Hiudy Raio, levou a bandeira catarinense na abertura (junto a ele, seu técnico, Vinícius)    Foto: Delamare de Oliveira Filho (Fesporte)

 

O paratleta Hiudy Kauê dos Santos Barros Garcia Raio, 16 anos, da escola municipal  Melvin Jones, de Itajaí, da modalidade de bocha paralímpica, levou a bandeira do estado de Santa Catarina no desfile de abertura. 

Ao final da cerimônia, Hiudy, falou da sensação e da emoção em levar a bandeira catarinense: “Foi muito importante e significativo para mim, poder ter sido o porta bandeira do estado de Santa Catarina. Nesse ano de 2023, será minha última participação nas Paralimpíadas Escolares. Agradeço aos meus técnicos, Aline e Vinícius, que sempre me incentivam”. 

Além dessa etapa regional, já foram realizadas outras duas: uma em Brasília e outra em Belém. Neste ano, as Paralimpíadas Escolares vão receber cerca de 1.800 atletas, em idade escolar, oriundos de todas as 27 unidades federativas do país, sendo a maior quantidade da história da competição.  Tal evento também acontecerá em São Paulo, entre os dias 27 de novembro a 02 de dezembro. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416

O município de Criciúma é o campeão da etapa regional sul da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), que aconteceu entre os dias 24 a 28 de agosto, promovido pelo Governo do Estado por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), em parceria com a prefeitura de Morro da Fumaça. 

Criciúma conquistou cinco troféus: Volei feminino, Basquete masculino, Futsal masculino, Handebol masculino e Handebol feminino, totalizando 65 pontos, seguido por Tubarão com 29 e Palhoça com 21 pontos. O município ficou em primeiro lugar no quadro de pontos, medalhas e troféus. 

“É uma alegria para nós entregar tantas medalhas e troféus aos nossos atletas e para as comissões técnicas. Sabíamos que todos entrariam em quadra buscando a classificação e dando o seu melhor em cada jogo. Parabéns a todas as modalidades pelo empenho durante a competição. Vamos juntos para a etapa estadual”, parabenizou o presidente da Fundação Municipal de Esporte de Criciúma, Neto Uggioni.

Ao todo mais de 500 participantes, incluindo atletas, treinadores, comissões de arbitragem, comissão organizadora e assessoria de imprensa, de 27 municípios e 63 equipes, passaram por Morro da Fumaça nesses últimos dias. 

Carlos Sweder, coordenador de esportes da fundação municipal de Morro da Fumaça, agradeceu ao Governo do Estado e a Fesporte e pela confiança e parceria na realização dessa competição. 

“Gostaríamos de agradecer ao governo do estado e a Fesporte pela realização desse grande evento em Morro da Fumaça, pela valiosa parceria. Foi muito gratificante recebermos as delegações dos 27 municípios aqui em nossa cidade. Deixamos as portas sempre abertas de Morro da Fumaça para que mais eventos possam acontecer aqui”. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

 

Braço do Norte no masculino e Criciúma no feminino são medalhas de ouro na modalidade de voleibol na etapa regional sul da Olimpíada Estudantil Catarinense, realizada em Morro da Fumaça. 

Num jogo que parecia tranquilo, onde vencia por 2 x 0, Braço do Norte sofreu o empate, numa reação surpreendente de Santo Amaro da Imperatriz, mas retomou o controle da partida no 5º set, venceu ao tie-break e conquistou o ouro, com parciais de 25/21; 25/16; 23/25; 18/25 e 15/08. 

O atleta braçonortense, Otávio Schlickmann, após a conquista do ouro, exaltou o trabalho em equipe e a boa participação do grupo, que segundo ele, foram primordiais para alcançarem o lugar mais alto do pódio. “A gente teve uma boa participação, tudo pelo trabalho em equipe, um grupo muito bem formado desde a base. Vamos tentar manter o pódio no estadual”. 

Na disputa do bronze, deu Palhoça que venceu Forquilhinha também por 3 sets a 2, com parciais de 25/23; 20/25; 23/25; 25/16 e 15/7. 

Braço do Norte, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça são os três classificados do volei masculino, da etapa sul da Olesc para a disputa do estadual.  

 

Final de invictas marca o volei feminino entre Criciúma x Forquilhinha

Na final feminina, num jogo de invictas, onde as duas equipes não perderam nenhum set antes da grande final, a campeã foi Criciúma que venceu Forquilhinha por 3 sets a 0 (parciais de 25/14; 25/17 e 25/17)e garantiu mais um ouro para o município carvoeiro.

O terceiro lugar ficou com São José que venceu Tubarão por 3 sets a 0 com parciais de 25/14; 25/19 e 25/14. 

 

 Meninas de Criciúma terminam a competição invictas, sem perder nenhum set e com o ouro    Foto: Jatene Macedo 

 

Partida do Estadual Adulto, movimentou atletas da Olesc

Um dos momentos mais marcantes na competição da modalidade de volei foi segundo o linguajar dos jovens, um “sextou” de forma diferente. Na última sexta, 25, o município de Morro da Fumaça, recebeu uma partida pelo campeonato estadual de volei masculino adulto, entre a equipe da casa e a equipe de Blumenau. 

O confronto, com ginásio lotado, muitos desses expectadores eram atletas que participavam da etapa regional sul da Olesc, Blumenau venceu Morro da Fumaça por 3 a 0. O que chamou a atenção foi o carinho dos atletas com o ídolo da equipe de Morro da Fumaça, Angel Dennis, ex atleta da seleção cubana de voleibol. Ao final da partida muito atletas pediram para tirar fotos com o atleta. 

Ao ser questionado sobre a importância de uma competição como a Olesc para o desenvolvimento de novos talentos para o voleibol, Angel ressaltou que: “é uma grande felicidade ver tudo isso. Eu comecei a jogar voleibol com 12 anos, graças ao esporte rodei o mundo. Hoje estar aqui e poder colaborar são uma grande satisfação. Aprendi muito no voleibol e quero passar todo esse conhecimento a essa gurizada que está correndo atrás de um sonho”, finalizou. 

 

Equipe Adulta de Morro da Fumaça pousa para foto com garotada da Olesc         Foto: Delamare de Oliveira Filho (Fesporte)

 

O coordenador de esportes da fundação municipal de Morro da Fumaça, Carlos Sweder, falou emocionado do ginásio lotado, um jogo de alto nível em seu município e a presença de muitos atletas que estavam participando da Olesc. “Sentimos-nos muito prestigiados com esse ginásio lotado, um projeto novo com o volei adulto que a população fumacense está abraçando conosco”. 

E concluiu, “Um jogo desses no meio da competição da Olesc vem incrementar ainda mais esse grande evento muito bem realizada pela Fesporte. É sem dúvida nenhuma, mais um atrativo para esses jovens atletas se apaixonarem ainda mais pelo esporte”.

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) - (48) 99683 5416

  

Na tarde deste domingo, 28, as equipes de basquete masculino e handebol feminino, de Criciúma, conquistaram os lugares mais altos dos pódios, nestas duas modalidades, na etapa regional sul da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc).

No basquete masculino, num jogo disputado lance a lance, Criciúma venceu a equipe de Palhoça por 70 a 66. Ao final da partida, um dos destaques da partida, o garoto da equipe carvoeira, Enzo Fabris Narciso, declarou: “foi uma conquista muito importante, pois ano passado a gente perdeu para eles nessa competição. Ganhar essa partida foi incrível, ainda mais conquistando o título”. 

E aproveitou para valorizar a equipe adversária e enfatizar o jogão que foi essa final, disputada ponto a ponto. “o time deles [Palhoça] é muito bem treinado pelo Alan, mas nesse jogo conseguimos encaixar a defesa e marcar os pontos nos momentos cruciais”, finalizou. 

A medalha de bronze a terceira vaga para a etapa estadual da Olesc, ficou com Tubarão que derrotou Garopaba por 76 a 27. 

 

Estreia e emoção na final do handebol 

No handebol feminino, Criciúma também levou a melhor e derrotou Tubarão por 22 a 15 na disputa da medalha de ouro. Foi uma competição bastante disputada e uma conquista muito significativa para a equipe de Criciúma, descrita assim pela atleta Mariely Ribeiro após o apito final: “foi uma conquista muito difícil para a gente, foi muito tempo de treino, todos os dias da semana. Batalhamos bastante e conseguimos o que queríamos. Agora partiu estadual da Olesc”, disse a garota, orgulhosa da sua equipe. 

Débora Magri, diretora técnica da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma que acompanhou as duas finais, afirmou que sempre é uma honra participar de eventos promovidos pela Fesporte. Destacou também o suporte oferecido pela prefeitura e pela Fme de Criciúma para o desenvolvimento do esporte local. 

“Para nós da FME de Criciúma é uma honra participar da Olesc e de todos os eventos promovidos pela Fesporte. Sermos campeões do basquete masculino e do handebol feminino, nessa etapa, nos orgulha muito. Tudo isso é fruto de um trabalho que está sendo realizado. Devemos muito ao prefeito Clésio Salvaro e ao presidente da FME, Neto Uggioni, por todo o suporte ao esporte de Criciúma”.

 

      Handebol feminino de Criciúma, comemora a conquista do ouro           Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Mas um dos momentos mais marcantes dessa decisão foi o encontro da atleta vice-campeã da modalidade, Maria Edoarda Felippe, de Tubarão, e sua mãe, Juliana Luiz. 

Ao receber a filha após a partida, a mãe não conteve as lágrimas. Ao ser questionada sobre o que passou em seu pensamento ao abraçar a filha, ela declarou: “não tenho palavras para descrever o que sinto. “É uma sensação que não tem como explicar, vê-la jogar pela primeira vez numa etapa regional, me deixa muito emocionada. É muito bom “poder participar desses momentos com ela”. 

A garota Maria Eduarda, falou da estreia numa etapa regional da Olesc: “Estar no time de Tubarão é uma honra. Dentro e fora de quadra, somos muito amigas e muito unidas. Acredito que isso, faz de nossa equipe mais forte. Vai ser muito bom representar Tubarão no estadual”. 

Na disputa da 3ª vaga para a etapa estadual e a medalha de bronze, Sombrio venceu Garopaba por 18 a 14 e ficou com a medalha e com a vaga. 

A etapa estadual da Olimpíada Estadual Catarinense (Olesc), acontece em Florianópolis, entre os dias 25 de setembro a 04 de outubro, sendo um evento promovido pelo governo do estado por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura da capital de todos os catarinenses. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) - (48) 99683 5416

 

Sete equipes iniciaram a competição na modalidade de basquete masculino da etapa regional sul da  Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), em Morro da Fumaça: Garopaba, Palhoça, Araranguá, Tubarão, Capivari de Baixo, Criciúma e São José. Após os jogos da primeira fase, os quatro semifinalistas já estão definidos são: Palhoça, Tubarão, Criciúma e Garopaba.

As semifinais acontecem neste domingo, 27, a partir das 9 horas no ginásio de esportes do Clube Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma. Na primeira semifinal, valendo não somente a vaga para a grande final, mas uma vaga para a etapa estadual da Olesc, que acontecerá em Florianópolis entre os dias 25 de setembro a 04 de outubro, Palhoça enfrenta Tubarão. Na segunda, Criciúma se confronta com Garopaba. 

Os vencedores disputam o título da etapa regional, mas já classificados para a etapa estadual. Aos perdedores há uma única chance, na disputa do bronze que levará o terceiro colocado também para o estadual.

Na última partida da primeira fase, Criciúma e Tubarão travaram um duelo muito disputado, com o placar sendo definido nos últimos minutos. A equipe carvoeira venceu por 61 a 56. Para o treinador de Criciúma, Nathan Peruchi, o jogo foi muito competitivo e a vitória muito importante para nós. 

“Esse evento é muito importante para nós e a vitória emocionante de hoje foi muito valiosa. Queremos fazer um bom jogo amanhã e passar para a final, garantindo a vaga para a estadual e depois buscar o título dessa regional”.

E na sequência, Peruchi, finalizou: “quero agradecer o apoio da prefeitura e a possibilidade de representar bem o município de Criciúma”.

As finais acontecem a tarde, a partir das 15h30min com a disputa do 3º e 4º lugar e na sequência a disputa pelo ouro. 

A Olimpíada Estudantil Catarinense é um evento promovido pelo Governo do Estado por meio da Fesporte em parceria com o município de Morro da Fumaça. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

Um dos destaques do futsal masculino nesta competição da etapa regional sul da 22ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), que acontece em Morro da Fumaça, é o retorno do futsal de Laguna depois de mais de uma década. 

A partida que aconteceu na manhã desta quinta, 24, contra Imbituba marcou o retorno da equipe lagunense à etapa regional de uma competição da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). 

O treinador Humberto José da Silva, o popular “Pigalle”, que faz aproximadamente 11 anos que Laguna não participa de uma etapa regional no futsal.  “É um prazer está aqui nessa competição que há muito o município não participa. Iniciamos um trabalho há três meses com a intenção de uma boa participação e a conquista de uma vaga para a etapa estadual”, destacou Pigalle. 

O garoto André Luiz Antunes Westphal, goleiro e capitão da equipe de Laguna, declarou que “é uma sensação espetacular está representando a Laguna e a Olesc para mim é uma oportunidade para eu continuar na carreira no futsal”.

Antes da partida, um registro das equipes de Laguna e Imbituba," no duelo dos vizinhos" e os árbitros         Foto: Rodolfo May

 

A delegação de Laguna conta com aproximadamente 50 participantes, incluindo atletas e treinadores. O município disputa as vagas para  a etapa estadual da Olesc  nas modalidades de futsal masculino, handebol masculino e feminino. 

O futsal masculino enfrenta Imbituba, São Ludgero e Urubici, na primeira fase do torneio. As meninas do handebol enfrentam Tubarão, Criciúma e Antônio Carlos. E os garotos do handebol jogam contra Meleiro, Lauro Muller. 

 

 A delegação de Laguna antes da partida para Morro da Fumaça        Foto: Prefeitura de Laguna/Divulgação 

 

Acompanhe os resultados e a participação de Laguna e de todos os 27 municípios participantes da regional sul da Olesc no site da Fesporte. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416

 

Pagina 17 de 29