Imprimir esta página
Sexta, 11 Janeiro 2019 19:35

Nota de Esclarecimento Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(7 votos)
Rui Godinho | Presidente da Fesporte Rui Godinho | Presidente da Fesporte Banco de imagens/Fesporte

         Face às informações atribuídas de forma leviana em colunas esportivas e políticas na edição de sexta-feira (11) no jornal Diário Catarinense e, em respeito à comunidade esportiva catarinense, a entidade que dirigimos e às pessoas que atualmente a conduzem, a diretoria da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) vem a público esclarecer os seguintes fatos: 

1 - Ao contrário da pífia referência atribuída ao profissional de Educação Física e atual presidente da Fesporte Rui Godinho da Mota, 39 anos, o novo ordenador do órgão possui, entre várias qualificações profissionais e esportivas, licenciatura e bacharelado em História pela Universidade Gama Filho (RJ), é bacharel em Direito (Unisociesc/FGV), com pós-graduação em Direito Penal (Uniasselvi) e pós-graduando em Segurança Pública pelo Instituto Brasileiro de Formação (Joinville). 

Iniciou sua extensa vida esportiva aos 12 anos praticando o Jiu-Jitsu ainda quando residente na comunidade (favela) do Jacarezinho, no Rio de Janeiro.  Foram inúmeros títulos entre nacionais e estaduais (13) sobre os tatames alcançados de 1992 aos dias de hoje. A faixa preta de Jiu-jitsu obteve em 2003 e atualmente tem graduação de 4º Dan. Ingressou na carreira policial em 2006 através de concurso público chegando ao cargo de Comissário de Polícia. Além de professor na rede pública e particular de ensino, Rui Godinho também foi professor na área de defesa pessoal na Academia de Polícia (Acadepol). 

2 - Sobre as jocosas informações que tratam das indicações aos cargos atualmente ocupados no executivo e técnico da Fesporte, esclarecemos que nem todos seus titulares possuem vinculação partidária. Preservamos os critérios atribuídos nas escolhas de pessoal à qualificação técnica de cada um, sendo que todos possuem capacidade de gerenciamento e a inovação necessária que pretendemos adotar na nova Fesporte. 

3 - Acrescentamos que durante o período de transição administrativa da casa e, amparados pelo poder executivo de escolhas, foi preservado 50% do quadro de comissionados atuantes na antiga gestão. Em resumo, a nova diretoria ingressou na Fesporte com o firme propósito de manter a entidade digna de respeito e admiração pela comunidade esportiva catarinense e, sobretudo, trabalhar arduamente para modernizá-la em seus mais diferentes segmentos de atuação. 

Por fim. Essa é a nossa missão. Esse é o nosso compromisso além-picuinhas e interesses escusos. O esporte como ferramenta de inclusão, participação e rendimento será fundamentado em parcerias consolidadas junto às pessoas e entidades do bem, especialmente aos que respeitam o histórico de 25 anos da maior instituição pública de promoção do esporte catarinense. 

Obs. Oportunamente, a Assessoria de Comunicação (Ascom) disponibilizará no site oficial da Fesporte, o currículo completo e qualificações profissionais de todos atuais servidores do órgão.  

 

Saudações esportivas

 

Rui Godinho da Mota

Presidente da Fesporte

 

Florianópolis, Janeiro de 2019

Lido 1646 vezes Última modificação em Quarta, 16 Janeiro 2019 20:35
Júlio Castro

Mais recentes de Júlio Castro