Segunda, 13 Novembro 2017 02:16

Jasc, em Lages, têm cobertura inédita e 400 mil espectadores Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(3 votos)
 Cobertura jornalística inédita, com destaque para o trabalho multimídia e transmissão ao vivo Cobertura jornalística inédita, com destaque para o trabalho multimídia e transmissão ao vivo Foto Divulgação Fesporte

Cobertura inédita e 400 mil espectadores, com destaque para o trabalho multimídia, e transmissão ao vivo pela primeira vez nos Jogos Abertos de Santa Catarina. Lages entrou, definitivamente, para a história do maior evento poliesportivo do Sul do Brasil. Mais de 400 mil de pessoas acompanharam as transmissões de vídeo pela página da Fesporte no Facebook.

O Jasc conectado teve mais de 100 horas de conteúdo ao vivo e cobertura integrada entre a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), sob o comando do gerente de imprensa Renan Koerich, e a Prefeitura de Lages, com o executivo de comunicação Pablo Gomes. Com perfil multimídia, os profissionais trabalharam em conjunto, em equipe única, com a publicação de conteúdo em diferentes plataformas.

 Produção de conteúdo

"No atual cenário do jornalismo, com dificuldades econômicas e redações mais enxutas, uma instituição pública precisa entender o seu papel de produtor de conteúdo e ser um facilitador para que os demais veículos tenham acesso à informação. É necessário fornecer, em diferentes mídias, um conteúdo com qualidade e atraente para que esteja pronto para a publicação", avalia Renan Koerich.

Inversão de papéis

Equipe da TV Fesporte transmitiu mais de 100 horas de programação ao vivo (Foto: divulgação Fesporte)

"Por isso, a cobertura da 57ª edição dos Jasc é um marco nesta inversão de papéis. Se nas últimas décadas as redações dos grandes veículos catarinenses enviavam inúmeros profissionais para a cobertura, agora, a realidade sofreu uma alteração. Portanto, é preciso reconhecer e realizar essa reflexão para entregar a melhor cobertura e informação possível", completa o gerente de imprensa da Fesporte.

A parceria

"Logo que assumi a chefia de comunicação da Prefeitura de Lages, no início de outubro, entrei em contato com o Renan Koerich, da Fesporte, jornalista com experiência em coberturas esportivas e com quem tive o privilégio de trabalhar no Diário Catarinense, para alinharmos os detalhes dessa grande cobertura. A proposta foi montar uma Central de Imprensa Oficial dos Jasc, com planejamento e produção compartilhada entre as equipes, contemplando todas as plataformas de mídia. Foi algo inédito na história dos Jasc. Escolhemos a dedo alguns dos melhores profissionais do jornalismo de Santa Catarina, montamos um plano de cobertura e o colocamos em prática", relata Pablo Gomes.

 Elite da imprensa

"Contamos com a parceria da Câmara de Vereadores, da Assembleia Legislativa, da Rede Acaert de Notícias, que disponibilizou boletins diários dos Jasc a 300 rádios de todo o Estado, e do Senai, que gentilmente nos emprestou a estrutura para a redação. Parte da elite da imprensa catarinense esteve conosco. Alguns profissionais, inclusive, têm experiência em coberturas internacionais, o que agigantou o nosso trabalho. Vários acadêmicos de Jornalismo nos visitaram e se emocionaram conosco. Em quase 18 anos de profissão, dos quais, 15 em redação de jornal diário, tive a oportunidade de fazer algumas coberturas importantes, como a Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti. Mas o que vivemos aqui, no meu lar, doce Lages, ficará para a história da minha vida”, enfatiza o executivo de comunicação da prefeitura de Lages.

 

Fotojornalistas com experiência internacional cobriram os Jasc (Foto: Olavo Moraraes)

Múltiplas plataformas

Ao todo, foram mais de 40 profissionais envolvidos na cobertura. O público alvo foi formado por jovens e adultos, de ambos os sexos, em Santa Catarina, com idade entre 15 e 40 anos.

As plataformas de publicação envolveram os sites, o facebook e o instagram, da Fesporte e da Prefeitura de Lages, além do aplicativo Jasc 2017.

"Não tenho dúvida de que o diferencial deste grande evento, o Jasc 2017, foi a multimídia", avalia Erivaldo Caetano Júnior, o Vadinho, presidente da Fesporte.

 "As transmissões ao vivo pelo Facebook, proporcionaram aos familiares do atletas saber tudo o que aconteceu em Lages. É preciso investir cada vez mais nesse tipo de cobertura jornalística, porque significa a modernização dos Jasc. Por isso tenho a convicção de que Lages deu show", completou o dirigente.

Números superlativos

Os números da mídia social são superlativos. Além das mais de 400 mil visualizações das transmissões de vídeo, 40 mil pessoas visualizaram a página do Facebook. Aproximadamente 400 mil pessoas acompanharam as publicações e, em torno de 200 mil interagiram, considerando a média de 20 posts diários.

Somente durante a transmissão da cerimônia de abertura ao vivo, obteve-se mais de 25,8 mil visualizações. Já a média de visualizações nas mais de 30 transmissões ao vivo foi de 6,8 mil.

Durante os nove dias de Jogos Abertos, houve um aumento de 3,7 mil curtidas na Fanpage da Fesporte, chegando a mais de 32 mil. No Instagram, alcance de aproximadamente 4 mil pessoas, comentando e curtindo os posts. houve um aumento de 43,3% na quantidade de seguidores.

 Transmissão ao vivo

O carro-chefe da cobertura foi a transmissão ao vivo. Realizada na página do Facebook da Fesporte, retransmitida no Facebook da Prefeitura de Lages e nos sites oficiais. Foram mais de 100 horas de conteúdo ao vivo, com a participação de repórteres e narradores para a transmissão das 26 modalidades disputadas nos Jogos Abertos.

Discurso leve, com bom humor

A narração ficou a cargo das duplas Marcos Assmam e Lucas Miranda, e Nicolas Quadro e Thomé Granneman, que também comentaram os jogos. Allan Borges e Nabuco Al Chariff completaram o time com reportagens e comentários.

Com dois apresentadores de canais no Youtube, Marcos Assmam e Lucas Miranda, a transmissão teve linguagem voltada ao que o público está habituado a consumir nas redes sociais. Discurso informal, leve, com bom humor.

Redes sociais

As redes sociais também foram vedete. Uma equipe especializada esteve focada na publicação de conteúdo específico, e direcionado para Instagram e Facebook. Fotos, vídeos e textos com uma linguagem coloquial e informal voltada para o público que consome rede social. Entrevistas, informações e curiosidades dos Jasc serão publicadas diariamente.

Os Jasc foram uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura Municipal e Agência de Desenvolvimento Regional de Lages.

Olavo Moraes

(48) 99960-8906

Lido 381 vezes Última modificação em Segunda, 13 Novembro 2017 02:47

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.