Publicado em Geral
Escrito por

Desportistas sugerem mudanças em calendário esportivo

Seara - Importar ou não atletas de fora para as competições esportivas em Santa Catarina, eliminar um dos eventos de rendimento entre Olesc, Joguinhos ou Jesc visando enxugar o calendário de eventos esportivos, implantar duas divisões entre as modalidades visando contemplar os municípios pequenos. Estas foram algumas das propostas dos participantes surgidas durante o encontro promovido nesta quarta-feira (1) em Seara pela Fesporte, Conselho Estadual de Esportes (CED) e Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/SC) com os dirigentes esportivos dos municípios da região Oeste de Santa Catarina.

“Foi um encontro altamente positivo”, disse Marcelo Kowalski, presidente da Fesporte, “Pois depois de 10 anos estamos ouvindo novamente os municípios. E isso é importante para saber qual o formato ideal que querem para nossas competições esportivas”, disse o dirigente. Entre os presentes esteve a prefeita de Seara Lacir Grigor, que agradeceu a presença de todos, dizendo-se confiante do seu município realizar uma grande etapa regional Oeste dos Jasc de 10 a 15 de outubro. 

Durante o encontro foi discutido o calendário de evento da Fesporte, com os técnicos da entidade detalhando cada evento, e também o detalhamento do  sistema esportivo de Santa Catarina que envolve além da Fesporte o CED e o TJD.

Maior participação dos municípios pequenos

Na planária várias propostas surgiram com o objetivo de melhorar o calendário esportivo da Fesporte. Representantes de municípios pequenos defenderam a criação de duas divisões nas modalidades nos eventos de rendimento alegando que isso contemplaria as cidades de menor porte. Também foi defendida a possível extinção de um evento de rendimento, podendo ser a Olesc, Joguinhos ou Jesc, já que segundo alguns dos dirigentes os eventos abrangem uma mesma faixa etária de idade (entre 15 a 17 anos). Outra saída, segundo alguns participantes, seria o município limitar a participação do atleta por até dois eventos para que a vida estudantil do atleta não fosse tão afetada.

Integrantes da Fesporte detalharam todas as ações esportivas da instituição (Foto: Antonio Prado)

Entretanto, o ponto de maior polêmica foi a discussão do Projeto de Lei, que tramita na Assembleia Legislativa, que limita a importação de atletas para os eventos esportivos em Santa Catarina.  O texto do projeto diz que o atleta de ponta, para participar de um evento esportivo no Estado, tem que ser residente ou residir há cinco anos em Santa Catarina.  A maioria criticou o projeto defendo que atletas de ponta vindos de fora agregam valor técnico às competições.

Durante a reunião os dirigentes receberam formulários para sistematizar suas propostas que serão encaminhadas à Fesporte. O objetivo também é a criação de um inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões. Todas as discussões e sugestões serão analisadas por uma equipe técnica da Fesporte para a viabilidade de serem colocadas em práticas nas ações esportivas da instituição. 

Na parte da tarde os dirigentes participaram do congresso técnico da etapa Oeste dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) para o sorteio das chaves do futsal, futebol, vôlei, handebol, basquete, bocha e bolão 23. 

A etapa Oeste dos Jasc será em Seara de 10 a 15 de outubro envolvendo 37 municípios. O campeão o vice de cada modalidade estarão classificados à etapa estadual dos Jasc que será de 15 a 25 de Novembro em Itajaí. 

Encontro é elogiado

No período da tarde os desportistas participaram do congresso técnico da etapa regional Oeste dos Jasc (Foto: Antonio Prado)

O encontro entre as instituições e os dirigentes da região Oeste de Santa Catarina foi bastante elogiado pelos participantes. Geovani Geroto, professor de educação física em Xavantina, disse que a reunião foi positiva, pois as pessoas presentes puderam contribuir com suas sugestões para melhorar a estrutura esportiva de Santa Catarina.  Seguindo o mesmo raciocínio Cláudio  Dissoloti, da Secretaria de Esportes de Chapecó, disse que o encontro foi importante, pois culminará com a construção de um documento de propostas que norteará as ações esportivas da Fesporte.

Nesta quinta-feira, dia 2, Joaçaba será sede do encontro entre os dirigentes da região Centro-Oeste. A reunião começa às 9 horas, no auditório Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15) e por fim, sexta-feira, dia 3, a reunião acontece em Pomerode, às 9 horas, no Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111), com esportistas da região Leste-Norte. 

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Geral
Escrito por

Dirigentes discutem, em São Ludgero, o esporte de SC

São Ludgero - Na manhã desta terça-feira (30) dirigentes da região Sul discutiram, em São Ludgero, a atual modelo do sistema esportivo de Santa Catarina. O encontro foi organizado pela Fesporte em conjunto com o Conselho Estadual de Esporte e Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina. Na pauta, além da descrição do sistema esportivo do Estado, os dirigentes deram propostas para melhorar a realização dos eventos da Fesporte. 

Nesta quarta-feira (1º ) será a vez de Seara sediar o encontro, que acontece a partir das 9 horas no auditório João Furlanetto (Avenida Beira-Rio, 05 – anexo à Secretaria de Educação). Depois os dirigentes se encontrarão em Joaçaba, quinta-feira, dia 2, às 9 horas, no auditório  Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15) e por fim, sexta-feira, dia 3, o encontro acontece em Pomerode, às 9 horas, no Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111).

O encontro em São Ludgero contou com a presença de autoridades, entre os quais Marcelo Kowalski, presidente da Fesporte, Alexandre Monguillot, presidente do Conselho Estadual do Esporte e do prefeito de São Ludgero Volnei Weber, além de Luciano Hostins, procurador do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina. Kowalski destacou que pretende, com os encontros, deixar um legado ao esporte catarinense por meio das sugestões dos dirigentes. “É importante ouvir vocês (os municípios) para que possamos ter um diagnóstico das necessidades e o que precisa ser feito para o esporte de Santa Catarina”, destacou.

Congresso técnico da etapa Sul dos Jasc

Várias propostas foram sugeridas para os eventos organizados pela Fesporte como a possibilidade de mais vagas para escolas públicas em eventos escolares, buscar mais alternativas para a maior participação dos municípios pequenos nos eventos da Fesporte, organizar as regionais dos eventos esportivos com mais modalidades, entre outras sugestões.

Logo após as discussões os dirigentes participaram do congresso técnico da etapa Sul dos Jasc que será de 10 a 15 de outubro em São Ludegero (Foto: Antonio Prado)

Durante a reunião os dirigentes receberam formulários para sistematizar suas propostas que serão encaminhadas a Fesporte. O objetivo também é a criação de um inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões. Todas as discussões e sugestões serão analisadas por uma equipe técnica da Fesporte para a viabilidade de serem colocadas em práticas nas ações esportivas da instituição. 

Na parte da tarde os dirigentes participaram do congresso técnico da etapa Sul dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) para o sorteio das chaves do futsal, futebol, vôlei, handebol, basquete, bocha. 

A etapa Sul dos Jasc, em São Ludegero, será de 10 a 15 de outubro e envolverá 25 municípios. O campeão o vice de cada modalidade estarão classificados à etapa estadual dos Jasc que será de 15 a 25 de Novembro em Itajaí. 

 Para Franklin Gonçalves, diretor de esportes de Anitápolis, encontros como estes são muito importantes. “O ato de escutar todas as partes é democracia. Aqui surgiram boas sugestões e esperamos que sejam aplicadas”. Já Euclides Jerônimo Ribeiro, professor em Criciúma, foi enfático: “Este trabalho é de grande valia, deveríamos ter mais um dia para as discussões e assim teríamos mais propostas”.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte, CED, TJD e municípios discutem o esporte catarinense

Florianópolis – A partir desta terça-feira (30) a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Conselho Estadual do Esporte (CED), Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Santa Catarina e municípios começam a discutir os rumos do esporte catarinense para os próximos anos. Os encontros ocorrerão de 30 de setembro a 3 de outubro e reunirão dirigentes esportivos municipais, atletas e autoridades para discutir o momento e os próximos passos do desporto catarinense.

São Ludgero será o primeiro município a sediar o encontro, às 9 horas no auditório do Samae (Avenida Monsehor Frederico Tombroc, 115). Depois o roteiro abrange os municípios de Seara Joaçaba e Pomerode (veja os locais abaixo).

Esses encontros são um objetivo do presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, desde que assumiu o comando da Fundação, em julho. E aproveitarão as datas dos congressos técnicos das etapas regionais dos 54º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) para ir a todas as regiões do Estado. E não só os dirigentes e interessados das cidades-sede estão sendo convidados. A ideia é reunir o máximo de representantes de cada região aproveitando o fator da proximidade geográfica.

Também será possível, através de um questionário, fazer uma espécie de inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões.

Ouvindo as sugestões dos municípios

“Tenho dito que os municípios são os principais clientes dessa engrenagem do esporte de Santa Catarina que envolve a Fesporte, o CED e o TJD. Dessa forma penso que é nossa obrigação ir até eles e ouvir as sugestões, as críticas e as demandas de cada um para que, com a participação efetiva de todas as partes, possamos ter um caminho sólido para o esporte catarinense seguir crescendo”, destacou o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski.

Alexandre Monguillot, presidente do Conselho Estadual do Esporte, avalia a iniciativa como uma aproximação necessária com quem faz o esporte na ponta, no caso os municípios. “É importante que possamos ouvir as demandas, pois a intenção sempre é acertar, mas muitas vezes achamos que o caminho é um, mas nos municípios a necessidade é um pouco diferente. Ao alinhar essas expectativas, quem ganha é o esporte catarinense”, explicou o presidente do CED.

Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, Aldo Abrahão Massih Junior destaca a oportunidade técnica dessa ida até as esferas municipais, onde nem sempre é possível fazer a capacitação necessária para os julgamentos. “Há uma estrutura muito grande de tribunais desportivos em eventos microrregionais, por exemplo, e nem sempre eles podem vir até o TJD, ou vice-versa, para esse alinhamento que se faz necessário. Então a oportunidade que se abre com esses encontros é fantástica”, disse Aldo.

Confira as datas das reuniões:

Dia 30 de setembro – São Ludgero

9h – Auditório do Samae (Avenida Monsenhor Frederico Tombrock, 115)

Dia 1º de outubro – Seara

9h – Auditório João Furlanetto (Avenida Beira-Rio, 05 – anexo à Secretaria de Educação)

Dia 2 de outubro – Joaçaba

9h – Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15)

Dia 3 de outubro – Pomerode

9h – Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111)

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Em casa, Criciúma é campeã geral da 14ª edição da Olesc

Criciúma - Anfitriã da 14ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, Criciúma tinha o objetivo de organizar uma grande competição e, claro, comemorar o título em casa. Conseguiu as duas coisas. No último dia de disputas, neste sábado (27), a cidade do Sul do Estado sofreu até o último instante, precisou vencer os dois confrontos diretos com Blumenau para com 116 pontos poder soltar o grito de campeão pela segunda vez na história da Olesc (a outra foi em 2011, em Chapecó), até então a única conquista de Criciúma em competições organizadas pela Fesporte. Blumenau, que buscava o tricampeonato no evento para jovens de 13 a 16 anos, terminou na segunda colocação, com 112 pontos, e Joinville fechou o pódio em terceiro lugar, com 105 pontos.

Faça o download do boletins da 14ª Olesc

Confira vídeos da 14ª Olesc no canal da Fesporte no Youtube

Nas disputas do último dia, só na ginástica rítmica Criciúma, Joinville Blumenau ainda poderiam levantar um troféu, justamente o que apontaria o campeão-geral. Com definição apenas nas últimas provas, Joinville ficou com o ouro, Criciúma com a prata e Blumenau terminou na terceira posição, resultado que bastou para que os criciumenses pudessem começar a festa pelo título.

 Festa dos criciumenses começou assim que foi confirmado o resultado final da ginástica rítmica, que garantiu a vantagem de 4 pontos sobre Blumenau. Foto: Rodrigo Braga

No judô, modalidade na qual nenhuma das três cidades pontuou, as disputas por equipes confirmaram o título de Joaçaba no feminino, com Chapecó em segundo lugar e Concórdia na terceira posição. No masculino, a definição do campeão veio em um confronto direto na final entre Joaçaba e Itajaí, decidida apenas na última das cinco lutas, e Itajaí ficou com o troféu, deixando Concórdia na terceira colocação.

Campeões distintos nas coletivas

Nas modalidades coletivas, Criciúma, Blumenau e Joinville não chegaram a nenhuma das quatro finais do último dia, então em termos de classificação o jogo mais importante era a decisão do bronze no futsal feminino, entre Criciúma e Blumenau. E as donas da casa golearam por 5 a 1, resultado também essencial para o título. Na briga pelo ouro, melhor para Pinhalzinho, que venceu Concórdia por 2 a 0.

 No último dia das modalidades coletivas só campeões diferentes, como São Bento do Sul, que fez a festa no handebol masculino. Foto: Antonio Prado

No handebol masculino, o troféu foi para São Bento do Sul, que na decisão do ouro derrotou Itajaí por 28 x 17. O bronze ficou com Balneário Camboriú, que venceu Blumenau. No vôlei masculino, troféu para Concórdia, que na decisão fez 3 x 0 em Jaraguá do Sul, e bronze para Blumenau ao vencer Rio do Sul por 3 x 1. Por fim, o basquete feminino deu o título para São Miguel do Oeste, que na final fez 39 x 34 em Porto União. Na decisão do bronze, Blumenau bateu Jaraguá do Sul por 39 x 29.

Fesporte satisfeita

Para a Fesporte, organizadora do evento, a 14ª edição da Olesc atingiu plenamente os objetivos em termos de organização e nível técnico. O presidente Marcelo Kowalski parabenizou Criciúma pelo título e destacou a semana de belas disputas na cidade. "Parabéns a Criciúma, pela conquista, histórica para o município, e também por mais uma vez receber tão bem um evento da importância da Olesc", disse Marcelo Kowalski.

Coordenador-geral da competição, Osvaldo Juncklaus ressaltou que duas características marcantes da Olesc mais uma vez se fizeram presentes: o equilíbrio (o campeão saiu apenas na última modalidade em disputa) e a pulverização dos troféus nas modalidades (foram 14 campeões diferentes). "Foi uma edição emocionante, decidida no último instante, mas que principalmente mostrou uma série de trabalhos de base bem feitos em pequenos municípios dando resultado. Esta é a essência da Olesc ao longo destas 14 edições, e nos deixa muito satisfeitos", disse Osvaldo Juncklaus.

A 14ª edição da Olesc foi disputada desde o último dia 20 em Criciúma, reunindo 3,7 mil atletas de 13 a 16 anos que representaram 94 municípios catarinenses. 

Atenções voltadas para os 54º Jasc

Com o término da Olesc, as atenções do desporto catarinense se voltam para a 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), a menos de 50 dias da abertura, em 15 de novembro, na cidade de Itajaí.Na próxima semana serão realizados os congressos técnicos das quatro etapas regionais, que vão ocorrer de 10 a 15 de outubro em São Ludgero (Regional Sul) e Seara (Regional Oeste) e de 17 a 22 de outubro em Joaçaba (Regional Centro-Oeste) e Pomerode (Regional Leste-Norte).

Todos os campeões da 14ª Olesc

Atletismo feminino - Joinville, Criciúma e Blumenau

Atletismo masculino - Itajaí, Criciúma e Joinville

Basquete feminino - São Miguel do Oeste, Porto União e Blumenau

Basquete masculino - Joinville, Concórdia e São José

Ciclismo - Criciúma, Tubarão e Indaial

Futsal masculino - Jaraguá do Sul, Camboriú e Luis Alves

Futsal feminino - Pinhalzinho, Concórdia e Criciúma

Ginástica artística masculino - Blumenau, Itajaí e Joinville

Ginástica artística feminino - Blumenau, Criciúma e Florianópolis

Ginástica rítmica - Joinville, Criciúma e Blumenau

Handebol feminino - Balneário Camboriú, Itajaí e Criciúma

Handebol masculino - São Bento do Sul, Itajaí e Balneário Camboriú

Judô feminino - Joaçaba, Chapecó e Concórdia

Judô masculino - Itajaí, Joaçaba e Concórdia

Karatê feminino - Tubarão, Blumenau e Içara 

Karatê masculino - Blumenau, Joinville e Içara

Natação feminino - Criciúma, São Bento do Sul e Blumenau

Natação masculino - Indaial, Florianópolis e Jaraguá do Sul

Tênis feminino - Criciúma, Joinville e Blumenau

Tênis masculino - Joinville, Criciúma e Camboriú

Tênis de mesa feminino - Joinville, São Bento do Sul e Videira

Tênis de mesa masculino - Joaçaba, Criciúma e Joinville

Vôlei feminino - Saudades, Blumenau e Nova Trento

Vôlei masculino - Concórdia, Jaraguá do Sul e Blumenau

Xadrez feminino - São Bento do Sul, Jaraguá do Sul e Navegantes

Xadrez masculino - Blumenau, Criciúma e São Bento do Sul

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Publicado em Olesc
Escrito por

Definição do campeão-geral só sairá no último dia da Olesc

Criciúma - A disputa pelo título-geral da 14ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, vai para o último dia, neste sábado (27), completamente indefinida. Duas cidades podem soltar o grito de campeão por volta das 15h: os anfitriões de Criciúma lideram e até ampliaram a vantagem, somando 100 pontos, contra 91 de Joinville e 89 de Blumenau, que apesar do terceiro lugar é a outra que briga pelo troféu. Resultados surpreendentes na sexta-feira tornaram a disputa ainda mais eletrizante. 

Faça o download dos boletins atualizados da 14ª Olesc

Confira vídeos da 14ª Olesc no canal da Fesporte no Youtube

Foram seis decisões no penúltimo dia de competição: Criciúma conquistou a natação feminina e também somou pontos importantes com o terceiro lugar no handebol feminino e o sexto lugar no futsal masculino. Joinville também garantiu um troféu, o do basquete masculino ao bater Concórdia por 61 x 48 (São José ficou com o bronze), mas foi a única pontuação da cidade no dia. Blumenau perdeu a final do vôlei feminino para Saudades por 3 sets a 0 e somou outros sete pontos na natação: 5 com o terceiro lugar no feminino e 2 com o quinto lugar no masculino. No entanto, aposta todas as fichas nas modalidades do último dia, nas quais pontua em praticamente todas.

Os demais troféus da sexta-feira de Olesc foram para Jaraguá do Sul no futsal masculino, com a vitória por 4 a 2 sobre Camboriú na final (Luis Alves foi bronze), para Balneário Camboriú no handebol feminino (derrotou Itajaí por 19 x 16) e para Indaial na natação masculina, com prata para Florianópolis e bronze para Jaraguá do Sul.

Entre os campeões da sexta-feira também estão cidades que não brigam diretamente pelo título-geral, como Jaraguá do Sul no futsal masculino (acima) e Balneário Camboriú, que faturou o handebol feminino (abaixo)

O sábado, últimos dia de Olesc, terá seis finais: a Ginástica Rítmica, que polariza a briga pelo troféu justamente entre Criciúma, Joinville e Blumenau, o judô (disputas por equipes), com Itajaí e Joaçaba favoritas e só Joinville e Blumenau com poucas chances de pontuar), e as quatro modalidades coletivas, curiosamente sem nenhuma das três cidades que brigam pelo título em quadra (nas decisões de ouro).

No futsal feminino, Criciúma e Blumenau foram surpreendidas nas semifinais por Concórdia e Pinhalzinho, respectivamente, e farão uma decisão de bronze com cara de final (inclusive para a pontuação geral). No vôlei masculino, Concórdia derrotou Blumenau na semifinal e vai enfrentar Jaraguá do Sul, que derrotou Rio do Sul. No handebol masculino, outra final surpresa entre Itajaí (passou por Balneário Camboriú em um clássico dramático) e São Bento do Sul, que despachou Blumenau. E no basquete feminino, a final será entre São Miguel do Oeste (derrotou Jaraguá do Sul) e Porto União, que venceu Blumenau na semifinal.

Com chances de aumentar a pontuação apenas na ginástica rítmica (na qual Criciúma e Blumenau também dsputam o pódio), Joinville está praticamente fora da briga pelo título-geral.Criciúma já tem três pontos garantidos com o 5º lugar no basquete feminino e o 6º lugar no handebol masculino, disputa o bronze do futsal feminino justamente contra Blumenau e aposta na possibilidade de título na GR. Por fim, Blumenau, que busca o tricampeonato na Olesc, aposta tudo nas quatro decisões de bronze que disputará, na chance de buscar pontinhos preciosos no judô e na chance de pódio na GR para reverter a vantagem dos donos da casa no apagar das luzes.

A 14ª edição da Olesc começou no último dia 20 e termina sábado (27) em Criciúma, reunindo 3,7 mil atletas de 13 a 16 anos que representam 94 municípios catarinenses. A realização é da Fesporte, com apoio da prefeitura de Criciúma.

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Publicado em Olesc
Escrito por

Tricampeã Saudades confirma o favoritismo no vôlei feminino

Criciúma - Uma equipe que joga junto há cinco anos se conhece muito bem, e esse foi o principal ponto forte da agora, tricampeã Saudades. A equipe do oeste catarinense consagrou-se campeã pelo terceiro ano seguido na Olesc vencendo nessa sexta-feira (26) Blumenau por tranquilos 3 sets a 0.

Faça o download dos boletins atualizados da 14ª Olesc

A disputa entre as duas grandes equipes tinha tudo para ser equilibrada, mas logo no ínicio do jogo Saudades mostrou que não queria perder a chance de conquistar o tri. Abriu logo 10/4 e sustentou a diferença até encerrar o primeio set por 25/18, mesmo com a maior parte da torcida presente ao ginásio do Colégio Rogacionista apoiando Blumenau.

O segundo set começou mais equilibrado, com a equipe do Vale do Itajai à frente, porém tudo funcionava para as meninas de Saudades, as recepções estavam praticamente perfeitas, o bloqueio jogava muito bem e até as deixadinhas na rede encaixavam e ajudaram a equipe a fechar o set em 25/17.

Blumenau não se entregou e com o apoio da torcida as jogadoras continuaram lutando, mas a sorte de campeã estava com Saudades, notava-se quando as bolas saiam ou entravam rente à linha da quadra, ralis fantásticos, erros das adversárias, até encerrarem a partida e confirmarem o tricampeonato em 25/11 com um belo ace. 

Surpresa com o placar

Para Márcio Rauber, técnico da equipe de Saudades, o placar final foi uma grande surpresa "Passei para as meninas que seria um jogo de muita paciência, principalmente pela grandeza e força de Blumenau. É um adversário que já enfrentamos muitas vezes e nessa noite iluminada fizemos um jogo quase perfeito e conquistamos o título com essa diferença de placar", comentou.

Um dos destaques da partida foi a levantadora Tássia Cassol, de apenas 1,60m, que além de levantamentos impecáveis, quando exigida fazia recepções, ataques e salvava muitas bolas. "É uma emoção muito grande ganhar com a minha cidade e ainda mais três títulos seguidos porque não é comum e nem uma tarefa fácil, ainda mais quando temos adversárias tão fortes como é Blumenau.", comentou sorridente a "pequena" Tássia que vem de uma família de esportistas, com a irmã também jogadora de vôlei e o pai técnico de futsal.

Com 1,60m, a levantadora Tássia foi um dos destaques da equipe de Saudades na decisão

Com meninas que integram seleções estaduais e nacionais, a equipe de vôlei feminino de Saudades que conquistou o terceiro ouro seguido em cinco participações na Olesc é vista por seu treinador Márcio como uma excelente "safra" no esporte. "São excelentes jogadoras e muitas não são mais promessas, já são realidade. Podemos falar que é uma geração de ouro para o vôlei catarinense." observa emocionado.

Com esse resultado, Saudades conquistou seu primeiro troféu na competição de 2014 e o pódio do vôlei feminino da 14ª edição da Olesc ficou assim: Saudades ouro, Blumenau prata e Nova Trento com o bronze, após vitória por 3 x 0 contra Pinhalzinho, 4º colocado.

Mais informações:

Laura Reis

48 8802-7742

Publicado em Olesc
Escrito por

Crianças visitam a Olesc para conhecer as modalidades

Criciúma - A Instituição Bairro da Juventude, de Criciúma, proporcionou uma semana diferente aos alunos atendidos pela entidade. Professores de Educação Física aproveitaram a realização da 14ª Olesc na cidade e apresentaram diversas modalidades esportivas aos estudantes.

As crianças, com idades entre 9 e 12 anos, acompanharam de perto esportes como vôlei, futsal, atletismo, tênis e nesta sexta-feira (26) foi o dia de assistir às apresentações da ginástica rítmica, que estão acontecendo no Clube Mampituba.

"Balé é muito lindo", ou "Eu queria que tivesse balé na minha escola" eram algumas das frases mais ouvidas entre as meninas, principalmente.

"É uma satisfação muito grande poder fazer essa atividade com as crianças. É uma realidade diferente da qual estão acostumadas e tirá-las da sala de aula é uma oportunidade de gerar um interesse maior pelos esportes", comentou a professora Flávia Meneguel. 

É a primeira vez que a instituição realiza esse tipo de atividade e a professora destacou o interesse dos alunos, que aproveitam para fazer perguntas sobre as modalidades, se demonstram empolgados e têm aproveitado bastante a oportunidade.

"Estou achando muito bom. O esporte mais legal foi o vôlei", contou a pequena Laisa Moraes Vieira, de 9 anos, em meio aos colegas que discordaram afirmando ser o futsal o esporte preferido.

A instituição 

Tendo como objetivo oferecer oportunidades de transformação social através de processos educacionais, a Insituição Bairro da Juventude atua na cidade de Criciúma desde 1949 e atende atualmente 1.500 crianças, adolescentes e jovens com programas de educação, esportivos, sociais e profissionais.

Para conhecer mais sobre a instituição acesse: http://www.bairrodajuventude.org.br/

Mais informações:

Laura Reis

48 8802-7742

Publicado em Olesc
Escrito por

Primeiras campeãs da ginástica rítmica sairão nesta sexta-feira

Criciúma - Sairão na noite desta sexta-feira (26), por volta das 20 horas, no segundo dia de competição, as primeiras campeãs da ginástica rítmica dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, em Criciúma. Nesta sexta 52 atletas disputaram no ginásio da Mampituba a medalha de ouro no individual geral e por equipe no aparelho arco e mãos livres.

Faça o download dos boletins atualizados da 14ª Olesc

A ginástica estreou na quinta-feira (25) com a primeira apresentação do conjunto. A modalidade se encerra neste sábado com a apresentação das 12 melhores atletas por aparelho (mãos livres e arco) e a segunda apresentação do conjunto. A somatória dos pontos das apresentações definirão o campeão geral da ginástica rítmica.

Durante as apresentações na primeira parte do dia desta sexta-feira, o que se viu foi um equilíbrio entre as ginastas, principalmente as que compõem os times de Criciúma, Joinville, Blumenau e Florianópolis, municípios apontados como favoritos.

Segundo a técnica Cristiane Engelke, de Criciúma, a ginástica da Olesc, que atinge a faixa dos 10 a 12 anos, está passando por uma fase de transição. “Estão chegando novas ginastas, estamos em uma fase de renovação, mas considero o nível técnico desta edição muito bom”, revelou.

Patrícia Dalchau, técnica de Joinville, também concorda, e revela que no grupo de 52 ginastas há meninas muito talentosas. “Sem dúvida acreditamos que se inicia uma nova safra de boas ginastas. Destas que estão aqui em Criciúma, muitas estão em seu primeiro ano, aos 10 anos de idade, e vimos que podem surgir grandes campeãs”, finalizou. As disputas da ginástica começam neste sábado a partir das 9 horas. 

Mais Informações:

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Pagina 1 de 81