Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte recebe homenagem da ALESC

Nesta terça-feira (1) é comemorado o dia do profissional da educação física, em alusão a isso, a Assembleia Legislativa do Estado em sessão especial, prestou homenagem à Fesporte por promover a educação, a saúde, a inclusão social e ensinar valores éticos, trabalho em equipe, superação, respeito e auto-estima por meio do esporte.

 Representando o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, a coordenadora do Festival Escolar Dança Catarina, Mapi Cravo, foi até o local para receber o prêmio. Para ela, é importante reconhecerem o trabalho da Fesporte e o trabalho de todo o profissional da educação física. “É garantir o espaço do esporte nas políticas de Governo e salvo a guardar o espaço da criança, do adolescente e adulto no exercício de cidadania, tendo acesso a esses serviços tão importantes para a sociedade na direção de uma qualidade de vida, da saúde, do bem estar, e, até mesmo, a possibilidade de oferecer espaço para um esporte a nível estadual, nacional e internacional”, afirma.

 A Fundação Catarinense de Esporte parabeniza os profissionais da área que fazem a diferença e cuidam com dedicação e carinho da saúde e bem estar de milhares de pessoas. A Educação Física faz bem não só para o  corpo, como também para a mente.

 

 

 

 

Texto: José Meurer

Assessoria de Comunicação Fesporte

Jornalista: Pamela Marin

(48)96192187

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Delegação de SC viaja nesta 4ª a Fortaleza para Jogos Escolares

Parte da delegação de Santa Catarina viaja nesta quarta-feira (2) rumo a Fortaleza, Ceará, para participar da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (Jej) para estudantes de 12 a 14 anos. O evento é uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e reunirá no período de 3 a 13 de setembro cerca de 3.500 estudantes de diversos Estados brasileiros.

Santa Catarina disputará a competição no atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei. A comitiva é composta por 192 pessoas entre atletas, técnicos e comissão de apoio. Entre os atletas serão 157 estudantes que foram campeões da etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) realizada no início de agosto em Caçador.

Nesta quarta-feira viaja a primeira comitiva de estudantes catarinenses que disputarão as modalidades individuais. Já nos dias 6 e 7 viajam os demais atletas, estes das modalidades coletivas. A delegação catarinense será gerenciada pelo Governo do Estado por meio da Fesporte.

Para o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, o evento é mais uma oportunidade para o estudante-atleta catarinense mostrar o seu valor lá fora. “Ao longo dos anos da etapa nacional dos Jogos Escolares, Santa Catarina já revelou seis atletas que ganharam o Prêmio Brasil Olímpico, que é destinado ao melhor atleta escolar do Brasil. Em 2014 fomos destaques em Londrina (PR) ao lado de Rio de Janeiro e São Paulo e agora, nessa etapa de Fortaleza, tenho plena confiança que faremos um bonito papel dentro da competição”, enfatiza o presidente.

Eis a seleção de SC que vai para Fortaleza

Atletismo masculino

75 metros rasos – Gabriel M. Leandro – EEB. Prof. Neusa Ostetto Cardoso/Araranguá

250 metros rasos – Felipe Cassiel Leite – EEB Prof. Mário Garcia/Camboriú

1.000 metros com barreira - João Vitor Pereira Friedrich- Colégio Elias Moreira/Joinville

1.000 metros – Leonardo David Pereira – EMEB João Hilário de Mello/Tubarão

Lançamento do disco – Guilherme Grigolo Kielb – EEB prof. Nelson Horostecki/Chapecó

Lançamento do disco – Weslly Marques Rodrigues – EEB Hercílio Bez/Gravatal

Lançamento do dardo – Alisson Alberto Raduenz – EEB Prof. Noemi Vieira Campos Castanheira/Pomerode

Salto em altura – Willian Fernandes da Silva – EBM Almirante Barroso/Pomerode

Salto em altura – Luis Eduardo Santos Machado – Escola Maria Arlete/Içara

Salto em distância - Paulo Rodrigues/EM. Edgar Castanheira/ Joinville

Arremesso de peso - Maurício Marchry- EEB. Jorce Lacerda/ Palmito

Hexatlo – Oriel Proença Cani – EBM Anita Garibaldi/Blumenau

 Atletismo feminino

 75 metros rasos – Mikaely Michels Demo/EEB Abílio César Borges/Nova Veneza

250 metros rasos – Karolina Bernardes/EEB Gov. Aderbal Ramos da Silva/Tubarão

80 metros com barreiras – Amanda Portela Fernandes – Colégio da Univille/Joinville

1000 metros – Jéssica Heloísa Soares – EEB Santa Teresinha/Brusque

Arremesso do peso – Thalia C. André – EM Prof. Laura Andrade/Joinville

Arremesso do peso –Daiany Schlick Mann Borba – EB Municipal Prof. Antônio  Rohden/ Braço do Norte

Lançamento do dardo – Bruna Zeplin Glasenapp – EBM Dr. Amadeu da Luz/Pomerode

Lançamento do dardo -  Fernanda  Vesoloski - EEB Hercílio Buch/Mafra

Salto em altura – Larissa do Amaral Cavalett – Bom Jesus Ielusc/Joinville

Salto em altura Lucieli Woide/EBM Olavo Bilac/Pomerode

Salto em altura – Jéssica Silva – EEB Prof. Júlio Scheidemantel/Timbó

Badminton masculino

 Henrique Zandonai – Colégio Harmônia/Ibirama

Diogo Périco – Colégio de Aplicação/Caçador

 Badminton feminino

 Gabriela Junges de Oliveira – Colégio Marista Frei Rogério/Joaçaba

Adrieli Morgan – EEB São Luiz/União do Oeste

 Basquete masculino

 Colégio São José/Porto União,

 Basquete feminino

 Colégio La Salle Peperi/São Miguel do Oeste

Ciclismo masculino

 Contra-relógio individual e estrada

Gabriel Giacomozzi – Colégio Visão/Camboriú.

Fernando Duarte Mendes – EEB Marcílio Dias San Thiago/Ibituba

Ciclismo feminino

Contra-relógio individual e estrada

Roberta Michalski – EEF Poço Fundo/Brusque

Thaiana Pereira Miguel – EEF Poço Fundo/Brusque

 Futsal masculino

 Colégio Recriarte/Camboriú

Futsal feminino

EEB José Marcolino Eckert/Pinhalzibnho

Ginástica rítmica

Mariany Miyamoto – Colégio Bom Jesus Ielusc – Joinville

Ana Carolina Sandrini Souza – EBM Machado de Assis/ Blumenau

Roberta de Brito de Medeiros- Colégio Sarapiquá/ Florianópolis

Alice Kraeski Costa – Colégio Criativo/Florianópolis;

 Handebol masculino

 EEB Rubens de Arruda Ramos/Lages

Handebol feminino

EEB Claudino Crestani/Palma Sola

 Judô masculino

 Até 36 kg – Lucas Guilherme Burg – EEB Santa Teresinha/Brusque

Até 40 kg - Guilherme Angelo Nascimento – EB Antônio Ramos/Itajaí

Até 44 kg – Pedro Henrique Prado – Colégio Geração/Florianpopolis

Até 48 kg -  Christian Spíndola – EEB Prof. José Brasilício/Biguaçu

Até 53 kg – Gustavo Júnior Adão da Silveira – EEB Padre Vicente Ferreira/Palhoça

Até 58 kg – Germano Gelatti Biachini – Colégio Cultura/Brusque

Até 64 kg – Murillo Souza Cândido –   EB Basileu José da Silva/Imbituba

Acima de 64 kg – Juan Victor Bispo – Colégio Bom Jesus Ielusc/Joinville

 Judô feminino

  Até 36 kg -  Joice de Souza – EEF Mont’Alverne/Ituporanga

  Até 40 kg - Beatriz Laux – Colégio Marista São Luís/Jaraguá do Sul

  Até 44 kg – Maria Eduarda de Oliveira – EB Antônio Ramos/Itajaí

  Até 48 kg – Amanda Gabrielly de Oliveira – EEB Francisco de Araújo/Brusque

  Até 53 kg – Mirelli Souza Cândido – EB Basileu José da Silva/Imbituba

  Até 58 kg – Natália Biazin – Colégio Cinecista Dr. Júlio César Ribeiro/Concórdia

  Até 64 kg – Pietra Ramon – CE Roda Pião/Palhoça

  Acima de 64 kg – Maria Eduarda Anacleto Germiniani – EEB Feliciano Pires/Brusque

  Natação masculino

  50 e 100 metros livre – Diego Navarro –  Bom Jesus Ielusc/Joinville

 200 metros livre – Marcos Martins –  ETCT Positivo/Tubarão

200 metros livre -  Lao Benitez – EBM João Gonçalves Pinheiro/ Florianópolis

400 metros livre e 50 metros costa e 50 metros borboleta – Vinicius Kohns – Colégio Metropolitano/ Indaial

100 metros costa – Gabriel Rial – CEJ/ Jaraguá do Sul

50 metros peito e 100 metros peito – Vitor Prade – ETCT Positivo/Tubarão

100 metros borboleta – Lucas Kogut – Colégio Criativo/Florianópolis

200 metros medley – André de Oliveira – EM João Costa/ Joinville

 Natação feminino

 50 metros livre e 50 metros borboleta – Lara dos Santos –  Cônsul Carlos Renaux/Brusque

 100 e 200 metros livre – Letícia Dias – Colégio Dehon/Tubarão

  400 metros livre e 100 metros borboleta e 200 metros medley – Laura Grossl – Colégio Marista/ São Bento do Sul

  50 e 100 metros costa – Amanda Vicenti – Colégio Dehon/Tubarão

  50 e 100 metros peito – Emilly de Souza – Colégio Dehon/Tubarão

  50 metros livre – Nayara Baron – BEM Gal Lúcio Esteves/ Blumenau

 50 metros borboleta – Fabiana Santos –  ETCT Positivo/Tubarão

200 metros livre - Marília de Oliveira –  Colégio Marista São Luis/Jaraguá do Sul

 Tênis de mesa masculino

 Daniel de Deus e Silva de Godoi – Colégio Luterano Santíssima Trindade/Joaçaba

Gustavo Marchiori – EEB São Bento/São Bento do Sul

Tênis de mesa feminino

Sabrina Emillyn Mizva – EEB Guita Ferdmann/Três Barras

Bianca Honório Alves de Souza

EEB São Bento/São Bento do Sul

Vôlei masculino

Escola Municipal Erwin Prade - Timbó

Vôlei feminino

Colégio Cultura - Brusque

Xadrez masculino

Guilherme de Borba – Colégio Bom Jesus Santo Antônio/Blumenau

Xadrez feminino

 Ana Júlia Goulart Librelato – EEB Maria da Glória/Içara

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Geral
Escrito por

Jogadores aderem campanha de combate às drogas

A campanha “Drogas, não dá mais pra aceitar” é uma iniciativa do Governo do Estado por meio da Secretaria de Comunicação (Secom) e foi motivada pelas estatísticas da Secretaria de Segurança Pública (SSP) que indicam que, de cada dez casos de violência, sete estão relacionados às drogas. Além de outras entidades, a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) também é parceira do evento. A Fesporte contribuirá com a distribuição dos materiais de divulgação da campanha nas competições esportivas existentes no calendário.

 Os Jogos Escolares de Santa Catarina para jovens com idades entre 15 e 17 anos (Jesc), próximo evento da Fesporte, contará com a divulgação da campanha, assim como outros eventos de 2015.

Neste final de semana, Avaí, Chapecoense e Figueirense aderiram à campanha e representaram o futebol catarinense. O campeonato brasileiro de rugby e a liga de futebol amador de Florianópolis também se uniram à causa.

 

 

 

Texto: José Meurer

Assessoria de Comunicação Fesporte

Jornalista: Pamela Marin

(48)96192187

Publicado em Geral
Escrito por

SC vai participar do revezamento da Tocha Olímpica em 2016

Como parte do processo de preparação da passagem da Tocha Olímpica em cidades de Santa Catarina, o Ministro do Esporte, George Hilton, participou nesta sexta-feira, 28, de uma reunião de mobilização e engajamento com os municípios e instituições envolvidas,em Florianópolis.

Entre os meses de abril e agosto de 2016, a Chama Olímpica passará por cerca de 500 localidades brasileiras dos 26 estados e do Distrito Federal, culminando na Abertura dos Jogos Olímpicos de 2016 no dia 05 de agosto no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.Em cerca de 300 dessas localidades ocorrerá o “Revezamento da Tocha Olímpica”, uma grande festividade para divulgar a melhor imagem do Brasil para o Mundo, com toda sua diversidade cultural e esportiva, patrimônios históricos e belezas naturais.

Esta será a primeira Olimpíada da história dos jogos na América do Sul. A expectativa do ministro é que o evento esportivo seja uma grande celebração: “Temos a responsabilidade de fazer com que a chama do espírito olímpico não se apague. SC terá um grande papel nesse contexto, pois é um povo com tradição de ser alegre e receptivo”.Em seguida, o ministro entregou novos equipamentos no Centro de Ginástica Rítmica de Santa Catarina, no Instituto Estadual de Educação. Os materiais foram adquiridos com recursos de convênio entre o Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). 

Também estiveram presentes representantes dos ministérios do Turismo, Relações Institucionais, Defesa, Justiça e Agência Brasileira de Inteligência, além da Autoridade Pública Olímpica e do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016. O secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello e o presidente da Fundação Estadual de Esporte (Fesporte), Marcelo Kowalsky, acompanharam a solenidade.

 

Entenda o Revezamento da Tocha Olímpica

O papel do Governo do Estado e dos Municípios na organização do revezamento é a prestação dos serviços públicos necessários para que o evento, que envolve 83 cidades brasileiras, aconteça com tranquilidade.

A tocha será conduzida por cerca de 12 mil pessoas. A lista de todos os locais por onde passará ainda não foi fechada, mas em SC já estão definidas quatro cidades que serão receberão o percurso: Blumenau, Criciúma, Florianópolis e Joinville.

A previsão é de que a tocha seja acesa entre os meses de abril e maio de 2016, na tradicional cerimônia realizada em Olímpia, na Grécia. O destino final do revezamento será o estádio do Maracanã, no dia 5 de agosto de 2016, quando a tocha será usada para acender a pira olímpica durante a abertura dos Jogos.

Selecionados para carregar a tocha

O Comitê Olímpico já selecionou alguns nomes para carregar a tocha, enquanto os patrocinadores estão promovendo campanhas para selecionar outras pessoas. A SOL tem um servidor que foi indicado na campanha do banco Bradesco e está concorrendo a uma vaga para participar do revezamento. Paulo Roberto, paratleta de goalball, pratica a modalidade em 2003 e foi o artilheiro e atleta revelação no campeonato nacional. O expressivo desempenho o levou para as Paralimpíadas de Pequim, na China, em 2008. 

De acordo com o Comitê Paralímpico Brasileiro, o Goalball é um esporte baseado nas percepções tátil e auditiva, por isso não pode haver barulho no ginásio durante a partida, exceto no momento entre o gol e o reinício do jogo.

 

Mais informações:

ASCOM SOL

Publicado em Jasc
Escrito por

Jogos Abertos de SC são lançados em Joaçaba

 

Joaçaba (27-8-2015) – Com o slogan “Viver melhor é o nosso esporte”, a 55ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) acontece de 12 a 22 de novembro em Joaçaba, Herval d’ Oeste e Luzerna. O evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), e das prefeituras dos municípios sede, foi oficialmente lançado nesta quinta-feira, 27, em Joaçaba.

Em 2015 as três cidades do Meio-Oeste sediam os Jasc pela sexta vez. Em 1967, 1988, 1989, 1998 e 2006, Joaçaba, Herval d’ Oeste e Luzerna também se uniram para a realização da principal competição do Estado. “Novamente vamos unir forças para um evento especial”, destacou o vice-prefeito de Joaçaba e presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Marcos Weiss.

Os municípios se preparam há meses para as disputas em 26 modalidades. Além de várias reuniões e vistorias técnicas, os 36 locais de competição e alojamentos recebem as melhorias necessárias para os jogos, que reunirão 583 equipes esportivas, de 85 cidades, totalizando 4870 atletas. Os recursos para as adequações já foram viabilizados. No total, o Governo do Estado investe R$ 1,8 milhão nos Jasc 2015.

“Já começamos a viver esse grande evento”, disse o prefeito de Joaçaba, Rafael Laske, enfatizando que mais do que a boa estrutura e comprometimento dos organizadores, a característica dos Jasc em Joaçaba, Herval d’ Oeste e Luzerna é a hospitalidade. “Teremos mais uma oportunidade para mostrar a nossa cordialidade de costume”.

O secretário de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, Ricardo Grando, lembrou que os Jasc chegam a 55ª edição, o que demonstra a tradição da competição para o desenvolvimento e fortalecimento do esporte catarinense. “O evento é exemplo para outros estados”, ressaltou, acrescentando que os jogos também refletem no fortalecimento do turismo e da economia regional.

 

Números dos Jasc 2015

 

Municípios participantes: 85

 

Atletas participantes: 4870

 

Equipes esportivas: 583

 

Modalidades: 26

 

Locais de competição: 36

 

Confrontos: 1240

 

Troféus: 47

 

Árbitros: 367

 

Técnicos da Fesporte: 80

 

 

Texto: Mayelle Hall

SDR Joaçaba

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Mariany é aposta de SC na etapa nacional dos Escolares

Na etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 12 a 14 anos, realizada no inicio de agosto, ela ganhou todas as disputas que participou. Foram quatro medalhas de ouro e a consagração da melhor ginasta da competição. Nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina ela repetiu a dose com mais quatro de ouro. Ano passado ela foi considerada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) como a melhor atleta da primeira fase da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (Jej) em Londrina, PR, depois de ganhar as quatro medalhas de ouro possíveis. Por tudo isso a ginasta Mariany Hatori Miyamoto, de 14 anos, do Colégio Bom Jesus Ielusc, de Joinville, é uma das apostas de Santa Catarina para a conquista de medalha de ouro nos Jej deste ano que começam a partir do dia 3 de setembro em Fortaleza (CE).

A ginasta faz parte da delegação catarinense (composta por 157 estudantes-atletas) que disputará a etapa nacional da competição com os demais estados brasileiros. Até o dia 13 de setembro cerca de 3.500 estudantes de todo o Brasil disputarão as modalidades de atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei.

Início precoce

Mariany teve um início precoce no esporte. Em 2004, aos 3 anos, ela seguia os passos da irmã, Letícia, quatro anos mais velha, e fazia os primeiros movimentos da ginástica rítmica. Apaixonada pela modalidade continuou firme nos treinamentos mesmo após a desistência da precursora. “Minha irmã se sente orgulhosa pelas minhas conquistas, porque ela é feliz fora da ginástica e eu sou realizada com a modalidade”, afirmou a atleta, que desde 2008 não tem um dia de folga, além dos domingos.

Mariany em ação nos Jogos Escolares da Juventude em Londrina, PR (Foto: Divulgação Fesporte)

No início de 2014, Mariany  foi para a Bulgária para um período de treinamento intensivo. Até 2010 praticava ginástica apenas por lazer, até começar a participar de jogos escolares municipais em Joinville. Naquele ano, competiu pela primeira vez de maneira oficial, e de cara sagrou-se campeã estadual. E dali em diante, as conquistas não pararam. Hoje na carreira já são mais de 100 medalhas 70 delas de ouro. 

Em 2011 venceu o Campeonato Brasileiro em Manaus (AM) e mais duas competições internacionais na Venezuela. Em 2013, outro título internacional, dessa vez na Bolívia.

A etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude é uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A delegação catarinense será gerenciada pelo Governo do Estado por meio da Fesporte. 

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 3665-6126/9696-3045

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Gêmeos sonham com medalha nos Escolares de Fortaleza

A partir do dia 2 de setembro parte dos 157 atletas-estudantes viaja para Fortaleza para disputar, por Santa Catarina, a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (Jej) para estudantes de 12 a 14 anos. Na bagagem de muitos, além do friozinho na barriga por disputar uma competição nacional pela primeira vez, viajam também sonhos de conquistas de medalhas.

Entre estes estudantes ansiosos por um bonito papel na competição está o casal de gêmeos do judô Murillo e Mirelli Souza Cândido, ambos com 14 anos e estudantes do 9º Ano da Escola Municipal Basileu José da Silva, de Imbituba.

Os dois atletas ganharam a condição de ir para Fortaleza depois de serem campeões da etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) realizada no início de agosto em Caçador. Murillo foi ouro na categoria meio pesado (até 64 kg) enquanto que Mirelli foi campeã no meio médio (até 53 kg).

Murillo está com a expectativa de medalha no Ceará já que vem vivendo um bom momento na carreira. “Agora, no início de agosto, fui vice-campeão brasileiro sub-15 em Cuiabá. Esse resultado me deu classificação para o Sul-Americano de Montevidéu, no Uruguai, a ser realizar de 12 e 13 de dezembro, por isso vou para Fortaleza com a expectativa de conseguir pódio para o nosso Estado”, enfatizou o estudante.

E se depender da força de vontade a dupla vai longe. Para conseguir os objetivos os dois irmãos treinam quatro horas por dia, sempre acompanhados de perto pelo pai Adenir Geremias Cândido. “Vou com eles em todas as competições possíveis. Sempre incentivando e dando conselhos”, enfatiza Adenir.

Começo aos 7 anos

Murillo e Mirelli começaram no judô aos 7 anos de idade em um projeto de esportes da Prefeitura de Imbituba. Foram descobertos por um professor de educação física da Escola Municipal Etervina de Souza Pereira, onde estudavam na época, que viu neles potencialidades para se destacarem na modalidade.

“Eles começaram o judô de brincadeira. Foram indo, indo, e quando me dei conta já estavam levando a serio e ganhando medalhas”, recorda o pai.

A deleção de Santa Catarina que disputará os Jej em Fortaleza, de 3 a 12 de setembro, será composta por 192 pessoas entre atletas, técnicos e comissão de apoio.  O evento é uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A delegação catarinense será gerenciada pelo Governo do Estado por meio da Fesporte.

Em Fortaleza serão disputadas 13 modalidades: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei. 

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Enxadrista de Santa Catarina vai para o Mundial na Alemanha

Enxadrista e mestre nacional Marco Aurélio Zaror Cordeiro, atleta que já participou de vários eventos organizados pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) sagrou-se campeão brasileiro de xadrez em 2014. Com o título, Marco está classificado para o Campeonato Mundial de xadrez, em Berlim, na Alemanha, que ocorrerá entre os dias 09 e 15 de outubro.

O lageano será o representante do Brasil na competição, que reúne os melhores do mundo. A CBX (Confederação Brasileira de Xadrez) emitiu a convocação de Marco, no dia 12 de maio de 2015, em documento oficial, legitimando o título e comunicando sobre a vaga.

Vale destacar que Marco Cordeiro atualmente é técnico de xadrez em Lages, disputa torneios há 30 anos. “A minha missão agora é captar o recursos necessários para a participação no Mundial, pois este é o primeiro titulo nacional que conquistei como enxadrista, sendo uma oportunidade inédita na minha carreira, estou bastante animado,” ressalta Marco.

 

 

Assessora de comunicação - Fesporte

Pamela Marin

(48)96192187

 

 

 

Pagina 1 de 133