Publicado em Jasti
Escrito por

Inspirada em Bollywood, Floripa vence a dança popular

O município de Florianópolis conquistou o primeiro troféu da 11ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade, em Rio do Sul. Foi na modalidade de dança popular e folclórica. A nota de 9,88 pontos, apenas 48 décimos em relação a Balneário Camboriú garantiu o título. A medalha de bronze ficou com Criciúma, que teve a pontuação de 9,42. Nesta sexta-feira (25) acontece a modalidade de dança livre, a partir das 19h, no Centro de Eventos Hermann Purnhagen. O acesso é gratuito à população em geral.

O coreógrafo da equipe da Capital catarinense, Ronaldo Rodrigues, explicou que a escolha do tema foi baseado nas músicas indianas, como o da novela “Caminho das Índias”, folhetim da Rede Globo - a coreografia foi intitulada "Bollywood", em alusão à indústria de cinema indiano. O grupo existe há 10 anos, com os componentes realizando trabalho específico. “Ensaiamos duas vezes por semana e é muito gratificante ver a energia destas pessoas, independente da idade”.

Ao todo foram 10 municípios participantes na dança popular e folclórica, sendo que cada equipe tinha até cinco minutos para a apresentação. Foram seis jurados, os responsáveis pela definição dos três primeiros lugares.

Os Jogos Abertos da Terceira Idade, promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul e Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) prosseguem até domingo (27). As modalidades em disputa são: bocha; bolão 23; canastra; danças de salão, coreografada e folclórica; dominó; handebol adaptado; e voleibol.

Texto: Orlando Pereira / Especial para a Fesporte

 

Publicado em Jasti
Escrito por

Vídeo: momentos da cerimônia de abertura dos Jasti

Veja abaixo o vídeo dos melhores momento da cerimônia de abertura dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), em Rio do Sul.

Imagens e edição: Antônio Prado / Fesporte.

Clique no vídeo abaixo.

Publicado em Jasti
Escrito por

Com alegria e muita dança, Jasti iniciam em Rio do Sul

A 11ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) teve início na quarta-feira à noite (23), em Rio do Sul, reunindo 172 municípios. Antes mesmo antes do começo da solenidade, os atletas a partir dos 60 anos se confraternizavam e aproveitaram para dançar. O fogo simbólico, conduzido pelo atleta Frederico Goral, da sede dos Jogos, campeão dos Jasc na modalidade de bocha, foi aceso fora do Centro de Eventos Hermann Purnhagen por medida de segurança. O juramento coube a Armelindo Schllup, com 10 títulos estaduais, cinco brasileiros e também dos Jasc. Os Jasti prosseguem até o próximo domingo (27), na disputa de nove modalidades. 

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff Neto, destacou em seu pronunciamento que os Jogos Abertos da Terceira Idade, têm um investimento baixo em comparação com a confraternização que proporciona aos participantes. Ele lembrou que desde as fases microrregionais, com 222 municípios, a competição reuniu 8 mil atletas a partir de 60 anos. “O governador Eduardo Pinho Moreira está muito feliz pelo sucesso antecipado dos jogos”.  O secretário garantiu que todas as competições promovidas pela Fesporte até o final do ano estão garantidas, mesmo com os cortes no orçamento.

A competição, de acordo com a presidente da Fesporte, Natália Lúcia Petry, é uma forma do governo do Estado contribuir para melhorar a qualidade de vida da população catarinense. “Um evento desta natureza valoriza aqueles atletas que não tiveram a oportunidade de competir na sua juventude. Temos que agradecer pelo que fizeram por nós”. Ela lembrou que cada vez mais a população nesta faixa etária busca qualidade de vida.


Natália Petry discursa na cerimônia de abertura dos Jogos Abertos da Terceira Idade, em Rio do Sul, na noite de quarta-feira (23)

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, ressaltou que sediar mais uma vez uma competição de âmbito estadual, além da confraternização dos participantes, importante pelo retorno econômico que representa para os municípios. “Toda a rede hoteleira da região está 100% comprometida, sem falar no comércio”.

Os Jogos Abertos da Terceira Idade, promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul e Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) prosseguem até domingo (27). As modalidades em disputa são: bocha; bolão 23; canastra; danças de salão, coreografada e folclórica; dominó; handebol adaptado; e voleibol.

Texto: Orlando Pereira / Especial para a Fesporte

Publicado em Geral
Escrito por

Nota Oficial

O Governo do Estado de Santa Catarina, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), o Conselho Estadual de Esporte de Santa Catarina e a Comissão Central Organizadora dos 11os. Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), embora entenda e respeite a manifestação dos caminhoneiros nas rodovias brasileiras, solicita encarecidamente a liberação dos veículos que transportam idosos e dos caminhões que transportam equipamentos (colchões, equipamentos esportivos, de cozinha e outros), com destino ao município de Rio do Sul, para participarem do referido evento, que ocorre desde esta quarta-feira (23/05) a domingo (27/05), envolvendo cerca de 2 mil idosos com idade mínima de 60 anos, representantes de 172 municípios catarinenses.

 

Eduardo Pinho Moreira

Governador do Estado de Santa Catarina

 

Tufi Michreff

Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

 

Natália Lúcia Petry

Presidente da Fundação Catarinense de Esporte

 

Alexandre Monguilhott

Presidente do Conselho Estadual de Esporte

 

Jeberton Fermino

Presidente da Comissão Central Organizadora dos 11os. Jasti

Publicado em Jasti
Escrito por

Jogos da Terceira Idade reúne 2 mil atletas em Rio do Sul

Começa nesta quarta-feira, dia 23, às 19h30, com a cerimônia de abertura no Centro de Eventos Hermann Purnhagen, em Rio do Sul, a etapa estadual da 11ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina. Até sábado, dia 26, cerca de 2 mil atletas com idades a partir de 60 anos, de 172 municípios, disputarão nove modalidades esportivas: bocha, bolão, vôlei e handebol adaptados, além de truco, canastra, dominó, dança de salão e dança coreografada. 

O evento é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul e Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs).

“Chegamos à 11ª edição dos Jasti, um evento dos mais simpáticos e importantes do nosso calendário esportivo. Atingimos esse patamar em virtude do empenho dos dirigentes municipais, dos integradores esportivos e de toda uma equipe comprometida à qualificação do esporte catarinense”, destaca a  professora Natália Lúcia Petry, presidente da Fesporte.

Segundo a dirigente os atletas chegam a Rio do Sul mostrando, sobretudo, qualidade de vida e disposição, refletindo a importância da prática esportiva, das atividades física e mental, em qualquer fase da vida humana.

“Por isso, o Estado não pode e não deve ficar à margem desse processo. Cumpre o seu papel na política esportiva, proporcionando aos catarinenses, em parceria com seus municípios, o bem-estar e o desenvolvimento social”, finaliza.

Tufi Michreff  Neto, secretário de Turismo, Cultura e Esporte destaca que eventos como os Jasti são importantes para melhorar a qualidade de vida do idoso, pois segundo ele o “esporte na terceira idade melhora a capacidade cardiorrespiratória e a flexibilidade do corpo, alivia o estresse e combate os efeitos da depressão”.

Texto: Antonio Prado

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

www.fesporte.sc.gov.br

Publicado em Geral
Escrito por

Lucas Chumbo vence o Big Wave em Laguna

Lucas “Chumbo” Chianca foi o vencedor do Mormaii Big Wave 2018, realizado na Praia do Cardoso, Farol de Santa Marta, no município de Laguna, na segunda-feira (22/05).

As ondas chegaram à casa dos 18 pés de altura, cerca de 12 metros de face, inspirando os atletas por toda a competição, que teve transmissão ao vivo para o mundo inteiro.

Natural de Saquarema (RJ), Lucas Chumbo sagrou-se campeão do Mormaii Big Wave 2018, campeonato disputado no mesmo formato do Big Wave Tour, o circuito mundial de ondas grandes. Na decisão, Chumbo somou 9.25 e 8.75. Marcos Monteiro foi segundo, o chileno Cristian Merello terceiro, Paulo Moura quarto, Caio Vaz quinto e Vinicius dos Santos sexto. 

“Estou destruído, preciso de uma cama (risos). Esse mar estava muito pesado, tomei muito caldo hoje, mas fico feliz em ver condições assim no Brasil. Esse é o incentivo que precisamos. Meu primeiro campeonato de ondas grandes foi aqui em 2015. Três anos se passaram e hoje estou viajando o mundo competindo no Circuito Mundial de Ondas Grandes”, comenta Lucas Chianca, que leva do Farol de Santa Marta um cheque de R$ 20 mil e a maior nota da competição 9,75.

Integrando o Big Wave Tour, Chumbo venceu a etapa do circuito em Nazaré, em fevereiro, e, em abril, recebeu o prêmio de melhor performance no Big Wave Awards, a mais significativa premiação do surfe de ondas grandes. 

O evento contou com a parceria do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, e Prefeitura de Laguna.

“Assim como fomento às bases esportivas, também é importante investir em eventos de porte que coloquem Santa Catarina no cenário nacional e mundial em modalidades como o surfe, em que vimos um grande envolvimento da comunidade catarinense. Muito mais do que o evento propriamente, promovemos também lazer, turismo e incentivo à prática esportiva àqueles que vislumbram a modalidade como um sonho a ser conquistado, com base em seus ídolos”, disse a presidente da Fesporte, Natália Lúcia Petry.

Para o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff, “Santa Catarina ganha mais uma vez. Temos muito potencial turístico, sobretudo pelo fator geográfico. Isso tem nos colocado no topo de grandes eventos mundiais, valorizando o esporte e o turismo e intensificando nossa arrecadação”.

Outro espectador especial esteve nas areias da Praia do Cardoso. Gabriel, o Pensador. “Costumo vir a Santa Catarina mesmo antes de ser conhecido. Tenho uma admiração especial por Santa Catarina, onde tenho muitos amigos. Sempre que posso, venho pra cá, principalmente quando tem eventos de surfe”, disse o rapper.

Em entrevista à TV Fesporte, Gabriel, o Pensador, falou da satisfação em vir a Santa Catarina acompanhar eventos de surfe (Foto: Heron Queiroz)

 

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Publicado em Jasti
Escrito por

Fesporte realiza congresso técnico dos Jasti em Rio do Sul

Após a Gerência de Esporte de Participação da Fesporte atender aos pedidos de municípios participantes dos 11os. Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) para adiar o Congresso Técnico da competição,  o evento foi realizado na sede da Sub-seção da OAB de Rio do Sul, na tarde desta terça-feira, 22 de maio, véspera da abertura das competições, na Capital do Alto Vale do Itajaí, com transmissão direta da TV Fesporte pelas redes sociais (Instagram e Facebook) e com grande participação dos representantes das 216 delegações municipais, que perfazem 3012 atletas e que, em sua grande maioria,  já chegaram em Rio do Sul.

Sobre a decisão de realizar o Congresso Técnico um dia antes do início do evento, o gerente de esporte de participação, Ademar da Silva, disse que com o atendimento à solicitação garantiu-se maior participação dos municípios, já que os Jasti são jogos diferenciados em função da faixa etária que abrange, exigindo mais de tempo para confirmar os participantes.

 

Antes do sorteio para chaveamento das modalidades por naipes, a presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry, falou aos presentes sobre a importância dos Jasti pelo reconhecimento que o Governo do Estado presta "aqueles que, de algum modo, participaram da recente história de sucesso de nosso Estado, com seu trabalho e sua dedicação nos vários setores, em suas comunidades".

                                  Veja em vídeo os melhores momentos

Natália Petry parabenizou todos pelo desenvolvimento do esporte também na terceira idade e elogiou o ex-integradores regionais de esporte, pois sem eles nada acontece no calendário anual dos eventos esportivos que a Fesporte promove. A presidente da Fesporte elogiou também a dedicação dos dirigentes esportivos municipais e o esforço das administrações municipais em apoiar o esporte catarinense em suas diferentes modalidades, pois sem todas estas ações a Fesporte nem teria razão de existir.

Segundo ela a realização dos diversos eventos esportivos realizados pelo Governo do Estado através da Fesporte é um modo de todos retribuirmos o empenho dos catarinense em torna as nossas vidas melhores e mais gratificantes.

Em seguida pronunciou-se o prefeito anfitrião, José Thomé, que agradeceu a todos pelo empenho em tornar os 11ºs Jasti em Rio do Sul uma realidade. Thomé, além de elogiar o bom trabalho da Fundação Municipal de Desportos de Rio do Sul, presidida por Jeberton Firmino, falou também que Rio do Sul mantém-se entre os municípios com os melhores índices de longevidade em Santa Catarina e no país, e, portanto, tem mais uma razão para sediar o evento.

Thomé referiu-se também ao impacto sócio-econômico de eventos como os realizados pela Fesporte, pois toda a região está com as reservas em hotéis preenchidas, e a movimentação já é notada em todos os lugares, aproveitando para desejar boa estada às delegações visitantes.

O sorteio de chaveamento da competição em suas várias modalidades em ambos os naipes foi realizado sob a coordenação de João Cascaes, da Fesporte, com acompanhamento do presidente do Conselho do Esporte, Alexandre Monguilhot e dos dirigentes esportivos presentes. Estão na programação as modalidades de bocha, bolão, vôlei e handebol adaptados, além de truco, canastra, dominó, dança de salão e dança coreografada.

As competições dos Jasti acontecem a partir de amanhã, 23, e irão até 27 de maio, numa promoção do Governo do Estado, por meio da Fesporte, em parceria com o Município de Rio do Sul e a Agência de Desenvolvimento Regional de Rio do Sul. Amanhã quarenta atletas representarão a Fundação Municipal de Desportos de Rio do Sul no desfile de abertura da 11ª edição dos Jasti que ocorre amanhã, quarta-feira, 23, no Centro de Eventos Hermann Purnhagen, a partir das 19h30 quando haverá o acendimento da pira olímpica, o juramento do atleta e a apresentação de grupos de danças. A entrada é gratuita.

Texto

Homero Buzzi

Assessoria de Comunicação

 

Agência de Desenvolvimento Regional de Rio do Sul

Publicado em Geral
Escrito por

Duplas brasileiras vencem o World Tour 2018

Arena lotada nesse domingo, 21, em Meia Praia, Itapema/SC, para ver as finais do Circuito Mundial de Vôlei de Praia (World Tour 2018), etapa 4 estrelas. Diante de cerca de 3 mil pessoas, as duplas brasileiras Ágatha/Duda e Evandro/André venceram e ocuparam lugar mais alto do pódio.

No feminino, Ágatha e Duda venceram as suíças Heidrech e Vergé-Depré A por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17). Em terceiro lugar, ficaram as canadenses Bansley e Wilkerson, quie venceram a outra dupla brasileira, Maria Elisa e Carol, por 2 sets a 1 (21/18, 18/21 e 15/11).

“No dia a dia é uma batalha intensa, um trabalho muito duro em busca da evolução, tanto do corpo, como da mente. Então queremos dividir isso com essas pessoas. E também com nossa equipe incrível, são muitas pessoas especiais, parte disso. Somos apenas a consequência do trabalho de todos”, disse Ágatha. A dupla soma 800 pontos pela conquista do ouro e recebe um prêmio de cerca de R$ 59 mil.

No masculino, o primeiro lugar ficou com Evandro e André, ao vencerem os noruegueses Mol e Sorum por 2 sets a 0 (21/18 e 21/16). A dupla polonesa, com Kantor e Losiak, ficou em terceiro depois de vencer os brasileiros Vitor Felipe e Guto, por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17).

O evento contou com a presença do Governado do Estado, Eduardo Pinho Moreira; o Secretário de Turismo Cultura e Esporte de Santa Catarina, Tufi Michreff; a Prefeita de Itapema, Nilza Simas; e a presidente da Fesporte, Natália Pertry.

"É uma honra para Santa Catarina, em especial para Itapema, fazer parte de uma competição de grande expressão mundial. Entramos definitivamente como mais um cenário do circuito mundial de vôlei de praia, trazendo visibilidade para Santa Catarina, ativando o comércio e arrecadando mais para o Estado e para o Município de Itapema", disse Michreff.

"Realizar um evento como esse nos faz desenvolver ainda mais o gosto pelo esporte, sobretudo por uma modalidade que vem crescendo bastante em Santa Catarina. O Estado e o Município de Itapema estão de parabéns por firmarem essa parceria tão importante com a Confederação Brasileira de Voleibol e Federação Catarinense de Voleibol".

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

Pagina 1 de 335