Publicado em Jesc15-17
Escrito por

SC começa com vitorias e medalhas na 2ª fase dos JEJs

O sábado, 17, foi de estreia para Santa Catarina na segunda fase dos Jogos Escolares da Juventude (JEJs) em Natal com o início das disputas do atletismo, badminton, futsal e voleibol.

No atletismo foram conquistadas três medalhas, sendo duas de prata e uma de bronze para Santa Catarina. O ponto alto do dia foi a performance de Lucas Gabriel Fernandes Antunes,  do Colégio Santa Teresinha, de Florianópolis, que mesmo com a medalha de prata na prova final dos 75 metros para estudantes de 12 a 14 anos, sagrou-se recordista da prova ao estabelecer a marca de 8s63 na fase de classificação.

“Não esperava ser recordista brasileiro escolar ainda na etapa classificatória. Uma pena que na final errei na saída e perdi a prova”, disse o campeão Gabriel.

Quem também se destacou no atletismo na categoria 12 a 14 anos foi  Luísa Lummerte, da Escola Municipal Vila Nova, de Passo de Torres, prata no salto em altura. E fechando o dia dos ‘medalhados’ catarinenses  Mikaely Demo, da escola Estadual Abílio César Borges, de Nova Veneza, foi bronze na prova dos 100 metros para estudantes de 15 a 17 anos.

Nas modalidades coletivas Santa Catarina também teve um dia positivo. O badminton estreou nas duas categorias com seis vitórias e apenas uma derrota

No voleibol masculino, 12 a 14 anos, a atual campeã da competição, a Escola Municipal Erwin Prade, de Timbó, venceu por 2 a 0 o Colégio Amadeus, de Sergipe, com parciais de 25/10 e 2516.

Confira os demais resultados deste sábado

Futsal feminino 12 a 14 anos - Escola Estadual Vidal Ramos, de Concórdia 3 x 1 Colégio Silva Sales - CE (com gols de Júlia (2) e Maiara

Futsal feminino 15 a 17 anos -  Escola Estadual Lourdes Lago, de Chapecó 3 x 1 Colégio QI, PB (gols de Rafa, Manu e Carol)

Voleibol masculino 15 a 17 anos  - Escola Ervin Prade, de Timbó 2x0 Colégio Amadeus – SE ( 25/10, 25/16

Voleibol feminino 15 a 17 anos - Senai, de Jaraguá do Sul 2x0 Colégio 2001 – PE (25/17 e 25/10)

Voleibol feminino 12 a 14 anos - Escola Estadual Sara Castelhanno Kleinkauf, de Guaraciaba 2 x 0 Colégio Antares Dunas - CE (25/13 e 25/15)

Santa Catarina ainda aguarda as estreias 

 Basquete masculino 12 a 14 anos, Colégio São José, de Itajaí 

Basquete feminino 12 a 14 anos - Colégio Evangélico Jaraguá, de Jaraguá do Sul

Basquete masculino 15 a 17 anos  - Instituto Estadual de Educação, de Florianópolis

Futsal Masculino 12 a 14 anos -  Colégio Exponencial, de Chapecó

Futsal masculino 15 a 17 anos -  Escola Estadual São Miguel do Oeste, de São Miguel do Oeste

Handebol masculino 12 a 14 anos - Escola Estadual Rubens de Arruda Ramos, de Lages

Handebol masculino 15 a 17 anos -  Colégio Industrial de Lages

Texto: Antonio Prado

Publicado em Jesc15-17
Escrito por

Mais cinco modalidades estreiam em Natal

A partir deste sábado, 18, o segundo grupo de atletas catarinenses estreia nos Jogos Escolares da Juventude (JEJs) em Natal. Depois da participação do ciclismo, ginástica rítmica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez, que rendeu 35 medalhas para Santa Catarina, agora será a vez do  atletismo, badminton,  basquete,  voleibol e futsal brigarem por mais medalhas até o dia 20. Este novo grupo é composto por 120 atletas.

O atletismo vem com uma equipe formada por 40 atletas.

A presidente da Fesporte, prof. Natália Lúcia Petry recebe os atletas (Foto: Antonio Prado)

O dia desta sexta-feira foi caracterizado pelo descanso dos atletas e à noite pela reunião entre todos os participantes e os integrantes da Fesporte para passar todas às diretrizes e logísticas da competição. A presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry, deu boas vindas aos estudantes e desejou bons jogos a todos.   

Veja agora as escolas que representarão Santa Catarina nas modalidades coletivas

Basquete masculino 12 a 14 anos, Colégio São José, de Itajaí 

Basquete feminino 12 a 14 anos - Colégio Evangélico Jaraguá, de Jaraguá do Sul

Basquete masculino 15 a 17 anos  - Instituto Estadual de Educação, de Florianópolis

Futsal Masculino 12 a 14 anos -  Colégio Exponencial, de Chapecó

Futsal feminino 12 a 14 anos - Escola Estadual Vidal ramos, de Concórdia

Futsal masculino 15 a 17 anos -  Escola Estadual São Miguel do Oeste, de São Miguel do Oeste

Futsal feminino 15 a 17 anos -  Escola Estadual Lourdes Lago, de Chapecó

Handebol masculino 12 a 14 anos - Escola Estadual Rubens de Arruda Ramos, de Lages

Handebol masculino 15 a 17 anos -  Colégio Industrial de Lages

Voleibol masculino 15 a 17 anos  - Escola Ervin Prade, de Timbó

Voleibol feminino 15 a 17 anos - Senai, de Jaraguá do Sul.

Voleibol feminino 12 a 14 anos - Escola Estadual Sara Castelhanno Kleinkauf, de Guaraciaba.

A delegação de Santa Catarina em Natal é gerenciada pelo Governo Estadual, por meio da Fesporte, e é composta por 266 atletas oriundos de 138 escolas de 48 municípios, perfazendo um total de 305 pessoas, incluindo técnicos e dirigentes.

Texto: Antonio Prado

 

Publicado em Parajesc
Escrito por

Catarinenses embarcam rumo às Paralimpíadas Escolares

Uma delegação composta de 157 pessoas, dentre as quais 92 são atletas de paradesporto, embarcam de quatro aeroportos do estado (Joinville, Florianópolis, Chapecó e Navegantes), nesta segunda-feira (19), com destino a São Paulo, onde participam das Paralimpíadas Escolares 2018, evento promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Pioneiro em eventos paradesportivos e uma das referências no país, o estado de Santa Catarina participou de todas as edições, ficando na maioria das vezes entre os três primeiros. A delegação paulista é a maior vencedora até aqui, com cinco títulos, seguida do Rio de Janeiro, com quatro, deixando os catarinenses em terceiro com duas conquistas.

O evento surgiu como Programa Paralímpicos do Futuro, em 2006. A partir de 2009, com nova formatação, passou a se chamar Paralimpíadas Escolares. A partir de 2016, com a construção do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, as Paralimpíadas Escolares passaram a contar com uma sede fixa.

Até sábado (24), quase mil atletas entre 12 a 18 anos estarão disputando medalhas em 11 modalidades esportivas: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha paralímpica, futebol de 5, futebol de 7, golbol, judô, natação, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa e vôlei sentado. Os catarinenses só não participam do futebol de 5.

Na edição de 2017, Santa Catarina foi vice-campeã, com 341 pontos, atrás dos anfitriões, que somaram 458 pontos. Foram 47 medalhas de ouro, 30 de prata e 14 de bronze para a delegação barriga-verde. 

 

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Publicado em Dança Catarina
Escrito por

Regional do Dança Catarina chega a Balneário Camboriú

Nesta sexta-feira (16) e sábado (17), Balneário Camboriú recebe o Festival Escolar Dança Catarina, no Ginásio Multieventos Sérgio Lorenzatto, no Bairro das Nações, tendo início às 17h30min. O evento faz parte da etapa regional do concurso, envolvendo as equipes das escolas do Sul do estado que se classificaram nos eventos da etapa microrregional.

Estarão no palco 16 escolas de 11 municípios do nosso estado, com mais de 350 alunos que disputarão até sábado (17), medalhas nas categorias infantil e juvenil, nas modalidades livre, popular e de salão.

O Festival Escolar Dança Catarina é uma promoção do Governo de Santa Catarina por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), com apoio das ADRs. O concurso regional Sul tem ainda a parceria com a Prefeitura de Balneário Camboriú.

Este será o penúltimo evento do Festival em 2018. Já o último será realizado em Caçador (região Centro-Oeste), nos dias 23 e 24 de novembro, complementando a etapa regional, que já teve nesta edição Gaspar, como sede Leste-Norte, e Itá como sede Oeste.

Nesta fase final, as escolas campeãs e vices da fase microrregional compõem os participantes dos eventos das 20 etapas classificatórias que tiveram início em agosto na microrregião de Laguna.

Texto: Júlio Wojcikiewicz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Publicado em Jesc15-17
Escrito por

SC Conquista 35 medalhas na 1ª parte dos Jogos Escolares

Ufa! Terminou nesta quinta-feira, 15, em Natal, (RN) a primeira parte dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) com as definições dos campeões do ciclismo, ginástica rítmica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez. E o saldo para Santa Catarina foi bastante positivo:  35 medalhas no total:  7 ouro, 21 de prata e 7 de bronze. 

Agora, nesta sexta-feira, dia 16, começam a chegar os atletas do atletismo, badminton, voleibol e futsal. E no dia 21 chega a Natal o último grupo formado pelos times de basquete, handebol, judô e luta olímpica.

No último dia de competição da primeira parte dos JEJs, nesta quinta, o time Santa Catarina conquistou 15 medalhas no total sendo  2 de ouro, 12 de prata e 1 de bronze.

Confira os resultados

OURO

XADREZ - Guilherme de Borba (Colégio Bom Jesus Santo Antonio/Blumenau), 15 a 17 anos

NATAÇÃO - Pedro Henrique Buch de Souza (CEMMA/Mafra) 100 metros borboleta, 12 a 14 anos

PRATA

NATAÇÃO – Paula Simioni (CNEC/Concórdia) 50 metros costas, 12 a 14 anos

NATAÇÃO - Revezamento 4x50 medley, 12 a 14 anos, feminino: Paula Simioni (CNEC/Concórdia), Hélen Bernardi (Colégio CEM/Concórdia), Letícia Romão (Colégio dos Santos Anjos/Joinville) e Isabela Mazuco (Colégio São José/Tubarão)

NATAÇÃO – Revezamento 4x50 medley, 12 a 14 anos, masculino: Pedro Henrique Buch de Souza (CEMMA/Mafra), Kauan Matias (EEB Flordoardo Cabral/Lages, Gabriel Pereira (Colégio Marista/Criciúma) e Daniel Neto (EBM Francisco Lanzer/Blumenau)

NATAÇÃO - Revezamento medley masculino, 15 a 17 anos: Vinicius Kohns (Colégio Metropolitnao/Indaial), Gustavo Silva (EEB Humbrto de Campos/Criciúma, Pedro da Rocha (IFSC/Joinville e Diego Navarro (Exathum Curso e Colégio/Joinville)

NATAÇÃO – Lucas Kogut (Colégio Tendência/Florianópolis), 200 metros livre, 15 a 17 anos

NATAÇÃO - Vinicius Kohns (Colégio Metropolitano/Indaial), 50 metros costas, 15 a 17 anos 

XADREZ – Gabriel de Borba (Colégio Bom Jesus Santo Antonio/Blumenau) 12 a 14 anos

XADREZ – Maria Eduarda Freitas (Centro Ed. Roda Pião/Palhoça), 12 a 14 anos

XADREZ – Gabriel de Borba (Colégio Bom Jesus Santo Antônio/ Blumenau), blitz 12 a 14 anos

TÊNIS DE MESA – Guilherme Souza da Silva (EEB Dr. Tufi Dippe/Joinville), 15 a 1 7 anos

TÊNIS DE MESA – Eduardo Fragoso (Colégio Conexão/Joaçaba), 12 a 14 anos

GINÁSTICA RÍTMICA - Ana Carolina Sandrini Souza (EEBM Machado de Assis/Blumenau), aparelho maças. 15 a 17 anos

BRONZE

TÊNIS DE MESA – Marcos Possamai (Colégio Rui Barbosa/Rio do Sul), 12 a 14 anos

Presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry agradece o empenho dos atletas (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

A delegação de Santa Catarina em Natal é gerenciada pelo Governo Estadual, por meio da Fesporte, e é composta por 266 atletas oriundos de 138 escolas de 48 municípios, perfazendo um total de 305 pessoas, incluindo técnicos e dirigentes. 

Organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), os Jogos Escolares da Juventude mudaram de formato e estão sendo organizados em uma só sede para estudantes de 12 a 14 anos e 15 a 17 anos. Nas edições anteriores havia dois JEJs para idades específicas e em sedes diferentes. 

Segundo o COB a mudança visou diminuir gastos com evento. Para esta etapa nacional,  em Natal, os estados que não ficaram nas primeiras colocações em 2017 tiveram que passar pelas etapas classificatórias regionais, outra mudança adotada pelo COB neste ano.

Ao fazer um balanço da primeira parte dos JEJ a presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry, se disse muito feliz com o resultado. “Nossos atletas honraram de forma muito destacada as cores de Santa Catarina. Todos deram o máximo no intuito de dar o seu melhor, e acredito que conseguiram, estão de parabéns”, concluiu a presidente.

Texto: Antonio Prado

 

Publicado em Jesc15-17
Escrito por

Mestres de xadrez, irmãos Borba brilham em Natal

Eles são os únicos atletas brasileiros com menos de 18 anos a carregarem o título de Mestre FIDE, concedido pela Federação Internacional de Xadrez, e mostram que a honraria não foi conquistada por acaso. Na edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude, em Natal (RN), os irmãos Guilherme Borba, 17, e Gabriel Borba, 14, conquistaram a medalha de ouro e prata, respectivamente, na modalidade xadrez convencional. Representando o Colégio Bom Jesus de Santo Antonio, de Blumenau (SC), o irmão mais velho venceu a competição de forma incontestável, com cinco pontos, enquanto o caçula fez quatro e ficou atrás de Yago Labussiere (GO). 

E pensar que, há quase uma década, o xadrez entrou na vida deles por causa do baixo rendimento escolar de Guilherme à época. “Meus pais nem sabiam jogar xadrez, mas me colocaram na escolinha do colégio para ver se as minhas notas e o meu comportamento em sala de aula melhoravam. O Gabriel ainda era muito novo, mas ia junto me buscar, entrava na sala e ficava me esperando. Acabamos gostando e nos desenvolvemos”, conta Guilherme, que participou dos Jogos Escolares em Fortaleza 2015 e conquistou a medalha de bronze na modalidade blitz (disputa por tempo).

Suas rotinas de treinos são totalmente diferentes, dado que apresentam níveis técnicos distintos. As únicas semelhanças são os professores: Jefferson Pelikian, de São Paulo, que dá aulas semanais por Skype, e o cubano Neuris Delgado, do Clube de Xadrez Blumenau. Além disso, eles têm desenvolvido um trabalho social ao lado da enxadrista Regina Ribeiro:

“Blumenau possui vários polos de iniciação, formando muitos jogadores. Com a professora Regina, vamos a escolas públicas ensinar o xadrez aos jovens e tentar descobrir novos talentos”, diz Gabriel, referindo-se ao projeto Movimento Educacional de Xadrez Escolar (MEXE).

Além de bolsa escolar e apoio do Governo de Santa Catarina, os irmãos têm descontos nos valores de inscrições de torneios por serem Mestres FIDE:

“Com esse título, recebemos vários convites e somos chamados para torneios fechados. Só quem é titulado pode jogar”, explica Guilherme. Ao todo, o xadrez possui quatro titulações: Candidato a Mestre, Mestre FIDE, Mestre Internacional e Grande Mestre.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. 

Fonte: COB

Publicado em Jesc15-17
Escrito por

SC conquista mais 8 medalhas, agora já são 20 nos JEJs

O time Santa Catarina, que disputa a primeira parte dos Jogos Escolares da Juventude (JEJs) para estudantes de 12 a 14 anos e 15 a 17, teve mais um dia de conquistas nesta quarta-feira, 14, em Natal. Foram mais oito medalhas para a conta sendo uma de ouro, quatro de prata e três de bronze. Com as 12 medalhas conquistadas no primeiro dia de competição, na terça, agora os catarinenses somam 20 medalhas no total: 5 ouro, 9 de prata e 6 de bronze.

Na programação desta quarta-feira a medalha de ouro no revezamento 4x50 medley misto, na natação, 12 a 14 anos, foi o ponto alto do dia dos catarinenses. A equipe campeã formou com Paula Simioni (CNEC/Concórdia), Kauan Matias (EEB Flordoardo Cabral/Lages), Pedro Henrique (CEMMA/Mafra) e Isadora Mazuco (Colégio São José/Tubarão).

Medalhas de prata também foram conquistadas.  Ainda na natação, Helen Bernardi, do Colégio Cem, de Concórdia, por exemplo, levou uma pra casa na prova dos 50 metros nado peito. Já na categoria 15 a 17 anos, outra medalha de prata acabou no peito de Lucas Kogut (Colégio Tendência/Florianópolis) pelo segundo lugar nos 100 metros livres.

A prata foi conquistada também na categoria 12 a 14 anos pela dupla mista do tênis de mesa formada por Marco Possama (Colégio Rui Barbosa/Rio do Sul) e Maria Magagnin (Epavi/Pouso Redondo).

E na categoria 15 a 17 a medalha de prata dupla mista do tênis de mesa de Joinville formada por Guilherme Souza (EEB Tufi Dippe) e Ana Flávia Cabral (Colégio Cenecista Elias Moreira).

O bronze veio na natação, 12 a 14 anos, com Daniel Neto (EBM Francisco Lanzer/Blumenau) na prova dos 100 metros, e também com Gustavo Erick (EEB Humberto de Campos/Criciúma), nos 50 metros peito.

Para fechar o ciclo dos vencedores da medalha de bronze a ginástica rítmica ganhou a sua por equipe com as ginastas  blumenauenses Ana Carolina Sandrini (EEBM Machado de Assis) e Manoela Galdino (Colégio Bom Jesus Santo Antônio).

Ao fazer uma avaliação do dia catarinense nos JEJs a presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry, se disse bastante satisfeita com o time de atletas. “Nosso estado é sempre referência para o Brasil no esporte escolar e aqui em Natal nossos estudantes estão fazendo jus a essa realidade conquistando bastante medalhas nos primeiros dias de competições”, destacou a presidente.

A delegação de Santa Catarina que participa dos JEJs em Natal tem um total de 266 atletas oriundos de 138 escolas de 48 municípios. No primeiro momento brigam por medalhas atletas do ciclismo, ginástica rítmica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez. Já no dia 16 de novembro será a vez do atletismo, badminton, voleibol e futsal. E no dia 21 embarca o último grupo formado pelos times de basquete, handebol, judô e luta olímpica.

 A delegação de Santa Catarina, em Natal, é gerenciada pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte.

Texto: Antonio Prado

 

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Com 4 de ouro, SC conquista 12 medalhas no 1º dia dos JEJs

O primeiro dia dos Jogos Escolares da Juventude (JEJs) em Natal, RN, nesta terça-feira, foi bastante positivo para Santa Catarina. No total foram 12 medalhas sendo 4 de ouro, 5 de prata e 3 de bronze.

A natação foi destaque do dia com 9 medalhas no total sendo  3 de ouro, 4 de prata e 2 de bronze. No Tênis de mesa foram 2 de bronze e no ciclismo uma medalha de ouro.

A primeira medalha de ouro do dia veio com a nadadora Paula Simioni, do CNEC/Concórdia, categoria 12 a 14 anos. A performance da atleta inspirou Pedro Borim, do IFSC/Joinville, que na mesma modalidade,  só que na categoria 15 a 17 anos, foi o primeiro lugar nos 50 metros borboleta. Ainda na natação Pedro Henrique de Souza, do CEMA/Mafra, também foi ouro no 12 a 14 nos 50 metros borboleta e ainda ajudou a conquistar a medalha de bronze no revezamento 4x50.

Quem também colocou no peito a medalha de ouro foi o ciclista Natan Steuck, da Escola Teófilo Nolasco de Oliveira/Benedito Novo, ao vencer a prova do contrarrelógio individual. “No início eu estava nervoso por não saber o nível dos  meus adversários, mas depois de vê-los em ação fiquei bastante confiante em conquistar uma medalha e ela veio”, disse o campeão após receber a medalha das mãos da presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry.

Além das três medalhas de ouro na natação a modalidade trouxe para Santa Catarina mais cinco medalhas de prata. A primeira com Gabriel Pereira, do Colégio Marista/Criciúma, nos 50 metros borboleta 12 a 14 e a segunda com Paula Simioni, do CNEC/Concórdia, também no 12 a 14. A terceira no revezamento 4x50 livre masculino,  a quarta na mesma prova no feminino e a quinta medalha de prata com Letícia de Carvalho, categoria 15 a 17 anos, do Colégio Dehon/Tubarão.. 

O revezamento 4x50 livre 12 a 14 anos masculino foi bronze com Pedro Henrique de Souza,  CEMA/Mafra; Gabriel Pereira, do Colégio Marista/ Criciúma; Bruno Safanelli, Colégio Pedro Antonio Fayal/Itajaí; Daniel Luciani Neto, Escola Municipal Francisco Lanser/Blumenau.

Já o revezamento feminino da natação 12 a 14 anos conquistou a medalha de prata com Paula Simioni, do CNEC/ Concórdia; Letícia Romão, Colégio dos Santos Anjos/Joinville;  Joanna Rossi, Escola Municipal Paul Harris/Joinville e Isabela Mazuco, Colégio São José/Tubarão.

A natação conquistou uma medalha de bronze com Vinícius Arns, Colégio Metropolitano/Indaial nos 100 metros costas. 

O tênis de mesa masculino 3° lugar na equipe no masculino e feminino! 

Os JEJs são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB). O time SC é gerenciado pelo Governo do Estado por meio da Fesporte.

Texto: Antonio Prado

Pagina 1 de 332