Publicado em Olesc
Escrito por

Números, destaques e curiosidades da 14ª Olesc

Criciúma - Começa neste sábado (20), em Criciúma, a 14ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc. Serão mais de 3,7 mil atletas de 13 a 16 anos em busca de 26 troféus de 14 modalidades até o próximo dia 27. A disputa pelo título-geral promete ser a mais equilibrada dos últimos anos, com pelo menos cinco postulantes. A abertura oficial está marcada para às 19h30 no ginásio municipal Irmão Valmir Orsi.

Veja o boletim com a programação completa da 14ª Olesc

Olesc dos recordes começa neste sábado em Criciúma

Fesportinho divulga a 14ª Olesc nas escolas de Criciúma

Serão 94 municípios participantes, um recorde em todas as etapas estaduais de competições organizadas em Santa Catarina até hoje. Entre todos eles, três surgem como maiores candidatos ao título: Blumenau, Criciúma e Joinville. O cenário remete a outras disputas no Estado, como os Joguinhos e os Jogos Abertos, por exemplo, mas aqui o retrospecto é diferente.

Sede da Olesc pela quarta vez (as outras foram na primeira edição, em 2001, em 2008 e 2012), Criciúma tem o objetivo de conquistar em casa o seu segundo título-geral na competição (o primeiro e único da cidade em eventos da Fesporte até hoje foi em 2011, em Chapecó). Para isso, investiu pesado e levará a campo uma delegação de 300 atletas em 23 das 26 modalidades. “A experiência adquirida pela nossa equipe em organização de eventos nos forneceu credibilidade no meio esportivo catarinense. Dentro do ambiente de competição, queremos confirmar o destaque alcançado pelas equipes nas últimas competições e desta vez buscar o título-geral”, afirma o presidente da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma, Renato Valvassori.

Maior campeã da Olesc, com seis conquistas, Joinville quer transpor para cá o retrospecto dos Joguinhos, competição de base na qual também domina e é a atual tricampeã. Isso porque a maior cidade do Estado não vence a Olesc desde 2010, em Tubarão, e ficou com o vice-campeonato nas últimas três edições. “Temos pecado em detalhes que neste ano trabalhamos para que não ocorram e possamos levantar o caneco. Joinville tem um trabalho reconhecido nas categorias de base e voltar a vencer a Olesc é, sim, um objetivo, disse o presidente da Felej, Fernando Krelling, que levará ao Sul uma delegação de 280 atletas que brigará por 21 troféus.

Atual bicampeã da Olesc, Blumenau vai em busca do quarto título e, para isso, também aposta nas pratas da casa (maioria absoluta entre os 300 atletas nas 23 disputas). “A cidade tradicionalmente colhe bons frutos no trabalho com a base, e é isso que queremos nesta competição. A disputa será bastante equilibrada e o título é conseqüência do trabalho lá dentro, mas com certeza Blumenau estará na briga”, disse o superintendente da FMD, Sérgio Galdino.

Além das três favoritas, também correm por fora na disputa Itajaí, fortalecida nos últimos anos e que estará com 280 atletas em 21 modalidades, e Florianópolis, maior delegação (320 atletas) e que estará no maior número de modalidades: 24 das 26.

A Olesc (Jogos da Juventude Catarinense) prossegue até dia 27, reunindo mais de 3,7 mil atletas de 13 a 16 anos (as exceções são as ginásticas artística e rítmica, com atletas de 10 a 12 anos). Estão em disputa medalhas e troféus no atletismo, basquete, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê, natação, tênis, tênis de mesa, vôlei e xadrez. A organização é da Fesporte, em parceria com a Prefeitura de Criciúma.

Alguns números da 14ª Olesc:

• Período de Competição: 20 a 27 de setembro

• Municípios participantes: 94

• Atletas e dirigentes: 3.700

• Modalidades: 14

• Número de equipes: 516

• Troféus: 26

• Locais de competição: 20

• Locais de alojamento: 40 unidades escolares

• Número de confrontos: 600

• Número árbitros: 275

• Número leitos hotel: 1740

• Aporte financeiro ao município (repasse, hospedagens, alimentação): R$ 735 mil

As 15 maiores delegações (15,9%):

• Florianópolis (320 atletas / 24 equipes)

• Blumenau e Criciúma (300 atletas / 23 equipes)

• Itajaí e Joinville (280 atletas / 21 equipes)

• Chapecó (250 atletas / 19 equipes)

• Jaraguá do Sul (18 equipes)

• São José (17 equipes)

• Balneário Camboriú, Rio do Sul e São Bento do Sul (16 equipes)

• Caçador e Concórdia (14 equipes)

• Brusque (12 equipes)

• Tubarão (11 equipes)

45 municípios (47,8%) - 1 ou 2 equipes

34 municípios (36,1%) - 3 a 10 equipes

Fonte: Osvaldo Juncklaus, coordenador-geral da 14ª Olesc

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Publicado em Dança Catarina
Escrito por

Etapa da SDR de Taió define os grupos classificados

Salete - O município de Salete foi sede da etapa microrregional da 15ª edição do Festival Escolar Dança Catarina. O evento aconteceu no Ginásio Municipal de Esportes Roberto Schreiber na noite desta quinta-feira, 18, com a presença de grande público. Foram escolhidos os vencedores que representarão a região na etapa Regional Leste/Norte, que será realizada nos dias 22 e 23 de outubro, em Ibirama.

Na fase regional, a escola campeã de cada modalidade ganha o direito de se apresentar no próximo ano no Festival de Dança de Joinville. Na dança livre infantil, quem conquistou o ouro foi o Colégio Cenecista Nossa Senhora de Fátima, de Taió, com a coreografia “Coisas de menina”; na dança livre aberta a EEB Luiz Bertoli, de Taió, ficou com a primeira colocação com a coreografia “Segue o seco”. E na dança livre juvenil, comemorou a classificação a EEB Prefeito Arno Siewerdt, de Pouso Redondo, com a coreografia “Sangrar de amor”.

Na categoria folclore infantil, a EEB Bruno Heidrich, de Mirim Doce, foi a escola vencedora com a coreografia “Pau de fitas”. Na dança de salão juvenil e infantil, mais dois troféus para a EEB Bruno Heidrich. Na dança livre mirim, realizada apenas na etapa microrregional, a EEB Anair Margarida Voltolini, de Pouso Redondo, foi a vencedora com a coreografia “Futuro da Nação”.

Vencedores vão representar a 34ª SDR na etapa regional do festival, dias 22 e 23 de outubro, em Ibirama

“A cada ano o nível competitivo dos grupos vem aumentando, mostrando resultados cada vez melhores”, ressaltou a integradora esportiva da 34ª SDR, Cleide das Neves. O evento é uma promoção do Governo do Estado de Santa Catarina, executado pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Taió em parceria com a prefeitura de Salete.

Colaborou:

Estela Stange Purnhagen

Secretaria Regional de Taió

(47) 8801-6642

(47) 3562-8400  

Publicado em Moleque
Escrito por

Nem mau tempo impede chuva de gols em Lages

Lages - No primeiro dia de disputas da etapa regional do Moleque Bom de Bola, em Lages, não teve para a chuva, nem para o vento e muito menos para as baixas temperaturas, que, de manhã, chegaram à casa dos 10 graus. Os cerca de 400 meninos e meninas das 15 cidades da região estavam animados para jogar. Então, o jeito foi deixar os agasalhos de lado e entrar em campo para fazer bonito (confira no boletim os resultados e os jogos do segundo dia).

Confira os boletins atualizados da regional centro-oeste, em Lages

Confira os boletins atualizados da regional oeste, em Campo Erê

Se por um lado os jogos femininos foram bastante equilibrados e tiveram placares apertados, os masculinos registraram goleadas. Destaque para o CNEC Marcos Olsen, de Caçador, que venceu o CNEC Dr. Júlio César Ribeiro Neves, de Concórdia, por 8 a 0. A escola de Concórdia também perdeu dos donos da casa, a Escola de Educação Básica General José Pinto Sombra, por 6 a 1.

Os meninos da Escola de Educação Básica Padre Antônio Vieira, de Anita Garibaldi, golearam por 5 a 0 a Escola Básica Municipal Terezinha C. Agostinho, de Bela Vista do Toldo. O destaque do dia foi a partida lá e cá dos garotos das escolas de educação básica Marino Pisani, de Monte Carlo, e General José Pinto Sombra, de Lages, que foi disputada até o último segundo com resultado positivo para a equipe de Lages.

As 17 escolas participantes disputam as vagas – duas masculinas e duas femininas – para a grande final, que está marcada para ocorrer entre os dias 8 e 12 de outubro, em Camboriú.

Mau tempo transfere início das disputas em Campo Erê

As disputas da quarta etapa regional do Moleque Bom de Bola, que começariam na manhã desta sexta-feira (19), foram transferidas para a tarde por causa do mau tempo, que encharcou os campos onde ocorrerão os jogos. Assim, de acordo com Luiz Carlos Fraga, coordenador do projeto em Santa Catarina, dará tempo de drenar a água nos campos.

Após os jogos da tarde, os alunos-atletas comparecerão à abertura oficial do evento, que está marcada para as 19h30. Serão 18 escolas representando São Miguel do Oeste, Saudades, Iraceminha, São Lourenço do Oeste, Jupiá, Chapecó, Nova Erechim, Passos Maia, Faxinal dos Guedes, Mondaí, São José do Cedro, Itapiranga, Quilombo, União do Oeste e Campo Erê na luta por duas vagas masculinas e duas femininas na final. As finais, por enquanto, estão mantidas para segunda-feira, dia 22. 

Colaborou

Carolina Spricigo

PalavraCom

48 3025 6595

Publicado em Moleque
Escrito por

Cerimônia em teatro histórico abre regional em Lages

Lages - Está oficialmente aberta a etapa regional do Moleque Bom de Bola em Lages, na região serrana. O histórico Teatro Marajoara, no centro da cidade, foi o local escolhido para o evento, que ficou lotado com a presença de cerca de 400 alunos-atletas representando 15 cidades. As disputas começam na manhã desta quinta (18) e ocorrem até domingo (21), quando serão definidos os dois times masculinos e os dois femininos que irão para a grande final, marcada para outubro, em Camboriú.

Confira os boletins atualizados da regional centro-oeste do Moleque Bom de Bola

As delegações de Concórdia, Capinzal, Erval Velho, Ibiam, Monte Carlo, Arroio Trinta, Fraiburgo, Caçador, Frei Rogério, Ponte Alta do Norte, Bela Vista do Toldo, Anita Garibaldi, Lindoia do Sul, Arabutã e Lages subiram ao palco para fazer o juramento do atleta, comandado por Luiza Gracietti, 13 anos, que joga por Anita Garibaldi.

“É uma honra abrir um evento como o Bom de Bola na nossa cidade. O projeto é uma competição que além de desenvolver atletas ensina sobre educação e cidadania”, disse Marcelo Kowalski, presidente da Fesporte, que escolheu Lages para morar com a família.

Cerimônia lotou o auditório do Teatro Marajoara, no Centro de Lages. Foto: Carolina Spricigo

Emocionado, Luiz Carlos Fraga, coordenador do projeto, explicou que a Parati investe há 20 anos no projeto para receber o melhor dos benefícios: ver bons cidadãos preparados para ser o futuro do país. “Aproveitem este grande evento e saiam daqui transformados pelo esporte e pela educação.”

Pira olímpica

Um convidado de honra foi o escolhido para acender a pira olímpica da regional de Lages: o lageano Luis Carlos Figueiredo Cruz, professor de educação física e técnico do Bom de Bola Esporte Clube, que na adolescência representou a cidade em competições de basquete e futsal e recebeu a oportunidade de ser jogador de campo. Depois de formado na faculdade, fez carreira como técnico.

“Meu maior orgulho foi ter jogado pelo Internacional de Lages, em 1980, e ter sido treinador da equipe em 1983. Estar nesta abertura foi emocionante, foi uma homenagem incrível”, falou ele, que, com lágrimas nos olhos, agradeceu à integradora de esporte da SDR de Lages, Alcionir do Nascimento, pelo convite.

O evento contou ainda com a apresentação de dança do Barbicacho Dança Show e do músico e pianista Antônio Lugon.

Colaborou:

Carolina Spricigo

PalavraCom

48 3025 6595

Publicado em Olesc
Escrito por

Olesc dos recordes começa neste sábado em Criciúma

Criciúma – Em sua 14ª edição, a Olesc já está consolidada como uma das principais competições do calendário do esporte catarinense. Neste sábado, dia 20, quando der a largada para mais uma etapa estadual, desta vez em Criciúma, alguns recordes estarão em evidência.

Veja o boletim com a programação completa da 14ª Olesc

Confira o cronograma das modalidades na 14ª Olesc

Fesportinho divulga a 14ª Olesc nas escolas de Criciúma

O primeiro é o de número de municípios participantes na fase estadual: serão 94. Nunca em evento algum da Fesporte, nem nos Jogos Abertos, tantos chegaram até a fase final (para efeito de comparação, os Jasc do ano passado, em Blumenau, tiveram 80 municípios participantes, e a própria Olesc de 2013, em Caçador, contou com 75).

Número que tem origem em outro recorde, este do início do ano. A Olesc 2014 já havia superado a marca de municípios inscritos para as fases microrregionais: 228, quase 80% das cidades catarinenses. “Os números mostram a força do evento, hoje todos os municípios querem estar na Olesc, uma competição que mede com exatidão a qualidade do trabalho de base realizado por eles. Mas também comprova que estamos no caminho certo, trazendo os principais clientes da Fesporte, os municípios, para dentro dos nossos eventos”, disse o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski.

Recorde também nos tabuleiros

Mais um recorde que chama a atenção na 14ª Olesc vem dos tabuleiros de xadrez. Logo na abertura da competição, no domingo, dia 21, a prova de xadrez rápido (blitz) terá a participação simultânea de 300 competidores em partidas que duram, no máximo, cinco minutos. “Esse número é recorde no Brasil com certeza, e desconfio que possa até ser recorde mundial de partidas ao mesmo tempo”, destacou o presidente da Federação Catarinense de Xadrez, Gilson Crestani. As disputas da modalidade vão ocorrer na Associação da Imbralit.

A Olesc (Jogos da Juventude Catarinense) prossegue até dia 27, reunindo mais de 3,5 mil atletas de 13 a 16 anos (a exceção é a ginástica rítmica, com atletas de 10 a 12 anos). Estão em disputa medalhas e troféus no atletismo, basquete, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê, natação, tênis, tênis de mesa, vôlei e xadrez. A organização é da Fesporte, em parceria com a Prefeitura de Criciúma.

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

 

Publicado em Moleque
Escrito por

Lages e Campo Erê recebem as últimas regionais do Moleque

Lages - Depois da Biguaçu e Papanduva, as equipes que disputam o Campeonato Catarinense de Futebol Escolar, o Moleque Bom de Bola, desembarcam nesta semana em Lages e Campo Erê, para a terceira e a quarta regionais da competição, respectivamente, que tem final marcada para ocorrer de 8 a 12 de outubro, em Camboriú.

Confira a programação da regional centro-oeste, em Lages

Confira a programação da regional oeste, em Campo Erê

Na região serrana, cerca de 400 alunos de 17 escolas e 15 cidades vão disputar duas vagas nas categorias masculina e feminina para a grande final. São representantes de Concórdia, Capinzal, Erval Velho, Ibiam, Monte Carlo, Arroio Trinta, Fraiburgo, Caçador, Frei Rogério, Ponte Alta do Norte, Bela Vista do Toldo, Anita Garibaldi, Lindoia do Sul, Arabutã e Lages. A abertura do evento está marcada para a noite desta quarta (17), e os jogos ocorrem de quinta (18) a domingo (21).

No oeste, serão 18 escolas representando São Miguel do Oeste, Saudades, Iraceminha, São Lourenço do Oeste, Jupiá, Chapecó, Nova Erechim, Passos Maia, Faxinal dos Guedes, Mondaí, São José do Cedro, Itapiranga, Quilombo, União do Oeste e Campo Erê na luta pela vaga na final. O evento que marca a abertura das disputas ocorre na sexta-feira à noite (19), mas os jogos já ocorrem durante todo o dia. As finais estão marcadas para a segunda-feira (22).

Colaborou

Carolina Spricigo

PalavraCom

48 3025 6595

Publicado em Olesc
Escrito por

Fesportinho divulga a 14ª Olesc nas escolas de Criciúma

Criciúma - A etapa estadual da 14ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, começa no próximo sábado (dia 20) e vai até dia 27, em Criciúma, com as disputas de atletismo, basquete, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê, natação, tênis, tênis de mesa, vôlei e xadrez, no masculino e feminino.

Veja o boletim com resultado do Congresso Técnico da 14ª Olesc

Confira o cronograma das modalidades na 14ª Olesc

Mas desde segunda-feira, a cidade já vive clima de competição e gera expectativa entre os moradores locais. A Fesporte e a Prefeitura de Criciúma, organizadores do evento, estão promovendo a Olesc em escolas da cidade.

O programa inclui visitas de integrantes da Comissão Central Organizadora (CCO), da prefeitura e Fesporte às escolas municipais de Criciúma. O ponto alto será a participação do presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, e do prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, que visitarão nesta quarta-feira, dia 17, às 10h, a Escola Municipal Giácomo Zanette, no Bairro Santo Antônio.

Na segunda e na terça, o Fesportinho, mascote oficial das competições da Fesporte, que inclusive apareceu pela primeira vez em Criciúma, no ano passado, nos Joguinhos Abertos, visitou as escolas Antonio Milanez, Dionizio Milioli, Jairo Luiz Tomazi, Jorge da Cunha Carneiro e Vilson Lalau. E em todas foi recebido pelas crianças com muita festa. A intenção das visitas é criar um maior envolvimento da comunidade na competição, que levará a Criciúma mais de 3,5 mil atletas de 13 a 16 anos que vão representar mais de 80 municípios catarinenses.

Publicado em Jasc
Escrito por

Prazo para participação nas etapas regionais termina hoje

Florianópolis - Atenção, atletas e dirigentes municipais que vão participar das etapas regionais da 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC):

É hoje o prazo final para desistência dos classificados da etapa microrregional, pré-classificados às etapas regionais e estadual, convocação e inclusão de atletas para as etapas regionais efetuado pelo município e protocolado junto ao integrador esportivo.

Fique atento e não perca o prazo!!!

Lembrando as datas das etapas regionais dos JASC:

10 a 15/10 - Sul (São Ludgero) e Oeste (Seara)

17 a 22/10 - Centro-Oeste (Joaçaba) e Leste-Norte (Pomerode)

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Pagina 1 de 77