Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Com 4 de ouro, SC conquista 12 medalhas no 1º dia dos JEJs

O primeiro dia dos Jogos Escolares da Juventude (JEJs) em Natal, RN, nesta terça-feira, foi bastante positivo para Santa Catarina. No total foram 12 medalhas sendo 4 de ouro, 5 de prata e 3 de bronze.

A natação foi destaque do dia com 9 medalhas no total sendo  3 de ouro, 4 de prata e 2 de bronze. No Tênis de mesa foram 2 de bronze e no ciclismo uma medalha de ouro.

A primeira medalha de ouro do dia veio com a nadadora Paula Simioni, do CNEC/Concórdia, categoria 12 a 14 anos. A performance da atleta inspirou Pedro Borim, do IFSC/Joinville, que na mesma modalidade,  só que na categoria 15 a 17 anos, foi o primeiro lugar nos 50 metros borboleta. Ainda na natação Pedro Henrique de Souza, do CEMA/Mafra, também foi ouro no 12 a 14 nos 50 metros borboleta e ainda ajudou a conquistar a medalha de bronze no revezamento 4x50.

Quem também colocou no peito a medalha de ouro foi o ciclista Natan Steuck, da Escola Teófilo Nolasco de Oliveira/Benedito Novo, ao vencer a prova do contrarrelógio individual. “No início eu estava nervoso por não saber o nível dos  meus adversários, mas depois de vê-los em ação fiquei bastante confiante em conquistar uma medalha e ela veio”, disse o campeão após receber a medalha das mãos da presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry.

Além das três medalhas de ouro na natação a modalidade trouxe para Santa Catarina mais cinco medalhas de prata. A primeira com Gabriel Pereira, do Colégio Marista/Criciúma, nos 50 metros borboleta 12 a 14 e a segunda com Paula Simioni, do CNEC/Concórdia, também no 12 a 14. A terceira no revezamento 4x50 livre masculino,  a quarta na mesma prova no feminino e a quinta medalha de prata com Letícia de Carvalho, categoria 15 a 17 anos, do Colégio Dehon/Tubarão.. 

O revezamento 4x50 livre 12 a 14 anos masculino foi bronze com Pedro Henrique de Souza,  CEMA/Mafra; Gabriel Pereira, do Colégio Marista/ Criciúma; Bruno Safanelli, Colégio Pedro Antonio Fayal/Itajaí; Daniel Luciani Neto, Escola Municipal Francisco Lanser/Blumenau.

Já o revezamento feminino da natação 12 a 14 anos conquistou a medalha de prata com Paula Simioni, do CNEC/ Concórdia; Letícia Romão, Colégio dos Santos Anjos/Joinville;  Joanna Rossi, Escola Municipal Paul Harris/Joinville e Isabela Mazuco, Colégio São José/Tubarão.

A natação conquistou uma medalha de bronze com Vinícius Arns, Colégio Metropolitano/Indaial nos 100 metros costas. 

O tênis de mesa masculino 3° lugar na equipe no masculino e feminino! 

Os JEJs são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB). O time SC é gerenciado pelo Governo do Estado por meio da Fesporte.

Texto: Antonio Prado

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Natan conquista ouro no ciclismo e é destaque no COB

Fonte: Site COB

Estreante em Jogos Escolares da Juventude, o catarinense Natan Steuck conquistou nesta terça-feira, dia 13, em Natal, a medalha de ouro no contrarrelógio 500m categoria 12 a 14 anos, com o tempo de 39s709. O estudante da Escola Teofilo Nolasco de Almeida, de Benedito Novo (SC), pratica o ciclismo há um ano e meio, mas somente há menos de um mês ele começou a treinar com uma bicicleta de velocidade. 

“Comecei no esporte em março do ano passado simplesmente porque acho as bicicletas de mountain bike muito bonitas. Passei a me dedicar mais ao ciclismo e há menos de um mês comprei uma bicicleta de velocidade porque não tinha como vir para os Jogos Escolares sem uma bicicleta especializada”, disse Natan, 14 anos, que parecia surpreso com o resultado. “Foi uma prova difícil, com muito vento. Acredito que por eu não ser magro consigo mais potência em curto espaço de tempo, o que foi uma vantagem”, disse o atleta.

Fã de Henrique Avancini, atual campeão mundial de mountain bike maratona, e Julien Absalon, bicampeão olímpico da modalidade em Atenas 2004 e Pequim 2008, Natan pretende seguir carreira no mountain bike, mas não descarta as provas de estrada. Seu técnico é o professor de educação física da escola, Cristiano Largura que trabalha na instituição há seis anos. Ele também é o seu maior incentivador no esporte. 

“Estou aprendendo a modalidade junto com eles. O município é bem pequeno, mas fazemos de tudo na escola. Nossos alunos praticam todos os esportes, com destaque para o atletismo, futsal, vôlei e ciclismo”, disse o professor Cristiano. 

O município de Benedito Novo no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, tem apenas 11.425 habitantes segundo censo do IBGE de 2017 e é conhecida pelo turismo de aventura, como trekking, rapel e escalada. A cachoeira Salto do Zinco, com queda d´água de 76 metros de altura, é considerada uma das mais bonitas de Santa Catarina. Além dela, outras atrações da cidade são o cânion do rio Bravo e a cachoeira da Fenda. 

Outros resultados – A medalha de prata na categoria 12 a 14 anos masculino ficou com Renan Vinícius dos santos, da escola estadual Professora Danuzia de Santi (SP), com 41s152. O bronze foi para Gabriel Senhoreli, do Colégio Estadual Souza Naves (PR).

O título da prova na categoria para atletas de 15 a 17 anos ficou com Orlando Francisco Neto, da Escola Estadual Ricardo Cantanhede, de Rondônia, com a marca de 36s045. A prata foi para Alexandre Cardoso, do CEI Attila de Almeida Miranda (ES), com 36s632, e Arthur Rosendo do Colégio Mater Dei (PR), completou o pódio.

 Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Regional de Videira classifica equipes para seletiva dos Jesc 12-14 anos

O município de Pinheiro Preto sediou nesta semana, de 18 a 21 de junho, a etapa microrregional dos Jogos Escolares de Santa Catarina – Jesc 12-14 anos. A competição envolveu 250 alunos/atletas dos sete municípios que fazem parte da 9ª ADR de Videira.  

Foram disputadas as modalidades de futsal, handebol, judô, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

Nos esportes coletivos, as escolas campeãs disputarão a etapa seletiva dia 5 de julho em Fraiburgo, junto com as vencedoras da ADR Campos Novos e Unidade de Caçador. Apenas as equipes campeãs da seletiva garantem vaga na fase estadual.

Já nas modalidades individuais, os atletas vencedores da etapa microrregional já estão garantidos no estadual dos Jesc 12-14 anos que acontecerá em São José.

 

Equipes classificadas para a etapa seletiva e estadual dos Jesc 12-14 anos

 

Atletismo feminino – Colégio Superação – Videira

Atletismo masculino - Colégio Superação – Videira

Basquete feminino – EEBM Paulo Penso – Videira

Futsal feminino – CEMEB Avelino Biscaro – Salto Veloso

Futsal masculino – EEBM Waldemar Kleinubing – Videira

Handebol feminino - Colégio Superação – Videira

Vôlei feminino – Colégio Imaculada Conceição – Videira

Vôlei masculino – EEB João Jorge de Campos – Tangará

Tênis de mesa feminino – Maria Eduarda Comin - Colégio Superação – Videira

Tênis de mesa masculino – Hugo Gotardo – EEB Gonçalves Dias – Fraiburgo

 

Texto: Murilo Roso

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Antônio Carlos abre etapa micro dos Jesc 12-14

As competições da etapa microrregional dos Jogos Escolares de Santa Catarina para estudantes de 12 a 14 anos (Jesc 12-14) começaram na Grande Florianópolis. A abertura oficial do evento aconteceu nesta segunda-feira, 18, no Ginásio Municipal de Esporte Verde Vale, em Antônio Carlos, sede do evento, e contou com autoridades como o prefeito do municipal, Geraldo Pauli; a presidente da Fesporte, Professora Natália Lúcia Petry; e o Secretário Municipal de Cultura, Esporte, Indústria e Comércio, Filipe Schmitz.

O evento segue até sexta-feira, 22, e conta com a participação de cerca de 400 atletas, representantes de 72 escolas da região da Grande Florianópolis. São disputadas 13 modalidades, no masculino e no feminino. O campeões da coletivas – basquetete, handebol, futsal e vôlei – classificam-se para a etapa seletiva. Já nas individuais – atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa e xadrez –, os campeões conquistam vaga diretamente para a etapa estadual.

A professora Natália Petry destacou o trabalho do professor de Educação Física. "Esses profissionais são os grandes responsáveis pelo desenvolvimento socioesportivo de nossos jovens. A partir desses professores, sonhos de muitos jovens são construídos. E nosso objetivo é fomentar esse processo com programas esportivos e com uma agenda que estimule cada vez mais nossos atletas. Sabemos que uma sociedade sem violência passa pela educação e a socialização dos jovens.", disse ela, fazendo alusão à Medida Provisória 841, que reduz os recursos para o esporte.

Autoridades presentes, professores e estudantes questionam a MP 841. (Foto: Heron Queiroz)

A etapa microrregional compõe-se de 36 eventos por todo o estado. Os Jesc 12-14 são um evento do Governo do Estado, promovido pela Fesporte, em parceria com as Agências de Desenvolvimento Regional e municípios-sede.

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Microrregião de Jaraguá define classificados dos Jesc 12-14

Competições da etapa microrregional microrregional dos Jogos Escolares de Santa Catarina para estudantes de 12 a 14 anos (Jesc 12-14) foram concluídas na última terça-feira, 12, na 23ª Agência de Desenvolvimento Regional.

O evento aconteceu nos municípios de Jaraguá do Sul e Massaranduba, entre os dias 6 e 12 de junho. O primeiro colocado de cada modalidade ou prova se classifica para a etapa seletiva dos Jesc 12-14 na região.

 

Confira os classificados

Badminton masculino: Guilherme  Gramm - EMEF Aluísio Carvalho de Oliveira - Corupá

Badminton feminino: Luana  A. da Silva Elias: EMEF Aluísio Carvalho de Oliveira - Corupá

Futsal masculino: EEB Roland Harold Dornbusch - Jaraguá do Sul

Futsal feminino: EMEF Padre Mathias Maria Stein - Guaramirim

Handebol masculino: EMEF Antônio Estanislau Ayroso - Jaraguá do Sul

Handebol feminino: EMEF Antônio Estanislau Ayroso - Jaraguá do Sul

Tênis de mesa masculino: Luis Nereu Feder - EMEF Prof. Araci Duarte - Massaranduba

Tênis de mesa feminino: Raquel Cristina  K. Martins - Escola Giardini L. Lenzi - Jaraguá do Sul

Voleibol masculino: EMEF Anna Towe Nagel - Jaraguá do Sul          

Voleibol feminino: Colégio Evangélico Jaraguá - Jaraguá do Sul

Xadrez masculino: Eduardo Galina Gonçalves - Colégio Evangélico Jaraguá - Jaraguá do Sul

Xadrez masculino: Amanda Soares - EMEF Padre Mathias Maria Stein - Guaramirim

 

Os Jesc 12-14 são promovidos pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, e executados na etapa microrregional pelas Agências de Desenvolvimento Regional (ADR) em parceria com os municípios-sede.

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Catarinenses se despedem da Bolívia com 9 medalhas

A delegação brasileira terminou a 23ª edição dos Jogos Sul-Americanos Escolares, em Cochabamba, na Bolívia, com a primeira colocação geral. Após os seis dias de competição, os brasileiros de 12 a 14 anos conquistaram um total de 60 medalhas: 27 de ouro, 15 de prata e 18 de bronze. Dessas 60, Santa Catarina conquistou 9: três de ouro, três de prata e três de bronze.

O destaque individual de Santa Catarina é Daniel Augusto Raduenz, do Colégio Almirante Barroso, de Pomerode. O jovem de 14 anos levou dois ouros e uma prata. No lançamento de dardo, a marca foi de 54.66m, e mo arremesso de peso Daniel alcançou 16.93m. A prata veio no lançamento de martelo, com a distância de 50.32m. Destaque também para Rodrigo Trenhago, da Escola Jacob Gisi, de Chapecó, que levou a prata no arremesso de peso (15.86m)

Outra medalha conquistada nas modalidades individuais saiu nas piscinas, com Gustavo Carvalhais Ribeiro (Dom Jaime Câmara - São José). O jovem nadador de 14 anos levou o bronze nos 400m livre, com um tempo de 4 minutos, 17 segundos e 10 centésimos.

Os catarinenses Nathan Felipe Filgueiras e Maria Eduarda Gomes conquistaram o bronze no xadrez por equipes

Mais dois bronzes saíram no xadrez. Nathan Felipe Filgueiras (Colégio Sagrada Família - Blumenau) e Maria Eduarda Gomes (Escola Joaquim D’agostini - Lacerdópolis) participaram da equipe que somou 14 pontos e ficou com o bronze na categoria mista por equipes. No individual feminino, Maria Eduarda Gomes conquistou mais um bronze.

Nas coletivas, duas medalhas femininas. As estrelas do futsal do Colégio Rogacionista fizeram ótima campanha, mas foram derrotadas na final para a Colômbia por 6 a 2 e ficaram com a prata. Tatiane Silva e Liriel Borges foram as artilheiras do time catarinense, com 13 gols cada. 

O ouro demorou a sair, mas veio com a escola Rodrigues Alves, do município de Saudades. Na final, reencontro com a Bolívia e placar de 3x1 a favor das catarinenses. Parciais de 27x25, 23x25, 25x14 e 25x12

Santa Catarina também representou o Brasil no futsal e no vôlei masculino. No vôlei, a Escola Erwin Prade, de Timbó, ficou na 3ª colocação do grupo B e não passou da fase de grupos. E no futsal, os meninos do Colégio Recriarte, de Camboriú, começaram muito bem a competição e se classificaram em 1º lugar na fase de grupos, mas no mata-mata vieram duas derrotas em jogos muito equilibrados: 5x4 para o Paraguai na semifinal e 2x1 para a Argentina na decisão pela medalha de bronze.

Colégio Rogacionista (Criciúma) representou o Brasil no futsal, e terminou a competição com a medalha de prata

Confira todas as medalhas catarinenses nos Jogos Sul-Americanos Escolares:

 

OURO

Daniel Augusto Raduenz - Arremesso de peso (16.93)

Daniel Augusto Raduenz - Lançamento de dardo (54.66)

Voleibol feminino - EEB Rodrigues Alves (Saudades)

 

PRATA

Rodrigo da Silva Trenhago - Arremesso de peso (15.86)

Daniel Augusto Raduenz - Lançamento de martelo (50.32)

Futsal feminino - Colégio Rogacionista (Criciúma)

 

BRONZE

Gustavo Carvalhais Ribeiro - 400m livre (4:17.10)

Maria Eduarda Gomes e Nathan Felipe Filgueiras - Xadrez por equipe

Maria Eduarda Gomes - Xadrez individual feminino

 

 

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Catarinenses conquistam primeiras medalhas na Bolívia

Nesta quarta-feira, as estrelas catarinenses de 12 a 14 anos conquistaram as primeiras medalhas individuais dos Jogos Sul-americanos Escolares, na Bolívia. Ao todo, 45 catarinenses fazem parte da delegação que representa o Brasil em 10 modalidades da competição continental em Cochabamba. 

No atletismo o Brasil já garantiu sete medalhas: duas de ouro, três de prata e duas de bronze. Dessas sete, três conquistadas por atletas de Santa Catarina. Daniel Raduenz (Colégio Almirante Barroso - Pomerode) levou o ouro no arremesso de peso e a prata no lançamento de martelo. A terceira medalha catarinense saiu com Rodrigo da Silva Trenhago (Jacob Gisi - Chapecó), que ficou com a prata no arremesso de peso. Com o ouro de Daniel e a prata de Rodrigo, a dupla repetiu a dobradinha catarinense nos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba, no mês de outubro. 

Daniel Raduenz volta às pistas nesta sexta-feira (8) para competir no lançamento de dardo. Favorito, o catarinense quebrou o recorde brasileiro escolar na disputa nacional, no último mês de outubro. Expectativas ainda para a realização da prova de 80m com barreiras, que contará com a presença de Gabriela Genevro, representante do Colégio Dom Bosco, de Chapecó. A prova estava marcada para esta quinta, mas a chuva atrasou a realização de algumas provas do atletismo. 

No xadrez, Nathan Felipe Filgueiras (Colégio Sagrada Família - Blumenau), e Maria Eduarda Gomes (Escola Joaquim D’agostini - Lacerdópolis), atualmente ocupam a terceira colocação geral do xadrez misto, e brigam por medalhas até esta sexta-feira.

Modalidades Coletivas

Nas modalidades coletivas, três escolas de Santa Catarina ainda brigam por medalhas. No futsal, domínio tanto no masculino quanto no feminino.

As meninas do Colégio Rogacionista, de Criciúma, venceram os dois jogos da fase de grupos e se classificaram para a semifinal em primeiro lugar do Grupo B. Na terça, 11x1 sobre o Paraguai. Na segunda rodada, 13x0 sobre o Chile. Na semifinal, o duelo será contra o Uruguai, às 11h da manhã desta sexta-feira. Se vencer, o Brasil fará a final no sábado, às 16h, com o vencedor de Colômbia x Paraguai.

No masculino, o time do Colégio Recriarte, de Camboriú, também se classificou em primeiro na fase de grupos. Três jogos, três vitórias (9x0 contra o Chile, 7x0 contra Suriname e 2x1 contra a Argentina). Na semifinal, o time catarinense vai enfrentar o Paraguai, a partir das 12h desta sexta-feira (8). Em caso de vitória, a briga pela medalha de ouro será às 16h de sábado (9).

No vôlei, chances de medalha apenas no feminino, com o time da Escola Rodrigues Alves, de Saudades. A equipe brasileira disputará a semifinal às 10h deste sábado, e aguarda o perdedor de Colômbia e Peru. Se passar pra final, o time de Saudades briga pelo ouro às 11h30 de sábado (9).

Time do colégio Erwin Prade (Timbó) em ação pelos Jogos Sul-americanos Escolares, na Bolívia. Foto: Jorge Abreda

O time de vôlei masculino do Colégio Erwin Prade (Timbó) se despede de Cochabamba sem medalhas. As duas derrotas na fase de grupos contra Bolívia e Colômbia impediram a classificação do time brasileiro. 

Nas demais equipes brasileiras dos Jogos Sul-americanos escolares, sucesso no handebol e derrotas no basquete. Os times de handebol masculino (Colégio Ábaco - SP) e feminino (Escola Estadual 13 de Maio - MT) se classificaram invictos, e são favoritos na briga pelo ouro. No basquete, os times masculino (Santa Mônica Centro Educacional - RJ) e feminino (Colégio Santa Doroteia - DFl)  terminaram a fase de grupos com uma vitória e duas derrotas.

Os jogos Sul-americanos escolares vão até sábado (9) em Cochabamba, na Bolívia, quando conheceremos os medalhistas das modalidades coletivas. 

 

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Escolas catarinenses estreiam com vitória na Bolívia

Representando o time brasileiro em Cochabamba, na Bolívia, os atletas catarinenses começaram com o pé direito a disputa dos Jogos Sul-americanos Escolares 2017, para atletas de 12 a 14 anos. Nas modalidades coletivas, estreia com vitória dos catarinenses no voleibol masculino e futsal masculino. 

Nesta terça-feira, os meninos do Colégio Recriarte, de Camboriú, golearam o Chile por 9x0 pela primeira rodada do futsal masculino. Os gols foram marcados por Calebe (3), Carlos (2), Júlio Kaiki, Gustavo, Daniel e David. Na próxima rodada, o time catarinense enfrentará a equipe de Suriname, que levou 8 a 0 da Argentina. A partida está marcada para às 11h desta quarta-feira. No futsal feminino, as atletas do Colégio Rogacionista, de Criciúma, fazem sua estreia nesta quarta-feira. O primeiro jogo da competição será contra o Chile, às 12h.

Nesta segunda-feira, o time da Escola Erwin Prade, de Timbó, venceu o Chile por 3x0. Parciais de 25-17, 25-15 e 25-17. O time brasileiro de vôlei volta à quadra já nesta terça para enfrentar a Colômbia, às 19h30.

Quem estreará ainda hoje representando a delegação brasileira é o time de vôlei da Escola Rodrigues Alves, do município de Saudades. A primeira partida da fase de grupos será contra a Argentina, às 20h.

Delegação brasileira fica até sábado em Cochabamba, na Bolívia, quando encerram os Jogos Sul-americanos Escolares

Também há catarinenses nas modalidades individuais. A primeira rodada das disputas do xadrez começou na manhã de hoje. Maria Eduarda Gomes, da Escola Joaquim D’agostini, de Lacerdópolis, e Nathan Filgueiras, do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, representam o time brasileiro. Na natação e no atletismo, os catarinenses estreiam somente nesta quarta-feira

Os Jogos Sul-americanos escolares começaram nesta segunda-feira e vão até o próximo sábado (9) , quando serão conhecidos os medalhistas de ouro nas modalidades coletivas: futebol de campo (feminino), futsal, basquete, vôlei e handebol. Os medalhistas das competições individuais serão conhecidos na sexta-feira (8).

 

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Catarinenses vão à Bolívia disputar os Jogos Sul-Americanos Escolares

As jovens promessas catarinenses que brilharam nos Jogos Escolares da Juventude (12 a 14 anos), em Curitiba, representarão o País na disputa dos Jogos Sul-Americanos Escolares em Cochabamba, na Bolívia. Entre os 3 e 9 de dezembro, os melhores atletas brasileiros vão em busca das medalhas de ouro nas seguintes modalidades: atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, futsal, vôlei, basquete e handebol.

De Santa Catarina, serão 45 atletas representantes em 6 modalidades. No atletismo, Daniel Raduenz, da escola Almirante Barroso (Pomerode), levou o ouro brasileiro em duas categorias — lançamento de dardo e arremesso de disco. Além dele, Rodrigo Trenhago, da escola Jacob Gisi (Chapecó) também vai competir na prova do arremesso de peso. A terceira representante do atletismo catarinense será Gabriela Genevro, que foi prata em Curitiba nos 80m com barreiras.

Daniel Raduenz e Rodrigo Trenhago fizeram dobradinha no arremesso de peso, em Curitiba. Foto: Wander Roberto/COB

Na natação, o TimeSC estará representado por Gustavo Carvalhais Ribeiro. O jovem do Colégio Dom Jaime, de São José, foi prata em duas provas na competição nacional, em setembro: 200m medley e 400m livre. 

Maria Eduarda Gomes, da Escola Dom Joaquim Dagostini (Lacerdópolis), e Nathan Felipe Filgueiras, do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, serão os representantes de Santa Catarina no xadrez. Nos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba, Nathan conquistou duas medalhas — ouro no blitz e prata no pensado — e Maria Eduarda levou o ouro no feminino pensado.

Atletas da Escola Erwin Prade (Timbó) levaram o ouro no vôlei e também estarão na Bolívia. Foto: Ana Omerod/COB

Santa Catarina também estará presente nas modalidades coletivas. No futsal masculino, o time do Centro Educacional Recriarte, de Camboriú, foi ouro na disputa nacional e busca o título sulamericano. o mesmo serve para as meninas do Colégio Rogacionista, de Criciúma. E no vôlei, a cidade de Saudades vai torcer pelas jovens do colégio Rodrigues Alves, ouro em Curitiba. O time masculino da Escola Erwin Prade, de Timbó, foi ouro nos JEJ e também estará na Bolívia.

Gerente de Esporte de Base e Inclusão, Josélia Maranho representará a Fesporte na delegação brasileira. Ela exalta a importância dessa experiência: "Minha expectativa é a melhor possível. Essa competição vem em um momento que estamos tentando realizar um trabalho legal na área escolar, e nossas escolas vêm tendo ótimos resultados nessas competições, então é importante que a Fesporte marque presença".

A delegação embarca para a Bolívia na próxima sexta e sábado (1 e 2), e retorna ao Brasil após o dia 10, após o término da competição. 

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

NIcolas Quadro

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Governador recebe atletas dos Jogos Escolares

Atletas catarinenses que participaram dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) de 12 a 14 anos, realizados em setembro, na capital paranaense, estiveram no gabinete do Governador Raimundo Colombo, no início da tarde desta quarta-feira (25), para prestar agradecimento, apresentar as medalhas conquistadas e entregar um conjunto de material esportivo, no mesmo modelo utilizado pelos atletas no evento. 

A comitiva estava formada por 25 dos 162 atletas que compuseram a delegação catarinense nas competições dos JEJ, além de cinco técnicos. Entre os presentes estavam a equipe campeã no futsal masculino, do Centro Educacional Recriarte, de Camboriú; a equipe de voleibol masculino, da Escola Municipal Erwin Prade, de Timbó; além de atletas do judô e do atletismo. Também estiveram na comitiva o presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Júnior; o diretor de esporte, Dárcio de Saules; a gerente de esporte de base e inclusão, Josélia Maranho; e o técnico em esporte escolar, Jeferson Ramos Batista.

 “A edição de 2017 dos JEJ foi uma das mais vitoriosas para os catarinenses, e os atletas honraram a tradição do estado como uma das grandes potências do desporto escolar no Brasil”, disse o presidente da Fesporte. Foram 39 medalhas (10 de ouro, 11 de prata e 18 de bronze).

                       Abaixo assista ao vídeo

 

Governador se diz satisfeito com os resultados alcançados                                                                                           Foto: Antonio Prado

 

Os vencedores dos JEJ representarão o Brasil nos Jogos Escolares Sul-Americanos, que acontecerão em Cochabamba, na Bolívia, com data a se definir ainda para 2017. 

“É uma alegria muito grande receber estes jovens vitoriosos. Afinal de contas eles foram campeões regionais, estaduais e brasileiros. Agora disputarão o campeonato sul-americano em Cochabamba, na Bolívia. Ver toda essa força de vontade, essa superação, essa capacidade de se dedicar ao esporte. Ver o que isso representa na formação da personalidades deles, isso é uma bênção. Me deixa muito feliz. De certa forma representa pra mim minha história de vida no esporte. É uma coisa que me toca. É muito bom”, disse o Governador.

 Foram 39 medalhas conquistadas na edição 2017 (10 de ouro, 11 de prata e 18 de bronze)                                                       Foto: Antonio Prado

Falando em nome dos atletas, o ponteiro Thaigo Yan, do vôlei da escola Erwin Pradi, Timbó, destacou: “Eu fico agradecido de poder estar aqui. Conhecer o governador, poder falar com ele. Eu só tenho a agradecer porque foi ele que proporcionou esta estrutura para nós por meio da Fesporte. Isso foi essencial para a nossa participação”.

A participação da delegação catarinense nos JEJ de Curitiba foi gerenciada pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte.

Texto: Heron Queiroz

(48) 99635-9617 - 3665-6126

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

SC faz história e conquista 39 medalhas nos Jogos Escolares

O Time Santa Catarina se despediu de Curitiba com uma excelente participação nos Jogos Escolares da Juventude. Os 162 atletas de 12 a 14 anos que representaram o estado catarinense conquistaram 39 medalhas totais: 10 de ouro, 11 de prata e 18 de bronze. Esse número superou a edição de 2016, quando os jovens catarinenses conquistaram 35 medalhas ao todo.

A competição que começou no último 12 terminou nesta quinta-feira, 21, com as finais das modalidades coletivas e as últimas cerimônias de premiação, momentos que serão eternizados pelos atletas catarinenses. Ao final de quinta-feira, as jovens promessas de SC subiram ao pódio em sete ocasiões. 

 

Meninos de 12 a 14 anos da Escola Erwin Prade, de Timbó, comemoram o ouro no vôlei masculino. Crédito: Ana Ormerod/COB

Nos primeiros três dias de competição (13, 14 e 15), foram realizadas as modalidades individuais: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação luta olímpica, tênis de mesa e xadrez. Entre o domingo e a quinta-feira foram feitos os torneios dos esportes coletivos: vôlei, futsal, basquete e handebol. 

Gerente de esporte de base e inclusão da Fesporte, Josélia Maranho comemorou o rendimento catarinense nesta edição dos JEJ e o desenvolvimento do calendário esportivo promovido pela Fesporte. “Santa Catarina foi o melhor estado na fase de equipes. Poderia ter ido melhor na primeira, mas tivemos boas conquistas. Ano que vem, teremos um novo formato, e nosso estado já está garantido em seis modalidades”

Gerente de esporte de base da Fesporte, Josélia Maranho comemora o título de futsal com as meninas do colégio Rogacionista, de Criciúma. Foto: Gaspar Nóbrega/Exemplus/COB

O novo formato de 2018 se deve a um objetivo principal do Comitê Olímpico Brasileiro: corte de gastos. No ano que vem, os Jogos Escolares para atletas de 12 a 14 anos e para atletas de 15 a 17 anos serão realizados em apenas uma cidade sede, e o número de equipes nas modalidades coletivas da competição nacional deve diminuir de 27 para 12. Com isso, aumentam as disputas das seletivas regionais. Segundo o comitê, 3.983 alunos-atletas de 1.401 escolas de todo o Brasil participaram do evento em 2017. 

 

Quadro de medalhas por municípios catarinenses

Dos 37 municípios catarinenses representados nos Jogos Escolares da Juventude, 24 foram premiados com medalhas, e desse total, 10 conquistaram no mínimo duas medalhas. São Bento do Sul foi o município catarinense que mais se destacou. Lucas Grossl e Thiago Hau França, da Escola Estadual São Bento conquistaram juntos cinco medalhas no tênis de mesa, e a cidade de São Bento do Sul levou 10 medalhas ao todo: uma de ouro, uma de prata e sete de bronze. Veja o quadro de medalhas por município:

Os municípios com mais “atletas de ouro” foram Joinville e Itajaí, ambos com três medalhas douradas cada. Para Itajaí, Larissa Nienchotter (Colégio Adventista), Gabrielly Duarte (Colégio Salesiano) e Tiffany Weinfurter (Escola Henrique Midon) estavam na equipe que ficou em primeiro lugar na categoria por equipes do judô feminino. 

Já Joinville levou o ouro no revezamento 4x75m do atletismo feminino com Camily Karolini dos Santos, da Escola Municipal Eladir Skibinski, e Letícia Lucindo Dell Agnolo do Colégio Cenecista Elias Moreira. O terceiro ouro de Joinville também veio no judô, com Ana Cardoso da Escola Prof. Zulma do Rosário Miranda.

A delegação catarinense foi gerenciada pelo Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, e os Jogos Escolares da Juventude foram organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio da Estácio, da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Estado do Paraná.

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

SC triunfa e leva sete medalhas nos esportes coletivos

As jovens promessas catarinenses de 12 a 14 anos brilharam nesta quinta (21), no último dia dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Curitiba, e conquistaram sete de oito medalhas possíveis nos esportes coletivos. Ao todo, foram quatro ouros, duas pratas e um bronze. Com isso, Santa Catarina encerra a sua participação com 39 medalhas ao todo, entre modalidades coletivas e individuais – foram dez ouros, 11 pratas e 18 bronzes. 

Os JEJ foram realizados na capital paranaense desde o último dia 12 de setembro, com a participação de 162 atletas catarinenses, nas 13 modalidades em disputa. 

Meninas conquistam dois ouros e um bronze

Pela manhã foi a vez das meninas. Apoiadas por quase 20 familiares que viajaram 500km de Saudades até a capital paranaense, as atletas da escola Rodrigues Alves venceram por três sets a zero o time do CEL-RJ e levaram a medalha de ouro pelo segundo ano consecutivo. Parciais de 25 x 17, 25 x 19 e 25 x 14. 

O segundo ouro da manhã veio com o futsal. As meninas do Colégio Rogacionista  (Criciúma) conquistaram o tricampeonato da competição ao vencer de virada a Escola Professor Nelson de Sena (Minas Gerais) por 2 a 1. Liriel empatou o jogo e Diana marcou o gol do título. Camisa 10 e capitã da equipe, Kemili dos Santos também se destacou. Mesmo lesionada, foi a artilheira da equipe com 9 gols no campeonato.

Meninas da EEB Rodrigues Alves, de Saudades, vibram com o título do voleibol (Foto: Antonio Prado)

As atletas do Colégio Sagrada Família (Blumenau) fecharam a participação feminina nesta quinta-feira. Na disputa pela medalha de bronze, venceram as gaúchas por 34 a 27.

Meninos ficam com dois ouros e duas pratas

As disputas entre os meninos foram todas à tarde. Santa Catarina teria pela frente as finais do handebol, futsal, basquete e vôlei. E, destas, conquistou dois ouros e duas pratas.

No futsal masculino, os atletas do Centro Educacional Recriarte (Camboriú) não tomou conhecimento dos adversários e aplicou 3 a 0 para garantir o primeiro lugar. Os rivais na final foram os representantes de Pernambuco, do Colégio 2001. 

No vôlei masculino, com muita empolgação e união, os garotos de Timbó, da Escola Básica Erwin Prade, aplicaram 3 sets a 1 sobre os paulistas da Escola Professora Anna dos Reis e comemoraram muito o título. As parciais foram: 25 x 18, 19 x 25, 25 x 20 e 25 x 21.

As duas derrotas aconteceram no handebol e também no basquete. Na final da 2ª divisão, no handebol, o Colégio Aplicação Uniarp, de Caçador, foi derrotado por 22 a 15, para o Centro Educacional Ato, do Paraná. A derrota mais sofrida das finais foi no basquete. O time catarinense não teve chances. Representado pelos alunos do Instituto Jangada, de Jaraguá do Sul, a equipe acabou derrotada por 69 a 19 diante do Colégio Amorim, de Tatuapé, de São Paulo. Assim, acabou levando a prata. 

A gerente de esporte de base e inclusão da Fesporte, Josélia Maranho destacou o rendimento catarinense nesta edição dos JEJ e o desenvolvimento do calendário esportivo promovido pela Fesporte. “Santa Catarina foi o melhor estado na fase de equipes. Poderia ter ido melhor na primeira, mas tivemos boas conquistas. Ano que vem, teremos um novo formato, e nosso estado já está garantido em seis modalidades”, disse ela.

A Escola Municipal Erwin Pradi, de Timbó, foi campeã no vôlei masculino ( Foto: Antonio Prado)

Segundo o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a edição de 2017 dos Jogos Escolares da Juventude quebrou um recorde no número de inscrições: são 4.069 atletas de 1.396 escolas públicas e privadas de todo o país. 

Veja os resultados do último dia dos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba

 

Feminino

 

Futsal - Campeão Série A - Colégio Rogacionista (SC) 2 x 1 (MG) Colégio Prof. Nelson de Sena

Vôlei - Campeão Série A - Escola Rodrigues Alves (SC) 3 x 0 (RJ) Centro Educacional da Lagoa CEL parciais: 25 x 17, 25 x 19, 25 x 14

Basquete - 3º lugar Série A Colégio Sagrada Família (SC) 34 x 27 (RS) (Colégio Mauá)

Masculino:

Handebol -  Prata  Série B - Colégio Aplicação Uniarp  (SC) 15 x 22 (PR) Centro Educacional Ato 

Futsal - Campeão Série A - Centro Educacional Recriarte (SC) 3 x 0 (PE)Colégio 2001 

Vôlei - Campeão Série A - Escola Municipal Erwin Prade (SC) 3 x 1 (SP) Professora Anna dos Reis

Basquete - Prata Série B - Instituto Educacional Jangada (SC) 19 x 69 (SP) Colégio Amorim Tatuapé)

Os Jej são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte.

Texto: Renan Koerich

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich 

Antônio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Tels: (48) 3665 6126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 88027742

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

instagram - @fesportesc

Pagina 1 de 26