×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 351

Quinta, 24 Maio 2018 01:00

Com alegria e muita dança, Jasti iniciam em Rio do Sul Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Atleta de Rio do Sul ascendeu a pira com o fogo simbólico dos Jasti Atleta de Rio do Sul ascendeu a pira com o fogo simbólico dos Jasti Foto: Heron Queiroz

A 11ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) teve início na quarta-feira à noite (23), em Rio do Sul, reunindo 172 municípios. Antes mesmo antes do começo da solenidade, os atletas a partir dos 60 anos se confraternizavam e aproveitaram para dançar. O fogo simbólico, conduzido pelo atleta Frederico Goral, da sede dos Jogos, campeão dos Jasc na modalidade de bocha, foi aceso fora do Centro de Eventos Hermann Purnhagen por medida de segurança. O juramento coube a Armelindo Schllup, com 10 títulos estaduais, cinco brasileiros e também dos Jasc. Os Jasti prosseguem até o próximo domingo (27), na disputa de nove modalidades. 

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff Neto, destacou em seu pronunciamento que os Jogos Abertos da Terceira Idade, têm um investimento baixo em comparação com a confraternização que proporciona aos participantes. Ele lembrou que desde as fases microrregionais, com 222 municípios, a competição reuniu 8 mil atletas a partir de 60 anos. “O governador Eduardo Pinho Moreira está muito feliz pelo sucesso antecipado dos jogos”.  O secretário garantiu que todas as competições promovidas pela Fesporte até o final do ano estão garantidas, mesmo com os cortes no orçamento.

A competição, de acordo com a presidente da Fesporte, Natália Lúcia Petry, é uma forma do governo do Estado contribuir para melhorar a qualidade de vida da população catarinense. “Um evento desta natureza valoriza aqueles atletas que não tiveram a oportunidade de competir na sua juventude. Temos que agradecer pelo que fizeram por nós”. Ela lembrou que cada vez mais a população nesta faixa etária busca qualidade de vida.


Natália Petry discursa na cerimônia de abertura dos Jogos Abertos da Terceira Idade, em Rio do Sul, na noite de quarta-feira (23)

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, ressaltou que sediar mais uma vez uma competição de âmbito estadual, além da confraternização dos participantes, importante pelo retorno econômico que representa para os municípios. “Toda a rede hoteleira da região está 100% comprometida, sem falar no comércio”.

Os Jogos Abertos da Terceira Idade, promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul e Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) prosseguem até domingo (27). As modalidades em disputa são: bocha; bolão 23; canastra; danças de salão, coreografada e folclórica; dominó; handebol adaptado; e voleibol.

Texto: Orlando Pereira / Especial para a Fesporte

Lido 1722 vezes Última modificação em Quarta, 18 Julho 2018 20:58