×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 317

Sábado, 07 Setembro 2013 00:00

Em virada incrível, Joinville é campeão no basquete

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Joinville chegou a estar perdendo por mais de 20 pontos para Jaraguá do Sul na decisão Joinville chegou a estar perdendo por mais de 20 pontos para Jaraguá do Sul na decisão Antonio Prado

Caçador - O que leva um time como o de Jaraguá do Sul a estar vencendo os três primeiros períodos de Joinville e em alguns momentos até com 24 pontos de vantagem e ainda perder o jogo e o titulo? Sorte do adversário? Nervosismo?  Para Rafael Müller, técnico de Joinville, nem uma das duas coisas. “Tivemos inteligência e conseguimos virar uma partida que estava quase perdida”, destacou.  Mas, por fim, superando todos os obstáculos em um título em que os torcedores não acreditavam, Joinville sagrou-se campeão do basquete masculino dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, nesta sexta-feira (6) em Caçador.

A partida, realizada no ginásio da Escola Municipal Pierina Peret, teve dois momentos distintos. Os três primeiros períodos arrasadores de Jaraguá do Sul e um quarto e último período perfeito para Joinville em que até as bolas de três pontos caíram. No começo da partida os 14 a 10 para Jaraguá no primeiro período até parecia que o jogo ia ser equilibrado. Para se ter uma ideia faltando quatro minutos para terminar o terceiro quarto Jaraguá vencia por 44 a 26.

Mas no período seguinte, o quarto e último, a marcação de Joinville foi tão eficiente que Jaraguá conseguiu marcar apenas oito pontos. E diante de uma atuação impecável do ala Guilherme, que encaixou três arremessos de três pontos, iniciou a virada de Joinville com o placar final de 63 a 57.

 Para Guilherme, destaque da partida com 15 pontos, o título dos joinvilenses teve a defesa como ponto determinante para a vitória. “Jogamos bastante e treinamos muito para reverter situações como essa”, destacou. O seu técnico, Rafael Muller, deu a receita para a vitória. “Esse placar mostrou que mesmo nas situações mais adversas não podemos desistir nunca. Foi uma partida muito empolgante. No início do quarto período disse aos meu jogadores para acreditar e eles acreditaram e venceram, concluiu.

Criciúma é campeã o handebol feminino

Na outra final da manhã, Criciúma foi campeã do handebol feminino ao bater na final Balneário Camboriú por 23 a 20 neste sábado (7). A partida, a exemplo do basquete masculino, também foi dramática, só decidida na prorrogação. As criciumenses estiveram em à frente do placar durante quase todo o jogo. Já com a medalha de ouro no peito, a ponteira Jéssica Nunes, que fez 25 gols durante a competição, disse que sempre acreditou que a equipe ficasse na primeira colocação. “Nossa garra e vibração certamente foram essenciais”, afirmou a atleta.

A sexta-feira também marcou as disputas do judô que ecerram neste sábado juntamente com com as finais do handebol e vôlei, no masculino, e também do basquete e futsal no feminino. A  Olesc iniciou dia 31 de agosto e envolve 3.400 atletas de 88 municípios e é uma promoção do Governo de Santa Catarina por meio da Fesporte com apoio da prefeitura de Caçador.

 

Informações adicionais

Antonio Prado

 

(48) 9696-3045

Lido 2314 vezes Última modificação em Sexta, 08 Novembro 2013 21:22