Sexta, 24 Julho 2015 16:07

Dança Catarina vira tese de doutorado em Portugal Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
O Festival de Dança Escolar é organizado pelo Governo do Estado desde 1992 O Festival de Dança Escolar é organizado pelo Governo do Estado desde 1992 Foto Divulgação

O Festival Escolar Dança Catarina, que percorre escolas e cidades do Estado desde 1992 desenvolvendo dança entre alunos de 15 a 17 anos, vira tese de doutorado em dança na Faculdade de Motricidade Humana (FMH) que faz parte da Universidade de Lisboa, Portugal. O estudo é desenvolvido desde 2013 pela coreógrafa Mapi Cravo, coordenadora do Dança Catarina.

Mapi já desenvolveu as 12 disciplinas do curso, que agora entra na fase de construção de questionários que vão para análise do Comitê de Ética Brasileiro. Após serem aprovados pelo comitê os questionários mistos (qualitativos e quantitativos) serão aplicados aos alunos que participam do festival.

Com o resultado das entrevistas em mãos Mapi fará um levantamento de análise de dados verificando os resultados alcançados. “Com esse estudo quero ver o que o Festival Escolar Dança Catarina traz de contribuição na vida dos participantes. Isso no quesito aprendizagem da dança e enriquecimento cultural e social” enfatiza a coreógrafa. Após a conclusão dos questionários a pesquisadora começará a escrever sua tese.

Por enquanto o título da obra provisoriamente é “Dança Catarina: políticas públicas para a dança”, mas segundo a pesquisadora, até o termino do estudo em 2016 deverá ser “Dança Catarina e o seu impacto social e cultural na vida dos participantes do festival”. O trabalho tem a orientação da professora Ana Macara.

O Festival Escolar Dança Catarina, o qual Mapi coordena, é uma promoção do Governo do Estado por meio da Fesporte. Leva pelos quatro cantos do Estado espetáculos de dança livre contemporânea, moderna, jazz e danças urbanas, danças populares folclóricas e dança de salão. Durante aproximadamente 70 dias, o festival percorre mais de 12 mil quilômetros aos mais de 36 municípios do Estado. Abrange mais de 10 mil estudantes entre 15 a 17 anos.

                   Mapi Cravo coordena o festival e faz tese de mestrado em Portugal sobre o evento

Este ano Festival Escolar Dança Catarina começou em abril com cursos preparatórios em diversas cidades do Estado. Durante três dias professores dos municípios e amantes da arte  tiveram gratuitamente  20 horas de curso, cujo programa incluiu dança contemporânea, figurinos e coreografia, danças populares, noções básicas de iluminação e dança de salão, interpretação cênica e stret jazz e noções de produção de vídeoclipe.

A partir de agosto o festival sai do âmbito dos estudos e passa para a etapa competitiva entre os grupos de danças de escolas catarinenses, são as chamadas microrregionais. O primeiro município a sediar uma etapa microrregional será Lages em 6 de agosto finalizando em 27 de setembro com a etapa microrregional de Jaraguá do do Sul.

As escolas classificadas das etapas microrregionais passam para as etapas regionais. A primeira etapa regional será a Oeste nos dias 6 e 7 de outubro em Campo Erê. A Centro-Oeste de 10 a 11 de outubro em Itá e a etapa Leste-Norte será de 17 a 18 de outubro em Gaspar . O festival termina o ano com a etapa regional Sul de 24 a 25 de outubro no Balneário Arroio do Silva. As escolas campeãs das regionais ganham o direito de participar do Festival de Dança de Joinville em 2016.

"É muito bom saber que um trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado começa a ganhar visibilidade no exterior por meio de um estudo acadêmico", ressalta Marcelo Kowalski, presidente da Fesporte.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Lido 2856 vezes Última modificação em Sexta, 01 Julho 2022 17:17