Quarta, 23 Fevereiro 2022 17:41

Governo assina convênio que dará início ao Pide Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
O Programa beneficiará inicialmente cerca de 8.000 crianças e adolescentes com ações esportivas O Programa beneficiará inicialmente cerca de 8.000 crianças e adolescentes com ações esportivas Foto: Antonio Prado/Arquivo

Serão assinados, nesta semana, os primeiros 10 convênios com Instituições de Ensino Superior que irão receber bolsas de estudo, para os estudantes de educação física, atuarem nas unidades do PIDE (Programa de Iniciação Esportiva Escolar). Nesta primeira etapa, serão 200 estudantes selecionados para atuar junto às unidades do Programa, beneficiando inicialmente cerca de 8.000 crianças e adolescentes. A Fesporte já possui 24 unidades cadastradas para receber unidades do PIDE e irá lançar um novo edital, ainda em março, com a intenção de cadastrar novas unidades executoras do projeto. 

Ao todo, o projeto irá criar, ainda este ano, mais de 20 mil vagas de iniciação esportiva em todo o estado. O investimento em bolsas será de R$ 5,6 milhões para 2 anos de projeto. A primeira etapa do projeto já garante R$3,8 milhões em investimentos que serão aplicados já a partir de março. O governo ainda irá fornecer materiais esportivos e uniformes, investindo outros 2,3 milhões de reais. 

O Projeto de Iniciação Desportiva Escolar tem por objeto ofertar práticas esportivas no contra turno escolar para crianças na faixa etária de 10 a 16 anos que estejam regularmente matriculadas na rede de ensino público estadual e municipal, a fim de desenvolver e promover a iniciação esportiva em várias modalidades esportivas por todo o estado de Santa Catarina.

“As Instituições de Ensino Superior são fundamentais para o PIDE e ficamos felizes pela adesão. Outras instituições já estão se cadastrando no programa. Levar mais esporte para as crianças é uma missão social de todos e estamos juntos, fazendo a nossa parte. Queremos levar a iniciação esportiva para mais de 20 mil crianças ainda este ano”, destaca o presidente da Fesporte, Kelvin Soares.

O PIDE também poderá receber recursos por dedução de tributos federais, via Lei de Incentivo ao Esporte. A Fesporte aprovou o projeto junto ao Ministério dos Esportes e poderá captar mais de 10 milhões de reais para investimentos no programa.

 

Lido 803 vezes Última modificação em Quarta, 16 Março 2022 18:46