Heron Queiroz

Quatro modalidades chegam à reta final da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), promovendo uma segunda-feira, 17, cheia de emoções, pois o momento foi de definição dos que disputarão o ouro e os que brigarão pelo bronze, no basquete, futsal e vôlei femininos e no handebol masculino.

A terça-feira, 18, promete agitar a classificação geral no quadro de pontuação, já que são quatro títulos em disputa. No basquetebol feminino, Joinville derrotou Jaraguá do Sul por 43 a 38, no Ginásio de Esportes Padre Bruno. O jogo seguinte, entre São José e Blumenau, o time do vale venceu por um ponto de diferença: 42 a 41.

No futsal feminino, Ginásio de Esportes Vermelhinho (SERBRF), Arvoredo garantiu vaga na final ao vencer a equipe de Tubarão por 6 a 1, e terá como adversária Concórdia, que bateu Guaraciaba por 6 a 3.

No handebol masculino, no Ginásio de Esportes Sérgio Luiz Marafon, Criciúma e Itajaí credenciaram-se para a final. A equipe do Sul do estado venceu a de São José por 33 a 28, e os itajaienses superaram os de Blumenau por 23 a 20.

E no voleibol feminino, no Ginásio de Esportes da SERBRF, Balneário Camboriú passou por Jaraguá do Sul, pelo placar de 3 a 1, parciais de 29/27, 25/16, 19/25 e 25/23. Na outra semifinal, Saudades venceu a equipe de Blumenau por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/12 e 25/16. A equipe chega pela quarta vez na história da Olesc à decisão do vôlei feminino, tendo conquistado três títulos.

As decisões acontecerão na tarde desta terça, 18, sempre iniciando com a disputa de terceiro, seguida da decisão de campeão. No basquete, as decisões acontecem às 13h e às 14h30min, no Ginásio Padre Bruno; no futsal, às 16h30min e às 18h, no Vermelhinho; No handebol, às 13h30min e às 14h45min, no Medalhão; e no vôlei, às 16h30 e às 18h, no SERBRF.

Acompanhe toda a programação e resultados da Olesc pelos boletins publicados no site da Fesporte ao fim de cada dia de competição (acesse aqui).

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

O esporte apareceu naturalmente na vida de Stephany Caroline Gonçalves. Aos 11, a joinvilense começou a participar da Fundação Padre Luiz Facchini. Das várias atividades oferecidas, ela se apaixonou pelo basquetebol, e bastaram três anos para ela chegar à seleção brasileira.

Atuando pela equipe de Joinville, na Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), em Videira, aos 14 anos de idade, Stephany vem traçando uma carreira promissora no basquete. A armadora conquistou, representando a equipe do Norte do estado, o terceiro lugar no estadual catarinense sub-12 em 2016 e o título de campeã do estadual sub-15 em 2017. Nesse mesmo ano, o de vice-campeã no brasileiro de seleções, defendendo Santa Catarina, em Brusque. 

Em 2018, Stephany foi para São Paulo, para defender o Santo André. A participação nas competições paulistas deu visibilidade à jovem catarinense, não somente pela conquista do título de campeã paulista sub-15 de 2018, mas também porque foi cestinha e destaque da competição. Isso a levou, aos 13 anos de idade, à primeira convocação para a seleção brasileira, que obteve o terceiro lugar no Campeonato Sul-Americano Sub-15, no Chile. Em 2019, voltou a ser convocada, desta vez para a sub-16.

Por dois anos seguidos, Stephany foi convocada para a seleção brasileira, nas categorias sub-15 e sub-16                                              (Foto: Heron Queiroz)

Perto de completar 15 anos, no próximo dia 22 de setembro, ela já tem objetivos bastante claros. Estudante do nono ano, Stephany quer construir sua carreira como jogadora de basquete e também se formar em Direito e em Educação Física, podendo atuar talvez na área do direito esportivo ou qualquer outra.

Orgulhosa por vestir a camisa da seleção brasileira, Stephany destaca a importância do foco e dedicação para quem quer atingir seus sonhos e vê o esporte como fundamental para a formação dos jovens. “Num evento como a Olesc, todos querem vencer, mas isso só se consegue com força, garra e determinação, além de respeito, dentro e fora de quadra”, observou ela.

O basquete feminino encerrou nesta segunda a etapa eliminatória. Joinville classificou-se para as semifinais ao vencer Xaxim por 69 a 30. O confronto será com Jaraguá do Sul, às 13 horas, no Ginásio de Esportes Padre Bruno. A outra semifinal será entre São José e Blumenau, às 14h30min. Os vencedores fazem a final na quarta, 18, às 14h30min, no mesmo ginásio.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

 

A semana inicia com estreia de modalidades na etapa estadual da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc): basquete, futsal e vôlei masculinos e handebol feminino, além do tênis de mesa nos gêneros masculino e feminino. Essas modalidades serão disputadas até o último dia do evento, sábado, 21. Há duas modalidades ainda por estrear: o tênis, que começa no dia 17, e o judô, no 18.

Por outro lado, as coletivas que iniciaram dia 13, caso do handebol masculino e do basquete, futsal e vôlei femininos, entram na fase eliminatória, da qual quatro equipes se classificam para as semifinais, que acontecem na terça-feira, 17, definindo os finalistas para a decisão, que ocorre na quarta, 18.

Acompanhe toda a programação e resultados pelos boletins publicados no site da Fesporte ao fim de cada dia de competição (acesse aqui).

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

O domingo, 15, agitou o quadro de pontuação da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e fez Joinville disparar na liderança com os primeiros troféus entregues na programação do evento em Videira. Isso porque as modalidades de natação e ginástica artística foram antecipadas, para agosto e setembro, respectivamente.

Seis títulos foram disputados neste terceiro dia de competição, o suficiente para Joinville assumir o topo da classificação, já que fez duas dobradinhas douradas: no caratê e no atletismo, além de um terceiro lugar no ciclismo e outro na ginástica rítmica. Com isso, os joinvilenses chegam a 84 pontos, seguidos por Florianópolis, com 52, e Jaraguá do Sul, com 51.

No ciclismo, Jaraguá do Sul ficou com o título, Florianópolis foi vice, e Joinville, terceiro. Na ginástica rítmica o troféu maior foi para a capital, com Blumenau na segunda posição e Joinville na terceira. No caratê masculino, Joinville em primeiro, Tubarão em segundo e Içara em terceiro. No feminino, Joinville, Blumenau e Içara fizeram a ordem do pódio.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Joinville conquistou ouro no caratê masculino e no feminino da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense. Os títulos foram confirmados com o kumite por equipe, realizado na manhã deste domingo, 15, no ginásio do Sesi, em Videira. 

Joinville foi terceiro no kumitê feminino, ao lado de Tubarão, ficando atrás de Içara e do primeiro colocado, Blumenau. No masculino, a equipe do Norte do estado, ficou com o ouro, seguida de Araquari, na segunda posição e Chapecó e Pomerode dividindo a terceira.

Na classificação geral, Joinville atingiu 76 pontos no masculino. Em segundo, ficou Tubarão, com 54, e em terceiro, Içara, com 37. No feminino, os joinvilenses somaram 60 pontos, seguidos dos caratecas de Blumenau, com 53, e os de Içara, com 48 pontos.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Florianópolis venceu a prova de estrada do ciclismo da Olesc, mas Jaraguá do Sul é que ficou com o título geral da modalidade, na soma das provas: cross country masculino (8 pontos), cross country feminino (9), team relay (7), bicicross (21) e estrada (8), somando 53 pontos.

O ciclismo de Jaraguá do Sul é bicampeão da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc). O município repetiu o feito, depois de conquistar o primeiro título do ciclismo na última edição, em Indaial. Jaraguá do Sul somou 53 pontos, seguido de Florianópolis, com 38, e Joinville, com 33, completando o pódio geral da modalidade.

A diretora de esporte Cleide Mosca destacou o trabalho desenvolvido com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte de Jaraguá do Sul. “Estamos felizes porque essa belíssima equipe foi bicampeã da Olesc, com um trabalho capitaneado pelo Guilherme Borchardt”, disse ela.

Florianópolis garantiu o vice-campeonato da modalidade com o ouro conquistado por Vinícius Menlak, na prova de estrada, na manhã deste domingo, 15, em Iomerê, município da região de Videira. A segunda colocação ficou com o ciclista Victor Gabriel Coitinho, de Erval Velho, e em terceiro, Ian Franceschini, de Concórdia.

Vinícius Menlak vem se destacando nas provas de velocidade nas competições de ciclismo juvenil. Essa conquista marcou o bicampeonato do ciclista, já que ele havia vencido a Olesc 2018, em Indaial. Neste ano, recebeu medalha de ouro também nos Jogos Escolares de Santa Catarina, de 15 a 17 anos, realizados em São Miguel do Oeste.

“Acredito que o nível dos atletas tenha evolído bastante, tanto quanto o meu. Consegui me empenhar muito mais. Agora é treinar mais para os Joguinhos do ano que vem”, destacou Menlak.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Pagina 1 de 68