Sábado, 15 Outubro 2016 00:05

Primeiro dia do Judô distribui medalhas em sete categorias Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
Guilherme Rodrigues, de Jaraguá do Sul (azul), se despediu dos Joguinhos com ouro, no meio pesado Guilherme Rodrigues, de Jaraguá do Sul (azul), se despediu dos Joguinhos com ouro, no meio pesado Foto: Antonio Prado

O judô dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina estreou nesta sexta-feira, 14, em Caçador distribuindo medalhas em sete categorias: super-ligeiro, ligeiro, meio leve e leve, meio-médio, meio pesado e pesado. Neste sábado, 15, a modalidade se encerra com as disputas por equipes. 210 atletas de 21 municípios brigaram por medalhas com idade até 19 anos.

Entre os principais nomes da competição figuram: João Paulo Gonçalves, de Itajaí, na categoria pesado (+ 100 kg), e Maria Fernanda Círico, de Blumenau, na categoria meio leve (até 52 kg). 

João, de 18 anos, tem no currículo os títulos de campeão pan-americano, da seletiva nacional, brasileiro sub 18 e tetracampeão da Olesc e dos Joguinhos, entre outros. Já Maria Fernanda, de 16 anos, é bicampeã sul-americana, heptacampeã estadual e já foi três vezes vice-campeã brasileira.

O atleta de Itajaí venceu suas três lutas em Caçador, a última a Felipe Vastos, de Joaçaba, por ippon. “Vencer nestes Joguinhos é especial, pois venho de lesão do ombro, que tive que operar e parar por oito meses. Só agora que voltei e esta é a primeira competição após a cirurgia”. Nos próximos dias João se prepara para os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), que ocorrem em Novembro, em Tubarão, e  logo após realiza seletiva visando voltar à seleção brasileira.

Nathália Biazin, de Concórdia (branco), com 15 anos, e caloura na competição:ouro na categoria médio (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

A trajetória de Maria Fernanda, em Caçador, foi coroada de êxito. Venceu suas três lutas por ippon antes de bater na final a Nathália Port, de Concórdia, também por Iponn. “Vencer este torneio é algo muito importante, pois reúne os melhores atletas do estado desta categoria”, revelou a campeã.

Se Maria Fernanda e João Gonçalves podem ser considerados veteranos em Joguinhos, o mesmo não se pode dizer de Nathália Biazin, de Concórdia. Com 15 anos, e caloura na competição, conquistou o ouro na categoria médio (até 70 kg). Venceu na final por um shido a Pietra Antun, de Chapecó. Chorando ela comentou: “Nossa! Nunca tinha vencido a Nathália, nem estou acreditando”.

Já Guilherme Rodrigues, 19 anos, de Jaraguá do Sul, se despediu dos Joguinhos com uma medalha de ouro, no meio pesado (até 100 kg), sobre Luca Caputo, de Joinville, após um ippon, “Foi uma medalha difícil. Ele é canhoto, faixa preta, mas graças a Deus me despeço dos Joguinhos com um bicampeonato”.

Os Joguinhos Abertos são promovidos pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura local e a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Caçador.

Texto Antonio Prado

(48) 8802-7742

Assessoria de Comunicação Fesporte

Antônio Prado

 

Lido 1230 vezes Última modificação em Sábado, 15 Outubro 2016 10:53

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.