Sábado, 31 Outubro 2015 16:44

Basquete de Balneário Piçarras é fruto de projeto social Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
Time tem três vitórias em três jogos e está classificado à semifinal da etapa Leste-Norte da Olesc em São Bento do Sul Time tem três vitórias em três jogos e está classificado à semifinal da etapa Leste-Norte da Olesc em São Bento do Sul Foto: Antonio Prado

Três jogos três vitórias. A primeira um 76 a 15 sobre Mafra, a segunda 41 a 26 diante de Balneário Camboriú e a terceira  54 a 18  sobre Brusque neste sábado (31) com direito a classificação à semifinal da competição contra Joinville neste domingo. Esta performance pertence ao time de basquete feminino de Balneário Piçarras, que disputa a etapa regional Leste-Norte dos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc) em São Bento do Sul.

Por trás desta trajetória vitoriosa no torneio está um trabalho social solidificado implementado no município de pouco mais de 19 mil habitantes há três anos pela Fundação Municipal  de Esportes  e Lazer (Femel) em parceria com a Associação Desportiva de Balneário Piçarras (Adepi). No município são cerca de 200 crianças e adolescentes que são atendidas pelo Projeto de Basquete Social, que atende uma faixa etária que vai dos quatro anos, o Baby Basquetebol, aos 16 anos de idade.

“Esse time aqui que disputa o regional da Olesc em São Bento do Sul é fruto deste projeto, que atende uma clientela de baixa renda das redes de ensino municipal e estadual. Pela manhã elas vão para a escola e à tarde treinam em média quatro horas às segundas, quartas e sábados”, explica a professora de educação física e treinadora do time Silvana Beckert, que conta com o apoio do professor Osvaldo Moreira, vereador na cidade.

Ala pivô Nataly Dunka (com a bola) largou o motocross pelo basquete: 20 pontos contra Brusque e cestinha do jogo (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

O conjunto é o forte da equipe, que está junta há três anos. Todas as atletas têm 14 anos, estudam no 8º e 9º ano da Escola Estadual Alexandre Guilherme Figueiredo e foi por esta escola que a equipe foi vice-campeã estadual este ano dos Jogos Escolares da Juventude Catarinense (Jesc), perdendo afinal apenas para o Colégio La Sale Peperi, de São Miguel do Oeste, que logo depois fora campeão brasileiro da competição em Fortaleza.

Entre as 11 atletas que participam da Olesc em São Bento do Sul, um sentimento é comum a todas: o amor incondicional ao basquete. A ala pivô Nataly Dunka, 14 anos, que foi a cestinha do jogo contra Brusque, 20 pontos, personifica bem este amor pela modalidade. Dos sete aos 12 anos de idade ela praticava motocross e largou tudo pelo basquete.

“Venho de uma família de pilotos de motocross. Meus irmãos Lucas e Rafael Dunkan são campeões estaduais e então o esporte está no sangue. Não gostava de basquete, mas depois que comecei a praticar me apaixonei. Hoje o basquete é tudo para mim”, confessa Nataly.

A etapa Leste-Norte da Olesc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de São Bento do Sul e Secretaria de Desenvolvimento Regional de Mafra, que abrange a região esportiva do município sede. O evento prossegue até dia 2 de novembro com a participação de 900 atletas na faixa etária de 13 a 16 anos, oriundos de 24 municípios.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Lido 2864 vezes Última modificação em Sábado, 31 Outubro 2015 17:21