×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 317

Sexta, 30 Agosto 2013 00:00

Incentivo familiar é a tônica da Olesc Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Valéria acompanha o sobrinho Robert, de Itajaí, que brilhou nas provas de ginástica Valéria acompanha o sobrinho Robert, de Itajaí, que brilhou nas provas de ginástica Rodrigo Braga

Blumenau - Incentivo familiar é essencial em qualquer ocasião. Competições como os Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, que começaram nesta sexta-feira com as disputas da natação e da ginástica artística em Blumenau, o apoio se torna um combustível ainda mais importante. E sobram exemplos desse suporte caseiro nas arquibancadas.

Valéria Dutra é tia do ginasta Robert Willian, 10 anos, que compete por Itajaí. Inquieta, logo foi notada tentando a todo instante registrar o aquecimento do sobrinho nas argolas, um dos exercícios da ginástica masculina. De longe, tentava se aproximar, mesmo com a reclamação da organização, para guardar o melhor registro de uma estréia. “É a primeira vez que consigo vir assistir o Robert competir, estou muito feliz, quero fazer muitas fotos”, disse Valéria, que trabalha justamente como fotógrafa nos brinquedos radicais do Parque Beto Carrero World, em Penha. “Consegui uma folga e não podia perder a chance, é difícil ele ter uma competição em uma cidade perto”, contou.

Para a tia coruja, incentivar o amor ao esporte é um dos papéis da família, e competições como a Olesc são muito importantes para isso, pois recebem crianças que, em muitos casos, estão tendo o primeiro contato com o mundo do esporte. Não é o caso de Robert, que teve o primeiro encontro com a ginástica aos 4 anos de idade.

A família de Valéria e Robert trabalha quase toda no Parque Beto Carrero. No início, viajavam o Brasil no circo do artista, muitos em apresentações artísticas. “Quando o Beto Carrero morreu, acabamos todos vindo trabalhar e morar no parque”, disse Valéria. Robert já trabalhava, interpretava o próprio Beto Carrero quando criança nas apresentações no parque. Mas o amor pela ginástica já dividia espaço. Ele estudava, fazia as apresentações e ainda ia treinar em Itajaí. Rotina puxada. E quando pedimos que escolhesse, ele preferiu deixar as apresentações para se dedicar apenas à ginástica”, lembrou a tia.

Geralmente, Robert viaja para as competições apenas na companhia do treinador, por causa das longas distâncias e dos compromissos familiares no Beto Carrero. Dessa vez, o incentivo e as muitas fotos, mesmo que de longe, tornaram esta Olesc especial a esta família ligada intimamente com o esporte.

A Olesc teve a largada nesta sexta-feira pela manhã com as provas da natação e da ginástica artística, que foram antecipadas pela Fesporte e transferidas para o Complexo Esportivo do Sesi, em Blumenau. As competições terminam no sábado. Oficialmente, a 13ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense começa neste sábado, às 19h, com o cerimonial de abertura no ginásio do Sesi, em Caçador. As provas das demais 12 modalidades prosseguem até o dia 7 de setembro.

Mais informações:

 

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742 / 47 8822-7643

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Lido 1996 vezes Última modificação em Sexta, 08 Novembro 2013 20:59