×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 328

Sábado, 10 Outubro 2015 14:37

O lema de Léo é nunca desistir Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(3 votos)
O lema de Leonardo é nunca desistir. O lema de Leonardo é nunca desistir. Pamela Marin/Fesporte

São Miguel do Oeste - Nos Jogos Escolares Paradesportivos de SC (Parajesc) superação é algo que volta e meia aparece nas disputas. Quem esteve assistindo a primeira rodada do tênis de mesa na Escola de Educação Básica São João Batista, em São Miguel do Oeste, observou claramente o que esta palavra quer dizer.

Com deficiência nos membros, Leonardo Arnold Correa, 14 anos, chamou a atenção dos espectadores. O jovem de Araranguá, da Escola de Educação Básica Isabel Flores Hubbe, driblou a artrogripose, uma doença rara, caracterizada por rigidez nas articulações. Apesar de ter recebido muitos diagnósticos médicos de fragilidade por conta das deformidades físicas, Léo, como carinhosamente gosta de ser chamado, teve seu desenvolvimento mental normal, e mostra que é exemplo de superação por onde passa.

Leonardo está entre os melhores mesatenistas especiais de Santa Catarina, participa pela primeira vez de uma competição de nível estadual, o que é motivo de emoção para o garoto que começou a treinar há um ano depois de ter mudado de escola. Chegou a chorar no seu depoimento durante a entrevista. “Antes eu estudava numa escola particular onde não me sentia à vontade, mudei para uma escola estadual e a minha vida mudou. Recebi mais apoio da família, de novos amigos e professores, eles me mostraram que com o esporte é possível mesmo sendo diferente, se sentir uma pessoa normal,o meu lema é nuca desistir” ressalta o paratleta.

Os pais Leonir Ramos Correa e Marilea Januário Arnold, se orgulham da força de vontade do filho, tanto que  ele não se importounem um pouco, em viajar 14 horas para competir no oeste do estado. “Leonardo não se vê diferente de ninguém, ele não poupa esforços para executar algum movimento um pouco mais difícil, na primeira vez em que conseguiu levantar um braço, foi uma alegria para a família, mesmo quebrando cinco pratos que estavam na mesa,” falou a mãe em uma conversa descontraída, “Hoje é possível ver que com a disposição que caminha com ele, ainda será um grande paratleta,” encerra a entrevista feliz da vida, acompanhada do filho.

Leonardo ainda deu lição de vida à professora de Educação Física na escola. Consuelo Mattos Branco relatou que tinha preconceito e depois de conhecer Léo passou a ver com outros olhos as pessoas especiais. “Eu sempre imaginei que criança com deficiência não conseguia fazer nada, eu vim de uma geração preconceituosa, o Leonardo não se vê diferente de ninguém, ele me provou que todos têm perfeitas condições de colecionar medalhas, basta nunca desistir, hoje me sinto orgulhosa de tê-lo ao meu lado.” 

Os Parajesc são uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Fesporte, em parceria com as SDRs e as prefeituras municipais. Em São Miguel do Oeste a etapa estadual encerra na próxima segunda-feira (12). Os vencedores serão classificados para a etapa nacional que ocorrerá, em novembro, em Natal-RN.

 

Assessoria de comunicação - Fesporte

Pamela Marin

(48)96192187

 

 

 

Lido 1995 vezes Última modificação em Sábado, 10 Outubro 2015 14:52