Terça, 08 Fevereiro 2022 17:55

Bolsa atleta foi tema do segundo dia do Painel Fesporte Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(3 votos)
Presidente da Fesporte, Kelvin Soares fala sobre Bolsa Atleta Presidente da Fesporte, Kelvin Soares fala sobre Bolsa Atleta Foto: Antonio Prado

Participação do treinador da seleção brasileira de voleibol Renan Dal Zotto e Rafael Westrupp, presidente da Confederação Sul-Americana de Tênis também foram destaques na programação

O edital da Bolsa Atleta foi um dos temas mais aguardados do segundo dia do Painel Fesporte para dirigentes esportivos, nesta terça-feira, 8, no Hotel Goldi, em São José na Grande Florianópolis. Apresentado pelo presidente da Fesporte, Kelvin Soares, o edital está pronto para ser lançado, necessitando apenas da análise final da Secretaria Estadual da Fazenda.

Kelvin detalhou as partes importantes do edital que tem investimento previsto de R$ 8,4 milhões ao ano, em bolsas que variam de R$ 350,00 a R$ 1.500,00 divididos em sete categorias específicas.

O presidente da Fesporte explicou que o projeto de lei estabelece como público prioritário os atletas e paratletas praticantes do esporte educacional, que comprovarem estar matriculados e cursando o sistema educacional público ou privado de ensino fundamental, médio ou superior. O programa também beneficiará atletas de alto rendimento, com o objetivo de estimular a permanência do vínculo destes esportistas com clubes e entidades catarinenses.

Renan Dalzotto (à esquerda) e Rafael Westrupp (ao centro) durante o debate (Foto: André Lino)

Ao expor os benefícios do Bolsa Atleta Kelvin agradeceu ao Governador Carlos Moisés por apoiar as demandas do esporte. “Nunca um governo apoiou tanto o setor esportivo como este do governador Moises”, destacou, enfatizando que o governo estabeleceu R$ 75 milhões no orçamento  para o setor esportivo.

Renan Dal Zotto participa do Painel

Pela parte da manhã o Painel abriu com a participação de dois debatedores renomados: Renan Dal Zotto e Rafael Westrupp. Renan é ex atleta olímpico, gestor com inúmeros trabalhos importantes no esporte e atual técnico da seleção brasileira de vôlei. Rafael é o atual presidente da CBT e da Confederação Sul-americana de Tênis. 

Os dois falaram das experiências em cargos importantes ao longo da vida esportiva. Renan trouxe experiências como gestor e na captação de investimentos privados para o esporte, além das parcerias e projetos com o setor público.

Rafael Westrupp falou da importância em massificar o esporte, do trabalho de base e capilaridade do esporte. Citou os exemplos do tênis e trouxe também a experiência que vem tendo com o beach tênis, um esporte novo e que já tem 1 milhão de praticantes no país. 

Renan completou comparando o beach tênis com o vôlei de praia e o crescimento que teve por conta da praticidade e aumento rápido no número de praticantes. “Muitos atletas de vôlei deixam as quadras para jogar na praia e isso pode ocorrer logo com o tênis. Uma opção a mais pra os atletas”, disse Renan. Assuntos  como governança e transparência na festa também foram abordados. “Uma entidade com credibilidade chega a ser tão ou mais importante do que um bom projeto”, destacou Westrupp.

 

O segundo dia de debates teve boa participação de dirigentes (Foto: Antonio Prado)

Eles também falaram dos eventos da Fesporte e destacaram os atletas revelados no estado e que começaram em projetos dentro dos municípios catarinenses. “Santa Catarina é um estado que revela muitos atletas. O voleibol é um exemplo disso. Temos atletas catarinenses em todas as categorias da nossa seleção brasileira”, completou.

 

Lido 1262 vezes Última modificação em Sexta, 01 Julho 2022 17:25