Sábado, 10 Outubro 2015 18:22

Francisco participa pela 1ª vez do ciclismo dos Escolares Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
Francisco usou bicicleta inapropriada para prova de estrada Francisco usou bicicleta inapropriada para prova de estrada Foto Epa Machado

Amor ao esporte, força de vontade, superação de limites, vontade de aprender. Todos esses sentimentos estão presentes na vida de Francisco Eduardo, de 17 anos, estudante do 9º ano da Escola Municipal João Inácio de Melo, de São Joaquim. É que neste sábado (10) na etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 15 a 17 anos, em São Miguel do Oeste, ele participou pela primeira vez da competição na prova do ciclismo.

Até aí nada de anormal, mas ao ouvir a história de vida do garoto, percebe-se que só o fato dele estar em São Miguel do Oeste competindo já é uma lição de vida para muitos. Francisco nunca tinha participado de uma prova de ciclismo na vida e para vir para São Miguel pegou emprestado a bicicleta de seu professor de educação física. Detalhe é que a bicicleta é de ferro, pesa em média 20 quilos, imprópria, portanto para as provas de estrada, que foram disputadas nos Jesc.

“As bicicletas dos outros atletas são de fibra de carbono, pesam em média oito quilos e são especificas para a estrada. Com essa bicicleta pesada o Francisco tem que fazer muita força, impossível ter uma boa colocação”, atesta o seu professor de educação física e treinador Eduardo Luiz Massenz.

De fato nas duas provas que participou Francisco foi último lugar entre os oito participantes. Na primeira, no contra-relógio individual, fez os 500 metros de percurso com subidas e descidas em 55 segundos quando muitos apostavam em mais de um minuto. “Se ele tivesse com uma bike apropriada não seria o último, pois tem muita força”, disse uma fiscal de prova. Na segunda prova do dia, a de estrada, Francisco só deu a primeira volta quando sofreu câimbras e teve que voltar no carro da policia, que auxiliava no trânsito.

Francisco usou tênis de borracha ao invés de sapatilha e diz que já foi campeão do laço em São Joaquim (Foto: Epa Machado/Fesporte)

Enquanto todos os atletas estavam de sapatilhas apropriadas ao ciclismo, Francisco estava de tênis de couro, o que fazia o pé escapar do pedal. Para completar o quadro a chuva insistente e o frio que fez na hora da competição fez Francisco tremer de frio. “Isso aqui é mais difícil do que a vida que levo na fazenda”, dizia ao fim da prova. “Mas fico feliz pela experiência. Aprendi bastante”, completou.

Francisco trabalha como peão em uma fazenda em São Joaquim. Sua rotina é estudar pela manhã e à tarde sua atividade é ordenhar vacas, marcar gado e atividades afins. Nas folgas gosta de praticar laço. “Já fiquei em terceiro lugar em um torneio de laço em São Joaquim”, gaba-se o estudante. O trabalho ajuda no orçamento da família, composta por três irmãos e um primo. 

Para seu professor de educação física a experiência foi extraordinária. “Francisco nunca tinha saído de São Joaquim e com ele o município participou pela primeira vez dos Jesc nesta faixa etária. Nós não temos apoio e quis dar a ele a oportunidade de participar de um outro esporte, que não seja somente o laço e conseguimos isso”, finalizou.

"Experiência Extraordinária"

Na prova feminina participaram três campeãs brasileiras no escolar. Mas, quem levou a melhor foi Letícia Alana Goede, do Colégio Sinedal Dr. Blumenau. Na segunda colocação ficou Mariana Pereira, do Colégio Cinecista Onório Miranda, de Brusque, e em terceiro fechou Vitória Claudino, da Escola Estadual Frederico Navarolins, de Rio do Sul. Este resultado foi o mesmo nas duas provas: no contra-relógio e na de estrada.

No masculino o vencedor no contra-relógio foi Wolfgang Hipólito, de Imbituba, que fez os 500 metros em 43s22, seguido de Willian Oliveira, do Colégio Rubens de Arruda Ramos, de Criciúma, com 44s90, e Luis Henrique Constantine, da Escola Estadual João XXIII, de Brusque, em terceiro lugar com o tempo de 45s62. Na prova da estrada o campeão foi Willian de Oliveira, seguido de Wolfgang Hipólito, em segundo e em terceiro Luís Henrique.

No feminino Letícia já é campeã da modalidade e participa da prova de pontos, neste domingo, só para cumprir sua participação, já que venceu as duas provas de sábado. Entre os homens a prova por pontos, também neste domingo, vai definir quem leva o título da modalidade: Wolfgang ou Willian.

Os Jesc são uma promoção do Govero de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura e Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Lido 1997 vezes Última modificação em Segunda, 12 Outubro 2015 23:09