×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 317

Terça, 22 Outubro 2013 00:00

Abertura dos Parajasc celebra a força dos paratletas Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Festa contou com a participação de cerca de 1,8 mil paratletas de 60 municípios Festa contou com a participação de cerca de 1,8 mil paratletas de 60 municípios Rodrigo Braga

Joaçaba - Uma festa do tamanho da superação de cada um dos 1,8 mil atletas que lá estavam. Assim, grandiosa, digna de grandes vencedores, foi a abertura dos Parajasc, neste terça à noite, no centro de eventos da Unoesc, em Joaçaba. Ao lado das vzinhas Herval D'Oeste e Luzerna, a cidade do centro-oeste catarinense fez uma celebração do passado e uma festa que reconheceu o valor destes atletas especiais.

O ginásio ficou absolutamente lotado com os paratletas e o público em geral. Entre apresentações de dança e performances de cadeirantes, as 60 delegações foram nominadas, uma a uma, para delírio de quem estava lá. Depois entraram as bandeiras, carregadas por atletas e autoridades. Na hora do fogo simbólico, dois representantes de Joaçaba partiram desde uma enorma imagem do homenageado da noite, Edinho, ex-dirigente do esporte local e ex-presidente da Fesporte, que morreu no início desse ano, até o palco, onde acenderam a chama dos Parajasc.

O presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, exaltou a tradição de bons eventos realizados pelo trio Joaçaba, Herval e Luzerna, e dirigiu boa parte da fala aos atletas. "Vocês são exemplos para todos nós de como buscar forças na adversidade para vencer na vida. Parabéns!", disse Vadinho, que também lembrou o importante papel dos pais e professores neste processo de inclusão no esporte. No fim, elechamou para declarar abertos os Parajasc o comendador Rudi Nodari, um dos criadores dos JASC, que é de Joaçaba.

Representando na abertura o governador Raimundo Colombo, o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Valdir Walendowski, lembrou a ligação forte dele com o esporte catarinense, por ter nascido em Brusque, berço dos Jogos Abertos de Santa Catarina. "Creio que nenhum outro Estado tem um variedade esportiva tão rica quanto a nossa, devemos nos orgulhar disso e trabalhar para mais e mais", disse.

 

Os Parajasc começam agora a distribuir as medalhas e troféus. A competição prossegue até o próximo domingo, dia 27, com natação, atletismo, tênis de mesa, gollbol, bocha paralímpica, basquete e futsal.

Lido 1808 vezes