×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 328

Segunda, 27 Abril 2015 22:17

Municípios recebem os primeiros troféus do Atletismo dos Parajasc 2015 Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(3 votos)
Municípios recebem os primeiros troféus do Atletismo dos Parajasc 2015 Gisele Vizzotto

 

Os primeiros troféus da modalidade de atletismo dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), foram entregues nesta segunda-feira, 27, em São Miguel do Oeste. As provas, realizadas na pista de atletismo do 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada (14º RC Mec), reuniram atletas de Deficiência Intelectual (DI) e Auditiva (DA).Na classificação geral do atletismo DA os troféus ficaram na região Oeste do Estado. A equipe feminina de São Miguel do Oeste faturou seu primeiro troféu de ouro. A prata foi para Quilombo e o bronze para Concórdia. No masculino do mesmo segmento, Chapecó levou o primeiro lugar. Em seguida Caçador e Videira também comemoraram os troféus de prata e bronze, respectivamente.

 

No DI feminino, a classificação geral ficou: Itajaí, Quilombo e Presidente Getúlio. No masculino, Itajaí também faturou o ouro, seguido de Jaraguá do Sul (prata) e Concórdia (bronze).A atleta, Amanda Groth, de Concórdia, comemorou o troféu de terceiro lugar geral no DA feminino. Afinal, ela venceu duas das três provas que competiu: arremesso de peso (3º lugar) e lançamento de disco (2º lugar). Mesmo sem o ouro no peito, o rosto da jovem de 18 anos estampava a alegria em participar pela segunda vez dos Parajasc. “É com orgulho que represento um município. E saio daqui com um exemplo de valor maior de cada deficiente, pois somos todos capazes”, afirma.

 

Além de atleta, Amanda também ajudou as competidoras das provas com a interpretação em língua de sinais. O que se via durante a competição, era uma jovem tranquila, competindo por amor pelo esporte e pela vida. “É necessário um intérprete ou legenda e eu gosto muito de ajudar, até porque eles também me ajudam”, comenta a atleta.Para ela, os Parajasc representam um aprendizado, principalmente por ter o contato com várias deficiências, e não apenas a auditiva. “Eu fico um pouco nervosa quando vou jogar, penso que vou perder. Mas aqui eu vi os atletas downs, por exemplo. Eles não ficam nervosos, eles pensam que vão ganhar, que vão jogar. Participar com outros atletas já é uma vitória para eles. Esse exemplo eu levo comigo”, garante Amanda.  

 

Confira a entrevista em vídeo com Amanda aqui.

 

Os Jogos Abertos Paradesportivos são uma promoção do Governo do Estado, por meio da Fesporte, com apoio da Prefeitura de São Miguel do Oeste da Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste (SDR).

 

 

Informações adicionais para a imprensa:

Gisele Vizzotto 
Secretaria de Estado de Des Reg São Miguel do Oeste 
E-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Telefone: (49) 3631-2901

Lido 2572 vezes Última modificação em Quarta, 29 Abril 2015 12:55