Começou no último dia 1o de julho em Ballito na África do Sul a disputa da terceira etapa do Challenger Series, circuito mundial de acesso para a elite da World Surf League em 2025. A competição está programada para seguir em disputa até o dia 08 de julho. 

No masculino, os representantes catarinenses são Mateus Herdy e Laura Raupp, ambos de Florianópolis, além de Heitor Mueller de São Francisco do Sul,  Alejo Muniz de Bombinhas (SC) e Tainá Hinckel da Guarda do Embaú (SC).

Surfistas que não nasceram em Santa Catarina mas que residem no estado também marcam presença no calendário Challenger Series de 2024 como Michael Rodrigues e Lucas Silveira. 

Até este momento, o melhor resultado para o surf de Santa Catarina no Challenger Series 2024 foi na etapa de Sydney ainda no mês de abril quando Alejo Muniz terminou a etapa com o vice-campeonato na competição da categoria masculina. 

Após a etapa de Ballito, o Challenger Series realiza ainda mais três etapas neste ano e que acontecem entre os dias 06 a 11 de agosto em Huntington Beach na Califórnia, 29 de setembro a 06 de outubro em Ribeira D`Ilhas em Portugal e a última e decisiva etapa em Saquarema (RJ).

Os 10 melhores classificados no calendário do Challenger Series 2024 garantem vaga para a divisão de elite da World Surf League em 2025. 

 

 

 

Hoje é último para o envio do termo de adesão dos atletas contemplados no Programa Bolsa Atleta 2024.

Indicamos que todos se atentem aos prazos previamentes anunciados.

O horário para o envio do termo de adesão será até às 23h59.

 

 

A tenista catarinense, Maria Eduarda Carbone, embarca nesta quarta-feira, 03, para a gira europeia, onde passará um mês participando de torneios internacionais e período de treinamentos na categoria 14 anos. Entre os dias 05 de julho a 04 de agosto, a atleta disputará cinco torneios internacionais em cidades da França e da Alemanha.

Duda conquistou a classificação após uma série de resultados positivos em torneios realizados pela América do Sul que a colocaram também como a quarta no ranking de sua respectiva categoria no continente e a segunda no ranking brasileiro.

Também neste ano, a atleta defendeu a seleção brasileira em dois torneios internacionais que foram realizados em Bragança Paulista (SP) e na Bolívia. 

"Estou muito feliz com esta primeira experiência europeia da minha vida e da minha carreira já que 2024 está sendo um ano muito bom para mim em torneios que disputei até aqui. Me dediquei muito para alcançar o objetivo de estar entre as seis primeiras da América do Sul e felizmente consegui alcançar este objetivo importante neste momento da minha trajetória no tênis brasileiro e que me leva agora a jogar grandes torneios em países europeu." explica a atleta. 

Maria Eduarda Carbone é natural da Barra da Lagoa em Florianópolis e considerada uma das grandes promessas do tênis brasileiro. A atleta iniciou na modalidade por incentivo do pai que é também seu treinador até os dias atuais.  

"O meu pai é a grande referência na minha carreira que está comigo em todos os momentos, seja quando estou treinando, competindo, defendendo a seleção brasileira, entre várias outras ocasiões que o tênis já me proporcionou. Essa classificação para fazer a gira europeia é uma vitória também para a minha família" finaliza. 

 

 

Os Jogos Escolares de Santa Catarina que começam no dia 13 de julho de 2024 na categoria 12 a 14 anos, irão envolver a participação de 3.376 atletas que na cidade de Blumenau (SC), estarão competindo em 16 modalidades e mostrando para todo o Brasil a força do esporte estudantil de Santa Catarina.

Desde o início deste ano de 2024, equipes e atletas de instituições de ensino do estado de Santa Catarina disputaram as etapas classificatórias e que valiam classificação para a etapa estadual do Jesc 2024. A partir de agora as atenções se voltam para a etapa estadual.

“Este número de 3.376  estudantes envolvidos nas competições mostram que o esporte estudantil desenvolvido pelo governo do estado de Santa Catarina por intermédio da  Fesporte é a principal marca da importância que os Jogos Escolares de Santa Catarina tem.  Este é um evento muito especial para todos nós reunindo educação e esporte” explica o presidente da Fesporte, Freibergue Nascimento. 

“São em competições escolares que muitas carreiras de sucesso se iniciam no esporte brasileiro e a gente espera que todo esse espírito competitivo que marcará a semana de disputa do Jesc motive ainda mais os nossos estudantes para que absorvam todos os ensinamentos que um evento como esse transmite e desejamos que tenham um futuro brilhante pela frente. Agradeço a todas instituições de ensino do nosso estado pelo carinho que tratam o esporte em suas escolas e o Jesc será uma grande celebração para todos nós” finaliza Freibergue

As delegações chegam em Blumenau no dia 12 de julho e o início das competições dos Jogos Escolares de Santa Catarina na categoria 12 a 14 anos, iniciam oficialmente no dia 13 de julho.

 

Três catarinenses participam de alguns dos principais eventos esportivos do mundo nos últimos dias. 

Na etapa da World Surf League em Saquarema (RJ), Yago Dora foi o vice-campeão no masculino e o destaque ficou também para a surfista Tainá Hinckel, da Guarda do Embaú que fez a sua estreia na competição feminina.

Campanha

Yago Dora chegou a etapa de Saquarema (RJ), como o atual campeão e novamente em mais uma excelente campanha durante a competição, chegou até a bateria final após quatro vitórias consecutivas,  perdendo somente na última bateria para o também brasileiro Ítalo Ferreira.

No feminino, Tainá Hinckel disputou a primeira fase da competição diante da também brasileira, Tatiana Weston-Webb,  e da americana Caitlin Simmers caindo para repescagem. 

Na bateria que definiria o seu futuro na competição, a surfista da Guarda do Embaú acabou eliminada por Simmers e se despediu da etapa em sua estreia na elite da World Surf League.

Já no skate, Pedro Barros marca presença na etapa do X-Games em Ventura na Califórnia nos Estados Unidos e que segue com a sua programação até este domingo (30).

Pedro Barros e Tainá Hinckel estarão também nos Jogos Olímpicos de Paris que acontecem entre 26 de julho a 11 de agosto.

 

 

 

 

Três catarinenses disputam no Troféu Brasil de Atletismo, a chance de brilhar na principal competição nacional desta modalidade mas que é também o último evento classificatório para os Jogos Olímpicos de Paris que começam dentro de 28 dias.

Os catarinenses na disputa são os atletas Matheus Corrêa de Blumenau que compete na marcha atlética, Simone Ferraz, catarinense de Ponte Serrada que compete na prova 3.000m com obstáculos e Eliane Martins de Joinville, participante da prova salto em distância.

O Troféu Brasil de Atletismo 2024 reunirá 875 atletas de 21 estados e do Distrito Federal entre os dias 27 e 30 de junho em São Paulo, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB), que recebe pela primeira vez a principal competição da modalidade no país. 

Entre os catarinenses citados competindo, todos  contam com experiência olímpica como Eliane Martins que representou Sana Catarina nas edições do Rio de Janeiro em 2016 quando e Tóquio no Japão em 2021, mesma edição em que Simone Ferraz e Matheus Correa também representaram o estado de Santa Catarina no maior evento esportivo do planeta.

Ranking

No ranking de suas respectivas provas, Eliane Martins é a 22a das 32 vagas para competir no salto em distância em Paris e tem boas chances de confirmar a sua presença nas Olimpíadas durante o Troféu Brasil. 

Matheus Corrêa iniciou a competição nacional na posição de número 42 das 48 vagas da marcha atlética e neste momento também estaria classificado para os Jogos Olímpicos. Já Simone Ferraz compete para somar pontos e buscar a classificação e neste momento é a 59a das 35 vagas na prova. 

 

Pagina 4 de 16