×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 328

Sexta, 08 Maio 2015 14:31

Fesporte impulsiona conquista de prêmio no exterior Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Maria Eduarda (à esquerda) ganha prêmio em Portugal: primeiras experiências foram no Festival Escolar Dança Catarina Maria Eduarda (à esquerda) ganha prêmio em Portugal: primeiras experiências foram no Festival Escolar Dança Catarina Foto Arquivo pessoal

Os passos talentosos da bailarina Maria Eduarda Kietzer Senci, 12 anos, lhe guiaram ao sucesso. Foi na ponta dos pés que a  integrante do Grupo de Dança Fênix conquistou o primeiro lugar na categoria Solo, no Norte Festival de Dança Viana realizado em Portugal. O evento é considerado um dos mais conceituados do exterior, um verdadeiro Prix de Dança. 

A bailarina ultrapassou concorrentes de países como Rússia, França, Espanha, e outros da Europa, inclusive Portugal. O Norte Festival foi realizado nos dias 1º, 2 e 3 de maio, na cidade do Porto e recebeu candidatos que apresentaram coreografias em Dança Contemporânea, Dança Clássica, Dança Jazz, Street Dance,  Danças Populares e Sapateado.

Quem acompanhou a dançarina da Escola Municipal de Educação Básica Tancredo Neves de Presidente Getúlio foi a coreógrafa Priscila Regina Dallabonna, responsável pela desenvoltura vitoriosa de Duda. Segundo a professora, o apoio da direção do colégio aliado à coreografia, coordenação motora e a simpatia da estudante trouxeram o tão sonhado título. Ainda segundo ela, a vitória internacional se deve às experiências anteriores que Duda teve principalmente nos festivais em que participou no Estado. 

O que mais marcou sua carreira foi o Festival Escolar Dança Catarina promovido pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), pelo qual o grupo Fênix é pentacampeão na etapa microrregional  e  bicampeão  na etapa final. “O Dança Catarina foi fundamental para essa vitória, sua organização é exemplar. Nós iniciamos participando sem ter gastos financeiros e trocando experiências com os bailarinos catarinenses, o que nos proporcionou oportunidade de aprimorar cada vez mais o balé e impulsionou a dançar em um grande festival no exterior. Ganhamos experiência e hoje comemoramos com muita emoção.”

Para uma das coordenadoras do Festival Escolar Dança Catarina é um orgulho poder compartilhar essa alegria com todos. “Ficamos felizes em saber que bailarinos que começaram conosco estão se destacando em nível internacional. O balé exige muita disciplina e sabemos do esforço que foi para essas campeãs chegarem ao topo,” agradece Mapi Cravo.

De acordo com o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, o Dança Catarina lançado pelo Governo tem como objetivos principais fomentar a dança na escola e salvaguardar a educação integral da criança e adolescente na construção de sua cidadania. “Estamos preocupados com a capacitação dos profissionais/educadores da nossa rede de ensino escolar, e torcemos para  que muitos outros bailarinos também possam comemorar como Eduarda e a coreógrafa Priscila” conclui .

 Ensaio de Eduarda para apresentação em Portugal.

Saiba mais sobre o Dança Catarina aqui.

 

 

 

 

 

Assessoria de Imprensa:

Pamela Marin

(48)88027742

 

Lido 3652 vezes Última modificação em Sexta, 08 Maio 2015 15:41