O domingo foi intenso na regional leste-norte dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina com a definição de três modalidades que definiram os seus campeões e  classificados para a etapa estadual em um dia de muita competição esportiva  na cidade de Jaraguá do Sul.

Na última partida do dia, a torcida da casa lotou as arquibancadas da Areninha e em uma equilibrada final diante de Camboriú, conquistou o título da competição de handebol masculino em uma partida que terminou com o placar de 24 a 21 sobre Camboriú  e definida somente nos últimos minutos.

“Importante vencer essa competição de handebol masculino em casa pois nos dá ainda mais confiança para chegar a etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Faço questão de ressaltar também o espírito de luta que a equipe de Camboriú teve atletas com idades inferiores ao desta competição, porém fizeram uma campanha honrosa e valorizaram e muito a nossa vitória” detalha Everton treinador da equipe de Jaraguá do Sul.

Outra modalidade que viveu momentos intensos neste domingo (16), foi o vôlei feminino. Na primeira semifinal do dia, Joinville derrotou Blumenau por 3 a 0 em sets marcados por muito equilíbrio. Porém, a tensão estava guardada para a semifinal dois,  quando Balneário Camboriú precisou do tiebreak para vencer a equipe de Nova Trento e se colocar na decisão da manhã desta segunda-feira (17) contra Joinville.

Completamente emocionados e ainda em quadra, o técnico Vinícius e a atleta Kemilin, falaram sobre os ensinamentos que essa partida passará para a sequência da carreira de tantos jovens jogadores do vôlei de Balneário Camboriú e do estado de Santa Catarina.

“Nós acreditamos que o vôlei vem crescendo de uma forma muito positiva em nosso estado. Em uma semifinal de um torneio tão equilibrado não esperávamos menos que um jogo deste nível. Sabíamos que a equipe de Nova Trento nos causaria muitas dificuldades e foi assim que a partida aconteceu. Felizmente no tiebreak de desempate fomos felizes e chegamos a esta final para amanhã entrar com tudo novamente” celebrou o treinador.

O basquete masculino também foi encerrado hoje com a equipe de Balneário Camboriú que ficou com o título após derrotar a equipe de Mafra na semifinal e confirmar o título com nova vitória desta vez sobre a equipe de Itajaí na decisão. 

O segundo título do dia para Balneário Camboriú foi no handebol feminino já que a equipe venceu Blumenau na semifinal para chegar a decisão e vencer Itajaí e até este momento liderar a classificação geral da regional leste-norte.

Nesta segunda-feira (17), restam definir  os resultados finais as modalidades  futebol masculino, futsal masculino e feminino, vôlei masculino e feminino, além da definição de qual município ficará com o título geral.

Já a etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, acontece no entre 19 a 28 de julho em Caçador (SC).

 

Crédito da imagem: Guilherme Brazzalle/Ascom/Fesporte

 

 

Durante a etapa regional norte-leste dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, diversos profissionais envolvidos nas competições ressaltam o alto desenvolvimento que o evento  transmite para todos os envolvidos, sejam eles atletas, treinadores, dirigentes  entre outros profissionais.

Desde a última quinta-feira (13), a cidade de Jaraguá do Sul é palco de oito modalidades que seguiram com intensas disputas e neste sábado e 29 municípios seguiram em busca das classificações  para a etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina.

No Ginásio do Sesi  em Jaraguá do Sul, participantes dofutsal masculino ressaltaram o crescimento da modalidade na categoria sub-18 a qual correspondem as competições dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. 

“Com certeza, estar aqui a regional dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina é muito importante. Particularmente na modalidade futsal masculino, encontramos um nível de equipes muito alto e isso só engrandece a competição. Temos a certeza que quem ganha é o futsal catarinense para o futuro e também ressalto a participação de municípios de diversas regiões do estado de Santa Catarina” afirmou Esquerda, como é conhecido o treinador da equipe do município de Luiz Alves.. 

Também neste sábado (14), a modalidade vôlei  masculino realizou as partidas válidas pela última rodada da fase classificatória da regional-leste dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. 

Mesmo eliminado da competição o atleta Kauã que defende a equipe do município de São Francisco do Sul, ressaltou a importância do período de convivência que teve com seus companheiros,  tanto na etapa microrregional como agora na etapa regional dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. 

“A minha equipe acabou eliminada aqui na regional mas isso pouco importa. Eu comecei a treinar vôlei no ano passado então só de estar aqui já é uma grande vitória para mim. Tive a oportunidade de viajar com a delegação pela primeira vez, viver este clima de competição, então os momentos que passamos aqui na regional é muito agregador na minha vida. O meu grande sonho? Poder contribuir com a equipe que eu estiver atuando, seja ela qual for mas  pretendo sempre deixar a minha contribuição me dedicando muito nos jogos e treinamentps” afirmou o atleta.

As disputas da regional leste-norte dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, seguem em disputa até a próxima segunda-feira (17). 

Já a  etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina acontece entre 19 a 28 de julho em Caçador (SC).

 

Crédito da foto: Guilherme Brazzalle/Ascom/Fesporte

 

 

 

A atleta de ginástica aeróbica de Santa Catarina, Alice Diniz Schramm, conquistou hoje o título do campeonato sul-americano da modalidade na categoria juvenil. 

O campeonato sul-americano de ginástica aeróbica está sendo realizado em Aracaju (SE), e a atleta integra a seleção brasileira e a delegação catarinense no evento internacional.

“Estou realmente muito emocionada com essa conquista e só tenho a agradecer toda a equipe de atletas de Santa Catarina e comissão técnica que estão aqui comigo me dando todo o suporte necessário para competir. A gente procura deixar passar toda a ansiedade e nervosismo na hora da apresentação para desempenhar com alegria e hoje felizmente deu muito certo. Essa conquista  ficará marcada por toda a minha carreira” celebrou a atleta. 

A delegação de Santa Catarina é representada pela equipe da Associação Desportiva do Instituto Estadual de Educação (Adiee) Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). 

22 atletas catarinenses competem nesta edição do campeonato sul-americano sob comando da coordenadora da equipe catarinense, Maria Helena Kraeski.

 

Crédito da imagem: Melogym

 

Conta a história do jiu-jítsu que a modalidade preza muito pela disciplina que passa a ter na vida de dezenas e dezenas de crianças que cada vez mais chegam a modalidade. Em Santa Catarina não é diferente, e as competições que rodam o estado e o país contam com um alto número de  jovens competidores que  já mostram ter uma grande identificação com esta modalidade.

"Eu comecei no jiu-jítsu muito cedo  porque eu sempre gostei dessa modalidade e logo comecei a competir. Eu chego nas competições e me divirto muito já que a gente luta, faz amigos e também a gente torce pelo pessoal que treina com a gente aqui na academia. Isso tudo que o jiu-jítsu nos proporciona é muito legal" afirma o atleta de oito anos, Benjamin Sattis Franzé (a esquerda).

Um dos grande companheiros de dia a di de Benjamin Franzé  é Benjamin Lopes, também competidor nas categorias infantis e que conta que a chegada a modalidade foi por influência do pai, também praticante da modalidade.

"O jiu-jítsu me motiva muito, a cada competição que eu chego, o foco é em dar o meu melhor e agradeço ao meu pai que está sempre comigo, seja nos treinamentos ou nas competições. Eu apesar de ser ainda muito novo com apenas 12 anos, já tenho resultados bastante expressivos que já fazem me dedicar ainda mais a este esporte e me motivar para quem sabe no futuro eu me tornar um atleta profissional de jiu-jítsu" explica.

Os dois jovens atletas de jiu-jítsu de Florianópolis são membros da academia Rillion Gracie, no bairro dos Ingleses e passam o seu período de formação na modalidade como atletas do professor e mestre André Brasil.

A questão da disciplina fora dos tatames, também é reverenciada pela dupla que afirma que os estudos seguem sempre lado a lado a rotina esportiva para que continuem evoluindo no esporte e na vida.

"Todos os dias o meu pai me acompanha nos deveres da escola e eu termino tudo antes de realizar os meus treinamentos que são divididos em físicos e técnicos aqui na academia. Nós somos muito jovens e sabemos da importância que os estudos tem na nossa vida para hoje e para o futuro e então se conseguirmos aliar isso com o jiu-jítsu que é a nossa modalidade, melhor ainda. O esporte e a educação acrescentam muito na nossa vida" complementa Benjamin.

O jiu-jítsu é modalidade oficial dos eventos da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e está em disputa nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina e Jogos Abertos de Santa Catarina. 

 

 

A equipe catarinense de ginástica aeróbica está nesta semana na disputa do campeonato sul-americano da modalidade que acontece  na cidade de Aracaju (SE). Após a excelente participação no campeonato brasileiro da última semana, parte da delegação de Santa Catarina permaneceu no Sergipe para a disputa da competição internacional.

As atletas catarinenses representam a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), que convocou 22 atletas da equipe representante da  Associação Desportiva do Instituto Estadual de Educação (Adiee) e da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

O projeto de ginástica aeróbica é o mais recente realizado no estado de Santa Catarina, porém nos últimos anos marcou presença em diferentes competições internacionais  como no ano de 2023 no campeonato sul-americano em Maldonado no Uruguai e no fim do ano o campeonato pan-americano em Lima no Peru.

"Desde que iniciamos o projeto de ginástica aeróbica em paralelo as nossas equipes de ginástica rítmica, a gente teve uma evolução muito grande por parte das meninas que hoje tem essa grande honra e experiência de defender a seleção brasileira em mais uma edição de campeonato sul-americano" explica a coordenadora, Maria Helena Kraeski. 

"A nossa participação no campeonato brasileiro da última semana foi excelente e com certeza uma motivação a mais para desempenhar bem também no sul- americano. As atletas estão muito bem preparadas para competir da melhor forma possível" finaliza

O campeonato sul-americano envolve a participação de oito delegações: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela. A competição vai mobilizar 202 atletas, sendo 44 só do Brasil.

No Campeonato Brasileiro de Ginástica Aeróbica, a equipe catarinense conquistou os títulos na categoria aerodance adulto, entre vários outros resultados expressivos que seguem na lista. 

- 1o  lugar - Aerodance juvenil

- 1o lugar - Trio Age

- 1o lugar - dupla infantil 

- 1o lugar - individual masculino infantil 

- 2o e 3o lugares no individual infantil 

- 2o e 3o lugares  no individual infantil 

- 2o no individual feminino juvenil 

- 1o lugar por equipe na categoria infantil

- 2o lugar por equipe na categoria infanto juvenil

- 2o lugar por equipe na categoria juvenil

Troféu Eficiência 2024

 

 

Na manhã desta quinta-feira (14), o presidente da Fesporte, Freibergue Nascimento, recebeu representantes do consulado da Hungria que participaram de uma roda de conversas com o objetivo de fomentar a modalidade teqball no estado de Santa Catarina.

Representaram o consulado na reunião a Sra. Christina Lago,  Cônsul Honorária da Hungria em Santa Catarina, a  Sra. Zsuzsanna László Cônsul-Geral do Consulado-Geral da Hungria em São Paulo e Sr. Dániel Rákóczi Cônsul Comercial do Consulado-Geral da Hungria em São Paulo.

História 

O Teqball foi criado oficialmente na Hungria no ano de 2014 e a modalidade tem grande tradição na cultura do país já que no ano de 2017 já realizou a primeira edição da copa do mundo da modalidade. 

Segundo a Sra. Zsuzsanna László, um dos intuitos da reunião é fazer com que o estado de Santa Catarina abra as portas para a modalidade através de eventos competitivos e formação de novos talentos.

"No nosso encontro falamos sobre uma modalidade húngara que é o teqball, porém aqui no Brasil sabemos que é bastante conhecido como futmesa. A nossa ideia é criar competições da modalidade e também trabalhar com núcleos que desenvolvam a modalidade formando novos praticantes já que quanto mais ela é praticada pelo mundo,  tem mais chances de se tornar uma modalidade olímpica que é na verdade o nosso grande objetivo" explica. 

"Muitos jogadores de futebol após a carreira migram para o teqball e o embaixador desta modalidade é o grande Ronaldinho Gaúcho, ídolo do futebol mundial" finaliza.. 

O presidente da Fesporte, Freibergue Nascimento, agradeceu a visita dos representantes do consulado húngaro na Fesporte e ressaltou que a pasta responsável pelo esporte catarinense está sempre de portas aberta para novas modalidades esportivas. 

"Primeiramente agradecer a presença dos representantes do consulado húngaro aqui na Fesporte e ressaltar que estamos sempre de portas abertas para que novas modalidades cheguem e cresçam em nosso estado. Penso que uma modalidade como o teqball une as pessoas que se reúnem para praticar e também como foi citado pelos representantes do consulado, é também uma ótima oportunidade para criar novos talentos deste esporte trabalhando com uma visão de futuro." finalizou Freibergue.

 

Pagina 1 de 9