×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 318

São Paulo - Embarcou nesta segunda-feira (24), a delegação catarinense que representa o Estado na Paralimpíada Escolar da Juventude, em São Paulo. A maior competição estudantil do país, que envolve paratletas de 12 a 17 anos, acontece de 25 a 27 de novembro e é organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Da competição, participam 600 estudantes brasileiros, de vários estados, e ainda a delegação da Grã-Bretanha, de 13 paratletas, que disputam as provas de natação e atletismo. Os britânicos participaram pela primeira vez no ano passado.

Composta por 60 paratletas e outras 18 pessoas entre comissão técnica, treinadores e staff, a delegação catarinense é a segunda maior do evento, perdendo apenas para a delegação da casa. É também uma das favoritas as primeiras colocações, segundo informações do coordenador-técnico da delegação do Estado,João Cascaes. 

Santa Catarina participa de todas as sete modalidades da competição - atletismo, natação, goalball, judô, bocha, tênis em cadeira de rodas e tênis de mesa, tendo inclusive nomes de peso, como o da paratleta Suelen de Oliveira Marchesi, do município de Balneário Camboriú, que integra a Seleção Brasileira paralímpica e conquistou três ouros nos Parajesc deste ano, em Blumenau.

A cerimônia de abertura da competição está marcada para o início da noite de terça-feira, 25. Porém, na manhã do dia 25, o Comitê vai promover um bate papo de dois atletas que já brilham no cenário mundial – o nadador Talisson Glock e a saltadora Lorena Spoladore – com jovens inscritos na edição deste ano. O evento será no Espaço Convivência, no Anhembi, com início às 10h30.

Itajaí - A 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) chega ao fim nesta terça-feira (25), em Itajaí, com a definição de oito troféus: futebol, vôlei e handebol, no masculino, bolão 23, bocha, futsal da divisão especial, no feminino, além do ciclismo (com a prova de BMX) e a ginástica rítmica. Itajaí, campeã antecipada desde domingo, agora quer se confirmar como a vencedora dos Jasc com o maior número de pontos na história, que é 320, marca que será ultrapassada independente dos resultados do último dia.

Confira a Galeria de Fotos dos Jasc 2014

Programação e todas as informações oficiais dos 54º Jasc

Nesta terça, os itajaienses ainda disputam os títulos do futebol masculino (com Chapecó), na bocha feminina 1ª divisão (está na semifinal com Blumenau, Chapecó e Rio do Sul), futsal feminino divisão especial (disputa o bronze com Blumenau) no handebol masculino (com Balneário Camboriú) e no bolão 23 feminino (com Seara, Rio do Sul, Blumenau, Videira e Timbó).

Além das finais que envolvem os donos casa, os Jasc reservam ainda finais com outros protagonistas. No vôlei masculino, o campeão da modalidade sairá do confronto entre Chapecó e Blumenau. No ciclismo a briga pelo troféu de campeão está entre Joinville e Brusque e Florianópolis.

Já na ginástica rítmica (GR), o título de campeão sairá entre Florianópolis (em primeiro), Itajaí (em segundo) e Blumenau (que está em terceiro lugar na classificação parcial).

Melhor ginasta é da Capital

Na segunda-feira (24), as seis equipes que integram a competição disputaram a colocação individual geral na GR e classificaram suas ginastas por aparelho para a final individual e por conjunto, que acontece nesta terça-feira (25), último dia dos Jasc, a partir das 9h, no Centreventos. O 1º lugar do individual geral foi para a ginasta Thainá da Silva, de Florianópolis, que conquistou 50,45 pontos no somatório dos quatro aparelhos – arco, bola, maças e fitas. O 2º lugar foi para a ginasta Jéssica Maier, de Blumenau, com 49,45 pontos, e o 3º para a ginasta de Itajaí, Gabriela Bertholdo.

Blumenau e Chapecó brigam pelo título do vôlei masculino

Dois jogos na tarde desta segunda-feira (24) definiram a final do vôlei masculino. Blumenau e Chapecó vão brigar pelo ouro, enquanto a disputa pelo terceiro lugar será entre Içara e os donos da casa, Itajaí. Na primeira semifinal do dia, Blumenau venceu Içara por 3 sets a 1. Na sequência, os donos da casa não seguraram Chapecó, que venceu por 3 sets a 0. No handebol masculino, repetição da final de 2013 e rivalidade entre as vizinhas Itajaí e Balneário Camboriú, que avançaram em dois jogaços: primeiro, Balneário passou por Blumenau em 31 x 22. Depois, Itajaí contou com o ginásio lotado para derrotar Videira por 22 x 20.

Os Jasc em Itajaí iniciaram dia 15 com a participação de 5 mil atletas de 89 municípios. O evento é uma promoção do Governo de Santa Catarina por meio da Fesporte em parceria com a Prefeitura de Itajaí.

Mais Informações:

Imprensa Fesporte Jasc 2014

(47) 3348 -1384

Itajaí - O que já era um enorme favoritismo se transformou em certeza neste domingo (23), antepenúltimo dia da 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC). Com mais dois troféus, ambos conquistados no Triatlon, Itajaí tornou-se matematicamente campeã-geral da competição, já que os 147 pontos de vantagem para Blumenau, segunda colocada, são maiores do que a soma de tudo que ainda estará em disputa até terça-feira (25), quando se encerram as disputas.

Confira a programação completa e os resultados parciais do dia 

Confira a Galeria de Fotos dos Jasc 2014

Programação e todas as informações oficiais dos 54º Jasc

Itajaí passa a ser apenas a quarta cidade a ter na sala de troféus um troféu de campeã-geral dos Jogos Abertos: até hoje só Blumenau (40 títulos), Florianópolis (8) e Joinville (4) tinham. Desde a quarta edição dos JASC, em 1963, que as três maiores cidades do Estado se revezam no topo sem um campeão inédito. Depois de dois vices-campeonatos (2012 e 2013), o trabalho que começou a ser feito em 2011, e que tinha como objetivo o título em casa em 2014, chegou lá.

Só que se engana quem pensa que os anfitriões já entraram em clima de festa. Nem a certeza dos números fez mudar feições e discursos na CCO e nos locais de competições. Comemoração, mesmo, só na terça-feira, após o encerramento das últimas modalidades e a entrega oficial do troféu.

A cidade-sede fechou o domingo com 309 pontos e 19 troféus, quatro deles entregues no dia (na ginástica artística e no triatlon, ambos no masculino e feminino). Blumenau, que faturou o basquete masculino, somou 162, e Florianópolis, com conquista no remo, fecha o pódio em terceiro, com 135.

Título veio no triatlon

A materialização da conquista histórica dos itajaienses começou logo cedo, nas provas de triatlon na Praia de Cabeçudas. No geral masculino, a 2ª colocação ficou com Balneário Camboriú, e a 3ª com São Bento do Sul. No feminino, o 2º lugar foi para Criciúma e o 3º para Florianópolis.

O prova masculina teve como campeão o triatleta Luiz Francisco de Paiva Ferreira, da equipe de Balneário Camboriú, que completou a prova em 1h05m21s. Chicão, como é conhecido, liderou todas as etapas da competição, sendo que foi o primeiro a sair da água, e ainda completou a prova de ciclismo com folga de 1m40 antes do 1º pelotão. A prata ficou com o atleta olímpico Diogo Sclebin, da equipe de Itajaí, e o bronze com Fernando Lunardelli Toldi, de São Bento do Sul.

Disputas do triatlon neste domingo na Praia da Atalaia foram marcadas pelo forte nível dos competidores. Foto: Renato Tristão

Segundo Chicão, que foi prata nos Jogos Abertos de 2011 e bronze em 2012, o dia colaborou para que ele tivesse uma prova perfeita. “Como tenho uma natação forte, usei a estratégia de ganhar vantagem na água, e isso deu muito certo. Consegui manter essa vantagem durante toda a prova.”, disse.

Na prova feminina, as meninas de Itajaí levaram todas as medalhas. O ouro ficou com a veterana no Triathlon, Gisele Bertucci que completou a prova com 1h12m58s, a prata com Bruna Saglietti Mahn, e o bronze com a atleta Vanessa Gianinni.

Triatleta há 21 anos, Gisele, que tem 34, pensa que o formato da competição dos Jogos Abertos de Santa Catarina deveria servir de modelo para as demais competições do país. Nos Jasc, os atletas pontuam por equipe, diferente das demais provas da modalidade, onde existe apenas a pontuação individual. “Isso é muito bom, porque dá a possibilidade de trabalharmos em equipe e aproveitar o potencial de cada atleta. Hoje, por exemplo, formamos estratégias que resultaram na vitória de três atletas de nossa equipe. Eu tenho um nado mais forte, então puxei a frente para as meninas, a Bruna tem o ciclismo mais forte, então conseguimos nos manter no vácuo dela”, disse.

O triatleta olímpico Diogo Sclebin, que foi ouro nas duas últimas edições dos Jasc, completou dizendo que a competição tem excelente nível técnico. “Ela é um bom parâmetro para o cenário nacional, já que aqui competem os melhores atletas do Triatlhon de todo o país.”, afirmou.

O Triathlon, nos Jasc 2014, foi disputado por 44 atletas masculinos, em 11 equipes, e 24 femininos, em 10 equipes. Naida Freitas, a coordenadora da modalidade, ressaltou o Triathlon acontece desde 2011, nos Jogos Abertos de Santa Catarina, e agrega também em número de atletas participantes, já que muitos municípios mandam seus representantes.

Festa também na ginástica

Itajaí já havia faturado no sábado (22) os dois troféus por equipe na Ginástica Artística somando 230,200 pontos no masculino, e 136,606 pontos no feminino. As segundas colocações ficaram para Blumenau, que conquistou 227,850 pontos no masculino, e 127,904 no feminino. Em 3º lugar ficaram as equipes de Florianópolis (masculino) e Criciúma (feminino).

O segundo e último dia de competições da ginástica artística nos JASC ampliou também o quadro de medalhas para Itajaí. Nas disputas individuais, realizadas na manhã deste domingo (22), no Centreventos, a anfitriã conquistou seis ouros, seis pratas e seis bronzes. No feminino, os destaques foram Letícia Miranda, com três medalhas de ouro e uma de bronze, consagrando-se como primeira colocada na classificação individual-geral, conquistando o bicampeonato. Em seguida vem Amanda de Lima, com uma medalha de ouro e uma de prata. O terceiro lugar feminino no resultado geral foi Patrícia Santos, de Criciúma, com dois bronzes.

Gabriel Dias, de Blumenau, foi um dos destaques da competição, com cinco ouros, quatro em aparelhos e também no individual geral. Foto: Petra Mafalda

No masculino, Gabriel Dias, de Blumenau, faturou quatro das seis medalhas de ouro na disputa individual em aparelhos – barra, argola, cavalo com alça e paralelas. O 2º e 3º lugar na classificação geral foram conquistados pelos atletas Rodrigo da Silva e Tomas Vitachi Siquei, de Itajaí.

Mais informações:

Imprensa Fesporte Jasc 2014

47 3348-1384

Itajaí - Mesmo não competindo na primeira e na última regata, Double Skiff Peso Leve e Quatro Sem Peso Leve, Florianópolis somou 39 pontos no Remo dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) e levou o troféu de campeão da modalidade. As provas foram realizadas neste domingo (23), nas raias do Rio Itajaí Açu - Saco da Fazenda, em Itajaí. Blumenau ficou em segundo lugar, com 37 pontos, e em seguida Itajaí, com 34, que levou o bronze.

Confira a programação completa e os resultados parciais do dia 

Confira a Galeria de Fotos dos Jasc 2014

Programação e todas as informações oficiais dos 54º Jasc

A decisão veio na quinta e última prova, Quatro Sem Peso Leve. Com Florianópolis fora, Blumenau tinha grandes chances de faturar o primeiro lugar e ultrapassar a Capital na pontuação geral. Mas a exaustão dos blumenauenses, que tinham competido na prova anterior, abriu vantagem para Itajaí que disputava com quatro atletas emprestados justamente pela Capital.

O superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis, George Neis, afirma que o Jasc é uma das competições mais importantes. “Para fomentar a modalidade, é fundamental que os municípios com o esporte mais estruturado auxiliem”, declarou.  

Um dos destaques da modalidade foi o remador Anderson Nocetti, 40 anos, conhecido como Macarrão, veterano da Seleção Brasileira. Com a experiência de 28 anos no Remo, ele levou o ouro na regata Single Skiff. Acostumado com provas longas, na prova individual nos Jasc ele venceu com a técnica na última remada. “É uma prova curta, de explosão, e é muito fácil perder para os atletas novos, então o jeito foi nivelar a competição e aproveitar o final da prova”, relatou Macarrão, que acumula 32 títulos brasileiros e 12 sul-americanos. Nos Jasc, esta é sua oitava participação, sendo ouro em sete delas.

Resultados por regata:

Primeira regata (Double Skiff Peso Leve) 

1 - Blumenau, 2 - Joinville, 3 - Itajaí

Segunda regata (Dois Sem)

1 - Florianópolis, 2 - Joinville, 3 - Blumenau

Terceira regata (Single Skiff)

1 - Florianópolis, 2 - Itajaí, 3 - Joinville

Quarta regata (Double Skiff)

1 - Florianópolis, 2 - Blumenau, 3 – Itajaí

Quinta regata (Quatro Sem Peso Leve)

1 - Itajaí, 2 - Blumenau, 3 - Joinville

Mais informações

Gisele Vizzotto 

Imprensa Fesporte Jasc 2014

(47) 3348-1384

Itajaí - Fim de um dos maiores tabus dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Vinte e quatro anos depois, Blumenau volta a conquistar o título do futsal masculino dos JASC, fato que havia ocorrido pela última vez em 1990. Nesse sábado (22), ao bater São Lourenço do Oeste por 5 a 2 na decisão da Primeira Divisão, Blumenau pode soltar o grito de ‘É Campeão’. Na disputa pelo bronze, Pinhalzinho venceu Mafra por 3 a 1 e ficou com o terceiro lugar.

Confira a programação completa e os resultados parciais do dia 

Confira a Galeria de Fotos dos Jasc 2014

 Programação e todas as informações oficiais dos 54º Jasc

O longínquo ano de 1990 ainda está bem vivo na memória do Gerente de Iniciação Esportiva da Fundação de Esportes de Blumenau. Edésio Reis Cardoso, ou simplesmente Dé, como era chamado nas quadras, estava naquela decisão contra Concórdia, vencida nos pênaltis em um ginásio do Sesi superlotado. “Estava na hora de ser campeão de novo e essa conquista foi merecida, os jogadores se doaram bastante, apesar do desgaste da temporada. Agora é só comemorar”, vibrava.

E a partida não começou fácil para os blumenauenses. São Lourenço do Oeste abriu o placar com Antônio e Rafinha empatou no primeiro tempo. Na etapa final, Lucas, Pica Pau e Dão viraram o placar. Varejão ainda descontou para o time do Oeste, mas Maico deu números finais à partida: 5x2 e troféu de campeão para Blumenau. As duas equipes também estão classificadas para a Divisão Especial em 2015.

“Essa conquista veio para coroar o nosso ano, um trabalho bonito que realizamos durante a temporada. Feliz demais por contribuir com esse título”, destacou o capitão de Blumenau, Marcel. No futsal feminino da 1ª divisão, a final será neste domingo, às 11h15, entre Criciúma e São José.

Itajaí - Rio do Sul manteve a hegemonia no Vôlei feminino dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Desde 2010 o município do Alto Vale do Itajaí domina a modalidade nos Jasc. Na 54ª edição, disputada em Itajaí, conquistou o pentacampeonato da competição e, pela quarta vez, sobre Chapecó – em 2010, fez a final com Brusque. Blumenau venceu Itajaí na decisão de terceiro lugar e ficou com o bronze, fechando o pódio.

Confira a programação completa e os resultados parciais do dia 

Confira a Galeria de Fotos dos Jasc 2014

Programação e todas as informações oficiais dos 54º Jasc

Com um time mais forte e mais entrosado, Rio do Sul não teve muitas dificuldades para fechar a partida em 3 sets a zero, parciais de 25/20, 25/17 e 25/13. “É sempre bom ser campeão. Mesmo no campeonato estadual ou nos Jogos Abertos, a gente entra na competição com a mesma vontade de vencer”, destacou Flávia, jogadora de Rio do Sul – esse ano a equipe já havia conquistado o título do Catarinense de Vôlei Feminino, também sobre Chapecó.

A levantadora Yael Castiglione, jogadora da seleção da Argentina, conquistou o primeiro título dela com a equipe de Rio do Sul. Contratada como reforço para a disputa da Superliga de Vôlei 2014/15, ela chegou com ‘fome’ de títulos. “Estou muito feliz, ganhar sempre é bom. Vim para ajudar a equipe a alcançar seus objetivos”, disse.

Do lado de Chapecó, o coordenador da modalidade ressaltou que a equipe chegou até onde podia. “Vencer Rio do Sul, hoje, uma equipe de Superliga, é praticamente impossível. A nossa meta era chegar à final. As meninas estão de parabéns”, comentou Fernando Picolli.

Mais informações:

Douglas Dornelles

Imprensa Fesporte Jasc 2014

47 3348-1384

Pagina 4 de 68