Sexta, 01 Dezembro 2023 15:22

Paralimpíadas: catarinenses quebram recordes Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 

A etapa nacional das Paralimpíadas Escolares, que está sendo realizada na cidade de São Paulo, maior evento esportivo para crianças e jovens com deficiência do mundo, reúne estudantes em fases diversas de formação esportiva. E os atletas catarinenses estão se destacando com conquistas de medalhas e quebra de recordes. 

Um exemplo vem do atleta João Vitor Diamantina, de 13 anos, da Escola municipal Prof. Antônio Rohden da cidade de Braço do Norte. Ele conquistou o novo recorde no Lançamento de peso nas Paralimpíadas Escolares, superando o seu próprio recorde ao arremessar 14m51cm. Segundo a sua técnica, professora Jane Neves Pereira, "Antônio já vinha se preparando muito para esta competição, e tudo este resultado foi fruto da sua obstinação e de muito treinamento".

Outra excelente marca vem de João Vitor Moreira dos Santos, que foi recordista escolar nos 75 metros (classe T43) com o tempo de 12s38 na categoria sub16. É aluno da Escola de Educação Básica Professor Hermínio Heusi da Silva, da cidade de Romelândia (SC). O professor Elisandro afirma que esta é a primeira vez que o João Vitor participa das Paralimpíadas Escolares. "Já na fase regional ele bateu o recorde de 2019, nos 75 metros rasos. E além disso, foi campeão brasileiro no salto em distância e ainda tem chance de outro ouro nos 250 metros".

Para muitos, as Paralimpíadas Escolares são a porta de entrada para atletas que estão descobrindo o movimento paralímpico e participam de uma grande competição pela primeira vez. Ao mesmo tempo, estudantes que competem há anos neste evento chegam ao momento de se despedir dele para passar às provas de alto-rendimento.

 

Lido 290 vezes Última modificação em Terça, 02 Janeiro 2024 21:49