Publicado em Geral
Escrito por

Balanço Fesporte - Fevereiro/Maio 2024

A Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), encerrou a última semana com a presença do presidente, Freibergue Nascimento, apresentando ao governador Jorginho Mello, o balanço das ações entre fevereiro a maio  de 2024. 

O material detalhado mostrou as ações de todas as gerências que trabalham na Fesporte, além de  diversos programas que estão em andamento como o Bolsa Atleta 2024, entre alguns outros que acontecerão no decorrer do ano como ressaltou o presidente.

“A nossa missão aqui hoje era apresentar ao governador Jorginho Mello as ações feitas pois nestes três meses em que esta gestão se iniciou, ficamos muito satisfeito com o que as gerências vem apresentando até aqui e o que mostram os números é reflexo do bom momento da Fesporte. Desde fevereiro, se desenvolveram projetos em absolutamente todas as regiões de Santa Catarina como mostram os gráficos do apresentados aqui hoje.” detalha Freibergue.

A Gerência de Planejamento (Gepla), apresentou  o quanto foi feito de investimento financeiro nas quatro regiões esportivas da Fesporte (sul, leste-norte, oeste e centro-oeste),  atendendo a todas as demandas solicitadas pelos municípios. 

Na Gerência de Participação, destaque para os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), que foram realizados em Criciúma que na soma das etapas microrregionais e estaduais, movimentou mais de 10 mil pessoas pelo estado. 

O Programa de Iniciação Desportiva Escolar (Pide), o Programa de Incentivo ao Esporte Catarinense (Pies), e o Bolsa Atleta, são programas em andamento que mostram resultados positivos para a sociedade catarinense em todas as áreas.

“Temos um calendário cheio pela frente, muitos eventos e programas para serem colocados em prática e que continuemos caminhando juntos na direção positiva sempre pensando no melhor do nosso esporte” finalizou o presidente da Fesporte.

Publicado em Geral
Escrito por

Copa do Mundo de Futebol Feminino será no Brasil

Na manhã desta sexta-feira, 17, foi feito o anúncio de que o Brasil será a sede da Copa do Mundo Feminina de Futebol de 2027.

Coube a Gianni Infantino, presidente da Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa) a divulgação do país sede. O Brasil recebeu 119 votos e a candidatura rival, composta por Alemanha, Holanda e Bélgica, conquistou 78 votos. 

Para a professora Carine Bosetti, treinadora da equipe do Avai/Kindermann (de Caçador) e atual campeã dos Jogos Abertos de Santa Catarina destacou a importância de uma copa do mundo ser realizada no Brasil. 

“É motivo de grande alegria, o Brasil sediar esta copa do mundo, pois uma copa traz muitos benefícios para o desenvolvimento da modalidade em todas as categorias do futebol feminino”. 

E ressaltou também: “A gente torce para que o futebol feminino de desenvolva cada vez mais e que as meninas jovens tenham melhores condições em seus clubes e melhores competições. E jogar diante da torcida brasileira é muito importante”, finalizou. 

 

    Carine Bosetti destaca a importância da Copa no Brasil para o desenvolvimento do futebol feminino      Foto: Instagram Napoli 

 

Será a primeira vez que a Copa do Mundo Feminina de Futebol será realizada na América do Sul.  Por ser a anfitriã, a Seleção Brasileira já está classificada no campeonato.

A competição contará com 32 países e será disputada em 10 estados: Rio de Janeiro (Maracanã), São Paulo (Neo Química Arena), Minas Gerais (Mineirão), Rio Grande do Sul (Beira-Rio), Mato Grosso (Arena Pantanal), Distrito Federal (Mané Garrincha), Amazonas (Arena Amazônica), Ceará (Arena Castelão), Pernambuco (Arena Pernambuco) e Bahia (Fonte Nova). 

O Maracanã será o palco principal, que vai receber oito partidas, além da abertura prevista para 24 de junho, e a decisão em 25 de julho, de acordo com o projeto apresentado à Fifa.

Esta foi a primeira vez que a escolha da sede da Copa do Mundo Feminina foi realizada pelo congresso da Fifa, com direito a voto de todas as 211 associações nacionais de futebol – neste caso, foram 207 votos, já que os países candidatos não podem votar. Até então, a escolha se dava pelo Conselho da entidade, formado por apenas 36 integrantes.

 

O histórico de sedes da Copa do Mundo Feminina da Fifa:

 

1991 - China

1995 - Suécia

1999 - Estados Unidos

2003 - Estados Unidos

2007 - China

2011 - Alemanha

2015 - Canadá

2019 - França

2023 - Austrália e Nova Zelândia

2027 - Brasil

 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 3665 6126

Publicado em Geral
Escrito por

Cerimônia de abertura da 17a edição do Parajasc

O governo do estado de Santa Catarina através da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), convida para a cerimônia de abertura da 17a edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) que acontecem entre 27 de maio a 02 de junho.

O evento oficial de abertura,  acontece no dia 29 de maio no setor 4 da Vila Germânica, em Blumenau (SC).  O presidente da Fesporte, Freibergue Nascimento,  fala da expectativa para as competições que prometem ser uma grande celebração do paradesporto do estado de Santa Catarina. 

"Aguardamos ansiosamente o início desta edição do Parajasc pois é um evento que reúne o que temos de melhor no paradesporto do estado de Santa Catarina. Será uma edição muito importante já que no ano passado infelizmente as condições climáticas não permitiram que o evento acontecesse então sabemos que todos aguardam muito por este este ano" afirmou o presidente. 

"A Fesporte em parceria com a cidade de Blumenau e demais envolvidos vem tratando toda a organização com muito carinho e com o suporte importante da gestão do governador Jorginho Mello. Temos certeza que o povo catarinense ficará muito satisfeito com este evento" afirmou o presidente".

Conheça as modalidades do Parajasc

 

As modalidades que marcam a edição de 2024 do Parajasc, são altamente diversificadas e prometem movimentar a cidade de Blumenau na última semana do mês de maio. 

 

Atletismo, basquetebol com cadeira de rodas, basquetebol di, bocha paralímpíca, bocha raffa, ciclismo, futsal da-di, goalball, handebol com cadeira de rodas, natação, tênis de mesa, xadrez, judô e parataekwondo.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Lucas Ferrari pronto para o Parajasc 2024

Entre os dias 27 de maio a 02 de junho, o governo de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), realiza a 17ª edição do Parajasc que terá como sede a cidade de Blumenau. São esperados para esta edição, a participação de 2.200 competidores de 77 municípíos catarinenses.

Há longos anos como representante do paradesporto catarinense, Lucas já foi protagonista de voos altos no esporte como a  participação nas paralimpíadas de Londres em 2012, além de outras duas edições de jogos paralímpicos, em Guadalajara no México em 2011 e em Toronto na Canadá em 2015 onde conquistou duas medalhas de prata.

“O paradesporto trouxe ensinamentos para a minha vida, uma vivência muito grande já que no início eu demorei um pouco para me aceitar como uma pessoa com deficiência, porém  depois consegui construir uma carreira no paradesporto. Nos últimos anos o paradesporto cresceu bastanteno Brasil mas ainda pode evoluir muito mais na minha visão com mais eventos como o Parajasc que é muito importante para nós que somos aqui de Santa Catarina.

Um acidente doméstico sofrido ainda quando criança, fez com que Lucas sofresse um traumatismo crânio encefálico e passasse 21 duros dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O acidente mesmo ainda muito jovem, foi um verdadeiro divisor de águas na vida do atleta que considera que a cada dia que se passava era uma nova adaptação a rotina de vida.

“Quando eu conheci o atletismo foi paixão a primeira vista.  Logo no início eu comecei a competir e me destacar bastante e nos primeiros anos consegui chegar a seleção brasileira conquistando bons resultados em  alguns dos principais eventos do paradesporto mundial" complementa..

Alguns anos depois que já estava consolidado no atletismo, uma lesão no joelho  afastou Lucas das competições por mais de um ano e o paraatleta busca agora retomar no Parajasc o seu histórico de bons resultados no atletismo

“Infelizmente sofri uma grave lesão e um tempo considerável da  minha carreira, mas estou muito motivado para fazer uma grande participação no Parajasc em Blumenau já que venho treinando bastante e me sinto preparado para ir e celebrar juntos de milhares de paradesportistas catarinenses este evento tão importante para nós"

 

Publicado em Geral
Escrito por

Mariana Andrade faz parte da história do Ironman

A atleta de Florianópolis, Mariana Andrade, construiu uma história marcante no esporte de Santa Catarina participando das mais importantes provas do triathlon mundial. Neste domingo (19), a multicampeã tem mais um desafio importante na sua carreira durante a edição 2024 do Iroman Brasil  que terá como base a praia de Jurerê Internacional. 

O evento que acontece em Florianópolis desde o ano de 2001, tem o apoio oficial do governo do estado de Santa Catarina e neste ano contará com uma série de ações solidárias em prol das vítimas das enchentes no estado do Rio Grande do Sul.

Mariana Andrade vem com um retrospecto extremamente positivo nas provas do Iroman Brasil realizadas em Florianópolis. Na edição de 2023, a atleta foi a vice-campeã na categoria feminina. O resultado se soma a outros expressivos feitos de Mariana Andrade  como o título do GP Extreme, em Penha (SC), além de outros resultados de pódio em provas de triathlon e ciclismo, modalidade esta que a atleta também compete profissionalmente. 

"Esta será a minha 16a participação no Ironman Full em Florianópolis e estou muito motivada porque no ano passado eu tive uma prova muito boa e acabei no segundo lugar. O Ironman tem muita história no esporte de Florianópolis e é uma honra na minha carreira estar participando novamente neste ano de 2024" falou a atleta..

O crescimento do Ironman  no país está diretamente ligado à prova em Jurerê Internacional. Afinal, foi ali que a competição ganhou força e adeptos, passando de pouco mais de 200 competidores na primeira edição para os mais de 1700 nas últimas edições, e de diversas partes do mundo. 

Além dos benefícios para a região, ainda colocou em evidência uma número maior de competidores nacionais no evento internacional que gera também uma grande movimentação para a economia de Florianópolis.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Atualizações - Programa Bolsa Atleta 2024

O governo do estado de Santa Catarina através da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), está trabalhando no Programa Bolsa Atleta que em 2024 será realizado pelo terceiro ano consecutivo, atendendo centenas de atletas catarinenses e das mais diferentes regiões do estado.

O programa Bolsa Atleta tem como objetivo oferecer um auxílio financeiro para que atletas de todo o estado de Santa Catarina tenham o apoio necessário para poder viajar e competir, evoluindo assim em suas carreiras nas mais diversificadas modalidades do esporte brasileiro e mundial.

No ano de 2023, o programa  do governo do estado de Santa Catarina atendeu 829 atletas número destacado Freibergue Nascimento, presidente da Fesporte que ressalta também que o mesmo procedimento permanecerá este ano, atendendo o maior número de atletas que se enquadrem nas exigências do edital.

"O programa Bolsa Atleta é um incentivo financeiro que o governo do estado de Santa Catarina através da Fesporte atende todos os atletas e visando o bom desenvolvimento dos esportistas catarinenses. Pensando de que formas a atual gestão do governador Jorginho Mello poderia incentivar ainda mais o esporte local, no ano de 2023 o número de atletas contemplados aumentou consideravelmente e eu penso que é uma prática que será feita novamente este ano e explanada para todo o Brasil' afirmou o presidente

O bolsa atleta 2024 foi lançado no diário oficial do estado de Santa Catarina no dia 02 de abril, onde foi apresentado os procedimentos de cadastros, inscrição e os critérios para concessão, podendo concorrer  atletas e paratletas que se enquadrem no estabelecido pela Lei nº 18.335 de 6 de janeiro de 2022.

Nesta semana, a Fundação Catarinense de Esporte prorrogou os prazos do Programa Bolsa Atleta 2024 para que os atletas cumpram detalhadamente e dentro do prazo estabelecido pelo governo de Santa Catarina, as exigências para que possam concorrer ao programa.

O prazo onde a lista final dos atletas contemplados, será no dia 11 de junho, no Diário Oficial do estado de Santa Catarina e o último procedimento será o envio do termo de adesão aos atletas contemplados que terão até  o dia 17 de junho para finalizar o procedimento.

As dúvidas referentes ao programa Bolsa Atleta 2024, devem ser encaminhadas para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou no número (48) 9.9125-2286

http://www.fesporte.sc.gov.br/consultas/documentos-indice/category/1064-2024

https://leisestaduais.com.br/sc/lei-ordinaria-n-18335-2022-santa-catarina-institui-a-bolsa-atleta-de-santa-catarina-e-estabelece-outras-providencias

 

Publicado em Geral
Escrito por

Skatistas catarinenses buscam vaga à Paris 2024

Quatro skatistas catarinenses buscam a partir da madrugada de quinta-feira, 16, vagas para representar o Brasil nas Olimpíadas de Paris 2024. 

Pedro Barros, Isadora Pacheco, Yndiara Asp e Pedro Carvalho, são Santa Catarina em Xangai e representam a equipe brasileira na busca das vagas para Paris. 

Os principais skatistas do mundo estarão reunidos em Xangai, na China para a disputa do Olympic Qualifier Series (OQS), o penúltimo evento classificatório para os Jogos Olímpicos. 

Medalhista de prata nas Olimpíadas de Tóquio (2021) e especialista no skate park, Pedro Barros é o terceiro melhor brasileiro no ranking mundial, é tem grande chances de conquistar umas das vagas. 

O OQS em Xangai, nesta semana; e o OQS em Budapeste, no próximo mês de junho, são os dois últimos eventos classificatórios para Paris 2024. Apenas os três melhores skatistas brasileiros de cada modalidade irão representar o país.

Esta etapa vai contar com transmissão ao vivo e gratuita através do Olympic Channel via Olympics.com. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 3665 6126

Publicado em Geral
Escrito por

Beatriz Chagas está na seleção brasileira de bocha paralímpica

 

A atleta da bocha paralímpica, Beatriz Marta das Chagas, foi novamente convocada para a seleção brasileira da modalidade. Inicialmente, a paratleta irá participar de um período de treinamentos com a equipe principal  nacional visando a participação na São Paulo Boccia Cup, que no acontece no Centro de Treinamento do Comitê Paralímpico Brasileiro, em São Paulo,  entre 22 de maio a 07 de junho. 

Beatriz, natural de Florianópolis é atleta da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), contemplada pelo programa bolsa atleta, do governo estadual por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte),  e conta com um expressivo currículo na bocha paralímpica. No ano de 2023, a atleta levou o nome de Santa Catarina mundo a fora participando de diversas competições internacionais na América do Sul e o ponto máximo que foi a participação no campeonato mundial de jovens em Portugal.

Em seu currículo nas competições estaduais realizadas pela governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte,  a talentosa representante da bocha paralímpica catarinense, já marcou presença em algumas edições dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina. 

Segundo a professora e técnica da equipe  da Fundação Catarinense de Educação Especial, Fabíola Spader, Beatriz integra a equipe da instituição há cerca de cinco anos aperfeiçoando seus treinamentos junto aos demais atletas  da modalidade.  As convocações para a seleção são fruto de sua dedicação diária.

"A Beatriz além de talentosa e  muito dedicada e que no ano passado teve um excelente momento na bocha paralímpíca podendo agregar crescimento a sua carreira em diversos eventos internacionais. Agora em 2024, ela segue sendo convocada  novamente para a seleção brasileira principal, isso ê fruto de todo a dedicação e comprometimento dela, assim como de todos os profissionais aqui da FCEE que trabalham junto  nessa caminhada dentro do paradesporto" explica Faby. 

No período de treinamentos com a seleção brasileira, Beatriz estará acompanhada por Francielli de Rezende, assistente esportiva  que foi convocada pela seleção Brasileira Principal para compor o elenco.  Francieli será a quinta vez que é  convocada para ser Assistente esportiva da Seleção.

Beatriz Chagas possui paralisia cerebral e é natural de Florianópolis, treina no Centro de Educação Física  e  Cultura da FCEE, em São José, desde 2018. Logo nos primeiros anos participando de competições oficiais, a competidora já se destacou vencendo títulos internacionais e mostra através de seus resultados recentes que  futuro é muito promissor.

 

 

Pagina 2 de 422