Quem foi ao ginásio do Instituto Maria Auxiliadora (Ima) nesta sexta-feira, 18, em Rio do Sul, para ver alguns atletas olímpicos que disputam o judô dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) não se arrependeu, isso porque eles fizeram jus ao favoritismo e ganharam medalhas de ouro para seus municípios. Por São José Maria Portela (Rio 2016), por exemplo,  venceu sua final contra Maria Schroll, de Chapecó, na categoria – 70kg.

Rafael Macedo (Tóquio 220, campeão mundial e pan-americano), por sua vez, faturou o ouro  depois de vencer Luiz Rego, de Florianópolis, na categoria – 90kg.

Maria Suélen Altheman (Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020), foi ouro na categoria + 75kg, por Itajaí, ao passar por  Anny Ribeiro, de São José.

“O Jasc é uma baita competição. É minha segunda vez que participo e é sempre uma satisfação participar deste torneio. Fiz uma final bem interessante contra a Scholl, uma atleta forte, que está despontando. Fiquei muito feliz com o resultado da luta e da forma que ela se desenvolveu na final, que foi com a medalha de ouro”, destacou Maria Portela.

Maria Portela (branco) foi ouro por São José (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

“É a primeira vez que participo dos Jasc. Já sabia que se tratava de uma grande competição e agora pude sentir na pele a grande competição que é”, elogiou o campeão mundial Rafael Macedo.

“Foi muito satisfatório pra mim receber o convite para participar dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Estou no processo de encerramento de carrera e  encerrar assim competindo em um torneio forte foi muito importante para mim”, disse Maria Suélen Altheman  .

 Além do brilhantismo das estrelas, outro momento bastante aplaudido para quem foi ao ginásio do Ima foi quando  o atleta deficiente visual, Elias Silva, 38 anos, de São Bento do Sul, entrou no tatame para lutar contra o cubano Yosmel Mena, de Florianópolis, na categoria – 81kg.

Campeão mundial Rafael Macedo com sua medalha de ouro conquistada por São José (Foto: Antonio Prado)

Yosmel aceitou lutar com Elias nas condições do judô paralímpico, ou seja, que cada atleta iniciasse a luta a partir da pegada no quimono com o árbitro levando Elias pelo braço até o centro da tatame. O rápido ippon aplicado por Yosmel em Elias foi apenas um detalhe para publico, que aplaudiu a perseverança e a força de vontade do atleta de São Bento do Sul.

Segundo Elias, ele usou os Jasc como preparativos para as paralimpíadas Paris 2023, já que ele está treinando com o Comitê Paralimpico Brasileiro, com  objetivo de conseguir uma vaga.

Treinador Alan Vieira conversa com seu atleta deficiente visual Elias Silva (Foto: Antonio Prado)

O judô nos Jasc continua neste sábado, 19, com as lutas nas categorias  – 60kg, - 66, -100 e  -73kg no masculino, e ainda no -44kg, -48, -78 e -52kg no feminino. No domingo, 20, a competição finaliza com as disputas por equipes. 

A etapa estadual da 61ª edição dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a o município de Rio do Sul.

 

 

No penúltimo dia competição, confira como está o quadro parcial de pontos da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Rio do Sul na manhã deste sábado

1º - Blumenau – 142 pontos

2º - Itajaí – 127 – pontos 

3º - São José – 108 pontos

4º - Florianópolis – 74 pontos

5º - Balneário Camboriú – 47 pontos

6º - Chapecó – 41 pontos

 

Confira como está o quadro parcial de pontos da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Rio do Sul na manhã desta sexta-feira

1º - Blumenau – 140 pontos

2º - Itajaí – 127 – pontos 

3º - São José – 108 pontos

4º - Florianópolis – 74 pontos

5º - Balneário Camboriú – 47 pontos

6º - Chapecó – 38 pontos

 

O tênis de mesa de Chapecó começou muito bem a luta para conquistar o troféu de campeão geral do tênis de mesa dos Jogos Abertos de Santa  Catarina (Jasc) nesta quinta-feira em Rio do Sul. Isso porque os chapecoenses conquistaram com louvor a medalha de ouro dupla mista.

Na final a dupla do Oeste catarinense, formada Lucca Kumahara, e Carlos Ischida, venceu na final por 3 a 0 a Jean Streit e Daniele Rauen, de São Bento do Sul, com parciais de 11/6, 11/9 e 11/7.

A medalha de bronze ficou com a dupla Allan Sarmento e Priscila Salvador, de Jaraguá do Sul.

“É primeira vez que jogo com o Carlos e no início é muito difícil, porque jogo em dupla exige muito entrosamento, mas mesmo assim conseguimos encaixar bem nosso jogo e conquistar a medalha de ouro”, valorizou a vitória Luca Kumahara.

O tênis de mesa dos Jasc prossegue nesta sexta-feira com disputas individuais e finaliza no domingo. A etapa estadual da 61ª edição dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a o município de Rio do Sul.

 

 

As últimas provas do Tiro Esportivo dos Jogos Abertos foram disputadas nesta quinta-feira, no stand da Associação Caça e Tiro. Na prova armas curtas, Pistola 25 metros (Fogo Central), Rio do Sul conquistou ouro por equipe. Chapecó ficou em segundo e Caçador em terceiro. No individual deu Júlio Almeida, de Rio do Sul, com ouro, Emerson Duarte por Chapecó com prata e  o rio-sulenseVladimir da Silveira com bronze. Na classificação geral, troféu da modalidade Armas Curtas – pistola ar, pistola 50 e 25mts – Chapecó foi campeã, com 5.008 pontps no total, Rio do Sul segundo com 4.979 e Caçador com 4.819.

A campanha de Rio do Sul na modalidade Armas Curtas foi considerada boa pelo coordenador da equipe, Douglas Werner Heckmann. “No geral fomos bem, com algumas inversões de expectativas em prova em que éramos favoritos e não confirmamos, em outra nos superamos”, comentou. 

Nas Armas Longas, as quatro provas do programa – apoiada, seta, ar, deitado - definiram o troféu para Timbó, com Chapecó em segundo e Joinville em terceiro. Pela equipe campeã atiraram José Giovanella, Richard Melnick, Geovana Meyer, Cláudia Rocha. “Esse título é o resultado de muita dedicação. Montamos uma equipe nova, em relação ao ano que passado, pois naquela oportunidade nem ficamos entre os três primeiros. Neste ano treinamos muito para este momento”, disse Giovanella.

 

O município de Blumenau amanheceu nesta quinta-feira, 17,  no oitavo dia de competição, na liderança da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Rio do Sul. Os títulos conquistados no basquete e no voleibol, ambos no masculino, e o vice-campeonato no handebol feminino e futsal masculino foram determinantes para os blumenauenses assumiram a dianteira na classificação geral dos Jasc.

Itajaí, que até quarta-feira estava na liderança, caiu para a segunda colocação. Confira os seis primeiros colocados, até o momento, na manhã desta quinta-feira.

1º - Blumenau – 138 pontos

2º  - Itajaí – 127 pontos

3º - São José – 108 pontos

4º - Florianópolis – 74 pontos

5º - Balneário Camboriú – 46 pontos

6º - Jaraguá do Sul – 29 pontos

 

Pagina 3 de 270