Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, a retificação do edital nº 01 de 2 de abril, que apresenta os procedimentos de cadastros, inscrição e os critérios para concessão do Bolsa-Atleta de Santa Catarina para o ano de 2024. O edital visa a transferência de recursos do Governo de Santa Catarina para atletas e paratletas que se enquadrem no estabelecido pela Lei nº 18.335 de 6 de janeiro de 2022, tornando pública e aberta as inscrições para a concessão da Bolsa-Atleta de Santa Catarina, mediante as condições estabelecidas no edital.

A inscrição do(a) Atleta Candidato(a) deverá ser efetivada exclusivamente por meio do Sistema Bolsa-Atleta Santa Catarina, que estará disponível até às 23h59min do dia 21 de abril de 2024, no endereço eletrônico https://fesporte.web.placarsoft.app .

Para criação de usuário e senha de acesso ao sistema, realização da inscrição e acompanhamento do pleito, o atleta candidato deverá efetuar cadastro no endereço  https://fesporte.web.placarsoft.app

Lembrando que é de exclusiva responsabilidade do Atleta Candidato o acesso às páginas eletrônicas, bem como pelo preenchimento on-line do formulário de inscrição disponível na área restrita do atleta, acessada mediante utilização de login e senha pessoais gerados com o cadastro.

Para acessar o edital completo com todas as informações, como valores, modalidades, quem tem direto, etc, clique aqui.

Mais informações podem ser obtidas no e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Confira o edital por completo:

Está é uma informação importante:

A partir do dia 15 de março de 2024, começa o prazo de apresentação da Declaração do Importo de Renda junto à Receita Federal. Como forma de auxílio, as pessoas físicas e jurídicas poderão - se assim desejarem - direcionar parte do seu importo de renda para o Fundo da Infância e da Adolescência (FIA), bem como para o Fundo Estadual do Idoso (FEI).

As empresas podem doar até 2% (dois por cento) do seu Imposto de Renda devido e as pessoas físicas podem doar de 3% (três por cento) a 6% (seis por cento) do IR devido. O contribuinte pode ainda, se preferir, fazer a divisão desses 6% (seis por cento), por exemplo, destinando 3% (três por cento) ao FIA e 3%  (três por cento) ao FEI. Já as pessoas jurídicas poderão fazê-lo na proporção 1% (um por cento) para cada fundo especial.

Vale destacar que todo recurso destinado aos fundos especiais são aplicados exclusivamente nas ações, programas, projetos e atividades sociais para os quais são destinados, sejam estes voltados para as crianças ou às pessoas idosas do Estado de Santa Catarina.

Assim, como informamos inicialmente, esta é uma informação importante pois muitos contribuintes desconhecem a possibilidade desta destinação, bem como os benefícios e os impactos que ela causa em ações e projetos em prol das crianças, adolescentes e das pessoas idosas.

 

O Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) comunica que a data limite para inscrição de seu município a fim de participar dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), na cidade de Criciúma, encerra nesta sexta-feira, dia 29 de março, às 18h59min.

Os Jasti reúnem atletas que competem nas modalidades de Atletismo, Beach Tênis, Bocha, Bolão 23, Canastra, Dominó, Dança Coreográfica, Dança de Salão, Dança Popular, Truco e Voleibol adaptado. Assim, reforçamos a importância da inscrição de sua cidade para participar da fase microrregional, pois a não inscrição impedirá participação nos eventos deste ano, prejudicando as equipes que estão em formação no seu município.

Os Jogos Abertos da Terceira Idade em Santa Catarina (JASTI) criado em 2008 com objetivo de envolver o idoso em atividades esportivas e recreativas. Além disso, as atividades têm a função de valor e estimular práticas esportivas, resgatando a autoestima para melhor convívio social.

 

Foram realizadas no ultimo final de semana as seletivas nacionais para as Paralimpíadas Escolares, que acontecerão no segundo semestre, na cidade de São Paulo. O evento foi organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e contou com a parceria da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). 

Durante esse período, competiram 275 atletas, contando com 124 organizadores (staffs) e a participação de 23 municípios catarinenses, nas modalidades de bocha paralímpica, atletismo e natação. As disputas do atletismo e de bocha paralímpica foram realizadas na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e as de natação, na Elase. 

A alimentação, o alojamento e o deslocamento dos atletas foram de responsabilidade da Fesporte. Foram servidas 2225 refeições entre café da manhã, almoço, jantar e lanche para viagem, num investimento que ultrapassou os R$ 150.000,00 reais do Governo Estadual.  

Os paratletas e suas equipes ficaram alojados nas seguintes escolas estaduais, em Florianópolis: Irineu Bornhausen, no Estreito; Edith Gama Ramos, em Capoeiras; e também na Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), no bairro Nossa Senhora do Rosário, em São José. 

Texto – Enio Parker Novaes (Ascom/Fesporte) – (48) 99137 3339

Neste sábado (2), acontecem as seletivas Estaduais Paralimpíadas Escolares e a Fesporte será parceira do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro). E para este evento estão inscritos 275 atletas, contando com 124 organizadores (staffs) e a participação de 23 municípios catarinenses. No primeiro dia começam as competições às 8 horas com provas até às 11h30min, com as competições de atletismo e bocha paralímpica na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). À tarde continuam as provas de atletismo e bocha, e acontecem também as provas de natação na Elase.

A Fesporte terá a responsabilidade no transporte dos atletas, alimentação e alojamento. Para o deslocamento de todos os envolvidos serão utilizados 13 ônibus e cinco microônibus. Serão servidas 2.400 refeições, entre café da manhã, almoço, jantar e lanches para viagem.

Meeting Paralímpico - Já do domingo (3) acontece o Meeting Paralímpico Loterias Caixa, também na Universidade Federal de Santa Catarina, com três modalidades. São 390 inscritos nas provas de atletismo e 24 nas partidas de bocha na Universidade Federal de Santa Catarina, além de 51 nadadores no Clube Elase, totalizando 465 atletas.

A capital catarinense já recebeu etapas anteriores do evento, mas, de forma inédita, sediará o novo formato. Em 2024, além de atletismo, natação e halterofilismo no alto rendimento, presentes no Meeting desde 2021, a competição também passou a reunir provas para categorias de base organizadas pela Diretoria de Desenvolvimento Esportivo do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Essas disputas valem como Seletivas para as Paralimpíadas Escolares, Paralimpíadas Universitárias, Paralimpíadas Milares e Intercentros.

 

Na tarde desta sexta-feira (1º), a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) realizou uma reunião significativa no auditório da sua sede, contando com a presença de dirigentes de diversos municípios que fazem parte do sistema esportivo estadual. O encontro teve como principal objetivo o aperfeiçoamento no processo de convênios e esclarecimentos sobre a obtenção de recursos por parte dos municípios para a realização de eventos esportivos.

A Fesporte, em seu calendário, promove 11 programas esportivos que recebem apoio financeiro para sediar suas etapas, além de campeonatos estaduais, busca através desta reunião, fortalecer e simplificar os processos necessários para que os municípios possam se beneficiar de tais recursos. A inclusão das cidades sede das etapas regionais no apoio financeiro deste ano foi um dos destaques, visando garantir que os preparativos para os jogos transcorram isentos.

Durante o evento, Ricardo Luchi, gerente de Planejamento da Fesporte juntamente com sua equipe, falou sobre as 'Transferências Voluntárias Especiais' (TEVs), enfatizando a importância dessa aproximação com os municípios para evitar problemas nos repasses financeiros. A presença da Coordenadora Técnica dos Núcleos de Gestão de Convênios da Casa Civil, Zadir Ferreira, e sua equipe, reforçou o compromisso do Governo estadual em apoiar e facilitar a gestão de eventos esportivos nos municípios.

Este encontro marca um passo importante para a padronização e esclarecimento de dúvidas que podem ser comuns entre os municípios, garantindo que os recursos sejam aplicados de maneira eficaz e que os eventos esportivos programados possam ser realizados com sucesso, contribuindo para o desenvolvimento do esporte em todo o Estado.

A Fesporte reafirma seu compromisso em promover o esporte como ferramenta de inclusão social e desenvolvimento humano, trabalhando em conjunto com os municípios para superar desafios e maximizar o potencial esportivo catarinense.

 

Pagina 1 de 9