Publicado em Olesc
Escrito por

E o troféu da natação vai para... Itajaí e Tubarão

Quando os nadadores de Itajaí Arthur Matos, Bruno Safanelli, Davi Pereira e Lucas Machado caíram na piscina da Pame para disputar os dois revezamentos, o 4x100 livre e o 4x100 medley, nesta quinta-feira, 6, em Indaial, eles tinham um propósito: nadar o mais rápido possível e conseguir não somente a medalha de ouro, mas também o troféu de campeão geral da modalidade que se encerrou nesta quinta. E foi o que aconteceu. 

As duas vitórias nessas provas foram fundamentais para os itajaienses fecharam a competição em primeiro lugar, no masculino, com 99 pontos. São Bento do Sul, que antes da decisão estava um ponto atrás dos campeões (81 a 80) terminou em segundo lugar com 90 pontos. Blumenau ficou em terceiro lugar com 69 pontos.

Na disputa entre as mulheres destaque para Isabela Mazuco, ouro nos 200 metros livres, nos 100 metros costas e no revezamento 4x100 livre, além de prata nos 100 metros livre e no revezamento 4x100 medley.

A performance de Isabela foi determinante para Tubarão levar o troféu de campeão no feminino com 114 pontos, deixando em segundo lugar Joinville, com 107. Concórdia ficou em terceiro no quadro de classificação com 102 pontos.

“Este título vem sendo almejado desde 2006 com essa garotada e graças a Deus conseguimos este objetivo agora em 2018. Tudo foi bem planejado”, destacou o treinador de Tubarão, André Lemos.

“A conquista do troféu de campeão geral da natação masculina por Itajaí é devido a um trabalho sério na base”, revela o treinador Leandro Peixoto. Ele se refere ao Projeto Social Nadar, mantido pela prefeitura há três anos e que em 2018 já atendeu 3.218 crianças entre 7 a 12 anos, sendo considerado o maior núcleo de natação gratuita do país.

Nesta edição da Olesc não houve registro de recordes na natação,  já que se inaugurou uma nova ordem de provas em piscinas de 25 metros, visto que nos dois últimos anos as disputas foram realizadas em piscinas de 50 metros.

A 18ª edição da Olesc marcou a despedida do treinador da natação feminina de Jaraguá do Sul Ronaldo Fructuozo, que deixa o comando das atletas depois de 23 anos de serviços. “Já estou cansado, acho que já era hora de parar e curtir um pouco a família”, revelou. 

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Fesporte tem maioria das sedes definidas para 2019

 

Edenilson Leandro, especial para a Fesporte

A Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte) fecha o ano de eventos em 2018 com a Olimpíada Estudantil Catarinense, que prossegue até sábado (8) em Indaial e Timbó, no médio vale do Itajaí. Ao mesmo tempo, o órgão estadual encerra mais uma temporada com a maioria das sedes da etapa estadual de suas promoções definidas para 2019.

"É uma situação importante para a estruturação das cidades que vão receber, especialmente, a fase final dos eventos", define o coordenador da Olesc 2018, Maurício  Scharf.

Neste cenário, seis sedes estão definidas para o ano que vem. Os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) estão confirmados para uma tripla candidatura e serão realizados conjuntamente por Timbó, Pomerode e Indaial. Os Joguinhos Abertos ocorrerão em Rio do Sul. A Olesc, em Videira; os Jogos Escolares  de Santa Catarina (Jesc) em Curitibanos (12 a 14 anos); os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) em Gaspar; e o Moleque Bom de Bola, em Antônio Carlos.

A maior dificuldade paira sobre o paradesporto. Nem ParaJasc nem ParaJesc receberam inscrições de candidaturas para 2019. "São eventos que requerem estrutura diferenciada. É tema para ser tratado logo no começo do próximo ano", explica o diretor de esportes da Fesporte, Jeferson Ramos Batista.

Também nos primeiros meses de 2019 deverá ser definido o calendário com as datas dos eventos, assim como os locais e períodos das classificatórias.

Os Jesc para 15 a 17 anos também estão sem sede.

Para 2020, algumas sedes também já estão oficializadas. Os Jasc serão em Jaraguá do Sul; os Joguinhos, em Videira; a Olesc, em Curitibanos; e os Jasti, em Criciúma.

Publicado em Olesc
Escrito por

Itajaí volta a conquistar o handebol da Olesc

Por Antonio Prado

Quando entrou na quadra do ginásio da Pame, em Indaial, para disputar a final do handebol masculino da Olesc, nesta quarta-feira , o time de Itajai queria retomar a hegemonia de ser o maior papa-títulos da modalidade: cinco até então.

 E só foi a bola passar de mão em mão entre os atletas para o torcedor perceber que os itajaienses queriam voltar aos tempos das conquistas, já que nos  últimos dois anos os títulos ficaram com Balneário Camboriú e Lages.

Do outro lado da quadra um time de respeito: Criciúma. Mas no jogo os Itajainenses mostraram mais disposição e volume de jogo vencendo a partida por 25 a 19 com destaque para o itajaiense  Jean, autor de 10 gols.

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

Publicado em Olesc
Escrito por

Blumenau amplia vantagem na liderança da Olesc

Edenilson Leandro, especial para a Fesporte

Em dia intenso, quatro equipes sagraram-se campeãs da Olimpíada Estudantil Catarinense - a Olesc 2018 que ocorre até sabado (8) nas cidades de Indaial e Timbó. Com o encerramento de mais quatro torneios, houve movimentação no quadro de pontos que vai definir a cidade campeã da Olesc. Com a conquista do basquete feminino, o quarto lugar no handebol masculino e o sexto lugar no futsal feminino, Blumenau subiu de 52 para 69 pontos e continua na liderança da Olesc 2018. Em segundo está Itajaí, com 37; e em terceiro, Tubarão, com 34. Joinville, que soma nove títulos gerais da Olesc e venceu nos dois últimos anos, aparece em quarto, com 33.

Nesta quarta (5), terminaram o dia como campeões Blumenau, no basquete feminino; Concórdia, no futsal feminino; Brusque, no vôlei masculino; e Itajaí, no handebol masculino. Na decisão do ouro do basquete feminino, Blumenau derrotou Jaraguá do Sul por 58 a 55 com uma virada nos minutos finais. O bronze ficou com Criciúma, ao vencer São Miguel do Oeste por 58 a 45. O troféu do futsal feminino ficou com o time de Concórdia. A equipe derrotou Itajaí por 4 a 0 na final. Na disputa pelo terceiro lugar, Caçador derrotou Criciúma por 5 a 3. O prêmio máximo do vôlei masculino da Olesc foi para Brusque. O time da cidade venceu Jaraguá por 3 sets a 0. Balneário Camboriú ficou em terceiro após ganhar Gaspar por 3 a 2.

O dia de decisões terminou com o handebol masculino. O título de campeão ficou com Itajaí, ao vencer Criciúma por 27 a 19. São José terminou em terceiro - derrotou Blumenau por 29 a 27. Nesta quinta (6) terminam as modalidades de xadrez, tênis e natação. A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

Publicado em Olesc
Escrito por

Ginástica rítmica e judô estreiam nesta quinta na Olesc

Edenilson Leandro/  Especial para a Fesporte

As duas últimas modalidades a estrearem na Olimpíada Estudantil Catarinense são judô e ginástica rítmica. O programa da Olesc 2018 fica completo nesta quinta-feira (6), quando as duas modalidades entram em ação. Os dois torneios prosseguem até o sábado (8), quando encerra-se a Olesc em Indaial e Timbó, que sediam conjuntamente o evento desde o dia 30 de novembro. 

O congresso técnico dos representantes da ginástica rítmica ocorreu na noite desta quarta, acertando os detalhes para as apresentações das atletas. Treze municípios se inscreveram para as disputas que ocorrerão no ginásio da Metisa, em Timbó, a partir das 8h30 desta quinta. Com 13 títulos, Joinville é o maior campeão da ginástica rítmica da Olesc. O judô reuniu representantes também nesta quarta. São 22 cidades inscritas no masculino e 24 no feminino. As lutas serão realizadas no ginásio da Escola Frederico Hardt, em Indaial.

Na lista dos maiores campeões do judô da Olesc estão Florianópolis, com quatro títulos no masculino; e Joaçaba, com três no feminino. A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial. Confira os boletins informativos da Olesc e os resultados das modalidades clicando aqui.

Publicado em Olesc
Escrito por

Blumenau é campeã no basquete no último minuto

Por Antonio Prado

A final do basquete feminino da Olesc entre Blumenau e Jaraguá do Sul, nesta terça-feira, 5, em Indaial, é daquelas partidas históricas que ficarão para sempre na memória de muita gente. Isso porque Blumenau foi campeã de maneira incrível. Durante quase toda a partida as blumenauenses ficaram atrás do placar.

Faltando três minutos para o fim do jogo a diferença era de 12 pontos. A torcida jaraguaense, presente ao ginásio Gustavo Barroso, já dava a vitória como certa, mas em uma reação sensacional as meninas de Blumenau começaram a fazer ponto atrás do outro e no último minuto duas bolas de três pontos da blumenauense Vitória selaram o placar: Blumenau 58, Jaraguá do Sul 55.

 Os dois times saíram de quadra aos prantos. Para as blumenauenses o choro era de alegria. Já para as jaraguaenses as lágrimas eram de decepção. “Não desistimos em nenhum momento, minha técnica Bruna disse no intervalo que  na hora certa a bola ia cair e foi o que aconteceu”, comemorou a cestinha da equipe campeã, com 16 pontos, Vitória.

 “Acho que faltou um pouquinho mais de garra para o nosso time no final da partida, pois a equipe achou que o jogo já estava ganho. Mas não vou tirar os méritos das meninas de Blumenau, que jogaram muito bem”, admitiu a jaraguaense Gabriela.

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

Publicado em Olesc
Escrito por

Natação da Olesc começa com recorde de joinvilense

Edenilson Leandro/Especial para a Fesporte

A natação da Olesc 2018 começou a ser disputada nesta quarta-feira (5) e lotou o ginásio da Ampe, em Indaial, de atletas, treinadores e familiares. Num clima de vibração total, a primeira etapa, realizada pela manhã, terminou tendo como destaque a joinvilense Letícia Fassina Romão. Ela venceu a última prova da manhã, os 800 metros livre, estabelecendo a nova melhor marca da Olimpíada Estudantil Catarinense: 9min20s12.

Letícia tem 14 anos e participa de competições desde os nove. Esta é sua terceira Olesc. A medalha conquistada nesta quarta teve sabor especial, segundo ela, por estar em uma verdadeira maratona de viagens e piscinas. "Esta é minha quarta semana seguida com competições. Chequei de um Brasileiro em Vitória (ES) e vim para a Olesc", explicou.

Pedro Henrique venceu os 50 metros costas. "Quero ser um bom atleta e uma boa pessoa" (Foto: Edenilson Leandro)

Outro medalhista do Norte do Estado na primeira etapa foi Pedro Henrique de Souza, de São Bento do Sul, ganhador dos 50 metros costas com 28s80. Aos 14 anos e na natação desde os sete, ele festejou a vitória com uma constatação: "O trabalho está dando certo", disse. Sem fazer previsão sobre até onde pretende chegar no esporte, Pedro faz uma reflexão sobre os objetivos e o futuro: "Quero ser um bom atleta e uma boa pessoa".

Os outros vencedores da etapa de abertura da natação: 50m costas, Paula Simioni (Concórdia); 100m peito, Kauan Eduardo Matias (Lages) e Laura Búrigo Antunes (Tubarão); 100m livre, Murilo de Souza Volpato (Tubarão) e Paula Simioni (Concórdia).

A natação termina nesta quinta (6).

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

Publicado em Olesc
Escrito por

O papel da Olesc no crescimento do tênis de mesa

Edenilson Leandro/ Especial para a Fesporte

O ginásio Sérgio Peters, no Centro de Indaial, vive a movimentação do tênis de mesa da Olesc 2018. Nesta terça-feira (4) prosseguiram as disputas entre as mais de 40 equipes inscritas no masculino e no feminino. Nas cinco mesas montadas na quadra do ginásio, desfilavam atletas com maior ou menor experiência em competições. Fora da área de jogos, gente mais tarimbada repassando orientações a seus jogadores em busca da melhor performance e rendimento.

Um destes é o técnico de Criciúma, Alexandre Ghizi, de 39 anos, 18 deles na função de revelar e comandar atletas e cuja experiência e conhecimentos são utilizados por vezes a serviço da seleção paralímpica. Ele destaca a importância da Olesc para fortalecer o rendimento dos jovens mesa-tenistas. "Por mais jovem que seja, o atleta gosta de competição. Em Criciúma, nosso projeto tem um evento por mês com este objetivo de colocar o grupo para efetivamente jogar", diz Alexandre.

Em Criciúma, o tênis de mesa se alicerça na parceria entre o clube Mampituba (que tem o patrocínio do Comitê Brasileiro de Clubes - CBC), a Fundação Municipal de Esporte e escolas. Da captação de talentos até a participação em competições, são três estágios que se consolidam na participação de eventos como a Olesc 2018.

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial. Para acessar os resultados do dia e conferir os boletins informativos da Olesc, clique aqui.

Publicado em Olesc
Escrito por

Dia de conhecer mais quatro campeões da Olesc

Edenilson Leandro, especial para a Fesporte

A Olimpíada Estudantil Catarinense - Olesc 2018 - terá mais quatro campeões de modalidades definidos nesta quarta-feira (5) em Indaial e Timbó, onde acontece a última competição do ano da Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte).

Serão entregues troféus para o futsal feminino, vôlei masculino, handebol masculino e basquete feminino. Com isso, haverá movimentação no quadro de pontos que apontará a cidade campeã da Olesc 2018. Hoje, a liderança é de Blumenau, com 52 pontos. Em segundo está Tubarão, com 34; e em terceiro, Joinville, com 31.

A primeira equipe campeã sai na hora do almoço, no basquete feminino. Às 11h30, no ginásio da Escola Gustavo Barroso, em Indaial, Jaraguá do Sul e Blumenau disputam a final. Na semifinal desta terça-feira (4), Jaraguá venceu São Miguel do Oeste por 59 a 49 e Blumenau passou por Criciúma por 70 a 60.

No futsal feminino enfrentam-se Concórdia e Itajaí na final, às 15h15, no ginásio da Albany, em Indaial. As concordienses eliminaram Caçador por 6 a 4, nesta terça, e Itajaí venceu Criciúma por 6 a 4.

O campeão do handebol masculino será conhecido a partir das 16h45, no ginásio da Pame, em Timbó. Os finalistas são Criciúma, que venceu São José por 26 a 23; e Itajaí, que bateu Blumenau por 28 a 13.

Para fechar o cardápio de decisões em modalidades coletivas nesta quarta, o vôlei masculino estará em quadra às 15 horas, no ginásio da Mueller, em Timbó. Jaraguá e Brusque disputam o troféu. Nas semifinais, os resultados foram: Balneário Camboriú 1 x 3 Brusque e Gaspar 0 x 3 Jaraguá.

Em todas as modalidades também haverá disputa pelo terceiro lugar.

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Publicado em Olesc
Escrito por

Final entre Concórdia e Itajaí agita o futsal feminino da Olesc

Edenilson Leandro/especial para a Fesporte

Concórdia e Itajaí se classificaram para a final do futsal feminino da Olesc 2018 que está sendo disputada em Indaial e Timbó. Dois jogos de intensa movimentação marcaram as semifinais no ginásio da Albany nesta terça-feira (4), emoções que podem ser ampliadas na tarde desta quarta-feira (5) em busca das medalhas de ouro e do troféu da Olesc.

Concórdia derrotou Caçador por 5 a 2. Itajaí bateu Criciúma por 6 a 4 em jogo de reviravoltas no placar.

Concórdia chega à segunda decisão consecutiva da Olesc. No ano passado, perdeu o título para Chapecó.

O primeiro jogo exigiu prorrogação. Caçador chegou a fazer 3 a 1 em Concórdia. Mas o time concordiense reagiu, impôs um forte ritmo no ataque e buscou o empate, levando a decisão para o tempo extra de dez minutos. Logo na primeira etapa, Concórdia marcou duas vezes e Caçador, com o grupo visivelmente mais desgastado, não teve forças para reagir.

Para o técnico Emiliano Ferrari, de Concórdia, o que prevaleceu para a conquista da vaga foi a entrega em quadra quando a desvantagem era de dois gols. "Elas não desistiram e este esforço, aliado a parte técnica, foi premiado", analisou.

Brenda (azul) fez 5 gols na semifinal contra Criciúma e classificou Itajaí (Foto: Antonio Prado)

Na segunda semifinal, o representante de Itajaí saiu vencendo por 2 a 0, mas Criciúma virou para 3 a 2 ainda na primeira etapa. No entanto, o time do Sul perdeu Paulinha, destaque da equipe, por lesão. Na segunda etapa, Itajaí marcou duas vezes e voltou à frente, mas Criciúma buscou o empate por 4 a 4. Em seguida, mais uma vez Itajaí abriu vantagem e, quando Criciúma partiu para a jogada com goleira-linha, sofreu o sexto gol.

O destaque de Itajaí foi Brenda, autora de cinco dos seis gols da equipe.

As quatro equipes voltam nesta quarta, às 14 horas, ao ginásio da Albany. Criciúma e Caçador para a disputa da medalha de bronze; Concórdia e Itajaí para a última batalha pelo ouro.

A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial.

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Vôlei feminino começa com duelos emocionantes

Por Jean Balbinotti/ Especial para a Fesporte

O voleibol feminino da Olesc 2018, que ocorre nas cidades de Indaial e Timbó, no Médio Vale do Itajaí, começou a ser disputado nesta segunda-feira (3) e, logo na primeira rodada, promoveu um dos duelos mais emocionantes. A atual campeã estadual da categoria sub-17, Guaraciaba, enfrentou a vice-campeã, Saudades, e o resultado em quadra repetiu a decisão do Estadual, ou seja, vitória de Guaraciaba por 3 sets a 1, com parciais de 31/29, 23/25, 29/27 e 25/23. 

O jogo válido pela Chave A da competição teve cerca de duas horas de duração e colocou frente a frente rivais que poderão se reencontrar numa eventual decisão, caso as duas equipes vençam seus compromissos até o fim. No complemento da rodada, pela mesma chave, Xanxerê e Fraiburgo também protagonizaram um confronto de muito equilíbrio. Xanxerê venceu por 3 sets a 2, parciais de 25/15, 21/25, 25/13, 15/25 e 17/15. 

Pela Chave B, Nova Trento superou Joaçaba por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 25/16, 10/25 e 25/13. Já Joinville bateu Florianópolis por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/18 e 25/9. Pela Chave C, Blumenau venceu Rio do Sul por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/11 e 25/20; e Balneário Camboriú superou Morro da Fumaça por 3 sets a 0, parciais de 25/10, 25/11 e 25/20. 

Pela Chave D, com jogos realizados no Ginásio da Associação Atlética Mueller, em Timbó, Maravilha venceu Anita Garibaldi por 3 sets a 1, parciais de 18/25, 25/19, 25/16 e 25/16; e Jaraguá do Sul derrotou Timbó por 3 sets a 0, parciais de 25/8, 25/8 e 25/13. A competição prossegue nesta terça-feira (4) e deve definir os primeiros classificados para as quartas de final da Olesc 2018. Para conferir os resultados das demais modalidades e os boletins diários, clique aqui.

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Rodadas semifinais em quatro modalidades da Olesc nesta terça

Edenilson Leandro/ Especial para a Fesporte

O ritmo é de decisões em Indaial e Timbó, sedes da 18ª Olimpíada Estudantil Catarinense - a Olesc 2018. Para esta terça-feira (4) estão marcadas semifinais em quatro modalidades coletivas: basquete feminino, futsal feminino, handebol masculino e vôlei masculino. Os campeões saem na quarta (5). O clima em volta dos jogos eliminatórios tomou conta de parte dos locais de competições da Olesc 2018 nesta segunda-feira (3). Jovens competidores - a Olesc 2018 reúne atletas entre nove e 17 anos - convivendo com jogos decisivos, nos quais a derrota representa a volta para casa.

Confira a situação de cada modalidade coletiva que afunila sua disputa em busca do troféu de campeã da Olesc 2018:

Basquete feminino
A definição do basquete feminino começou com um clássico do Norte do Estado, no qual Jaraguá eliminou Joinville por 65 a 61. Na semifinal, as jaraguaenses vão enfrentar São Miguel do Oeste, que eliminou Xaxim por 68 a 11. Na outra semifinal jogam Criciúma (eliminou Piçarras por 57 a 35) e Blumenau (venceu Florianópolis por 71 a 60). A rodada começa às 13h30 no ginásio da Escola Gustavo Barroso, em Indaial.

Futsal feminino
Na rodada do futsal feminino, equilíbrio e até drama. Caçador eliminou Blumenau por 2 a 1 e vai enfrentar Concórdia, que derrotou Imbuia por 2 a 0. Na definição do terceiro semifinalista, Itajaí e Arvoredo empataram por 3 a 3 e, nos pênaltis, Itajaí venceu por 3 a 0. Vai enfrentar Criciúma, que passou por Lages por 8 a 0. A definição dos finalistas começa às 14 horas, no ginásio da Albany, em Indaial.

Handebol masculino
O time de Criciúma foi o primeiro a garantir vaga na semifinal ao vencer Caçador por 24 a 20. Seu adversário na luta por vaga na final será São José, que eliminou Joaçaba por 38 a 30. Na outra semifinal jogarão Blumenau (que bateu Lages por 23 a 11) e Itajaí  (que derrotou Concórdia por 19 a 14). Os jogos do handebol nesta terça-feira começam às 15h30, no ginásio da Pame, em Indaial.

Vôlei masculino
O vôlei masculino foi a primeiro a definir os classificados. Balneário Camboriú eliminou São José por 3 a 0; Brusque passou por Florianópolis por 3 a 0; Gaspar derrotou Chapecó por 3 a 1; e Jaraguá venceu Timbó por 3 a 0. A rodada semifinal desta terça começa às 13h30, no ginásio da Mueller, em Timbó, e terá os confrontos Balneário Camboriú x Brusque e Jaraguá x Gaspar.


Em todos os torneios, os vencedores fazem a final na quarta (5) - os perdedores ainda lutarão pela medalha de bronze. A Olesc 2018 é uma promoção do governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó e Indaial. Para acessar as informações das demais modalidades, acesse o boletim diário da Olesc clicando aqui. 

 

 

Pagina 9 de 29