×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 318

Publicado em Jasti
Escrito por

Primeiro dia dos Jasti movimenta praças esportivas

Canoinhas - Depois da festa da abertura na terça-feira, a quarta (14) foi de intensa movimentação nos locais de competição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina, em Canoinhas. Competições de bocha, truco, canastra dominó dança de salão e coreografada deram o pontapé inicial dos Jasti nas disputas por medalhas. Os Jasti, que são promovidos pela Fesporte e Prefeitura de Canoinhas, terminam no sábado (17) com a participação de 1.600 atletas com idade a partir de 60 anos de 157 municípios.

Faça aqui o download do Boletim 02 dos Jasti 2014

Quem foi ao primeiro dia de competição do truco, dominó e canastra no salão paroquial da Igreja Matriz, pôde ver uma pequena amostra da grandiosidade dos evento: um salão lotado de jogadores, dirigentes e torcedores. Entre os participantes 108 homens e 58 mulheres perfazendo um total de 160 jogadores espalhados por mesas. Nelas, concentração, estratégia e nervosismo.

E acima destes três componentes um sentimento comum a quase todos os jogadores: a felicidade de estar participando de um evento esportivo estadual, não importando se a medalha, no final seria de ouro, prata ou bronze.

O importante é participar

Para o seu Deolindo Gurjato, 69 anos, integrante do time de canastra de Guarujá do Sul, participar dos Jasti significava a personificação da felicidade. “Eu e meu parceiro Odair Perin, ganhamos a primeira partida de Santiago do Sul e perdemos a segunda para Lontras. Não sei o que vai acontecer amanhã (quinta-feira) na segunda rodada, mas só de participar já me considero um campeão”, dizia com felicidade enquanto conferia a tabela dos próximos jogos.

Outra que era o retrato da satisfação era dona Maria da Glória Moreira, de 63 anos, de São Francisco do Sul, que disputou o torneio de dominó fazendo dupla com a irmã Maria da Conceição Marcos, de  62 anos.  “Vencemos duas partidas, de Arroio do Trinta e de Catanduvas, gostei muito de nossa participação. Foi um jogo muito tranquilo e na segunda fase jogaremos contra Rio Negrinho, se vencermos ótimo, se não, ótimo também, pois só o fato de estarmos aqui já é uma vitória”.

Nos primeiros resultados do dia Orleans venceu por 12 a 3 Caxambu do Sul na bocha masculina. Na feminina Laguna passou por Campos Novos: 12 a 9.

 Na canastra, entre os homens, a primeira vitória do dia foi do município de 13 de Maio que fez 3.280 pontos diante de Canoinhas, que só conseguiu 2.580 pontos. Entre as mulheres a vitória inicial da competição veio com Garuva que fez três 3.000 pontos diante de Pomerode: 1.030.

Já no truco masculino Chapecó passou com dificuldade sobre Corupá: 2 a ,1 e no feminino vitória fácil de Fachinal dos Guedes diante de Porto União: 2 a 0.

Informações Adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Jasti
Escrito por

Governador e presidente da Fesporte destacam os Jasti

Canoinhas - O governador Raimundo Colombo e o presidente da Fesporte Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, participaram, nesta terça-feira, 13, da cerimônia de abertura da 7ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina. A cerimônia ocorreu no ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. Ao final do evento, que reuniu cerca de 3 mil pessoas, eles falaram da importância dos Jasti.

Veja aqui o vídeo com os depoimentos

Publicado em Geral
Escrito por

Escolas da SDR Joinville recebem bolas personalizadas

Joinville - A Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) realizou nesta quarta-feira (14) o repasse de 100 bolas personalizadas para a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Joinville, que fará a distribuição para as 62 escolas da região. A entrega foi feita pelo presidente Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, à gerente regional de Educação, Dalila Leal. “Estamos em processo licitatório para a compra de mais 200 unidades para a região. Os colégios estão recebendo hoje apenas uma parte dos materiais”, disse Vadinho. O ato ocorreu na Escola Estadual Professor Germano Timm, no Centro de Joinville. 

As bolas oficiais entregues são para a prática de futebol, vôlei, basquete e futsal. De acordo com o integrador esportivo da Fesporte na SDR Joinville, Sérgio Dirceu Costa, o Billy, os colégios devem receber neste ano mais material esportivo. “Pretendemos adquirir mais bolas, redes de futebol e vôlei, jogos de xadrez e damas, raquetes e bolinhas de tênis de mesa”, explicou. A licitação para a compra dos produtos está programada para o início do segundo semestre. O valor estimado é de R$ 344 mil.

Ainda nesta quarta-feira, Vadinho fará a entrega de mais kits de material esportivo na SDR de Jaraguá do Sul.

Colaborou:

Glaene Vargas

Assessora de Comunicação da SDR Joinville

Fones: (47) 3461-1225 - (47) 9240-8064

www.jve.sdr.sc.gov.br

Publicado em Jasti
Escrito por

Emoção e casa cheia na abertura dos 7º Jasti

Canoinhas - Se o sucesso de um evento se mede pela cerimônia de abertura, então Canoinhas já pode festejar o êxito da 7ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). Nesta terça-feira, mais de 3 mil pessoas lotaram o ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus para comemorar e também assistir ao show do cantor Wanderley Cardoso, que encerrou a programação.

Veja aqui vídeo com os melhores momentos da abertura dos Jasti

Veja aqui o vídeo de Wanderley Cardoso cantando "Bom Rapaz" na abertura dos Jasti

O governador Raimundo Colombo abriu oficialmente os Jasti e fez questão de elogiar o evento e sobretudo os participantes. O evento espera cerca de 1,6 mil atletas com idade acima de 60 anos, de 157 cidades. O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Melo, também participou da cerimônia de abertura.

"Canoinhas está de parabéns. Mostrou organização e dedicação em sediar esse evento, importante para o Estado. O resultado é de uma cidade lotada, com quase 2 mil atletas, que mostram alegria, saúde e disposição. Isso nos dá muito orgulho de ver que o esporte dá muita atenção ao ser humano", disse Colombo, visivelmente entusiasmado com o ginásio completamente lotado.  

"Quando participamos de uma abertura com mais de 3 mil pessoas, com alegria, felicidade e acima de tudo com muita saúde desses jovens da terceira idade, nos orgulha muito. Vamos trabalhar cada vez mais porque temos a convicção de que investir no esporte, em especial o da terceira idade, é certeza de que estamos no caminho certo", enfatizou Vadinho, que em seu discurso quebrou o protocolo para prestar uma homenagem a um atleta especial: Wadissuavo Milack, de 88 anos, é de Criciúma e foi homenageado por ser o mais idoso desta edição. Ele contou que participa há mais de 10 anos e pretende continuar com sua participação. "É uma honra e alegria para mim que participo desde o início dos jogos da terceira idade e estou contente em poder continuar. Ainda tenho forças para continuar participando dos jogos", destacou o atleta, que recebeu uma placa das mãos do governador Raimundo Colombo e do secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Melo. 

Em seguida, a cerimônia, que ainda teve discursos do prefeito de Canoinhas, Beto Faria, e do deputado estadual Antônio Aguiar, autor da lei que criou os Jasti, teve também o desfile das delegações, divididas por SDR's (exceção aos atletas da anfitriã Canoinhas, que como manda a tradição fecharam o desfile), o acendimento do fogo simbólico que passou pelas mãos de vários atletas da cidade-sede, juramento e apresentações de dança folclórica até o show do cantor Wanderley Cardoso, que está comemorando 50 anos de carreira e levou os fãs ao delírio com sucessos da época da jovem guarda.

Os Jasti são o primeiro evento estadual do ano no calendário da Fesporte e já recebeu mais de 8,6 mil participantes de 222 municípios catarinenses desde as etapas microrregionais. Os participantes da edição de Canoinhas vão disputar, a partir desta quarta-feira e até o próximo sábado, as modalidades de canastra, truco, dominó, dança de salão, dança coreografada, bocha e bolão 23. As competições começam nesta quarta-feira pela manhã.

Publicado em Geral
Escrito por

Governador participa de entrega de bolas em Canoinhas

Canoinhas - Com a presença do governador Raimundo Colombo e do secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Melo, o presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, prosseguiu nesta terça-feira com a entrega das bolas personalizadas com as marcas do governo e kits esportivos do projeto Esporte Júnior. Em Canoinhas, a cerimônia ocorreu no auditório da Câmara de Vereadores.

O governador brincou com uma bola, velha conhecida dos tempos de atleta de futsal, e no discurso elogiou a iniciativa da Fesporte. "Confesso, não é segredo, no começo do governo ficava frustrado com o esporte, que gosto tanto, e que não desenvolvia. Hoje é diferente. No esporte, dá para fazer muito com pouco dinheiro, basta criatividade e vontade de fazer. E esta gestão na Fesporte está provando isso", disse Colombo.

Vadinho ressaltou o objetivo principal do projeto, que é proporcionar uma iniciação esportiva às crianças no ambiente escolar. "Quando cheguei na Fesporte, o governador me pediu iniciativas positivas no esporte catarinense, e penso que com projetos como esse, pensando em atrair mais e mais crianças para o mundo do esporte, estamos conseguindo chegar lá", disse Vadinho.

Kits esportivos em Caçador

O roteiro começou mais cedo. Escolas estaduais dos municípios de Caçador e Calmon receberam na manhã desta terça-feira, 13, kits esportivos e bolas personalizadas. A entrega foi realizada pelo presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, na Câmara de Vereadores. 

Foram entregues mais de 100 bolas oficiais de futebol, vôlei, basquete e futsal produzidos pela Pênalty com a mesma qualidade das utilizadas nos campeonatos profissionais, com as cores de Santa Catarina e as marcas da Fesporte e do Governo do Estado. 

Segundo Vadinho, o objetivo é dar condições para os professores e as escolas trabalharem, incentivando o esporte e aumentando o interesse dos alunos. “Queremos que os alunos pratiquem esportes, tenham oportunidades e interesses pelas modalidades, vindo até a seguir uma carreira esportiva no futuro”, completou. 

O secretário regional, Francisco Stefanes agradeceu a entrega e ressaltou a importância do esporte na vida dos alunos. “Com o incentivo da Fesporte, mais bolas, mais alunos praticando esporte, podemos melhorar a educação, ter mais crianças praticando modalidades esportivas do que nas ruas, um incentivo, uma valorização”, disse.

A Fesporte está cumprindo um roteiro nas 36 SDRs do Estado, distribuindo mais de 3.500 kits esportivos e bolas personalizadas neste primeiro momento, todas da melhor qualidade. Os municípios interessados em receber os kits e bolas devem encaminhar oficio aos gerentes de educação para que sejam dados os devidos encaminhamentos.

Estiveram presentes na solenidade, diretores escolares, alunos, professores, autoridades, prefeitos e gerentes esportivos. 

50 bolas em Videira

Na sequência, as 20 unidades escolares da rede estadual de ensino da região de Videira contam agora com novos materiais esportivos. O presidente da Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte), Erivaldo Caetano Júnior, o Vadinho, entregou à gerente regional de Educação, Rita de Cássia Soares, um kit com 50 bolas. A cerimônia aconteceu na manhã desta terça-feira, 13, no auditório da Gerência Regional de Educação (Gered). 

De acordo com Rita, cerca de 13 mil alunos serão beneficiados com este kit. “Este material esportivo é de extrema importância, além de melhorar a qualidade das aulas de educação física ainda promove o entrosamento dos alunos com práticas saudáveis”, destacou. Já o secretário regional de Videira, Evandro Colle, ressaltou que está é uma forma de o Governo do Estado formar novos atletas e descobrir talentos, além de aprimorar a prática esportiva nas escolas. 

Em todo o Estado, serão distribuídas 5 mil bolas. “Esse projeto tem um objetivo ousado, que é não deixar nenhuma escola da rede estadual de ensino sem material de qualidade. É um compromisso assumido pela Fesporte que iremos cumprir”, garantiu Vadinhno. Também participaram do evento o integrador esportivo da região de Videira, Fernando Ribeiro, o diretor de esportes da Fesporte, Marcelo Kowalski, e os diretores das escolas beneficiadas.

Nesta quarta-feira (14), o presidente da Fesporte cumpre mais duas entregas de material esportivo, nas SDR's de Joinville e Jaraguá do Sul.

Publicado em Jasti
Escrito por

Atletas chegam a Canoinhas cheios de expectativas

Canoinhas - A terça-feira (13) foi bastante movimentada no portal de entrada do município de Canoinhas, localizado na Avenida Rubens Ribeiro da Silva. É que o local foi o ponto oficial de recepção aos cerca de 1.600 idosos que chegavam ao município para participar da 7ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina.

Logo que chegavam ao portal, em ônibus ou vans, os atletas eram recepcionados por uma equipe da prefeitura, que distribuía  kits com informações turísticas da cidade. Em seguida conheciam a culinária canoinhense, por meio das barraquinhas instaladas no portal,  e realizavam um city tour pelos pontos turísticos do município. Entre os que chegavam o principal sentimento era de nervosismo e expectativa por uma boa participação na competição, cujas modalidades começam nesta quarta-feira (14).

Confiança em vencer

“Estou com uma confiança muito grande em vencer”, dizia Maria Gamba, de 62 anos, jogadora de bolão 23 pela cidade de Brusque. “Além dessa oportunidade de ganhar, o que me faz feliz é a oportunidade de fazer novos amigos”, completa. Sentimento semelhante é compartilhado por Florindo Brunetto, 62 anos, atleta de Truco, de Irati, que acrescenta: “Isso aqui é ótimo, ainda não conhecia Canoinhas e com estes jogos esta oportunidade veio”, finaliza.

Quem também estava radiante pela oportunidade era Zebelita Poltronieri, de 84 anos, jogadora de bocha, de Quilombo: “È a quinta vez que participo destes jogos e é uma coisa maravilhosa. Não sei ler e escrever direito, sempre trabalhei na roça e nunca saía de casa. Só consegui sair e conhecer outros lugares através destes jogos e isso é fantástico”, concluiu.

Os Jasti são uma promoção da Fesporte em parceria com a prefeitura de Canoinhas. Envolvem cerca de 1.600 atletas de 155 municípios  que disputarão até sábado as modalidades de bocha, canastra, dominó, truco, bolão 23, dança de salão e dança coreografada. 

Informações adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Jasti
Escrito por

Com recordes, Jasti começam nesta terça em Canoinhas

Canoinhas - Com a intenção de celebrar o ciclo de desenvolvimento dos primeiros anos, começam nesta terça-feira (13), em Canoinhas, a sétima edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), primeiro evento estadual do ano no calendário da Fesporte. Até sábado (17), passarão pela cidade mais de 1,6 mil atletas com mais de 60 anos de 157 municípios. A abertura, às 19h, no ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus, terá uma série de homenagens a personagens que ajudaram a fazer estas primeiras edições, e encerrará com um show do cantor Wanderley Cardoso. O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, confirmou presença na cerimônia.

Canoinhas está pronta e em clima de muito esporte para receber os Jasti. Nesta segunda-feira, data do Congresso Técnico que define os chaveamentos das modalidades e outras questões práticas do evento, tudo já estava preparado para receber os atletas da Terceira Idade, que começam a chegar em maior número nesta terça. A prefeitura e a 26ª Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) investiram cerca de R$ 200 mil em melhorias de instalações esportivas e construção de quatro novas canchas de bocha, que ficarão como legado dos Jogos.

O presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, está confiante de que o evento ficará gravado na memória dos atletas e de quem mais passar por Canoinhas nesta semana. "É um evento maravilhoso sob qualquer aspecto. Temos a questão da qualidade de vida, da valorização do idoso por parte do poder público, o exemplo que estas pessoas nos dão de como viver a vida com entusiasmo. E ainda temos as questões técnicas, este ano temos um recorde absoluto de participantes, o que nos mostra que estamos no caminho certo ao desenvolver este nicho esportivo, que é o da terceira idade", disse Vadinho.

Coordenador-geral dos Jasti e diretor de esporte da Fesporte, Marcelo Kowalski elogiou os preparativos de Canoinhas para receber a competição. "A cidade queria muito esta edição, batalhou e teve o pleito atendido pelo Conselho Estadual do Esporte. Desde então, se preparou de forma adequada e não tenho dúvida de que nesta semana teremos Jogos magníficos, dentro e fora das arenas esportivas", disse Kowalski.

Sucesso absoluto

Criados em 2008, os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) têm como objetivo principal estimular a participação dos idosos em atividades esportivas e recreativas, além de ampliar as perspectivas de vida. A recompensa dos Jasti na vida dos participantes tem sido muito maior. Além dos benefícios que a atividade física proporciona, o evento fortalece as relações de convívio social e a troca de experiências. Visa ainda a reverter a imagem do idoso na sociedade, geralmente associada a um ser ocioso e sedentário.

Os números da sétima edição, em 2014, mostram que os Jasti têm conquistado os atletas da melhor idade. Neste ano houve recorde de inscrições. Foram mais de 8.600 participantes de 222 municípios catarinenses desde as etapas microrregionais. A edição de Canoinhas contará com 157 municípios e aproximadamente 1.600 atletas com idade a partir de 60 anos disputando as modalidades de canastra, truco, dominó, dança de salão, dança coreografada, bocha e bolão 23.

Escolha dos atletas

As modalidades que hoje fazem parte dos Jasti foram escolhidas pelos idosos. Em 2007, quando a lei que instituiu os Jogos Abertos da Terceira Idade foi criada, a Fesporte fez uma pesquisa, por meio dos integradores, com grupos que trabalhavam com idosos. Eles precisavam citar as cinco atividades das quais mais gostavam e o resultado tornou possível a formulação da programação dos Jasti. A dança foi unanimidade, seguida da canastra, dominó bocha e bolão. Assim é possível conquistar os idosos e estimular a participação nas atividades. Desde a primeira edição, poucas mudanças ocorreram em relação às modalidades, apenas o truco e a dança de salão foram incorporados. 

Números dos Jasti 2014

Inclusas as 36 fases microrregionais, disputadas em abril, mais de 8.600 atletas com mais de 60 anos já participaram da 7ª edição dos Jasti, representando 222 municípios catarinenses (um recorde). Destes, cerca de 1.600, de 157 cidades, se classificaram como os melhores de cada micro para a disputa da etapa estadual, até sábado, em Canoinhas.

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Publicado em Jasti
Escrito por

Sessão solene da Alesc homenageia os Jasti

Canoinhas - Os participantes da sétima edição dos Jogos Abertos da Terceira da Idade (Jasti) foram homenageados na noite desta segunda-feira (12) com uma sessão solene promovida pela Assembleia Legislativa, em Canoinhas, no Planalto Norte. No evento, foram destacados os atletas e gestores esportivos que contribuíram para o desenvolvimento da competição e foram entregues certificados a membros de todas as delegações. A Fesporte, organizadora do evento, foi homenageada pela contribuição ao esporte catarinense, além de ter outros dois servidores da casa laureados: os coordenadores-técnicos dos Jasti João Batista Cascaes e Lilian de Fátima Pinto. A solenidade, no Canoinhas Tênis Clube, e reuniu lideranças políticas, representantes de entidades esportivas e atletas. E foi realizada por solicitação do deputado Antonio Aguiar (PMDB), que foi o autor da lei que criou os Jasti, em 2008. 

Sediando os jogos pela primeira vez, estima-se que Canoinhas receba, até sábado (17), período das competições, aproximadamente 1,6 mil atletas, provenientes de 157 municípios catarinenses. O secretário de Desenvolvimento Regional de Canoinhas, Ricardo Pereira Martin, representando o governador do Estado, destacou a importância do evento, o primeiro de abrangência estadual voltado exclusivamente a competidores com mais de 60 anos. Martin também lembrou que foi de Aguiar a iniciativa de criar a competição. "Como médico, ele sabe da importância desse evento para a terceira idade. Toda vez que fala do evento seu olhar tem um brilho especial."

Aguiar destacou que sua intenção ao lançar as bases dos jogos, por meio de um projeto de lei submetido ao Legislativo estadual em 2005, foi criar uma competição que proporcionasse lazer e congraçamento aos idosos do Estado e que também promovesse a saúde física e psicológica de seus participantes. A proposta foi aprovada por unanimidade e sancionada pelo governador na forma da Lei 13.846, de 2007. "Quem mantém corpo e mente ativos adoece menos, por isso é importante termos projetos direcionados aos idosos todas as direções."

O parlamentar também comentou, emocionado, sobre Canoinhas, sua cidade natal, ser a sede dos Jasti. "Vivo um momento de grande emoção por estar realizando esta solenidade na cidade onde nasci e tenho minhas raízes. É como se um sonho se torna realidade."

O presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, também destacou no discurso a importância deste nicho esportivo: "Este ano tivemos recorde no número de inscrições, o que comprova o crescimento do evento. Os Jasti muito nos orgulham, porque ao mesmo tempo que cumprem um dever do Estado, de prover qualidade de vida aos idosos, também nos dá exemplos de como encarar o dia a dia com mais prazer e alegria", disse Vadinho.

Reconhecimento ao esforço

Consolidando-se a cada nova edição, os Jogos da Terceira Idade vão além de uma simples competição esportiva, ressaltou o gestor esportivo da Fesporte, João Batista Cascaes. Para ele, que ajudou a estruturar o evento em cada uma das suas edições, a mensagem que os Jasti transmitem é de superação. "A presença dos atletas é que tornam os Jasti um espetáculo maravilhoso. E o grande legado que deixam é de que movimento e bom humor são elementos indispensáveis a cada etapa da vida, tornando-a mais prazerosa."

Competidora por Chapecó na modalidade dança coreografada, na qual se sagrou campeã nos jogos de 2008, 2011 e 2012, Diva Tonial Beal agradeceu pela homenagem em nome dos demais atletas. "Pensamos ser esta solenidade um reconhecimento pelo esforço e dedicação durante os ensaios, para que tudo corresse certo durante apresentações. Obrigado a todos que nos apoiaram até aqui. Ficamos felizes e honrados."

Também participaram da sessão o secretário de Desenvolvimento Regional de Mafra, Hélio Cesar Wendt; o prefeito de Canoinhas, Luiz Alberto Rincoski Faria (PMDB); o presidente do Conselho Estadual de Esporte, Alexandre Monguilhott; a comendadora esportiva Lilian de Fátima Pinto; o vereador do município de Canoinhas Renato Jardel Gurtinski (PR); e o gestor de esporte de Canoinhas; Gerson Dobrochinski.

Instituições e personalidades homenageadas:

- Governador do Estado, João Raimundo Colombo

- Município de Canoinhas

- Secretaria de Desenvolvimento Regional de Canoinhas

- Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura

- Tribunal de Justiça de Santa Catarina

- Fundação Catarinense de Esporte (FESPORTE)

- Conselho Estadual de Esporte (CED)

- Rubens José Fachini (in memoriam) comendador esportivo

- Liliam de Fátima Pinto - comendadora esportiva

- João Batista Cascaes - gestor esportivo e coordenador-técnico dos Jasti

- Tereza Lenita Fernandes Mello - atleta

- Severa Kuhn - atleta

- Gema de Ré - atleta

- Diva Tonial Beal - atleta

- Gerda Stein Loeffler - atleta

Pagina 411 de 449