Publicado em Joguinhos
Escrito por

Muita disputa no futsal da regional sul dos Joguinhos

Jogos muito disputados marcam a busca pelas três vagas para a etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina na regional sul que acontece entre os dias 6 e 10, em Siderópolis. 

Doze equipes, divididas em três grupos, buscam as três vagas para a etapa estadual. No grupo A: Siderópolis, Criciúma, Angelina e Tubarão. No grupo B: Braço do Norte, Lauro Muller, Imbituba e São João do Sul e no grupo C: São José, Florianópolis, Urubici e Palhoça. 

Criciúma, Tubarão e Florianópolis que venceram os seus dois primeiros confrontos e seguem invictos na competição. O destaque nas duas primeiras rodadas fica por conta da equipe carvoeira que aplicou 14 a 0 na primeira rodada e na segunda fez 6 a 2. 

Resultados até o momento:

1ª rodada: 

Braço do Norte 5 x 5 São João do Sul 

Lauro Muller 3 x 5 Imbituba

São José 3 x 1 Palhoça

Florianópolis 7 x 3 Urubici

Criciúma 14 x 0 Angelina 

Siderópolis 0 x 2 Tubarão 

 

2ª rodada:

Palhoça 3 x 5 Urubici

São José 1 x 2 Florianópolis

São João do Sul 4 x 3 Imbituba

Braço do Norte 3 x 1 Lauro Muller

Tubarão 7 x 1 Angelina

Siderópolis 2 x 6 Criciúma 

 

As semifinais acontecem no domingo a partir das 18 horas e as finais na segunda-feira, 10, a partir das 9 horas. As partidas do futsal masculino acontecem no Ginásio Antônio Espindola Ramiro, em Siderópolis. 

 

No Feminino: 

Sete equipes buscam as três vagas para a etapa estadual no futsal feminino. Divididas em dois grupos, são elas: Grupo A – São José, Palhoça e Tubarão; Grupo B – Florianópolis, Santo Amaro da Imperatriz, Braço do Norte e Siderópolis. 

Resultados até o momento: 

Palhoça 3 x 5 Tubarão

Santo Amaro da Imperatriz 7 x 5 Braço do Norte

Florianópolis 0 x 2 Siderópolis

São José 7 x 3 Palhoça

Florianópolis 3 x 2 Santo Amaro da Imperatriz 

Siderópolis 3 x 4 Braço do Norte

 

As semifinais acontecem no domingo pela manhã a partir das 9 horas e as finais no domingo a tarde, a partir das 15 horas. Todas as partidas do futsal feminino acontecem no Ginásio Clóvis Bernardini, em Treviso. 

 

Presidente da Fed. de Futsal se faz presente no evento:

Nelson Carvalho Neto, presidente da Fed. Catarinense de Futsal com a equipe de arbitragem                 Foto: Divulgação

Quem marcou presença e prestigiou o evento foi o presidente da Federação Catarinense de Futsal, Nelson Carvalho Neto, que falou sobre a importância dos Joguinhos para o desenvolvimento do Futsal no estado: “É muito bom estar prestigiando esta etapa regional e presenciar uma disputa muito acirrada. É um trabalho muito importante da Fesporte, desde os jogos escolares até aqui”.

 

Texto - Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

Publicado em Geral
Escrito por

Aracaju (SE) recebe competições de ginástica aeróbica

 

A equipe catarinense de ginástica aérobica da Associação Desportiva do Instituto Estadual de Educação (Adiee) e da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), está na disputa do Campeonato Brasileiro e Torneio Nacional da modalidade que seguem em disputa na cidade de Aracajú (SE) até o próximo domingo (09). 

Após o fim das competições nacionais, parte da delegação catarinense permanece na cidade de Aracaju onde entre os dias 12 a 15 de junho acontece o campeonato sul-americano e copa sul-americana da modalidade, competições a qual a equipe de Santa Catarina contará com 22 atletas participando dos eventos internacionais.

A coordenadora das equipes de Santa Catarina,  Maria Helena Kraeski, reverencia o alto número de atletas disputando o campeonato brasileiro  e a preparação para  as competições que acontecem nos dois próximos fins de semana. 

“Estaremos indo para o campeonato brasileiro com uma delegação bastante grande  e nas mais diferentes categorias e provas das competições. Isso mostra que temos um grupo de atletas bastante completo em todas as faixas etárias e categorias de provas em que iremos participar” explica Maria Helena. 

“A gente já tinha essas competições em nosso calendário há algum tempo e aguardávamos as convocações para conhecer em quais categorias estaríamos presentes no sul-americano. Após o fim do campeonato brasileiro, parte do grupo permanece aqui em Aracajú para participar e representar o estado de Santa Catarina no campeonato sul-americano e copa sul-americana. O mais importante de tudo é a experiência que todas elas adquirem em competições tão importantes" finalizou Maria Helena.

As atletas das equipes de Florianópolis convocadas para o campeonato sul-americano e copa sul-americana são: 

Isadora Hosterno Di Bernardi, Lara Rios Freire, Isabela Mross Becker de Oliveira, Maria Eduarda Petry dos Santos, Alice Diniz Schramm, Anita Joly Souza Silva, Helena Bresola Marques, Letícia Socal Monteiro, Luiza Muller dos Santos, Maria Fernanda de Andrade, Pietra Ferrari Jonk, Roberta Fernandes Goudel,, Flávia Alessandra Aizza Tavarea, Emilly Maira da Silva Santos, Flavia Alessandra Tavares, Maria Eduarda Andrade, Alice Kraeski Costa, Amanda Picoli Mafacioli, Beatriz Linhares da Silva, Lais Mayumi Matsuo, Marcela de Arruda Pinheiro e Maria Eduarda G. de Andrade.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte apoia equipe que disputará mundial de handebol universitário na Espanha

 

Foi assinado na tarde de quinta-feira (06), o termo de fomento entre Fesporte e Federação Catarinense do Desporto Universitário (FCDU), para a liberação de recursos destinada a equipe da Univali que irá representar o estado de Santa Catarina e o Brasil no Campeonato Mundial de Handebol Universitário. A competição acontece na cidade de Málaga na Espanha entre os dias 24 e 30 de junho, disputada no naipe masculino.

Participaram da assinatura, o presidente da Fesporte, Freibergue Nascimento, o presidente da FCDU, Manoel Obdulio Rebelo, além do diretor de esportes da Fesporte, Aurelio Rocha dos Santos e o gerente de planejamento da Fesporte, Ricardo Luchi.

"Acreditamos muito no desporto universitário do estado de Santa Catarina e fico muito satisfeito em fazer parte deste projeto tão importante para o handebol catarinense que  estará representando o estado em um evento internacional da modalidade. Agradecemos a Federação Catarinense do Desporto Universitário pela união com o governo do estado e reforço que só o fato da equipe estar disputando este campeonato mundial, já é um marco muito importante. Que venha um ótimo resultado" afirmou o presidente da Fesporte, Freibergue Nascimento. 

Freibergue  ainda ressaltou outra vitória recente para o esporte catarinense com a  confirmação que o governo federal irá arcar com 50% do valor de passagens para a delegação de Santa Catarina que irá disputar a etapa nacional dos Jogos Escolares Brasileiros (Jebs), no segundo semestre.

"São várias vertentes que envolvem a gestão da Fesporte e as áreas de desporto escolar e desporto universitário estão sempre em atuação no nosso trabalho. Recentemente, já havíamos conquistado essa vitória para os nossos jovens que estarão no Jebs e agora poder apoiar a equipe da Univali em um campeonato mundial mostra que estamos no caminho certo" finalizou Freibergue. 

 

Publicado em Bolsa Atleta
Escrito por

Fesporte encerra análise de recursos do Bolsa Atleta 2024

 

A Gerência de Projetos Esportivos e Institucionais da Fesporte, encerrou no último dia 04 de junho a fase de julgamento de recursos do Programa Bolsa Atleta 2024.

Foram analisados entre os dias 29 de maio a 03 de junho,  55 processos que passaram por análise da comissão do Programa Bolsa Atleta através de profissionais da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). 

Durante as análises foram levadas em consideração  as normas que institui o Programa Bolsa Atleta,  além das exigências apresentadas aos interessados  no edital de inscrição.

Após a análise dos recursos, o próximo passo será o encaminhamento ao Conselho Estadual de Esportes (CED), apresentando a lista de atletas para homologação em ato previsto para ser realizado nesta sexta-feira, dia 07 de junho de 2024.

No dia 11 de junho está prevista a publicação no Diário Oficial do Estado (DOE), mesma data que a lista de contemplados será publicada no site oficial da Fesporte.

O prazo do envio para o termo de adesão será entre os dias 11 a 17 de junho de 2024. 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Triathlon de Santa Catarina nas Olimpíadas de Paris

A atleta catarinense de triathlon, Djenyfer Arnold, teve recentemente a sua classificação confirmada para os Jogos Olímpicos de Paris. A atleta que é natural do município de  São Bento do Sul  (SC),  e que compete por São José, confirmou a vaga durante etapa do campeonato mundial da modalidade que foi realizada no dia 11 de maio em Yokohama no Japão.

A classificação para o evento mais grandioso do esporte mundial, foi marcado por uma dura batalha que vem desde o ano de 2022, quando a atleta rodava o mundo em busca de pontos para o ranking classificatório das olimpíadas. Porém, alguns meses depois um imprevisto acabou prejudicando Djenyfer  fazendo com que a atleta ficasse impossibilitada de participar de algumas competições.

"No ano de 2022 eu iniciei esta jornada almejando a classificação para os jogos olímpicos de Paris, disputando a etapa inicial do Canadá garantindo um resultado muito bom que foi a nona posição. Porém, alguns meses depois já na etapa da Alemanha eu sofri uma queda grave de bicicleta quando acabei fraturando o meu acromioclavicular passando por cirurgia e isso acabou prejudicando muito o meu ano" explica a atleta.

Recuperada de lesão, o ano de 2023 foi o mais estressante segundo palavras de Djenyfer que precisou recuperar o tempo perdido para manter vivo o sonho de chegar as olimpíadas.

"Com certeza 2023 foi muito difícil para mim pois todo o atleta sabe a dificuldade que é passar por uma lesão, a parte da recuperação e então quando eu voltei a competir eu sentia que precisava ir atrás dos pontos e felizmente na etapa do Japão em 2024 este objetivo foi alcançado" celebra a triatleta.

Conta a história do esporte mundial que a participação em edição de jogos olímpicos  fica marcada na carreira. Após dois anos de muita superação no triathlon, a atleta catarinense celebra um momento mágico.

"A sensação de estar oficialmente classificada para as Olimpíadas de Paris é algo incrível porque sei que vou estar em um seleto grupo de atletas da história do esporte e isso é muito especial. Só tenho a agradecer a deus por colocar pessoas boas no meu caminho e que me ajudaram a chegar até aqui e a esta conquista. São muitas pessoas e patrocinadores para agradecer. Simplesmente obrigado" finalizou Djenyfer.

Atual número 30 do ranking mundial, Djenyfer Arnold foi medalha de ouro nos jogos pan-americanos de Santiago no Chile em 2023, na prova de revezamento misto. Entre outras conquistas da carreira, estão o quinto lugar na etapa do mundo em Vinã del Mar no Chile, entre alguns outros.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Manuella Dezzoti brilha no mundial de patinação artística

A catarinense, Manuela Assur Gonçalves Dezotti, 15 anos foi a melhor brasileira no campeonato mundial de patinação artística que foi realizada no fim do mês de maio em Triestre, na Itália. Na classificação geral da modalidade, Manuela foi a 15a colocada e a melhor classificada entre as brasileiras.

História

O talento de Manuela na patinação artística vem de família,  já que seus pais também são patinadores e passaram a praticar a modalidade por influência da filha ainda criança mas que já dava os seus primeiros passos.

 Atualmente, Manu como é conhecida é atleta da categoria cadete e viveu a primeira experiência defendendo a seleção brasileira no mês de abril, quando representou o estado de Santa Catarina em uma etapa da Copa do Mundo realizada em Brasília (DF). 

A batalha para ser manter no esporte como acontece com milhares de atletas Brasil a fora, não é diferente com Manuela que através da ajuda da família já participou de diversas ações vendendo rifas, entre várias outras ações que a permitissem seguir competindo na modalidade que escolheu para a sua vida.

“Comecei ainda criança e nunca mais parei. A sensação de deslizar sobre rodas me dá uma liberdade indescritível”, contou. As habilidades evoluíram ao longo do tempo, com novos saltos e giros sendo praticados. Após um ano, participou do seu primeiro campeonato: Dente de Leite" complementa a jovem que em seu currículo soma outras conquistas como pentacampeã estadual na modalidade freedance e tetracampeã na modalidade livre. 

Um dos desafios da carreira da jovem atleta,  é manter o bom condicionamento físico para que consiga desempenhar bem nas competições de patinação artística. Ao longo da carreira, a patinadora teve duas graves lesões, uma no ombro e também no tornozelo.

Ao conquistar o expressivo resultado no campeonato mundial da Itália, a atleta reverenciou todo o apoio da família desde os primeiros passos no esporte até o resultado considerado já histórico para o esporte catarinense.

Publicado em Geral
Escrito por

Laura Raupp abre temporada do Dream Tour com título

A surfista catarinense, Laura Raupp, conquistou o título da etapa de abertura do Dream Tour 2024 que foi encerrada no último fim de semana em Porto de Galinhas (PE). A atleta de 18 anos,  natural da cidade de Florianópolis (SC), é um dos grandes talentos da atualidade  e vive em 2024 o que é o melhor ano da sua carreira. 

O Dream Tour é a principal competição do surf brasileiro e realiza ao longo do ano seis etapas, reunindo os melhores surfistas do país em critério técnico definido pelo ranking da Confederação Brasileira de Surf (CBsurf). 

Em competições da World Surf League, Laura brilha também em 2024, com dois títulos conquistados, o primeiro na etapa da Praia dos Molhes em Torres (RS) e o segundo conquistado na tradicional onda de Saquarema (RJ). Outro resultado de destaque, foi no QS Layback Pro realizado no mês de março na Praia Mole, em Florianópolis quando foi a vice-campeã.

 “Esse ano foi a minha primeira vez em Porto de Galinhas, um lugar receptivo e lindo. Deram altas ondas, mas em certo momento tivemos até uma tempestade no meio da bateria, mal nos enxergávamos, mas deu pra achar umas boas e conquistar a vitória. Tudo isso foi resultado de muito treino, muita chuva e sol, além de estar todos os dias na água, sempre buscando evoluir.  Quero agradecer todas as atletas que estão elevando o nível da competição e a Silvana por essa oportunidade. Estou super feliz com a vitória”, disse Laura ao site da Confederação Brasileira de Surf.

Mesmo enfrentando uma adversária com muita experiência como Silvana Lima, Laura viveu sua segunda final no Dream Tour, já que enfrentou Tainá Hinckel em Maceió, ficando com a segunda colocação. Desta vez, somou 10.33 pontos e levou o título para casa, enquanto Silvana fez 8.90.

A final feminina foi literalmente um encontro de gerações. Silvana Lima, de 39 anos, é hexacampeã brasileira, duas vezes vice-campeã mundial diante de Laura Raupp de apenas 18 mas que hoje representa o estado de Santa Catarina  no Brasil e no mundo. Também nesta temporada, a surfista disputa o calendário do Challenger Series que realiza seis etapas ao longo do ano e vale classificação para a World Surf League de 2025. As duas iniciais já foram realizadas na Austrália e a próxima acontece entre os dias 1o a 08 de julho em Balitto na África do Sul.

 

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Título internacional para SC no futebol feminino

A equipe feminina da Uniarp/Avaí Kindermann (Universidade Alto Vale do Rio do Peixe) é a campeã do Fisu América 2024, jogos pan-americanos universitários, em Punta Del Este, no Uruguai.

A atual campeã dos Jogos Abertos de Santa Catarina, garantiu uma vaga para a Copa do Mundo Universitária que acontecerá na China, em 2025. 

A partida final, em um duelo de catarinenses, foi disputada no último domingo, 2, envolvendo a equipe da Uniarp e a equipe da Unesc (Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina), de Criciúma. 

No tempo regulamentar, um empate de 0 a 0. Na prorrogação, aconteceram os gols. O primeiro gol foi marcado pela Unesc. A Uniarp aos seis minutos do tempo extra, Lourdes Gonzales, marcou os dois gols que deram o título para a equipe de Caçador.

A equipe da Uniarp/Avai Kindermann conquistou este título de forma invicta, com 6 vitórias, a final na prorrogação, marcou 26 gols e sofreu apenas um. 

Teve a maior artilheira de todas as edições deste torneio, Lourdes Gonzalez, com 11 gols e a maior artilheira em uma mesma partida, com sete gols. E ainda, teve a goleira menos vazada, com apenas um gol, Bia Nicoletti. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Pagina 3 de 428