×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 317

Publicado em Joguinhos
Escrito por

Atleta de Itajaí leva ouro e recorde nos 100 metros rasos

Criciúma - É de Itajaí o homem mais rápido da 26ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Rodrigo Pereira do Nascimento, que completou 19 anos na última quinta-feira-feira, conseguiu neste domingo (29) uma vitória emocionante na prova mais nobre do atletismo, os 100 metros rasos. Ele cravou o mesmo tempo de Ricardo Mario de Souza, de Criciúma (10seg67), mas no visual os árbitros deram a vitória ao atleta de Itajaí, que com a marca fulminou o recorde anterior da prova, que era de 10seg93 e pertencia justamente a Ricardo, agora vice-campeão. O bronze foi para Jonatan Chaves, de São José.

A final dos 100 metros rasos masculino foi uma das finais do primeiro dia de atletismo na pista da Unesc. Pela manhã, outras cinco finais: lançamento do martelo (6kg) masculino, com ouro e prata para Rio do Sul e bronze para Joinville. Nos 1.500 metros rasos para mulheres, ouro para Criciúma, prata para Campos Novos e bronze para Joinville.Nos 5.000 metros rasos masculino, o ouro ficou para Caçador, prata para Criciúma e bronze para São Bento do Sul. Itajaí levou mais um ouro no salto em altura masculino, com prata para Chapecó e bronze para Criciúma. E no lançamento do martelo (4kg) para mulheres, ouro para Joinville, prata para Chapecó e o bronze foi para Concórdia.

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Publicado em Joguinhos
Escrito por

Abertura com surpresas em Criciúma

Criciúma - Acostumada aos grandes eventos do esporte catarinense nos últimos anos, Criciúma preparou uma grande festa no sábado (28) para celebrar a abertura da 26ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Atletas de 89 delegações de todo o Estado participaram do tradicional cerimonial e, além disso, se divertiram com o novo integrante da Família Fesporte: o Fesportinho, nova mascote das competições do esporte catarinense.

O Fesportinho foi apresentado ao público, pela primeira vez, logo no início da cerimônia no ginásio municipal. Trazido ao palco, foi recepcionado pelo presidente da Fesporte e demais autoridades presentes, para depois ele receber uma a uma todas as delegações participantes dos Joguinhos para uma foto. Como manda a tradição, a anfitriã Criciúma foi a última a entrar, e com todos os atletas presentes, deu mostras de que quer brigar pelo título geral da competição.

Depois que a mascote se despediu do palco, foi a vez das autoridades exaltarem mais uma edição dos Joguinhos Abertos, uma das principais atrações do calendário do esporte de Santa Catarina. O prefeito de Criciúma, Márcio Burigo, lembrou que a cidade pólo do Sul do Estado tem recebido eventos de grande porte nos últimos anos (os próprios Joguinhos em 2010, os Jogos Abertos em 2011 e este ano os Jogos Abertos Brasileiros), o que fortalece os laços da cidade com os benefícios da prática esportiva. O presidente da Fesporte, Erivaldo Nunes Caetano Junior, o Vadinho, agradeceu a acolhida de Criciúma ao evento e lembrou: investir no esporte é uma escolha que por certo diminui os gastos com mazelas sociais. Ele também rendeu homenagens aos comendadores do esporte, na figura do radialista Paulo Coutinho, e aos professores e técnicos, fundamentais na engrenagem do esporte de base.

Por fim, o tradicional juramento do atleta e o acendimento do gogo simbólico, feitos por atletas de Criciúma, marcaram a cerimônia de abertura, que recebeu bom público. Neste domingo, os 26º Joguinho Abertos terão muitas competições, com destaque para a natação e o atletismo. O evento, promoção do governo de Santa Catarina por intermédio da Fesporte, e que conta com cerca de 3,4 mil atletas de 89 municípios, prossegue até o próximo sábado, dia 5, no Sul do Estado. 

Mais informações:

 

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

SC se despede de Natal com ouro e recorde de medalhas

Natal - Foram 10 dias de disputas e também de aprendizado para 159 jovens atletas catarinenses que participaram dos Jogos Escolares da Juventude – etapa 12 a 14 anos – em Natal (RN). E também de mostrar a força do esporte do nosso Estado no maior evento do desporto escolar brasileiro. Santa Catarina fechou a participação com recorde de medalhas em edições dos Jogos: foram 36 no total, sendo 10 de ouro, 12 de prata e 14 de bronze. Neste sábado, último dia de competições, Santa Catarina conquistou mais duas: uma de ouro e uma de bronze (na primeira semana, a dos esportes individuais, arrebatou 34).

No sábado, o destaque foi a coroação da campanha invicta das meninas do futsal feminino do Colégio Rogacionista, de Criciúma. Com vitória por 2 a 0 sobre a Escola Professora Ivete Lourdes, de Sorriso-MT, conquistaram o título e o direito de representar o Brasil no Sul-Americano escolar, de 21 a 28 de novembro, em Mar Del Plata (Argentina). Ana Júlia e a capitã Thalia assinalaram na segunda etapa os gols que coroaram uma campanha perfeita (5 vitórias). Mais cedo, as meninas do vôlei feminino da Escola Sara Kleinkauf, de Guaraciaba, garantiram o bronze ao bater o Colégio Dom Bosco (PR). Outras quatro equipes entraram no último dia com chances de garantir o bronze – futsal masculino (EEB Bom Pastor/Chapecó), vôlei masculino (Escola Erwin Prade/Timbó), basquete feminino (Colégio La Salle Peperi/São Miguel do Oeste) e handebol feminino (Escola Astrogildo Aguiar/Barra Velha) - mas acabaram derrotadas. Nada que invalide a campanha histórica.

Agora, as atenções se voltam para a etapa 15 a 17 anos dos Jogos Escolares da Juventude, que serão disputados de 7 a 16 de novembro, em Belém (PA). A delegação de Santa Catarina será definida nos Jogos Escolares de Santa Catarina (JESC), de 25 a 28 desse mês, em Brusque.

Modalidades:

 

- Atletismo (4 medalhas de ouro, 1 de prata e 2 de bronze)

 

- Badminton

- Basquete (4º lugar no feminino e 7º lugar no masculino)

- Ciclismo (2 medalhas de ouro e 1 de bronze)

- Futsal (campeã no feminino e 4º lugar no masculino)

- Ginástica rítmica (1 medalha de prata e 3 de bronze)

- Handebol (4º lugar no feminino e 5º no masculino)

- Judô (3 medalhas de prata e 1 de bronze)

- Luta olímpica (não participou)

- Natação (1 de ouro, 4 de prata e 4 de bronze)

- Tênis de mesa (2 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze)

- Vôlei (3º lugar no feminino e 4º lugar no masculino)

- Xadrez (2 medalhas de prata e 1 de bronze)

 

As 36 medalhas de SC nos Jogos Escolares da Juventude

Ouro – 10

 

Mariana Pereira (Brusque) – Ciclismo - Contrarrelógio e Estrada

 

Alexia Nakashima e Heloísi Cabral (Joinville) – Tênis de Mesa – Duplas e Equipe

Valquíria Meurer (Braço do Norte) – Atletismo – Arremesso Peso e Lançamento de Disco

Júlia Simioni (Concórdia) – Natação – 50 metros Peito

Luiz Fernando Matias (Rio do Sul) – Atletismo – Arremesso de Peso

Luiz Felipe Bernardo da Costa (Rio do Sul) – Atletismo – Lançamento de Disco

Futsal Feminino (Criciúma)

Prata – 12

 

Ana Giulia Zortea (Criciúma) – Natação – 50 e 100 metros Peito

 

Ane Caroline Costa (Navegantes) – Xadrez – Convencional

Lucas Muller Prado (Concórdia) – Xadrez – Blitz

Schirley de Souza Francisco (Antônio Carlos) – Atletismo – 250 metros rasos

Alexia Nakashima (Joinville) – Tênis de Mesa – Individual

Ana Cristina Hachmann (Herval D’Oeste) – Judô – Meio-pesado

Maria Fernanda Cirico dos Santos (Blumenau) – Judô – Meio-leve

Gabriel Marchiori Santos (Florianópolis) – Judô – Meio-médio

Ginástica Rítmica (Equipe)

Natação - Revezamento 4x50 metros Livre Masculino

Natação – Revezamento 4x50 metros Livre Feminino

Bronze – 14

 

Mariany Hatori Miyamoto (Joinville) – Ginástica Rítmica – Maças, Fitas e Individual-Geral

 

Milena Luebcke Vilasboas (São Bento do Sul) – Natação – 200 e 400 metros Livre

Vinícius da Cruz (Jaraguá do Sul) – Natação – 50 metros Borboleta

Júlia Simioni (Concórdia) – Natação – 100 metros Peito

Fabiana de Matos (Caçador) – Atletismo – 1000 metros rasos

Gabriel Henrique dos Reis (Blumenau) – Atletismo – Salto em Distância

Mariana Pereira (Brusque) – Ciclismo - Ponto

Marcos Leandro Pereira (Itajaí) – Judô – Médio

Tênis de Mesa Masculino – Equipe

Ane Caroline Costa (Navegantes) – Xadrez – Blitz

 

Vôlei Feminino (Guaraciaba)

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Atletas aproveitam folga para conhecer Natal

Natal - Eles são atletas. Mas, antes de qualquer coisa, ainda são crianças, entre 12 e 14 anos. Por isso, uma preocupação dos organizadores dos Jogos Escolares da Juventude, que prossegue até sábado em Natal (RN), é que a estada deles na capital potiguar não se resuma à rotina das partidas e a volta ao hotel. Foram colocadas à disposição várias opções de lazer para a garotada nas horas vagas.

Uma das opções é passear por Natal e suas muitas atrações, gratuitamente. Um grupo da delegação de Santa Catarina aproveitou a oportunidade nesta quarta-feira (11). Com jogos apenas no fim da tarde, acordaram cedo para esperar o ônibus de turismo, com guia especializado e tudo, que os levou para conhecer pontos turísticos de uma das mais visitadas capitais do Nordeste brasileiro. Uma experiência única para muitos, e que certamente não vão esquecer jamais.

Embarcaram no ônibus, comandado pelo guia Everton, as equipes de handebol masculino (Bom Jesus Aurora/Caçador), handebol feminino (Escola Astrogildo de Aguiar/Barra Velha), futsal feminino (Colégio Rogacionista/Criciúma) e vôlei masculino (Escola Erwin Prade/Timbó).

O tour foi mais curto do que o tradicional que um turista comum faz em Natal, para não comprometer os compromissos deles nos Jogos. E terminou no almoço com todas as demais delegações, no Centro de Convivência dos Jogos Escolares. No caminho, os atletas conheceram pontos como as praias dos Artistas e da Redinha, a ponte estaiada Newton Navarro (com vista para boa parte da cidade de Natal e também das dunas de Genipabu, o Forte dos Reis Magos e o Parque das Dunas (uma das maiores reservas de Mata Atlântica preservada do Brasil).

Equipe de vôlei masculino no maior cajueiro do mundo. Foto: Rodrigo BragaMas o passeio tinha mais. Ao Sul de Natal, após cruzar a famosa Praia de Ponta Negra e avistar o Morro do Careca (cartão-postal da cidade), uma parada para visitar a Barreira do Inferno, antiga base de lançamento de foguetes do Exército brasileiro. Por fim, o momento mais aguardado pela garotada: a visita ao maior cajueiro do mundo, na praia de Pirangi do Norte. Ali, foi possível ver o semblante espantado de muitos com o gigantismo da árvore, resultado de uma anomalia genética rara e que, com 120 anos aproximadamente, não para de crescer. Hoje, ocupa uma área de quase 9 mil metros quadrados, e já avança em direção às casas e lojinhas dos arredores. Em 15 anos, no máximo, obrigará a todos a deixar o local.

 

Depois das explicações dos guias locais, e de muitas fotos, uma paradinha para compras nas lojinhas de lembranças para a família e amigos, e o retorno para a rotina de jogos e de busca por medalhas. Afinal, foi esta motivação que os trouxe até aqui, e os permitiu colocar na memória as lembranças de uma das mais belas paisagens do nosso país.

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Em Natal, teve show das meninas poderosas

Natal - Elas são adolescentes. Algumas, ainda parecem crianças, de tão pequeninas. Mas não se engane, o quinteto da foto é poderoso. Elas foram responsáveis por 12 das 34 medalhas que a delegação de Santa Catarina conquistou, até domingo, nos Jogos Escolares da Juventude (etapa 12 a 14 anos), em Natal (RN). Das nove de ouro até o momento, elas ganharam seis.

Com o encerramento das modalidades individuais, o Estado já superou em apenas três dias o recorde de medalhas até então (28), estabelecido ano passado, em Poços de Caldas (MG). E os Jogos têm sido comandados pelas meninas. No total, elas foram responsáveis por 26 das 34 conquistas. De terça-feira até sábado, ocorrem as modalidades coletivas dos Jogos, que terminam dia 14 na capital potiguar.

Em números, quem vai levar mais medalhas para casa é Mariany Hatori Miyamoto, da ginástica rítmica, que representa o Colégio Bom Jesus, de Joinville. Ela somou quatro medalhas, uma de prata (por equipes) e três de bronze (individual geral, maças e fitas). Outra joinvilense de olhinhos puxados também fez bonito em terras potiguares: Alexia Nakashima, da Escola Elias Moreira, no tênis de mesa. Ganhou dois ouros _ por equipe e em duplas, ambos na parceria com a companheira de escola Heloísi Cabral, e uma prata no individual. Sai de Natal como uma das principais estrelas da competição.

No ciclismo, o nome mais chamado ao pódio foi o da brusquense Mariana Pereira (Colégio Cônsul). Foram duas medalhas de ouro (contra relógio 500 metros e estrada) e uma de bronze (circuito). A jovem, que treina com a base da Seleção Brasileira, em Criciúma, ainda leva de Natal outra marca: foi dela a primeira medalha dos Jogos: a do contra-relógio, ganha na sexta-feira.

O quinteto das poderosas tem ainda Valquíria Meurer, de Braço do Norte, no Sul do Estado. A jovem impressionou quem acompanhou de perto o atletismo, no complexo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Sábado, ela venceu o lançamento de disco com direito a quebra do recorde anterior da prova em quase dois metros e mais de oito metros de diferença para a segunda colocada.

 

Domingo, Valquíria novamente não deu chance às adversárias no arremesso de peso, desta vez sem recorde. Levou ainda o índice técnico de melhor competidora do atletismo, o que chamou a atenção de muitos técnicos para a promessa descoberta em uma escola de Braço do Norte pelo professor de educação física. Para quem sonha em um dia conhecer o mundo representando a Seleção Brasileira, a passagem por Natal tornou o caminho um pouco mais fácil.

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Em 3 dias, SC quebra recorde de medalhas

Natal - Recordes estão aí para ser quebrados, diz a máxima do esporte. Pois bem, Santa Catarina tinha uma marca a superar nestes Jogos Escolares da Juventude, em Natal: as 28 medalhas conquistadas na edição passada, em Poços de Caldas (MG). E não precisou nem de três dias de competições na capital potiguar para estabelecer um novo patamar.

Neste domingo, último dia das modalidades individuais, Santa Catarina ganhou 15 medalhas e chegou a 34, sendo 9 de ouro, 12 de prata e 13 de bronze. A segunda-feira será de folga nos Jogos, com a chegada das delegações dos esportes coletivos, que começam na terça-feira e vão até sábado, último dia da competição. E a projeção é de pelo menos mais seis medalhas para os catarinenses.

O domingo teve dois ouros de figurinhas carimbadas da delegação: a ciclista Mariana Pereira, de Brusque (Colégio Cônsul), na prova de estrada, e Valquíria Meurer, de Braço do Norte (Escola Antônio Rohden), no arremesso de peso. Foi o segundo ouro de cada uma delas (Mariana ainda ganhou um bronze).

Da ginástica rítmica, vem a nossa maior medalhista nos Jogos. Mariany Hatori Miyamoto, de Joinville (Colégio Bom Jesus), somou à prata ganha por equipe, sábado, outros três bronzes: no individual geral e nos aparelhos fitas e maças. No tênis de mesa, Alexia Nakashima, de Joinville, tentava o terceiro ouro nos Jogos, após vencer por equipe e duplas junto com Heloísi Cabral, também do Colégio Elias Moreira. Mas dessa vez parou na decisão e ficou com a prata.

Para a natação, o último dia na piscina do Sesi também foi de muitas conquistas. Foram cinco no total: Milena Luebcke (Colégio São Bento, de São Bento do Sul) bronze nos 200 metros livre, Julia Simioni (CNEC Concórdia), bronze nos 100 metros peito e Ana Giulia Zortea (Colégio Marista, de Criciúma), prata nos 100 metros peito, ganharam a segunda de cada uma. E os revezamentos 4x50 metros livre, masculino e feminino, também garantiram as medalhas de prata.

 

No xadrez, mais três medalhas: Ane Caroline Costa, de Navegantes (Colégio Santo Anjo) conquistou a prata no pensado e bronze na blitz mista. E Lucas Muller Prado, de Concórdia (Escola Deodoro) levou prata na blitz mista. No atletismo, Gabriel Henrique dos Reis, da Escola Henrique Alfarth, de Blumenau, ganhou bronze no salto em distância.

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Promessa de SC, Valquíria leva o ouro com direito a recorde

Natal - Vencer no esporte sempre é bom. Ser campeã nacional, então, ainda melhor. Imagine então o que significa ser campeã nacional da sua modalidade, com direito a quebra de recorde. Em uma conversa neste sábado à noite, já no hotel da delegação catarinense, a ficha de Valquíria Meurer, 14 anos, ainda não tinha caído. Nem ligar para casa para contar a novidade ela tinha. O feito? Valquíria, de Braço do Norte, destroçou o antigo recorde do lançamento do disco, que pertencia a outra catarinense.

Valquíria era só sorrisos na premiação. Na primeira vez em uma competição nacional, mostrou todo o potencial, descoberto há quatro anos pelo treinador na Escola Antônio Rohden, no Sul do Estado. Com 37,50 metros, quebrou com sobras o antigo recorde da prova, que foi estabelecido em 2012 por Samara Fortunato, de Joinville (35,40 metros). E mais: em relação a segunda colocada na prova, abriu uma impressionante distância de quase oito metros!

 

E neste domingo, as chances de Valquíria repetir o feito são grandes. A menina de sorriso fácil, que sonha em ser atleta da Seleção Brasileira e conhecer outros países competindo, é favorita na prova do arrremesso de peso, no complexo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Dupla faz dobradinha dourada na estreia

Natal - Em sua primeira disputa nacional, Luiz Fernando Matias, de Rio do Sul, não deu chance aos adversários e conquistou, neste sábado pela manhã, a medalha de ouro dos Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa 12 a 14 anos. Foi a terceira de Santa Catarina nos Jogos, que estão sendo disputados até o próximo dia 14 em Natal (RN).

O catarinense de 14 anos, aluno da Escola Paulo Zimmermann, em Rio do Sul, atingiu a marca de 14.76m no arremesso de peso, ficando com o ouro. Luiz Fernando, que iniciou os treinamentos na modalidade apenas esse ano, estava orgulhoso pela conquista. “Estou me sentido muito bem, orgulhoso de mim por ter treinado tanto e já estar dando resultado. Dedico essa medalha aos meus companheiros de treino”, disse o aluno da oitava série, afirmando que agora vai se dedicar ainda mais à prova. “Gosto muito do arremesso. É uma prova muito técnica, mas que necessita de bastante força”, completou.

Mais tarde, Luiz Fernando ficou em sétimo no lançamento do disco, prova vencida pelo parceiro de escola Paulo Zimmermann, o xará Luiz Felipe Bernardo da Costa. Dobradinha muito comemorada pelos companheiros de treinos na cidade do Alto Vale catarinense

 

Os Jogos Escolares da Juventude Natal 2013 são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizados por Ministério do Esporte e Organizações Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Prefeitura Municipal de Natal. A Fesporte é responsável pela logística e transporte da delegação catarinense, composta por 191 pessoas, sendo 159 atletas que obtiveram a classificação na etapa estadual dos Jogos Escolares, no fim de julho, em São Miguel do Oeste.

Pagina 432 de 436