×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 331

Publicado em Olesc
Escrito por

Maria largou o balé para ser campeã no judô

Quando tinha três anos de idade a pequena Maria Fernanda Cerico dos Santos foi levada pela mãe para as aulas de balé no Colégio Castelo, em Blumenau. Só que a menina fugia das aulas para assistir os treinos de judô na sala ao lado. Foi então que, vendo que a garota não tinha feição a dança, a direção chamou os pais e pediu que Maria fizesse aulas experimentais de judô. O pedido foi aceito. Maria vibrou. 12 anos depois, nesta sexta-feira (4), Maria, agora com 15 anos vibrava novamente. A vibração era pela conquista da medalha de ouro na categoria até 48 quilos do judô dos Jogos da Juventude Catarinense, a Olesc, em Jaraguá do Sul.

A atleta blumenauense fez bonito na competição: venceu todas as suas três lutas. A última uma vitória incontestável em que levou apenas 45 segundos para aplicar um ippon, o golpe perfeito, diante de  Evellyn Lima, de Joaçaba. “Eu já esperava essa vitória, pois treinei o ano inteiro para isso”, dizia com a convicção de uma veterana, apesar de ter apenas 15 anos.

Na curta carreira ela já tem feitos de gente grande: há uma semana conquistou uma vaga para a seleção brasileira sub-18 ao ser medalha de prata em um torneio em Lauro de Freitas, na Bahia. “Nossa! foi o meu maior feito. Assim que terminei a competição liguei para o meu pai e choramos juntos”, conta a campeã.

Thiago Pereira, de Chapecó (branco) vence a final na categoria - 66kg (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Este mesmo choro foi partilhado entre Thiago Pereira, 16 anos, de Chapecó, com seu pai Ediel Santos quando Thiago foi vice-campeão pan-americano em El Salvador em 2013. Nesta sexta-feira Thiago fez um papel melhor na Olesc em Jaraguá do Sul ao ser medalha de ouro na categoria - 66 quilos. Venceu na final ao xará Tiago Oliveira, de Chapecó, com um ippon em uma final que durou pouco mais de três minutos.

Além de Thiago e Maria Fernanda Cirico foram medalhistas de ouro na primeira rodada do judô pela manhã: Vinícius Quintino, de Joinville, categoria menos de 50 kg; Lucca Ferreira, de Florianópolis (-55kg); Luis Rossetim, de Joinville (-60), Brendah Alpini (-52), de Concórdia e Shirlei Schrener, de São Bento do Sul.

O judô da Olesc finaliza neste sábado (5) com as lutas por equipes. A etapa estadual da Olesc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceira com a Secretaria Estadual de Educação e prefeitura de Jaraguá do Sul.

Mais Informações

Antonio Prado

 

(48) 8802 - 7148

Publicado em Olesc
Escrito por

Meninas de Blumenau ganham o título no vôlei

O penúltimo dia da 15ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc), que ocorrem desde o dia 29 e terminam neste sábado (5), em Jaraguá do Sul, foi recheado de decisões. Dos oito troféus em disputa nesta quinta-feira (4), o primeiro time a fazer a festa de campeão foi o de vôlei feminino de Blumenau, que derrotou Guaraciaba por 3 x 1. A decisão foi no ginásio de esportes da Marisol. Na preliminar, Joinville ganhou de Saudades, também por 3 x 1, e ficou com a medalha de bronze. Saudades, que defendia o título, terminou em 4º.

Na semifinal, Blumenau eliminou Joinville e Guaraciaba despachou Saudades. Blumenau começou a decisão melhor, fez 7/4, mas Guaraciaba chegou a fazer 7/7. Depois, Blumenau abriu para 21/12 e fechou o primeiro set em 25/14. O segundo set foi ainda mais tranquilo e Blumenau fechou em 25/10 e fez 2 x 0 no jogo. Guaraciaba começou melhor o terceiro set, abriu 3/0. Blumenau tentou reagir, virou para 10/9, mas permitiu a reação das adversárias, que fecharam o set em 25/17 no erro de ataque de Blumenau.

No quarto set também Guaraciaba abriu vantagem de 2/0, Blumenau virou para 5/4, foi abrindo vantagem cada vez maior e ganhou por 25/16, fechando o jogo em 3 x 1, garantindo o seu terceiro título no vôlei feminino na história da Olesc. Em 2014, Blumenau foi vice pela terceira vez. Já Guaraciaba nunca foi campeã e chegou ao quinto vice-campeonato.

Chorando copiosamente, o técnico de Blumenau, Sandro Dias, afirmou que “a união da equipe foi decisiva para ganhar o título. O vice do ano passado estava entalado na garganta”, admitiu, ele que comanda a equipe pelo segundo ano consecutivo. “Esse título representa a continuidade de um trabalho, mas tivemos que colocar o coração em quadra para erguer o troféu já que o time adversário tem muita qualidade”, afirmou. A maioria da equipe campeã estoura a idade e não poderá mais disputar a Olesc.  

Na decisão do bronze, Joinville não teve dificuldades para desbancar o campeão da Olesc 2014. Venceu fácil o primeiro set, por 25/16, ganhou também o segundo, com um pouco mais de dificuldades, por 25/21; permitiu que Saudades voltasse para o jogo ao perder o terceiro set por 25/23, mas fechou o quarto set em 25/15, e o jogo em 3 x 1, garantindo o 3º lugar.

A Olesc é disputada por atletas escolares de 13 a 16 anos. A 15ª edição, que envolve mais de 3.000 atletas de 75 municípios, é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

Texto: Geraldo De Cesaro

Publicado em Olesc
Escrito por

TV Fesporte transmite vôlei feminino

TV Fesporte transmite ao vivo. dentro de instantes, a final do vôlei feminino entre Guaraciaba e Blumenau pelos Jogos da Juventude Catarinense (OLESC). Transmissão começa dentro de instantes. Acompanhe em www.fesporte.sc.gov.br e em www.cifesc.com.br

Publicado em Olesc
Escrito por

Handebol feminino repete a final de 2014

A disputa das modalidades coletivas ganha cada dia mais emoção na 15ª edição dos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc), que ocorre em Jaraguá do Sul até este sábado. Nesta quinta-feira (3), o handebol feminino definiu os finalistas: Balneário Camboriú ganhou de Palma Sola por 17 x 10 e ficou com uma vaga. O adversário será Itajaí, que derrotou Blumenau por 19 x 15. A decisão será nesta sexta-feira (4) e coloca frente a frente os times que estiveram na final da última edição. Em 2014, o título ficou com Balneário Camboriú.

Além de indicar os finalistas no feminino, a quinta-feira também definiu os cruzamentos das semifinais, no masculino. Itajaí, que venceu Lages por 24 x 21 na eliminatória, vai jogar contra São Bento do Sul, que derrotou Blumenau por 21 x 15. A outra semifinal será entre Jaraguá do Sul, que se classificou ao derrotar São José por 19 x 18, em jogo emocionante; e Caçador, que superou Saudades por 25 x 21 para garantir a vaga.

O basquete também teve uma quinta-feira de definições. No masculino, foram realizadas as semifinais. Blumenau ganhou de Joinville por 56 x 48 e está na decisão. O adversário será o time a casa, que eliminou Porto União ao ganhar a semifinal por 78 x 44. No basquete feminino, as semifinais serão nesta sexta-feira com os seguintes jogos: Balneário Piçarras x Itajaí e Criciúma x Blumenau.

Também no vôlei feminino os jogos desta quinta-feira definiram os finalistas. Blumenau venceu o duelo regional com Joinville, por 3 x 1, e vai enfrentar a equipe de Guaraciaba, que ganhou de Saudades por 3 x 1 no duelo entre os times do Oeste do Estado na semifinal.

Já no futsal feminino foram definidos os confrontos da fase semifinal. Caçador se classificou ao ganhar de Rio das Antas por 10 x 3 e vai enfrentar Brusque, que eliminou Nova Veneza ao vencer por 2 x 1. No outro jogo, Chapecó, que despachou Blumenau ao vencer por 2 x 0, jogará contra Criciúma, que aplicou 7 x 0 em Concórdia.

A Olesc é disputada por atletas escolares de 13 a 16 anos. A 15ª edição, que envolve mais de 3.000 atletas, é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

 

Texto: Geraldo De Cesaro

 

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Os campeões de quadras, pista e tabuleiros em Jaraguá

 Cinco decisões movimentaram o quinto dia de competições nos Jogos da Juventude Catarinense em Jaraguá. A disputa mais empolgante aconteceu nas quadras de tênis do Baependi, onde Criciúma no feminino, e Itajaí no masculino, sagraram-se campeões. O xadrez, modalidade que sempre apresenta bom nível técnico, foi vencido por Blumenau no masculino e São Bento do Sul no feminino. A conquista com superioridade mais evidente do campeão se deu no ciclismo, com Criciúma vencendo as quatro provas da programação, a última delas a de estrada, nesta quinta-feira. A equipe criciumense ficou com as quatro primeiras colocações, terminando a modalidade com 109 pontos, contra 21 de Joinville e 17 de Itajaí.

A liderança dos Jogos permanece com Joinville, que tem 71 pontos. Criciúma está em segundo com 57, Blumenau em terceiro com 50, Itajaí em quarto com 33, São Bento em quinto com 31 e Florianópolis em sexto lugar com 23 pontos.

Nesta sexta-feira serão definidos mais oito campeões, quatro deles nas modalidades coletivas: basquete e futsal masculino, handebol e voleibol feminino. O basquete e o futsal feminino chegaram às semifinais, junto com o handebol e o voleibol feminino. Outros quatro campeões sairão dos dois naipes do caratê e do tênis de mesa. A ginástica rítmica e o judô começarão suas programações. 

Texto: Mário Medaglia

 

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Itajaí desbanca Joinville e ganha troféu no tênis masculino

 

Joinville defendia o título de campeão dos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc) no tênis masculino, mas Itajaí, com autoridade, desbancou o campeão, nesta quinta-feira (3) e conquistou seu primeiro troféu na 15ª edição da Olesc, que está sendo disputada em Jaraguá do Sul até o próximo sábado. O Joinville se classificou na repescagem e não teve forças para evitar a vitória de Itajaí por 2 x 0.

O técnico Clóvis Bueno, de Itajaí, escalou Antônio Neto para jogar contra Matheus Rezende. No primeiro confronto, Neto ganhou por 2 x 0, apesar do jogo ter sido equilibrado: parciais de 7/6 e 6/4. No segundo confronto, o técnico de Joinville, Diogo Cruz, apostou em Herick Isago para enfrentar André César, mas a estratégia não funcionou. Itajaí voltou a vencer por 2 x 0, com parciais de 6/3 e 6/4, evitou a necessidade do confronto de desempate e comemorou o seu quarto título da modalidade em toda a história da Olesc.

“É o primeiro título desse grupo na Olesc e este troféu vem coroar o trabalho que fizemos durante todo o ano”, comemorou André César, 16 anos, que se despediu da competição. “Foi um jogo muito disputado e conseguimos a vitória no detalhe. Agora é pensar em 2016 e buscar o título dos Joguinhos Aberto, já que neste ano ficamos em 2º”, destacou, antes de receber o troféu e festejar com a equipe.   

A Olesc é disputada por atletas escolares de 13 a 16 anos. A 15ª edição, que envolve mais de 3.000 atletas, é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

 

Texto: Geraldo De Cesaro 

 

 

 

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Criciúma conquista o bicampeonato no tênis feminino

A equipe feminina de tênis garantiu, nesta quinta-feira (3), o primeiro troféu para a município de Criciúma na 15ª edição dos Jogos Escolares Catarinenses (Olesc), evento que começou no último dia 29 e prossegue até este sábado (5), em Jaraguá do Sul. Na decisão contra Joinville, Criciúma venceu por 2 x 1 e conquistou o bicampeonato da modalidade. A final repetiu a decisão de 2014 e, mais uma vez, Criciúma conquistou a medalha de ouro e deixou Joinville com a prata. Blumenau ficou em 3º.

No primeiro confronto, Criciúma venceu por 2 x 0, parciais de 6/1 e 6/3. O técnico Rodrigo Souza escalou a atleta Giovana Kelm para enfrentar Aike Theilacker. No segundo confronto, Joinville, do técnico José Alves, venceu por 2 x 0. Namie Isago ganhou de Marina Dias por 2 x 0, com parciais de 6/1 e 6/2. O resultado levou o confronto para a decisão em duplas. Criciúma venceu o primeiro set por 6/3. No início do segundo set, Aike sentiu câimbras, Criciúma tirou proveito, pressionou e fechou o set em 6/2, ganhando o jogo por 2 x 1 e conquistando o título.

Criciúma Comemora o bicampeonato.

“É meu segundo ano na Olesc e o segundo título. Estou com 100% de aproveitamento, graças ao ótimo entrosamento com a Marina”, destacou Giovana, 15 anos, que ainda tem idade para disputar mais uma edição da Olesc. “No ano passado foi a mesma coisa e a dupla ganhou o título. É minha terceira competição e fecho esta etapa com chave de ouro”, afirmou Marina, 16 anos, que ganhou dois títulos e um vice em três anos. “Apesar de empatar em 1 x 1 na simples, eu tinha certeza que a gente conseguiria o troféu”, contou Giovana, ainda na quadra.     

A competição é disputada por atletas escolares de 13 a 16 anos. A 15ª edição da Olesc, que envolve mais de 3.000 atletas de 75 municípios do Estado, é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

 

 

Texto: Geraldo De Cesaro 

Publicado em Olesc
Escrito por

Criciúma ganhou tudo no ciclismo

Vitórias nas quatro provas da programação – team realy, cross country, bmx e estrada -, todas com extrema facilidade, sem dar a mínima chance aos adversários. Este foi o desempenho de Criciúma para garantir o hexa campeonato do ciclismo nos Jogos da Juventude Catarinense em Jaraguá do Sul. A pontuação final da modalidade mostra a superioridade criciumense: 109 pontos, contra 21 de Joinville, 17 de Itajaí e 15 de Jaraguá, São Bento e Florianópolis.

Na última prova, disputada nesta quinta-feira (3) na rodovia municipal 331, Criciúma conquistou os quatro primeiros lugares: Wolfgang Felipe, Eduardo Andruczewicz, Crystian Fronza e Gabriel Silveira foi a ordem de chegada, percorridas as quatro voltas do percurso num total de 54 quilômetros.

O técnico Gustavo Freitas (Maninho), há 16 anos trabalhando na Fundação Municipal de Esportes, vai aproveitar a ausência de Criciúma no ciclismo dos Jogos Abertos para levar quatro atletas infanto juvenis para Melo, onde vão participar da Volta do Uruguai da categoria. “Quero dar experiência internacional para esses garotos.” Artur Simeoni, Danilo Carvalho, Fernando Duarte, e Leonardo Finkler foram os escolhidos por Maninho para disputar a prova uruguaia.

É assim que ele consegue formar equipes supercampeãs. Atualmente ele tem 69 ciclistas sob seu comando, um deles o campeão em Jaraguá. Wolfgang começou a treinar há menos de um ano, seguindo o caminho do pai, Moisés Hipólito, que também competiu no ciclismo.  “Quero continuar no esporte, não mais na Olesc porque passo da idade este ano. Agora vou ser campeão nos Joguinhos.”

 

 Texto: Mario Medaglia

Publicado em Olesc
Escrito por

Os grandes campeões da Olesc por modalidade

As modalidades esportivas que compõem os Jogos da Juventude Catarinense (Olesc) estão recheadas de grandes campeões dentro de cada esporte. E a disputa dos municípios não é apenas pelo título de campeão geral, mas também pelo 1º lugar dentro de cada modalidade, tanto no masculino, quanto no feminino. Como em 2009 a competição foi suspensa, são apenas 13 campeões nas modalidades que estiveram em todas as edições, embora Jaraguá do Sul esteja sendo a sede da 15ª Olesc, evento que começou no último dia 28 e prossegue até o próximo sábado (5).

A equipe mais vezes campeã é a ginástica rítmica de Joinville, que já ganhou 11 títulos. Só não foi campeã nas edições de 2007, quando Pomerode venceu; e em 2012, quando a festa foi de Blumenau. Joinville ficou com o vice em ambas. Outras três equipes disputam o topo da lista das mais vezes campeã da competição, todas com 10 títulos: a ginástica artística de Itajaí, no masculino; e de Blumenau, no feminino; e o atletismo feminino de Joinville. A ginástica artística (tanto no masculino quanto no feminino) não foi disputada na primeira edição da Olesc, mas já conta o título deste ano, conquistado por Blumenau, no feminino.

Na sequência do ranking de equipes com mais títulos na Olesc aparece o ciclismo masculino de Criciúma, que chegou ao 9º troféu com a conquista desta quinta-feira (3), em 11 edições que a modalidade esteve em disputa, já que só passou a fazer parte da Olesc em 2004. E o basquete masculino de Joinville ganhou o troféu da modalidade oito vezes das 13 edições. O judô só começou a integrar a Olesc em 2008, tanto no masculino, quanto no feminino; e o Karatê, nos dois naipes, passou a fazer parte da competição apenas em 2013. Portanto, esta é a terceira edição.

A Olesc se caracteriza por uma disputa particular dentro de cada modalidade, o que garante ainda mais emoção em todos os esportes que integram a competição, evento reservado para atletas escolares de 13 a 16 anos. A 15ª edição da Olesc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

Quem mais ergueu o troféu

11 vezes – ginástica rítmica, de Joinville

10 vezes – atletismo (F), Joinville

10 vezes – ginástica artística (M), de Itajaí

10 vezes – ginástica artística (F), de Blumenau

9 vezes – ciclismo (M), de Criciúma

8 vezes – basquete (M), de Joinville

6 vezes – natação (F), Jaraguá do Sul

6 vezes – handebol (F), Criciúma

5 vezes – basquete (M), Jaraguá do Sul

5 vezes – futsal (M), Jaraguá do Sul

5 vezes – handebol (M), Itajaí

5 vezes – natação (M), Joinville

5 vezes – tênis de mesa (M), Joinville

5 vezes – xadrez (F), Blumenau

4 vezes – atletismo (M), Criciúma e Joinville

4 vezes – tênis (M), Itajaí

4 vezes – tênis de mesa (F), Joinville

4 vezes – vôlei (M), Blumenau

4 vezes – xadrez (M), Blumenau e Concórdia

3 vezes – futsal (F), Chapecó

3 vezes - Judô (M), Florianópolis

3 vezes – judô (F), Joaçaba

3 vezes – tênis (F), Itajaí

3 vezes – vôlei (F), Nova Trento e Saudades

1 vez – karatê (M), Blumenau e Tubarão

1 vez – karatê (F), Blumenau e Tubarão

 Texto: Geraldo De Cesaro

Mais Informações

Assessoria de Comunicação​ - FESPORTE​

Ana Cristina Zandavalle

Cel: (48) 8802 7742

Tel: (48) 3665 6127

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Blumenau e São Bento do Sul faturam o troféu do xadrez

Depois de dois dias de intensas disputas a quinta-feira (3) em São Bento do Sul foi dia de conhecer o campeão geral do xadrez masculino e feminino dos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc). E o título entre os homens ficou com Blumenau e entre as mulheres a conquista foi de São Bento do Sul. Foi o terceiro ano consecutivo que os blumenauenses ganham o torneio. São Bento fora campeã em 2014 entre as mulheres.

Blumenau somou 95 pontos, com Caçador ficando em segundo, com 76, e em terceiro Florianópolis com 72 pontos.

No feminino São Bento do Sul ganhou o troféu de campeão ao somar 100 pontos. Em seguida vieram Navegantes, com 77 em segundo, e Jaraguá do Sul, em terceiro lugar com 71 pontos.

Ellen Larissa Bail, de São Bento do Sul, conquistou 4 medalhas de ouro: um recorde na história da Olesc (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Ellen Larissa Bail, de São Bento do Sul foi o grande nome da competição ao ganhar quatro medalhas de ouro em quatro possíveis, um recorde na Olesc. A enxadrista foi ouro no xadrez pensado, no rápido, no blitz e ouro por equipe. “Eu treinei o ano inteiro em média três horas por dia e eu estava preparada para isso”, contou a campeã ao exibir as medalhas no peito.

Blumenau foi campeão no masculino (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Pelo time de Blumenau o principal nome foi Guilherme de Borba, que foi ouro no xadrez pensado e prata no blits e no rápido. A etapa estadual da Olesc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte em parceira com a Secretaria Estadual de Educação e prefeitura de Jaraguá do Sul.

Mais Informações

Antonio Prado

 (48) 8802 - 7148

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Assista a Olesc ao vivo na TV Fesporte

Assista ao vivo aos jogos da Olesc em Jaraguá do Sul pela TV Fesporte.

Clique aqui e assista ao vivo

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Modalidades coletivas definem quatro finais nesta quinta na Olesc

As quatro modalidades coletivas que integram a programação da 15ª edição dos Jogos da Juventude (Olesc), em Jaraguá do Sul, definem os finalistas nesta quinta-feira (3), no masculino ou no feminino. São os casos de basquete e futsal, no masculino; e handebol e vôlei, no feminino. Já o futsal e o basquete feminino definem os cruzamentos das semifinais, assim como o handebol e o vôlei, no masculino. A competição começou no último dia 28 e prossegue até o próximo sábado (5).

A primeira modalidade que definiu os cruzamentos da semifinal foi o handebol feminino. Nos jogos eliminatórios, Blumenau venceu Tubarão por 21 x 10 e garantiu a vaga para enfrentar Itajaí, que se classificou ao ganhar de Jaraguá do Sul por 28 a 14. Na outra semifinal, Palma Sola se classificou ao derrotar São José por 20 x 15 e jogará contra Balneário Camboriú, que eliminou Criciúma, com vitória por 17 a 10. Quem está defendendo o título é Balneário Camboriú.

No basquete masculino, Joinville garantiu presença na semifinal ao derrotar Lages, por 59 x 52, e jogará contra Blumenau, que superou Itajaí, por 70 a 55. O outro confronto da semifinal será entre Porto União, que garantiu a vaga ao passar por Canoinhas pelo placar de 57 a 53, e Jaraguá do Sul. O time da casa se garantiu ao eliminar o time de Campos Novos, com vitória por 81 x 41. O atual campeão e Joinville.

No vôlei feminino, Joinville fez 3 x 0 em Anchieta e, na semifinal, enfrentará Blumenau, que eliminou Pinhalzinho, também com vitória de 3 x 0. Saudades aplicou 3 x 1 em Pomerode e continua firme rumo ao bicampeonato. Na semifinal, vai enfrentar Guaraciaba, que virou para 3 x 2 sobre Jaraguá do Sul depois de estar perdendo por 2 x 0. Saudades ganhou o último título, na Olesc de 2014, em Criciúma.

E no futsal masculino, o primeiro time a se classificar para a semifinal foi Criciúma, em jogo dramático. Após empatar em 1 x 1 no tempo normal, e em 0 x 0 na prorrogação, Criciúma ganhou de Itajaí, nos pênaltis, por 4 x 3. Jaraguá do Sul é o atual campeão. A 15ª edição da Olesc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

 

Texto: Geraldo De Cesaro

 

 

Pagina 18 de 29